Jornal da Forum: Lula quer reindustrializar o Brasil!

Justiça italiana começa a desmascarar arbítrios da AP 470

Por Miguel do Rosário

28 de outubro de 2014 : 16h45

barbosa_globo

Barbosa recebendo o prêmio de “funcionário do ano”, de um dos irmãos Marinho.


 

A mídia se aferrou somente ao argumento, por parte da defesa, da precariedade das prisões brasileiras, mas a sentença da Justiça Italiana que mandou soltar Henrique Pizzolato também afirma que não foi observado o direito de todo réu, conforme se exige de países signatários de acordos internacionais de direitos humanos, ao duplo grau de jurisdição.

Pizzolato era um cidadão comum, sem cargo político, então deveria ter sido julgado em primeira instância, e não num STF cheio de ministros acuados por um processo terrível de linchamento político.

Quando a Justiça italiana se debruçar sobre outras arbitrariedades, como a absoluta falta de provas para condenar Pizzolato, ou ainda, quando identificar que havia provas abundantes de sua inocência, teremos a desmoralização completa daquele que foi o capítulo mais vergonhoso da história do judiciário brasileiro: a Ação Penal 470.

E a culpa recai sobretudo na figura dos procuradores gerais, Antônio Fernando de Souza e Roberto Gurgel, e do ex-ministro Joaquim Barbosa, que acumulou um poder plenipotenciário no julgamento da Ação Penal 470: foi o juiz responsável pela investigação, pela relatoria, pelo julgamento, pela apreciação de recursos, pela determinação das penas, e, por fim, autonomeou-se carcereiro dos condenados.

Tornou-se, com isso, o ídolo dos coxinhas, o justiceiro, mas violou todas as tradições democráticas.

A Ação Penal 470 já está desmoralizada junto a todo jurista minimamente honesto.

Falta agora descontruí-la junto a uma opinião pública envenenada, enganada, por uma mídia sem escrúpulos, muito mais interessada em vingança política do que em jornalismo ou justiça.

O julgamento de Pizzolato na Itália talvez ajude neste sentido.

*

Itália nega extradição e manda soltar Pizzolato

A Justiça da Itália rejeitou nesta terça-feira, (28/10), o pedido do governo brasileiro para extraditar o ex-diretor do Banco do Brasil Henrique Pizzolato, condenado por envolvimento no mensalão e atualmente preso em Modena. O brasileiro poderá deixar a prisão ainda nesta terça. A Corte de Apelação de Bolonha julgou o pedido feito pelo governo brasileiro e decidiu que, diante da situação das prisões no Brasil, de sua condição de saúde e por ter cidadania italiana, ele não pode ser devolvido ao Brasil para que cumpra pena no País.

O Brasil vai recorrer da decisão, o que significa que o caso se arrastará por 2015, em uma Corte em Roma. Mas, enquanto isso, Pizzolato vai aguardar uma decisão em liberdade. Ainda nesta terça, ele será levado de Bolonha de volta para Modena e liberado. Num púlpito entre a bandeira da Itália e da União Europeia e debaixo da frase estampada na parede do tribunal “A Lei é igual para todos”, Pizzolato parecia envelhecido e cansado diante dos ornamentos da sala imponente do prédio do Judiciário. Para o julgamento, a corte reservou sua principal sala, com bancos de couro e uma arquitetura clássica. A audiência durou mais de cinco horas.

A defesa de Pizzolato ainda enviou aos juízes documentos da ONU condenando a situação das prisões no Brasil. Nos documentos enviados para a Corte de Apelação de Bolonha, os advogados de Pizzolato ainda insistiram que o julgamento do caso do Mensalão não respeitou um dos princípios da defesa, que é justamente o fato de ser julgado em mais de uma instância.

Recurso

Em Bolonha, o Brasil foi representado pela AGU e pelo Ministério Público Federal. Ambos já indicaram que vão recorrer da decisão. Mas o próprio governo indica que, se for novamente derrotado, vai propor que Henrique Pizzolato cumpra sua pena na Itália.

