Comentários sobre o áudio vazado de André Esteves (BTG Pactual)

A lista dos corruptores do ISS

Por Miguel do Rosário

11 de dezembro de 2013 : 11h51

Saiu hoje na Folha a lista dos corruptores do ISS da prefeitura de São Paulo. É chocante pensar no que isso representou em termos de prejuízo ao erário público:

13344608

*

NA FOLHA

Máfia do ISS dava ‘desconto’ maior a grandes devedores

ROGÉRIO PAGNAN
JOSÉ ERNESTO CREDENDIO
PEDRO IVO TOMÉ
FABRÍCIO LOBEL
BRUNO BENEVIDES
ADRIANA FARIAS
DE SÃO PAULO

A máfia do ISS de São Paulo aplicava uma lógica de mercado na hora de negociar a redução dos impostos de empresas em troca de propina, indica a contabilidade da quadrilha apreendida na casa do delator do esquema.

Análise da planilha feita pela Folha revela que, quanto mais uma empresa devia à prefeitura, maior era o “desconto” obtido por ela no recolhimento dos impostos.

Outro lado: Empresas negam ter pago propina a envolvidos na máfia do ISS

O documento expõe o prejuízo causado pela quadrilha ao caixa da prefeitura. Em dois casos, menos de 1% do que era devido foi pago.

Os dados mostram que os 20 maiores devedores do ISS recolheram em média 2,43% do imposto devido. Entre os 50 maiores, os tributos recolhidos sobem para 2,99%.

Dos 410 empreendimentos sob suspeita, a média de arrecadação chega a 4,61%.

A maior dívida de imposto é referente a um condomínio de alto padrão na rua Frei Caneca (região central).

Segundo a planilha, a ATT Empreendimento, responsável pela obra, devia à prefeitura R$ 974,7 mil, mas só recolheu R$ 17,4 mil –ou 1,78%.

Para ter esse “desconto”, indica a contabilidade, pagou R$ 94 mil para cada um dos quatro fiscais envolvidos. A empresa não se pronunciou.

O menor percentual de ISS foi recolhido por uma empresa de alumínio que pagou só 0,63% do que devia aos cofres, segundo registro na planilha –R$ 1.538 de R$ 243 mil.

A prefeitura diz que analisará os casos e cobrará, com multa e juros, os valores não pagos. Segundo a Promotoria, é possível concluir que os empreendimentos recolheram só R$ 2,5 milhões de R$ 61,3 milhões de ISS –e pagaram R$ 29 milhões de suborno.

O percentual da propina, ao contrário do imposto pago, não mudava em função do ISS devido –era sempre 50%, conforme a contabilidade.

O documento com os valores foi achado em um computador do auditor fiscal Luís Alexandre de Magalhães, que fez acordo de delação premiada com o Ministério Público.

Na lista, a Folha identificou até ontem 64 empresas –responsáveis por cerca de 200 empreendimentos.

Há estabelecimentos de grande porte, como o shopping Iguatemi, além dos hospitais Bandeirante e Igesp. Eles negam ter pago propina.

A planilha traz até um templo religioso. Trata-se da Igreja Assembleia de Deus na rua João Alfredo, em Santo Amaro (zona sul) –que devia R$ 79.675 em 2010, mas que, pela lista, teria recolhido só R$ 1.837. A igreja diz desconhecer pagamento de propina (de R$ 34.200, pela contabilidade).

custo-corrupção_opt

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

5 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Barbara Ferreiro

11 de dezembro de 2013 às 23h50

I$$O É CRIAÇÃO DE COVAS , QUE TRANSFORMOU OS PEDÁGIOS PAULISTAS , EM MEU PEDÁGIO MINHA VIDA , os pedágios de SP , são 50 vezes mais Caros , que no resto do mundo e as estradas UMA MERDA , É PARDAL de 500 em 500 metros , é o caça NÍQUEL do CACHOEIRA , AQUELE que o JB , não prende pois PPS , PV , DEM , PSOL e PSDB , fazem parte DO TRENSALÃO TUCANO PAULISTA , que é o TREM FANTASMA DO JB , LOGO ELE que é MARAJÁ FANTASMA da UERJ , JB É LADRÃO até como PROFESSOR é um PREVARICADOR .

Responder

Martha Machado Nogueira

11 de dezembro de 2013 às 19h36

Essa lista é a vergonha nacional.Impressionante como os corruptores não tem vergonha na cara. Essa desonestidade ultrapassou os limites da decência humana,mereceriam todos ser levados “ao paredon “.

Responder

Anderson

11 de dezembro de 2013 às 14h29

Comecemos pela Fundação CESP, cujo valor sonegado foi o menor ($32.595,00). Aplica-se multa razoável de 10.000% e o valor devido passaria a $3.259.500,00. Este deveria ser o percentual mínimo a ser aplicado aos infratores primários. Arriscariam outros nos próximos anos?

Responder

Marmelo Melo

11 de dezembro de 2013 às 15h37

Aquela Lo Prete é abaixo da crítica. Depõe contra tudo o q ela pensa que é. Coitada.

Responder

Marcos Carvalho Campos

11 de dezembro de 2013 às 13h56

E aquela Lo Prete ainda pergunta (de maneira politizada) sobre o aumento BRUTAL do IPTU ao Haddad. Pode? Brutal é a sonegação destas empresas.

Responder

Deixe um comentário

Parlamentarismo x Semipresidencialismo: Qual a Diferença? Fernanda Montenegro e Gilberto Gil são Imortais na ABL: Diversidade Auxilio Brasil x Bolsa Família: O que mudou? As Refinarias da Petrobras À Venda pelo Governo Bolsonaro O Brasileiro se acha Rico ou Pobre?