Antijornal Nacional de quinta-feira começa agora!

Comissão da ABI se solidariza com Miguel do Rosário

Por Miguel do Rosário

06 de novembro de 2013 : 16h32

O Cafezinho agradece profundamente a Mario Mugusto Jakobskind, presidente da Comissão de Defesa da Liberdade de Imprensa e Direitos Humanos da ABI (Associação Brasileira de Imprensa), e Daniel Mazola, secretário executivo da mesma, e a todos, pela pronta defesa da minha liberdade de expressão, agredida covardemente pelo diretor-executivo de jornalismo do maior conglomerado de mídia da América Latina, Ali Kamel.

Kamel parece não ter noção do que ele é e do que ele representa, e ao mesmo também não entende o que eu sou, e o que eu represento. Ele representa um poder midiático descomunal. Seu advogado é também advogado da família mais rica do Brasil. Eu sou um modesto blogueiro, cujo único patrimônio é minha palavra. Se alguém representa, aqui, o conceito de “liberdade de expressão”, com certeza, não é ele, que dirige uma empresa cujo jornalismo tem um triste histórico de apoio a golpes e manipulações. Inclusive sob a direção dele, Ali Kamel. Vide o episódio da “bolinha de papel” e daquele ex-presidiário “Rubnei Quicoli”, a quem foi dado quase 10 minutos no Jornal Nacional, às vésperas da eleição presidencial de 2010, para dizer que o BNDES iria lhe emprestaria R$ 8 bilhões.

Ele quer me processar por chamá-o de “sacripanta”? De “reacionário”?

Que espécie de liberdade de expressão é essa defendida pela Globo?

Acabo de receber o seguinte email de Jakobskind.

*

Comissão da ABI solidariza-se com o jornalista Miguel do Rosário

A Comissão de Defesa da Liberdade de Imprensa e Direitos Humanos da ABI solidariza-se com Miguel do Rosário, que por escrever em seu blog Cafezinho em defesa do jornalista Rodrigo Viana está sendo processado pelo diretor executivo de jornalismo da Rede Globo, Ali Kamel.

Consideramos esta tipo de ação sem propósito e na prática de caráter punitivo em função de Rosário ter feito denúncias sobre sonegação fiscal que teria sido cometida pela empresa.

A Comissão entende que o tipo de ação proposta por Kamel, na prática se volta contra a liberdade de imprensa. Não tem sentido este tipo de ação por um comentário contrário a uma empresa, onde o jornalista que entrou com a ação, exerce o cargo de diretor executivo.

Esperamos que a Justiça leve em conta o caráter de tolhimento da liberdade de imprensa, direito fundamental para o exercício democrático e arquive o processo.

Mário Augusto Jakobskind, presidente da Comissão de Defesa da Liberdade de Imprensa e Direitos Humanos da ABI

Daniel Mazola, secretário da Comissão de Defesa da Liberdade de Imprensa e Direitos Humanos da ABI.

LIBERDADE-DE-EXPRESSÃO

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

7 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Claudete Carneiro Ribeiro

10 de novembro de 2013 às 22h15

Quem gosta de honestidade, está com você !

Responder

Antonio Carlos Marques

06 de novembro de 2013 às 21h12

Miguel, como diz o PHA, diz-me quem te processas que eu te direi quem és.
Isso mostra que vc está no caminho certo e fazendo muito bem seu trabalho.
Continue, nós agradecemos!

Responder

Flá Ahm

06 de novembro de 2013 às 19h48

Caríssimo, sua palavra tem alcance. Daí tal reação. Mas os bons estão ao seu lado.

Responder

Marcia Oliveira

06 de novembro de 2013 às 19h24

Vamos curtir e compartilhar!! A Globo é inimiga dos brasileiros de bem.

Responder

Gilberto de Souza

06 de novembro de 2013 às 19h09

Judicialização estúpida. Processa ele tb, Miguel Do Rosario, por importunar outrem com litígios sabidamente infundados.

Responder

Marco Espirito Santo

06 de novembro de 2013 às 18h51

Ser processado por esse individuo é uma “glória”………

Responder

Paulo Pericles

06 de novembro de 2013 às 18h36

Força Miguel!

Responder

Deixe uma resposta