Análise em vídeo das manifestações do 2 de outubro e as vaias a Ciro

Única testemunha vai dizer que mensalão não existiu

Por Miguel do Rosário

13 de agosto de 2012 : 00h32

A confissão de Jefferson: mensalão foi coação ao PT

No Brasil 247

NA SUA DEFESA, ROBERTO JEFFERSON PREPARA UMA GRANDE SURPRESA: A CONFISSÃO DE QUE SEUS R$ 4 MILHÕES ERAM CAIXA DOIS E DE QUE A PALAVRA MENSALÃO FOI CRIADA PARA COAGIR O PT, QUE PRETENDIA DERRUBÁ-LO NO INÍCIO DO GOVERNO LULA

12 de Agosto de 2012 às 11:42

247 – Nesta segunda-feira, com a retomada da apresentação das defesas na Ação Penal 470, haverá uma grande surpresa. O advogado Luiz Francisco Corrêa Barbosa, que defende Roberto Jefferson, dirá que os recursos entregues pelo PT ao PTB, R$ 4 milhões ao todo, diziam respeito a um acordo para financiamento de campanhas municipais em 2004. Ou seja: ele negará a tese do mensalão e da compra de votos de parlamentares, que havia sido denunciada pelo próprio Jefferson.

O ponto mais surpreendente foi antecipado pelo advogado de Jefferson, numa entrevista ao portal iG. Corrêa Barbosa afirmou que existem dois conceitos de mensalão. A mesada, supostamente paga a parlamentares, foi, segundo ele, um “objeto de coação”. Ou seja: Jefferson, que se dizia pressionado pelo partido, criou a palavra como figura retórica para se vingar de seus algozes. O segundo conceito é o caixa dois, como já admitido por réus, como Delúbio Soares.

Na semana passada, o presidente do PTB já fez essa revelação ao dizer “José Dirceu me derrubou, mas livrei o Brasil dele”. Essa “vingança” mobiliza o debate político no Brasil há sete anos e boa parte da acusação de compra de votos está ancorada no testemunho de um personagem que, agora, desdiz tudo o que havia dito.

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

2 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

josé da Mota

02 de setembro de 2012 às 08h45

Triste poesia do resultado do pseudo “Mensalão do PT”.

“Fruto da ambição”

Eis lua cheia clareia
Quem dita é o mal
Sequer força receia
Abusa de seu mental

Invasão a salomão
Destruição de seu saber
Regras vão na contramão
De divino ser ao ter

Impera o amor não
Masmorra é justiça
Forca é jurisdição
Mente fica postiça

Salomônico saber
Atirado aos porcos
Luminar apodrecer
Eis vivos sois vil mortos

Homens pátria mãe gentil
Por ambição dão Brasil
Para anti-salomão
Alcunha-se Mensalão

Responder

José da Mota

25 de agosto de 2012 às 05h49

1 – “Nunca houve Mensalão do PT e sim, o Obscuro Mensalão do PT.”

José da Mota.

Obscuro Mensalão do PT. Talvez só descrevendo-o assim. O trabalho complicado, intricado, pouco possível e improvável de inventar um imaginário pagamento sistemático mensal para justificar o jargão publicitário Mensalão do PT, possa ser compreendido. Obscuro é, foi e sempre será o motivo de sua criação, pois é um jargão ardiloso, como a própria armadilha para o qual foi inventado.
Não confundam os crimes que estão sendo apurados, com o crime de compra de votos com pagamento mensal sistemático, um mensalão. Que vem de situações
onde há pagamentos de grandes salários por mês, legal ou ilegal.
Isto foi tão mal intencionado que foi criado sem a menor discrição. Para causar alvoroço político, e com isso, a queda de um poder político. Do Lula e aliados que, se fortalecem a cada dia que passa.
É o movimento socialista brasileiro no comando dos municípios, capitais, estados e nação sob qualquer de suas bandeiras, PT, PSOL, PCdoB, PCB, PMDB entre outros, e se aliando à outros tidos como de direita, sem preconceitos. Para uma mudança de concepção política individualista à patriotismo. Valorizando primeiramente Deus
e suas forças, e depois, antes de mais nada, nossa pátria mãe gentil, Brasil!
Não há mais espaço para a direita brasileira, a direita vende-pátria neoliberal. Nem mesmo onde foi inventada. Porque é patrocinadora do mesmo neoliberalismo que faliu EUA, parte da Europa e continua espalhando falências por este continente e outros mais. Um erro cujo acerto é o seu fim, se não radicalmente, paulatinamente.
Sob este obscuro jargão “Mensalão do PT” houveram sim, vários crimes, talvez todos os que estão sendo apurados, mas nenhum deles ligados à algum recebimento ou pagamento sistemático mensal para algum tipo de votação na câmara dos deputados federais. Por que não houve nada disso, foi pura invenção, marketing de guerra fria. Mais ou menos como o das mentiras da existência de armas químicas do Iraque.
Que levaram-no à uma guerra insana contra a própria vontade que virou uma carnificina humana de seu povo, por anos consecutivos. E não relaxe não, pois o inimigo oculto do Brasil é mau como os EUA e seus países aliados foram com o Iraque. Se puderem, nossos inimigos ainda ocultos para alguns, patrocinam uma carnificina de nosso povo sem igual na história da humanidade só para usurparem de nossas riquezas.
2 – Ponham em suas cabeças de uma vez por todas, não permitam serem manipulados por grande parte da grande mídia, pois não houve mensalão. Isto não passou de uma invenção de um tal, fulano, chamado Roberto Jefferson que; disse e desdisse por várias vezes que houve e não houve o pagamento sistemático à parlamentares para votarem a favor do governo. Abrindo a oportunidade para os golpistas criarem o jargão cruel e assassino de reputações; “Mensalão do PT”. Que a partir de agora passo a chamá-lo de: Obscuro Mensalão do PT, e convido a todos para faze-lo para sua própria defesa e de nossa nação.
José da Mota.
josédamottaleiteneto.blogspot.com ou quanticainterliga.blogspot.com

Responder

Deixe um comentário