Fundador do Instituto Ideia vê chance de Lula vencer no 1° turno

Merval estrebucha

Por Miguel do Rosário

11 de janeiro de 2013 : 14h08

[s2If !current_user_can(access_s2member_level1) OR current_user_can(access_s2member_level1)]

Com sua escadaria, Selarón criou uma metáfora eterna de beleza e redenção.

A oposição não anda com sorte mesmo. Os metereologistas prevêem chuvas intensas em boa parte do Brasil, em especial na faixa onde se encontram os grandes reservatórios nacionais. É tanta chuva que o INPE soltou até uma advertência às autoridades para ficarem de prontidão.

Após reunião com a presidente Dilma, os principais empresários do país declararam não apenas que não acreditam em racionamento de energia este ano, como estão otimistas e dispostos a investir pesado na economia. Só a Odebrecht deve investir R$ 17 bilhões em 2013. Pois é, Merval. Pelo jeito não é o Dirceu que está estrebuchando…

[/s2If]
[s2If !current_user_can(access_s2member_level1)]
Para continuar a ler, você precisa fazer seu login como assinante (no alto à direita). Confira aqui como assinar o blog O Cafezinho.[/s2If]

[s2If current_user_can(access_s2member_level1)]

A inflação de 2012 fechou em 5,84%, mantendo-se dentro da meta do governo, que varia de 2,5% a 6,5%, e representa uma queda em relação ao ano anterior, quando encerrou em 6,5%.

É uma excelente notícia, sobretudo quando associada ao declínio dos juros, porque põe por terra a tese de que somente juros altos poderiam manter a inflação sob controle. Em 2012, aconteceu o contrário. Os juros caíram fortemente, e a inflação terminou o ano mais baixa do que no ano anterior.

*

Hoje a Folha traz uma matéria com título bombástico:

Manobra para atingir superavit faz Tesouro perder R$ 4 bi

Entretanto, quando vamos ler o texto, descobrimos que…

Na operação, quem comprou as ações da Petrobras foi o BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social). O banco adquiriu R$ 8,8 bilhões em papéis da companhia, em um artifício do governo para tentar atingir a meta do superavit primário (economia para pagar os juros da dívida) em 2012, que ficou em 3,1% do PIB, o equivalente a R$ 139 bilhões. Controlado pela União, o BNDES pode lucrar com a valorização dos papéis daqui para frente. Se isso ocorrer, poderá devolver pelo menos parte do dinheiro para o governo federal na forma de dividendos.

Ou seja, o título sensacionalista da matéria se esvazia ao ser confrontado pelo próprio conteúdo da mesma. O governo vendeu ações da Petrobrás para ele mesmo… Foi uma manobra, sim, mas dentro da lei, e sem prejuízo para a União. Faltou dizer que o BNDES não apenas irá devolver “parte do dinheiro” ao Tesouro. O BNDES tem, nos últimos anos, proporcionado grandes lucros à União, que é a acionista única do banco.

Vale dar uma espiada em alguns gráficos do BNDES:

Repare que os ativos totais do BNDES saltaram de R$ 150 bilhões em 2003 para R$ 651 bilhões em 2012, com destaque sobretudo para o período pós-2008.

 

Na tabela acima, observe que o BNDES obteve um lucro líquido de US$ 4,8 bilhões em 2011, um valor bem acima do registrado pelas principais instituições financeiras internacionais, como BID e Banco Mundial, cujos lucros líquidos nos últimos 12 meses ficaram em US$ 189 milhões e US$ 783 milhões, respectivamente. Registre-se ainda que o desembolso do BNDES em 2011 ficou em US$ 82,25 bilhões, contra US$ 2,0 bilhões do BID e US$ 19,7 bilhões do Banco Mundial.

Em outras palavras, o que a imprensa brasileira chama de “manobras contáveis” entre Tesouro e BNDES são, na verdade, operações financeiras legítimas entre dois órgãos de Estado, que tem resultado em grandes vantagens para a União e, portanto, para o contribuinte. O BNDES é, seguramente, a jóia da coroa do Estado brasileiro.

