Análise em vídeo das manifestações do 2 de outubro e as vaias a Ciro

Domingo de alívio para Pimentel

Por Miguel do Rosário

11 de dezembro de 2011 : 13h12

 

O caso Pimentel arrefeceu na mídia deste domingo. A Folha ignora completamente o ministro.

O Globo traz uma matéria, com chamadinha no hemisfério inferior da capa, com potencial reduzido de dano ao ministro. Trata-se de mais um daqueles ataques destinados a leitores de títulos, que infelizmente são a maioria. É uma denúncia de que “cliente de Pimentel” ganhou licitação mesmo devendo 474 mil reais à prefeitura de BH. A defesa de Pimentel está no próprio texto da reportagem, ao informar que:

  1. Houve processo licitatório, então a empresa ganhou licitamente. Pimentel não era mais prefeito. Não há nenhuma informação de que houve qualquer problema com o processo de licitação.
  2. A prefeitura de BH informa que o edital de licitação permite que a empresa participante tenha dívidas; a certidão negativa de débito, que a empresa forneceu, precisa relacionar-se somente com a cidade onde está instalada a sede, que no caso da Convap, não é BH, mas uma cidade vizinha. É a lei.

O Estadão publica apenas uma matéria meio que literária intitulada “Caso Pimental ameaça pacto eleitoral”. Todo mundo sabe que a aliança PT X PSDB, com PSB no meio, que existe em BH, é uma aliança com defeitos genéticos graves e, portanto, nunca será tranquila. Pelo simples fato de ser uma aliança entre dois adversários mortais: PT X PSDB.

Pimentel deu uma entrevista à Época desta semana, onde apresenta sua defesa. O site da Época esconde-a completamente. Mas eu consegui achar.

 

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

1 comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

baixadacarioca

11 de dezembro de 2011 às 17h59

Miguel, de tempos tenho observado que essas questões políticas mais agudizadas tem origem no grupo Folha. Quando aparecem nO Globo, este cita como fonte o jornal Folha de São Paulo ou a revista Veja. Não tenho conhecimento de uma grande notícia originária do jornaleco dos Marinho. Esta, me parece ser, por analogia, ter sido entregue ao Globo porque não se sustentava, e como O Globo não tem capacidade intelectual para verificar as informações publicou.

Responder

Deixe um comentário