Análise em vídeo das manifestações do 2 de outubro e as vaias a Ciro

Cataratas do Cachoeira, por Aldir Blanc

Por Miguel do Rosário

08 de maio de 2012 : 09h15

Aldir Blanc, compositor, em sua coluna no Globo

Quando eu era menino, vó Noemia chamava o táxi do seu Joaquim, e levava discreta muamba para uma cachoeira, que acredito ser a da Pedra Branca. Vi fotos recentes e reconheci o local. Além disso, eu ficava tremendo de frio com água pelas canelas, procurando entre as árvores um fantasma que haveria no local. Um site sobre a Pedra Branca confirma a lenda da assombração.

Hoje, tem um Cachoeira todo dia desabando nos jornais, com tantas quedas que acho preferível chamálo de Cataratas. As do Iguaçu, por exemplo, têm 19 principais saltos, cinco do lado brasileiro. Sua formação data de 150 milhões de anos, o mesmo tempo aproximado em que o Cachoeira atua na política brasunda. Cachoeira plantava notícias, depois de negociá-las com ilustres diretores, num semanário tucânico. Cachoeira derrubou na lama o ínclito senadô Demóstenes Torres Gêmeas (nem precisou de aviões sequestrados). Dizem que o ilustre político daquela Casa de Tolerância fez uma operação para reduzir o estômago. Por que não pediu também para diminuírem a Mão-Grande? A pororoca não para. Cachoeira patrocinou o enredo da Beija-Flor sobre o rei Roberto Carlos e subornou jurados. Cachoeira telefonou para Torres Gêmeas e fez o convite: que tal ir a um bungabunga do Berlusca? Teor da conversa grampeada:

Cachô: — Quer ir a uma festa do Berlusconi?

Demo: — Justificar uma viagem internacional repentina vai ser difícil.

Cachô: — Que nada! Isso pra mim é mole.

Cachoeira tentou comprar um partido político. Cachoeira escreveu os livros de Paulo Coelho. Cachoeira está metido com carros clonados que vão aquecer a economia paraguaia. Cachoeira teve um caso com Cristina Kirchner. Cachoeira influenciou o Código Florestal. Cachoeira é sócio do programa nuclear do Irã. Cachoeira intermediará as desculpas de Patrícia Amorim a Zico. Cachoeira cotadíssimo para o Nobel de Economia. A defesa de Cachoeira e Torres Gêmeas será vertida para o inglês por Joel Santana. A gandula botafoguense (que vai, claro, posar nua) agiu a mando de Cachoeira, que tem não somente estrela, mas solitária desde, desculpem a má palavra, garotinho.

Cachoeira não está entre os cem Grandes Bandidos Brasileiros, todos soltos. Cachoeira é fichinha em nossa esgotocracia.

Em tempo: suspeitas que envolvem políticos precisam ser apuradas, mas denúncias em blog de Bum-Bum Garoto parece assepsia cirúrgica com titica de galinha.

CPI DO ECAD

Reconheço que minhas células cinzentas (as que sobraram) já não processam a informação “Instagram, de acordo com o Mashable, cresceu pela renovação do Android”. Agora, olho meu imposto de renda em 2000, e ainda sei quando estou sendo ROUBADO. É só falar em aplicativo que penso em supositório. Nós, compositores, temos levado verdadeiros pepinos dentro do reto. Magda Botafogo, mulher do amigo e parceiro Carlinhos Lyra, deu um tiro certeiro: postou no Facebook parabéns pela resistência da ministra da Cultura contra a quadrilha do Creative Commons, sem livrar a cara do Ecad. O projeto de “mudanças” proposto pela gaiata CPI do Ecad foi norteado por um representante do Creative Commons, aquele pessoal do supermercado Peg-e-não-Pag. Senadores ambiciosos, loucos por holofotes, atuaram como papagaios de piratas. O Ecad precisa ser reformulado, mas não de cima para baixo por falsas otoridades. Ruim com o Ecad, pior sem ele. Ainda sobre direito autoral, amei a ministra Ana de Hollanda nos esclarecimentos ao Senado, cheio de inimigos donos de rádio. A ministra da Cultura afastou, como quem dá um tapa em varejeira, a saraivada das gananciosas balas Juquinha.

Olho nessa cambada, Dilma! Estão assaltando nosso patrimônio cultural faz tempo.

ALDIR BLANC é compositor

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

1 comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Maria 1

08 de maio de 2012 às 12h54

“Em tempo: suspeitas que envolvem políticos precisam ser apuradas,”

Só? E suspeitas que envolvem a imprensalona, devem ser ignoradas? Pelo visto, escreveu em jornalões, tem que preservar o “Olimpo”, quer dizer, a mídia, de qq menção que o comprometa.

Responder

Deixe um comentário