Para se ter uma ideia da importância do BNDES, confira essa notícia, publicada na primeira semana de janeiro no site da instituição, segundo a qual o banco aprovou financiamento de R$ 2,4 bilhões para a instalação de uma fábrica da Fiat na Bahia.

*

A coluna de hoje de Merval, atacando o ex-ministro, revela o estrago provocado pela entrevista de Roberto Gurgel à Folha, onde o procurador confessa não ter encontrado provas que incriminassem Dirceu.

Interessante observar, aliás, que o ex-ministro mantém uma agenda política intensa, conforme se conclui por esta notinha publicada hoje no Painel da Folha:

Petit comité O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), ofereceu anteontem almoço ao ex-ministro José Dirceu. O encontro, que ocorreu na casa do peemedebista, foi reservado.

De fato, na medida que o tempo permite uma observação mais cuidadosa do julgamento do mensalão, evidencia-se a sua precariedade. Tanto é assim que, mesmo após a condenação, a mídia se vê obrigada a usar seus principais colunistas para defender o julgamento. Curiosamente, Dirceu e Genoíno saíram do julgamento maiores do que entraram, e não sou eu que o digo. Genoíno assumiu o mandato de deputado federal sob aplausos dos deputados, e defendido por uma parcela expressiva da intelectualidade. Da mesma forma, seria impensável, meses atrás, que Dirceu fosse homenageado pelo Presidente do Congresso Nacional, com um almoço.

O que isso quer dizer? Quer dizer que, se olharmos com atenção, ouviremos o ruído das placas tectônicas da História se movendo, abrindo fissuras nas quais desaparecerão as mediocridades midiáticas de hoje.

*

Numa outra fronte, a mídia também não está tendo muito sucesso em sua tentativa de pintar os acontecimentos na Venezuela como um “golpe chavista”. Hoje o Globo estampa na primeira página o seguinte título:

E quem são os “juristas brasileiros” entrevistados pelo Globo que criticam o governo? Ora, o primeiro é Ives Gandra, 77,  jurista confessadamente reacionário, um dos mais destacados membros da Opus Dei no Brasil.  O mesmo que defendeu, encarniçadamente, os golpes em Honduras e no Paraguai. O mesmo que, nos últimos anos, tem sido um dos protagonistas do mais vil e covarde revisionismo do período ditadorial.  Segundo Gandra, havia mais “garantia aos cidadãos”, mais “honestidade” durante a ditadura do que hoje. Num mesmo artigo onde chancela o termo “ditabranda” para se referir aos anos de chumbo, o jurista, num tardio arroubo de bajulação aos militares, faz uma afirmação estapafúrdia:

Estou convencido, de que, hoje, o militar brasileiro – que tem perfeita noção de suas funções e profundo respeito às instituições democráticas, como pude tantas vezes constatar, como professor emérito da Escola de Comando e Estado-Maior do Exército – tem mais noção dos problemas do País e de suas soluções que a maioria dos demais cidadãos.

Esses são os intelectuais que sempre chancelarão os golpes, no passado, no presente e no futuro.  O Globo, por exemplo, publicou hoje o seu milésimo editorial antichavista. Considerando que o Supremo Tribunal de Justiça da Venezuela, a OEA, o governo brasileiro, e até mesmo o principal nome da oposição da Venezuela, Henrique Capriles, chancelaram a decisão do governo daquele país de adiar por tempo indeterminado a posse de Chávez, com passagem de poder para seu vice, Nicolás Maduro, o posicionamento do Globo não pode ser classificado senão como radicalismo conservador e antidemocrático.

A comparação com o golpe no Paraguai é ridícula, e mostra mais uma vez o descomprometimento de nossos barões da mídia com os ideais democráticos. Sempre que há um movimento no sentido de derrubar presidentes eleitos, a mídia apóia. Sempre que o movimento é de apoio aos presidentes eleitos, a mídia é contra. Ela sempre está contra o povo. É previsível.