Fonte: Estadão Conteúdo

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

95 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Sta. Catarina

01 de novembro de 2014 às 17h41

Que vergonha. Nossa IN-justiça levando pito da justiça italiana. Parabéns aos nossos magistrados e juízes. Ficam olhando os absurdos acontecerem e se calam ou, quando muito, levantam-se de forma medíocre contra as decisões antidemocráticas de seus pares.

Responder

A. Santiago

01 de novembro de 2014 às 01h52

A cúpula do PT, corruptos e corruptores foram condenados em um julgamento longo e amplamente aberto à defesa dos réus.Pelos fatos expostos e atuais, não há como negar a culpabilidade…(vejam o cado Petrobras)
No Brasil e no mundo, o grande mal da sociedade é a falta de caráter de alguns entes públicos que deveriam legislar e governar em favor do povo, mas só pensam em si mesmos e destilam sua ganância e ódio.

A corrupção não deve ser creditada a um determinado partido político, mas os corruptos devem sim responder pelos seus atos.

Responder

Pereira

31 de outubro de 2014 às 15h24

Brito e Barbosa serão julgados pelo povo brasileiro; não importa quando!!!!

Responder

narsizabtista

31 de outubro de 2014 às 11h55

Vamos esperar pelo desmoronamento do “Mentirão” e veremos estes que foram prejudicados por irem indevidamente para a prisão como o Dirceu e e outros requerer aquela fábula na Justiça de indenização devido este crime horroroso de ter metido cidadãos inocentes na Penitenciária. Vamos ver quem será responsabilizado por um absurdo destes. Eu gostaria que metessem o Fumaça lá na Papuda junto com o Carlin do PT e o Peluso e tomar-lhes todos seus bens para que eles mesmos paguem a indenização, mesmo assim ainda será pouco.

Responder

    Messias Franca de Macedo

    31 de outubro de 2014 às 22h34

    … assino embaixo!

    Responder

João Só

29 de outubro de 2014 às 23h41

Quando é que os condenados petistas do mensalão vão poder pedir a Revisão Criminal?

Responder

Henrique from Curitiba-PR

29 de outubro de 2014 às 23h10

Já que o sr, Barbosa é poliglota seria interessante ele ver este link:
http://www.ilfattoquotidiano.it/2014/10/29/henrique-pizzolato-allestradizione-in-brasile-per-banchiere-condannato/1177522/

Responder

Gilson lopes

29 de outubro de 2014 às 22h45

Começa a desconstrução da maior farsa do judiciário brasileiro.

Responder

Roberto

29 de outubro de 2014 às 20h59

O capitão do mato começa a desintegrar-se. Sem domínio de fato alemão em desuso. Sem Visanet privada, esquecido em sua desimportância. Lembrado no ranger de dentes de algum preso por injustiça, leva sua vida nababesca, com salário que deve beirar os R$ 30 mil. Que descaso com o dinheiro público. Viva Dilma.

Responder

edward

29 de outubro de 2014 às 19h35

Cadê a ação pedindo a devolução do dinheiro público desviado?

Não há!

É claro que nunca houve o desvio. Ninguém reclamou até agora o ressarcimento, porque nunca ocorreu desvio de dinheiro público.

Uma farsa!

Responder

mineiro

29 de outubro de 2014 às 17h43

desse pais facista, nazista agora comprovado e nao tem mais aquela mascara nojenta de pais cristao. eu tenho nojo desse termo pais cristao. pais do capeta, do facismo ,do nazismo , do golpismo. agora ta mais claro do que a luz do sol , o caso do mentirao do mensalao e aonde a elite , o pig golpista, queriam chegar. nisso tudo que esta acontecendo nesse momento , tudo isso foi inventado , manipulado para derrubar o lula e agora a dilma. porque so mentirao do mensalao do pt e dos tucanos cade? foi tudo golpe e armaçoes para derrubar os governos trabalhistas. e nao vai acabar, pode ter certeza eles nao vao desistir , isso nenhum brasileiro tem mais duvidas.

