Análise em vídeo das manifestações do 2 de outubro e as vaias a Ciro

Sábado presidencial

Por Miguel do Rosário

17 de dezembro de 2011 : 12h58

A presidente Dilma tomou conta da mídia neste sábado. Os principais cadernos de notícia trazem resumos de sua conversa com jornalistas, cujo áudio já foi disponibilizado pelo Planalto. A cobertura da conversa foi bastante positiva na Folha, neutra no Estadão, e negativa no Globo. Mas conjugada às matérias e análises sobre o aumento de sua popularidade na pesquisa CNI/Ibope, o que vimos foi uma repercussão midiática tremendamente lucrativa para a presidente.

Ontem eu fiz um post exclusivo para assinantes com uma análise da pesquisa, e hoje resolvi abrir o acesso desse post aos não-assinantes. Leia aqui.

 

Foto da conversa de Dilma com jornalistas, ontem.

Abaixo dois infográficos, na Folha e Estadão, comparando a popularidade de Dilma à de FHC e Lula em igual período do primeiro mandato. Dilma está bem na fita, com índices superiores a seus dois antecessores.

De resto, vale ler esse post do PHA, afirmando que são falsas as notinhas plantadas na Folha dando conta da intenção da direção petista em enterrar a CPI da Privataria. Este analista, por prudência, também vê com ceticismo a instalação desta CPI, embora torça por ela. De qualquer forma, o barulho todo está servindo para pressionar o Ministério Público a reabrir os inquéritos sobre o processo, e isso seria tão importante ou mais quanto uma CPI.

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

5 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Harald

13 de fevereiro de 2012 às 06h30

Domitila Belém disse:Gostaria que o sadoner, como historiador, escrevesse um livro sobre a Terra Brasil. Um livro bem bonito, com fotos maravilhosas, com a mata atlântica quando era ilustre e preservada…Um livro cheio de um passado que consiga fazer o leitor viajar até Canudos que considerada messiânica queria apenas ser uma sociedade sobrevivendo à sua liberdade de existir na terra escolhida, na terra seca, no seu sertão. Um livro que passe pela Cabanagem em sua pobre vida ribeirinha. Um livro que traga-me algo sobre a guerra do Contestado onde erva mate e madeira gerou conflitos … Sabe do que estou falando,Botinho? Da terra negada à reforma, das mortes por causa da terra, das histórias da CPMI da Terra que você presidiu, dos fatos que você viu no Pará e em outros lugares que visitou a trabalho.Quero um livro que comece com a carta de Pero Vaz de Caminha, que mostre a desgraça que é viver numa terra linda e negada ao agricultor e que e que termine com reticências em honra à verdade da omissão do poder: Nesta terra em tudo que não se planta, não dá para ser subexistente…Não quero saber de futebol não…Não sou Val do Ceará que fica de twitter com você por causa de Corinthians…Quero saber de um povo que não tem a sua própria terra.Bote prá fora o que você sabe sobre injustiça social. Eu compro esse tipo de livro!

Responder

elson

18 de dezembro de 2011 às 02h37

O livro do Amaury sobre a privataria é um sucesso de vendas graças a internet , quem será louco de tentar sepultar uma CPI como está ? Ainda mais que 2012 é ano eleitoral e o povo quer saber quem é quem .

Responder

elson

18 de dezembro de 2011 às 02h31

Essa é a hora do congresso dar o troco na grande mídia que posa de moralista , e vive a persseguir os políticos aliados , demonizando a todos , pois ela também é responsável pela privataria .

Responder

Ricardo Augusto

17 de dezembro de 2011 às 14h40

É bom esses deputados não brincaram com o poder do povo.
Eles que não assinem essa CPI .
A lista de nomes dos deputados que não assinaram vai ser amplamente difundida pela internet !
O Brasil que saber para onde foi o dinheiro das privatizações .
Esse País precisa ser passado à limpa doa à quem doer !

Responder

@SilMarq

17 de dezembro de 2011 às 13h22

Também conhecido como Sabadão da Presidenta. ;)

Responder

Deixe um comentário