[/s2If]

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

16 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Jaime (@jaimeramos21)

14 de janeiro de 2013 às 16h54

Corem mervais! Vem chuva por aí. http://t.co/oKmdNzh1

Responder

@O__Lobo

14 de janeiro de 2013 às 16h29

Merval estrebucha – http://t.co/EfgjVHjn

Responder

Fátima Pereira (@Fape2)

14 de janeiro de 2013 às 11h15

Merval estrebucha – http://t.co/iAFQPjaz

Responder

Messias Franca de Macedo

13 de janeiro de 2013 às 23h59

… E SE FOSSE UM(UMA) DA FAMÍLIA LULA, HEIN PIG?!…

#####################

A polícia de Punta del Este, no Uruguai, confirma que se trata, sim, de um filho do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, um dos dois jovens detidos no balnerário, na noite da quarta-feira 4, durante um incidente em uma danceteria. Os jovens brigaram com seguranças e foram levados para a delegacia local. As informações são do portal uruguaio U Notícias. 247 transmitiu a notícia para a assessoria de imprensa do Palácio dos Bandeirantes, sede do governo de São Paulo. Não houve confirmação nem desmentido da informação. Retorno prometido.

FONTE: Brasil 247
Texto repercutido em http://flitparalisante.wordpress.com/2013/01/05/governo-de-sp-nega-prisao-de-filho-de-alckmin-no-uruguai/

Governo de SP nega prisão de filho de Alckmin no Uruguai
FONTE: http://flitparalisante.wordpress.com/2013/01/05/governo-de-sp-nega-prisao-de-filho-de-alckmin-no-uruguai/

Responder

Messias Franca de Macedo

13 de janeiro de 2013 às 20h38

UM TRIBUTO A Merval “DA ‘grobo'”!

[A COMPETÊNCIA (sic) DO PIG, LEI DE MEIOS E subDEMOCRACIA DE BANANAS “CHEIROSOS(AS)”!]

###########################

A SEMANA DOS GRANDES ERROS NA GRANDE IMPRENSA

Wishful thinking. A expressão inglesa é a melhor tradução para o comportamento dos grandes jornais brasileiros na semana que passou e expressa um dos principais erros do pensamento, que é o de transformar desejos em realidade. Em vez de narrar os fatos como eles são, a história é contada como gostaríamos (ou gostariam) que fosse.
Entre pessoas comuns, o erro é perdoado. Mas quando se trata de grandes jornais, que têm o dever da objetividade, a questão se complica. A semana que passou, para a grande imprensa, foi também a semana dos grandes erros. Não pequenos deslizes, mas erros colossais, que, em alguns casos, foram escritos em letras garrafais – fugindo até ao padrão gráfico das publicações.
O jogo dos erros começou com a Folha de S. Paulo, dos Frias, que, na segunda-feira, anunciou: “Escassez de luz faz Dilma convocar o setor elétrico”. No subtítulo, a mensagem de que, na “reunião de emergência”, seriam discutidas medidas contra o racionamento, sob a imagem de uma vela acesa na escuridão. Este era o desejo – o wishful thinking. A realidade, no entanto, é que a reunião não era emergencial nem haverá racionamento.
No dia seguinte, foi a vez do Estadão, principal concorrente da Folha, que não ficou atrás. O sonho da família Mesquita, que controla o jornal, talvez seja ver o ex-presidente Lula atrás das grades. E a manchete “MPF vai investigar Lula” veio em negrito e letras gigantes como se anunciasse que a Alemanha nazista foi derrotada pelos aliados. Mais um exemplo de wishful thinking. No mesmo dia, a “informação” foi negada pelo procurador-geral Roberto Gurgel.
O Globo, dos Marinho, naturalmente, não poderia ficar de fora da festa e anunciou que grandes grupos empresariais já planejam racionar energia. Outra demonstração de um desejo – na quinta-feira, após uma reunião com a presidente Dilma, os principais empresários do País deram demonstrações públicas de que não estão trabalhando com a hipótese de apagão.
Se tudo isso não bastasse, houve também a barriga de Veja Online, que, também nesta semana, anunciou a fusão entre Bradesco e Santander. Neste caso, não era wishful thinking. Apenas um erro de informação e os jornalistas responsáveis foram demitidos.
De todo modo, a semana foi exemplar ao escancarar os riscos que se corre quando a vontade política dos editores se sobrepõe à objetividade dos fatos.
PS: até agora, apenas a Folha admitiu o erro, ainda que em letras miúdas.