Responder

O JUIZ

29 de outubro de 2014 às 14h28

Espero sinceramente que aconteça e se concretize o que está aí acima. Que Pizzolato, mesmo abandonado pelo PT, tenha forças para reagir e volte ao seu País vitorioso, para olhar na cara de seus algozes e rir. Espero também que o Dirceu faça o mesmo, que viva pela busca da Justiça verdadeira, e para desmascarar os mal feitos do Ex Rei Barbosa. Se consguirmos derrubar essa ação, derrubaremos a elite mais pôdre do mundo, que congrega a imprensa golpista e os tucanos. E que seja logo, para liquidarmos de vez com os tucanos e seus parceiros de golpe.

Responder

Carol Santa Cruz

29 de outubro de 2014 às 10h21

Todos perceberam desde o inicio, so a neura do Joaquim Barbosa para justificar toda falta de respeito com os acusados

Responder

João Vieira Soares

29 de outubro de 2014 às 09h03

(Y) !!!

Responder

S

29 de outubro de 2014 às 04h08

Já começou ! Dois dias depois da reeleição de Dilma Rousseff, a Câmara dos Deputados, por ampla maioria — foi realizada em votação simbólica, com encaminhamento de lideranças — derrubou o decreto 8.243, o dos Conselhos Populares. O PT, o PSOL, o PCdoB e o PROS tentaram desesperadamente obstruir a votação do Decreto Legislativo 1.491, que derrubava o de Dilma. Não conseguiu.

Por mais que os governistas, alguns com discursos lastimáveis, tenham afirmado que não se trata de uma derrota de Dilma, a verdade evidente é que se trata, sim.

Responder

    Andy

    29 de outubro de 2014 às 14h03

    E o que isso tem haver com o texto acima?

    Responder

enganado

29 de outubro de 2014 às 01h13

Caro Miguel por favor ponha no blog a gravação qdo o juizeco de merda Carlos Augusto Ayres de Freitas Britto pronunciou que o Cartão VISA era uma companhia estatal brasileira para aceitar a denúncia contra o Pizzolato, dizendo que o mesmo estava roubando os cofres públicos. A Itália consertou o que esse venal fez!

Responder

Messias Franca de Macedo

29 de outubro de 2014 às 00h51

… Prezado, conspícuo e impávido jornalista Miguel do Rosário,

humildemente, sugiro que você solicite uma entrevista com o Cláudio Castro de Vasconcelos e o Léo Batista dos Santos!… Nada mais nada menos que os ‘bambambãs’ da Diretoria de Marketing do Banco do Brasil que tinham autonomia e competência para autorizar liberação de recursos daquele Colegiado!…

Estes dois cidadãos têm muito a contribuir para o processo de total desmoralização da FARSA DO MENTIRÃO!

Ínclito Miguel do Rosário,
parabéns pelo excelente trabalho jornalístico!

Muito obrigado.

Saudações democráticas, progressistas, civilizatórias, nacionalistas, antigolpistas e antifascistas,

Messias Franca de Macedo
Feira de Santana, Bahia
República de ‘Nois’ Bananas

Responder

Vitor

29 de outubro de 2014 às 00h41

Miguel, uma dúvida… O cargo de diretor do BB não é político? Achava que era indicação…

Responder

    Miguel do Rosário

    29 de outubro de 2014 às 11h37

    Não. STF é para quem tem Mandato político. Pizzolato era cidadão comum. Funcionário de carreira do banco há 40 anos. Indicacao é claro que tem. Aluas era o único petista na direção, por isso foi perseguido.

