Análise em vídeo das manifestações do 2 de outubro e as vaias a Ciro

Freixo tem 24% do voto universitário

Por Miguel do Rosário

24 de julho de 2012 : 13h19

No Rio de Janeiro, a última pesquisa Datafolha confirma o favoritismo isolado de Eduardo Paes. Mas revela igualmente o crescimento de Marcelo Freixo, cuja candidatura se apóia sobretudo nas faixas mais instruídas da população.

Eu preparei alguns gráficos para entendermos como se distribui o eleitorado junto aos dois principais candidatos. Confira os comentários abaixo de cada gráfico.

 A composição eleitoral de Paes está bem distribuída nas diversas faixas de renda. O eleitorado de Freixo se concentra nas faixas mais elevadas. 

 O eleitorado de Freixo está fortemente concentrado junto ao público com educação superior, onde ele tem 24%. 

 Este é um gráfico interessante. A força de Paes cresce junto com a idade do eleitor. Já Freixo tem mais força junto ao eleitor com idade entre 25 a 34 anos. 

 Paes tem muita força junto ao público feminino, onde registrou 56% das intenções de voto. Já Freixo tem mais força entre os homens, onde tem 12%. O voto masculino costuma ser mais ideologizado.

A tabela completa vem abaixo (clique para ampliar).

O prefeito está muito bem avaliado pela população, conforme se pode verificar pela pontuação dada pelos entrevistados:

Observe que o prefeito é especialmente bem avaliado pelos mais velhos e pelos que ocupam as faixas de renda inferiores. 

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

Nenhum comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »


Deixe um comentário