Fundador do Instituto Ideia vê chance de Lula vencer no 1° turno

Economia brasileira vai acelerar, diz FMI

Por Miguel do Rosário

20 de julho de 2012 : 14h09

FMI divulga relatório sobre economia brasileira

Brasília – O Fundo Monetário Internacional (FMI) divulgou nesta sexta-feira o relatório Consulta do Artigo IV, que analisa o desempenho macroeconômico do Brasil. O texto destaca que o ritmo de crescimento da economia brasileira vai se acelerar no segundo semestre de 2012, devendo crescer em torno de 4% a 4,5% ao ano em 2013-2014. Avalia ainda que a desaceleração observada no final de 2011 foi fruto, em grande parte, da deterioração mais forte do que antecipada do quadro externo, que afetou a confiança dos empresários. O relatório também aponta que as políticas adotadas desde agosto de 2011 promoverão uma recuperação gradual da atividade econômica brasileira.

As políticas monetária e fiscal implementadas pelo Brasil em 2011 e 2012 foram avaliadas de forma positiva pelo Fundo Monetário, que entende também serem essas medidas adequadas para enfrentar a crise. O país é considerado bem posicionado, com políticas e instrumentos sólidos, para atravessar essa nova fase da turbulência internacional. O relatório aponta ainda que a inflação está convergindo para o centro da meta e se manterá em torno dela em 2013. Sobre o sistema financeiro, a avaliação é que ele está robusto, bem regulado e tem supervisão e provisões adequadas.

Clique para ler o Staff Report for the 2012 Article IV Consultation for Brazil

Brasília, 20 de julho de 2012

Banco Central do Brasil
Assessoria de Imprensa

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

15 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

João Mezzomo

05 de maio de 2014 às 14h51

E a economia NÃO ACELEROU!!!!! O Brasil é uma maravilha para esses acadêmicos chutadores. Ninguém nunca lembra os chutes errados que eles deram, nem eles mesmos. Aqui o cara candidato a “cientista’ inenta uma teoria que agrade à “opinião pública”, ao poder econômico (que no Brasil são quase a mesma coisa), depois sai a cata de dados que a corroborem. São não os encontra, problema é dos fatos, que não agem como deveriam!!!!!

Responder

João Mezzomo

03 de agosto de 2012 às 16h10

Pô cara, seu argumento me matou….Que brilho!!!!
Imagino o tempo que você gastou para chegar a essa brilhante conclusão….
Por isso que digo que esse país é injusto. Imagina um cara com a sua erudição comendo merda. Que injustiça!!!!

Responder

João Mezzomo

27 de julho de 2012 às 13h12

Caros,

Acho a política econômica da Dilma equivocada. Os juros altos são a proteção da moeda, eles valorizam o real e consequentemente a todo o brasileiro, que recebe em reais. Os impostos distribuem renda, assim como os salários. É um equívoco pensar que os empresários investem se tem juro ou impostos baixos. Os empresários reais que eu conheço investem se tem demanda. Se tem demanda e eles não tem dinheiro, compram a crédito. Se eles acumulam lucros e não tem demanda, eles imobilizam ou investem em fundos. No tempo do Lula a economia cresceu por que ele não foi atrás desses acadêmicos que raciocinam de forma equivocada, arrecadou e distribuiu renda. Agora a arrecadação cai e a criminalidade cresce, e uma coisa tem a ver com outra, pois a esfera pública é aquela que permite alguma igualdade entre as pessoas, sem ela é a selva. É isso que a Dilma devia fazer, ao invés de ouvir o Gerdau, que é um bom empresário, começou com uma ferragem e hoje é líder de siderurgia, mas é ignorante coitadinho. Tem visão estreita, assim como nossos acadêmicos . A cultura e o conhecimento atrapalham os empresários, por isso eles não são bons conselheiros para presidente.
Abraços.

Responder

    FranciscoD.A.

    27 de julho de 2012 às 22h07

    Na visao dos RED MONKEYS, u negóciu é cumprar e num pagar…

    Mesmo que venham a morar dentro da propria geladeira nova, comprada em 182 prestaçoes nas casas bahia…

    Responder

      João Mezzomo

      06 de agosto de 2012 às 09h07

      Esse meu comentário do dia 3 foi pra você Francisco….Outra coisa, onde foi que você aprendeu esse inglês tão prefeito?…..Bóóóóóó…….

      Responder

valcir barsanulfo-Ituiutaba

23 de julho de 2012 às 11h07

O momento é nosso, os neo liberais não podem mais nos atrazar. Com a Presidenta Dilma no comando o barco vai dvento em popa. O Hadad já já aparece disputando a cabeça e defenestrando o Zéquemente cerra.

Responder

    FranciscoD.A.

    23 de julho de 2012 às 19h57

    COMENTÁRIO TROLL

    Responder

    FranciscoD.A.

    27 de julho de 2012 às 22h04

    Os RED MONKEYS tentam se iludir, mesmo sabendo que hoje Russomano é detentor dos votos de oposiçao de SP.

    Pobre Haddad, pobre Lula, morreram e ninguém os avisou, ainda, heheheh

    Responder

Elson

23 de julho de 2012 às 09h10

Essa crise no fundo está dando ao Brasil a oportunidade de corrigir distorções de nosso sistema financeiro onde é mais atrativo investir em especulação do que em produção. Um dia a crise acaba, e quando isso acontecer sairemos na frente, afinal a inflação está controlada, os juros estão baixando, as contas públicas estão baixas e há dinheiro para investimentos, não é desta vez que os urubólogos a serviço da especulação rentista vão pautar a política econômica nacional.

Responder

Roberto Locatelli

22 de julho de 2012 às 08h38

O FMI apenas está reforçando as avaliações que Paulo Krugman (prêmio Nobel) e outros economistas fazem sobre o Brasil.

Responder

Paulo Silva

21 de julho de 2012 às 10h36

Na época do FHC a economia cresceu como rabo de cavalo. O tucano quebrou o País.

Responder

FranciscoD.A.

21 de julho de 2012 às 09h17

Nosso cordial Bom Dia, aliás.

Meu e do Datafolha, heheheh

Responder

FranciscoD.A.

21 de julho de 2012 às 09h14

Quem disse isso foi a Astróloga que garantiu que o Poste HADDAD vai ganhar, com seus soberbos 6%, disputando cabeça a cabeça com a Soninha Maconheira e com o cara do AeroTrem????
.
.
HAHAHAHAHAHAHAHAH

O Sr. é um fanfarrão, Miguelito.

O Navio do PT afundando e vc imitando o quarteto de músicos do Titanic…..

Responder

    Elson

    23 de julho de 2012 às 09h05

    Quem está com a nau em perigo é o consórcio DEM/PSdB, já que a cachoeira de corrupção ameaça tragar estas duas legendas para um mar de lama.

    Responder

      FranciscoD.A.

      23 de julho de 2012 às 20h00

      COMENTÁRIO TROLL

      Responder

Deixe um comentário

O Xadrez para Governador do Ceará Lula ou Bolsonaro podem vencer no 1º turno? O Xadrez para Governador de Santa Catarina