    Responder

Messias Franca de Macedo

29 de outubro de 2014 às 00h33

EM TEMPO: em paralelo ao processo da governança, a partir de agora temos que dispender energias na tarefa civilizatória de resgatar a honra de alguns dos nossos líderes históricos! José Genoino Neto [do Brasil!], José Dirceu, João Paulo Cunha, Henrique Pizzolato, Delúbio Soares… E essa tarefa está para além da obrigação do PT! É um dever cívico e democrático de todos os homens e mulheres de bem do [verdadeiro] Brasil! A [verdadeira] história do Brasil terá que contemplar as verdades factuais, e desvelar ‘o golpe jurídico-midiático’ protagonizado pelo rábula psicopata mancomunado com outros(as) “supremos(as)” do STF em conluio criminoso com o PIGolpista, a CIA, o Pentágono et caterva! “Se queremos tranquilidade, então nos preparemos para a constante vigilância!” Viva o [verdadeiro] Brasil! Viva o sapiente, generoso, leal, impávido e honesto povo trabalhador brasileiro! BRASIL – em homenagem ao [eterno] presidente Lula e à presidente Dilma Rousseff, A Magnífica! Bahia, Feira de Santana Messias Franca de Macedo –

Responder

Otto Schelemberg

29 de outubro de 2014 às 02h14

A grande farsa começa a ser desmascarada.

Responder

Marcos Alencar

29 de outubro de 2014 às 01h49

Ridículo mesmo foi a entrevista do “Min”. Marco Aurélio Melo, dizendo que a justiça da Itália não extraditou o Dr. Henrique Pizolato por causa das péssimas condições das prisões brasileiras. Mentira canalha, mentiroso safado. Ele não foi extraditado por causa do julgamento de exceção que fizeram, não seguindo as Leis e a Constituição brasileira e nem os acordos do Pacto de São José da Costa Rica. Julgamento político que envergonhará para sempre o STF brasileiro. Juízes tucanos.

Responder

Gilda Jabaroca

29 de outubro de 2014 às 01h11

VAMOS DENUNCIAR!!!!!
COMO DENUNCIAR CRIMES DE DISCRIMINAÇÃO. http://www.pragmatismopolitico.com.br/2014/10/como-denunciar-os-crimes-de-discriminacao.html

Responder

Isabela

28 de outubro de 2014 às 23h09

Miguel, procede a informação do G1 de que a justiça italiana se negou a recolher as provas e instaurar uma investigação paralela?

Responder

Otalice Cavalcante

29 de outubro de 2014 às 01h09

A verdade aparecendo…

Responder

Marcus Oliva

29 de outubro de 2014 às 00h44

Eu sempre defendi a tese de que foi um julgamento politico. Dirceu foi condenado sem provas, domínio de fato, pela primeira vez no Brasil.Vergonha.

Responder

    Messias Franca de Macedo

    29 de outubro de 2014 às 00h41

    … Pela primeira – e ÚLTIMA (!) – vez… “os(as) supremos(as)” do STF recorreram à teoria do domínio do fato’!

    E “os(as) supremos(as) cheirosos(as) e ‘Cansados(as)” o fizeram deformando a teoria do jurista alemão Claus Roxin!

    Portanto, nós podemos inferir que, no ‘braZil’, “a corte suprema” é absolutamente ÍNFIMA! O que não deixa de ser um permanente e iminente risco à nossa subdemocracia de bananas, republicanismo de araque!…

    E onde estão os mensaleiros/quadrilheiros do MENSALÃO com dinheiro público do PSDB/DEMo de Minas Gerais do candidato fragorosamente derrotado Aécio ‘Never’?!

    Com a palavra a Magnífica:

    “Soltos! Todos soltos!”

    Responder

    Messias Franca de Macedo

    29 de outubro de 2014 às 00h49

    … Prezado, conspícuo e impávido jornalista Miguel do Rosário,

    humildemente, sugiro que você solicite uma entrevista com o Cláudio Castro de Vasconcelos e o Léo Batista dos Santos!… Nada mais nada menos que os ‘bambambãs’ da Diretoria de Marketing do Banco do Brasil que tinham autonomia e competência para autorizar liberação de recursos daquele Colegiado!…

    Estes dois cidadãos têm muito a contribuir para o processo de total desmoralização da FARSA DO MENTIRÃO!

    Muito obrigado.