FONTE: http://www.brasil247.com/pt/247/midiatech/90346/A-semana-dos-grandes-erros-na-grande-imprensa.htm

“MULTIDÃO” CONTRA LULA NA PAULISTA: 20 PESSOAS

Protesto realizado em São Paulo na tarde deste domingo associou o ex-presidente ao mensalão, mas não conseguiria encher mais do que duas kombis; nas faixas, Lula era chamado de ladrão; das 1,8 mil pessoas que confirmaram presença pelo Facebook, só duas dezenas marcaram presença; será essa a força da oposição no Brasil?
13 DE JANEIRO DE 2013 ÀS 20:01

FONTE: http://www.brasil247.com/pt/247/poder/90451/Multid%C3%A3o-contra-Lula-na-Paulista-20-pessoas.htm

Responder

Messias Franca de Macedo

12 de janeiro de 2013 às 00h32

Cantanhêde expõe Folha ao ridículo

emhttp://altamiroborges.blogspot.com.br/2013/01/cantanhede-expoe-folha-ao-ridiculo.html

##############################

LÁ VEM O MATUTO TIETE DA ELIANE CANTANHÊDE “DO PIGolpista/terrorista/antinacionalista!

ELIANE CANTANHÊDE [“DO PIG”] POR ELIANE CANTANHÊDE [“DO PIG”]:
“Desmentir ‘barrigadas’ desconfortáveis, aliás, é comum a todos os veículos do PIG: o que é bom dos governos Lula e Dilma a gente [do PIG] esconde; o que é [supostamente!] ruim a gente [do mesmo PIG] mostra em destaque.”

Lá isto é jornalismo, sô?!…

… República da [eterna] OPOSIÇÃO AO BRASIL, fascista, aloprada, alienada, histriônica, impunemente terrorista, MENTEcapta, néscia, golpista de meia-tigela, antinacionalista, corrupta… ‘O cheiro dos cavalos ao do povo!’ (“elite estúpida que despreza as próprias ignorâncias”, lembrando o enunciado lapidar do eminente escritor uruguaio Eduardo Galeano)

Bahia, Feira de Santana
Messias Franca de Macedo

Responder

Messias Franca de Macedo

12 de janeiro de 2013 às 00h31

GILMAR, O ATOR DO MENSALÃO.
O DINHEIRO NÃO SUMIU
Por que o MP tirou os tucanos da reta? Mas, sumiu como, se o dinheiro foi gasto?

Saiu na revista “Retrato do Brasil”:

COMO SE MONTOU A PROVA DO “MAIOR ESCÂNDALO DA HISTÓRIA DA REPÚBLICA”. E POR QUE ESSA “PROVA” É FALSA E PRECISA SER REVISTA PELO STF

http://www.conversaafiada.com.br/brasil/2012/12/27/gilmar-o-ator-do-mensalao-o-dinheiro-nao-sumiu/#comment-1019334
Publicado em 27/12/2012

################################

… Bom, vamos ao ‘domínio do fato factual’: quando os réus do mensalão [o do PT, revisor!] irão ingressar com ações requerendo indenização por calúnia, difamação, danos morais, danos materiais, danos psíquicos/psicológicos?!… Ou esta gente torpe ficará impune?! Pensemos na história deste país! O que ficará para a posteridade?! As futuras gerações terão ou não direito a tomar conhecimento desta página obscena e obscura da cena nacional?!…

AS RUAS, AVENIDAS, BECOS, GUETOS, ALAMEDAS… ESPERAM – E CLAMAM -, ANSIOSOS, POR VOZES! OU NÃO?!…

Que país será este, sô?!…

Bahia, Feira de Santana
Messias Franca de Macedo

Responder

Messias Franca de Macedo

12 de janeiro de 2013 às 00h29

VALÉRIO DESVIOU $
DA VISANET PARA A GLOBO?
Que conclusão o prezado leitor tiraria ao saber de lista com grandes depósitos feitos pelo famoso Marcos Valério na conta da maior emissora de TV do País?

