Análise em vídeo das manifestações do 2 de outubro e as vaias a Ciro

Matéria do Estadão pode criar mais uma crise ministerial

Por Miguel do Rosário

24 de novembro de 2011 : 07h55

(“Fraude” no Ministério das Cidades foi trocar projeto de ônibus por trem de superfície.)

Matéria do experiente Leandro Colon, do Estadão, teria potencial para produzir uma nova crise ministerial? A denúncia traz áudio de uma alta funcionária do Ministério, a diretora de Mobilidade Urbana da pasta, Luiza Vianna. Com certeza, se o aúdio for levado ao Jornal Nacional, o ruído será grande. Ainda vou analisar a matéria com calma, para ver a sua procedência e grau de impacto político.

Atualização 9:14 AM: A denúncia é fraca. O ministério apenas substituiu um projeto por outro melhor. Não houve fraude nenhuma. O áudio da reunião não revela nada  de comprometedor, apenas funcionários discutindo normalmente. Quanto à pressão política para mudar o parecer, trata-se de uma pressão positiva, lastreada na percepção, bastante óbvia, de que um trem de superfície é um projeto muito mais moderno do que a implantação de uma linha rápida de ônibus. Os interesses políticos e econômicos numa obra mais cara também são naturais e inevitáveis.

Matérias em destaque no Globo:

Segurança pública – Infográficos bonitos, mas interpretação pouco inteligente e descontextualizada. Capa e Pág.3

Política – Planalto avisa PDT que Lupi só sai do cargo na reforma. “Brasil não é parlamentarista”, diz Gilberto Carvalho, respondendo a pedetistas que aventaram hipótese de Lupi sair porque perdeu apoio em seu partido (o que nem é o caso).

Economia – Índice da inflação segundo o IBGE (IPCA-15). Título não informa queda na inflação em 12 meses e fato que o índice veio abaixo do esperado. O que é bom a gente esconde, parece ser o lema do Globo.

Na Folha:

Comovente artigo de Vera Paiva, filho de Rubens Paiva, pedindo punição aos torturadores.

Artigo de Jânio de Freitas, criticando semelhanças autoritárias entre PSDB e PT, na tendência de não realizar prévias.

Boa cobertura sobre acontecimentos no Egito, com a chegada de um correspondente ao Cairo. O espírito da revolução voltou a crescer no país. É uma coisa bonita, poderosa, arriscada. É História com H maiúscula.

Cultura (ontem) – A revista New Yorker, supra-sumo dos cults e chiques na área da cultura, publica entrevista com Lula na próxima segunda-feira 28.

No Estadão:

Manchete fala em fraude no Ministério das Cidades, em matéria que conta até com áudio. A depender da repercussão do episódio, poderia levar a mais uma crise ministerial. Lendo a matéria, porém, vê-se que se trata de uma guerra de pareceres, com vistas a melhorar o projeto inicial. O resultado é um projeto mais caro, mas certamente melhor, visto que troca ônibus por trem de superfície.

Artigo de Serra sobre decadência da República.

Dora Kramer concorda com Serra sobre falta de candidatos viáveis do PSDB em São Paulo, e vai mais longe.

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

3 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

_spin

25 de novembro de 2011 às 07h22

A instalação da crise vai depender do rufar dos tambores do pig, enfim, se o barulho foi ensurdecedor, sim, pode se instalar uma crise
Caso o silêncio seja sepulcral, como ocorre nos escândalos tucanos em SP, com o JN justificando até a tentativa de reintegração do diretor do metrô demitido pela Justiça, neste caso não vai haver crise nenhuma
E olhe lá que, mesmo o rufar dos tambores do pig seja intenso, pode não dar em nado, o povo já se cansou deste denuncismo louco, não há barulho que dê jeito, não adianta toda a imprensa se juntar em pool para gritar " cai ministro cai ministro cai ministro"
Até os marchadeiros da udn sumiram do mapa, o que é uma pena, pois gostaria tanto que eles marchassem contra os escândalos tucanos que pipocam Brasil afora: GO, MG, RO, PR, SP…
Voltando ao Min. Cidades, repito, agora é esperar o rufar dos tambores http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2011-11-2

Responder

Almir

24 de novembro de 2011 às 15h24

A Operação SINAL FECHADO está "fervendo" no Rio Grande do Norte: http://www.thaisagalvao.com.br/

Responder

Gilson Raslan

24 de novembro de 2011 às 15h03

Miguel, pode ficar tranquilo, pois a matéria do Estadão não passa de mais um factoide. Digo isso porque ninguém grava uma reunião para tratar de assuntos suspeitos.

Responder

Deixe um comentário