Reportagem de Lia Imanishi da revista Retrato do Brasil (a mesma Retrato que já havia demonstrado que o dinheiro da Visanet não era público *nem que tivesse sumido!
em http://www.conversaafiada.com.br/brasil/2013/01/11/valerio-desviou-da-visanet-para-a-globo/#comment-1019317

Publicado em 11/01/2013
* GILMAR, O ATOR DO MENSALÃO.
O DINHEIRO NÃO SUMIU
Por que o MP tirou os tucanos da reta? Mas, sumiu como, se o dinheiro foi gasto?
em http://www.conversaafiada.com.br/brasil/2012/12/27/gilmar-o-ator-do-mensalao-o-dinheiro-nao-sumiu/
* Publicado em 27/12/2012

#############################3

… O circo – perdão, ato falho -, o cerco está se fechando! No final, o conluio PIG/STF irá revelar que os réus do mensalão [o do PT, revisor!] foram vítimas de chicanas jurídicas amplificadas pela “grande” mídia nativa, eternamente terrorista/golpista/antinacionalista… Os que ontem indigitavam e bravateavam ficarão nus – e sob o risco de passarem a vestir um paramento (adorno, indumentária, fardamento) listrado, “numerado sob medida”!…

“Meu ‘fi’, não há nada ‘mió’ do que o dia que ‘assucede’ o outro!” Minha saudosa e sábia avó

BRASIL (QUASE-)NAÇÃO
Bahia, Feira de Santana
Messias Franca de Macedo

Responder

Humberto Vieira (@HumbertoVieira7)

11 de janeiro de 2013 às 23h26

Merval estrebucha – http://t.co/0G3fe7G3

Responder

Messias Franca de Macedo

11 de janeiro de 2013 às 22h50

Merval Pereira, o “imortal”, vai rezar
Por Por Altamiro Borges
em http://altamiroborges.blogspot.com.br/

LÁ VEM O MATUTO TIETE DO MERVAL!

… MERDAL Pereira “da ‘grobonews'” é um ‘jornalista amigo dos patrões barões da grande MÉRDIA nativa’ – e pós-douto em jornalismo Penal, Constitucional e recém pós-graduado em jornalismo energético! (sic)… Uma sumidade ‘jenial’!… Todos os assuntos – por mais complexos que sejam – ganham uma dimensão de ‘simplista resolutividade’ na análise imparcial (idem sic) e onisciente (ibidem sic) do Merval!… Não é mesmo, Renata Lo Prete?!…
Viva o Merval “‘da grobo’”! Viva “o ‘brazil’ mudado por um menino pobre de nome Joaquim!” [RISOS DO MATUTO!]

Que país é este, sô?!…

República Destes Bananas da [eterna] OPOSIÇÃO AO BRASIL, fascista, terrorista, histriônica, alienada, aloprada, MENTEcapta, impunemente terrorista, golpista de meia-tigela, corrupta… ‘O cheiro dos cavalos ao do povo’! (“elite estúpida que despreza as próprias ignorâncias”, lembrando o enunciado lapidar do eminente e catedrático pensador humanista uruguaio Eduardo Galeano)

Bahia, Feira de Santana
Messias Franca de Macedo

Responder

Under_Siege (@SAGGIO_2)

11 de janeiro de 2013 às 21h58

? Pelo FIM da #MidiaBandida, não ao Financiamento por Empresas Públicas/Mistas à canalha midiatica?Merval estrebucha – http://t.co/XSnD2WKN

Responder

Carlos Antônio (@Carlosgrupon8)

11 de janeiro de 2013 às 14h49

Merval estrebucha – http://t.co/hST0eJxG

Responder

Maria José Lula Rêgo (@mjsrego)

11 de janeiro de 2013 às 14h49

Merval estrebucha – http://t.co/PSQso6bH

Responder

@acazzo

11 de janeiro de 2013 às 14h31

Merval estrebucha – http://t.co/UUqxS22v

Responder

reinaldo azeverde (@reinaldoazeverd)

11 de janeiro de 2013 às 14h16

Merval estrebucha – http://t.co/nckhhCkU

Responder

migueldorosario (@migueldorosario)

11 de janeiro de 2013 às 14h08

Merval estrebucha http://t.co/7IN790k1

Responder

Deixe um comentário

O Xadrez para Governador do Ceará Lula ou Bolsonaro podem vencer no 1º turno? O Xadrez para Governador de Santa Catarina