    Saudações democráticas, progressistas, civilizatórias, nacionalistas, antigolpistas e antifascistas,

    Messias Franca de Macedo
    Feira de Santana, Bahia
    República de ‘Nois’ Bananas

    Responder

Izabella Miolo Cesinha Rosa

29 de outubro de 2014 às 00h16

Kkkkkk o choro é livre… E o olho é cego…

Responder

Izabella Miolo Cesinha Rosa

29 de outubro de 2014 às 00h15

Kkkkkk o choro é livre… E o olho é cego…

Responder

Messias Franca de Macedo

28 de outubro de 2014 às 22h04

Vazou: às 19:30 de domingo, Aécio recebeu telefonema que dizia que ele já era o novo presidente
Postado em 28 de outubro de 2014 às 8:05 am
(…)
FONTE: http://www.diariodocentrodomundo.com.br/essencial/as-1930-de-domingo-aecio-recebeu-um-telefonema-que-dizia-que-ele-ja-tinha-ganhado/
LÁ VEM O MATUTO NACIONALISTA!
[oPÓsição de “vazadores” de MERDA!]
… Pouco antes das 20h00 do domingo, a Band apresentava o jornalista Boechat e mais quatro grãos-tucanos mais serelepes do que nunca, arrotando soberba, projetando o novo governo, e “destrinchando os motivos pelos quais o PT fora destronado do Poder Central”! Em seguida, chegaram as bochechas extasiadas e, em seguida, o restante da jornalista Dora Kramer! Pausa para rir destas desgraças conspiratórias – e beócias! [RISOS]…
Desliguei a desgraça da televisão, e voltei para a internet! Retornei ao DCM e, em seguida, leio, no topo do blog do Nassif, a matéria mais recente que apresentava relato técnico de um cientista acerca da “invulnerabilidade” das nossas urnas eletrônicas de primeira geração (idem sic) comprovadamente inseguras!…
Constatei: ‘o golpe jurídico-midiático ainda ora em curso desde os primórdios do MENTIRÃO foi dado em plenitude!’
(…)
Agora, eu recordo o que escrevi para a Ana (Anac) e para a Sayuri:
‘Nesta eleição presidencial, não estava em jogo, apenas, a disputa pelo poder! Quantas coisas estavam em jogo, para além das nossas percepções! Ou seja, as coisas essenciais que estavam em disputa – em parte – são invisíveis aos nossos olhos!’
Deus é bom! E pelos Justos!
EM TEMPO: em paralelo ao processo da governança, a partir de agora temos que dispender energias na tarefa civilizatória de resgatar a honra de alguns dos nossos líderes históricos! José Genoino Neto [do Brasil!], José Dirceu, João Paulo Cunha, Henrique Pizzolato, Delúbio Soares…
E essa tarefa está para além da obrigação do PT! É um dever cívico e democrático de todos os homens e mulheres de bem do [verdadeiro] Brasil!
A [verdadeira] história do Brasil terá que contemplar as verdades factuais, e desvelar ‘o golpe jurídico-midiático’ protagonizado pelo rábula psicopata mancomunado com outros(as) “supremos(as)” do STF em conluio criminoso com o PIGolpista, a CIA, o Pentágono et caterva!
“Se queremos tranquilidade, então nos preparemos para a constante vigilância!”
Viva o [verdadeiro] Brasil!
Viva o sapiente, generoso, leal, impávido e honesto povo trabalhador brasileiro!
BRASIL – em homenagem ao [eterno] presidente Lula e à presidente Dilma Rousseff, A Magnífica!
Bahia, Feira de Santana
Messias Franca de Macedo

Responder

    Everaldo

    29 de outubro de 2014 às 00h47

    Messias, nada me tira da cabeça que, mesmo com a vitória de nossa Presidenta DILMA, não tenham havido fraudes.. Sinceramente acho que houve.. Por tudo que li sobre a fragilidade deste programa..

    Responder

      enganado

      29 de outubro de 2014 às 15h49

      Concordo em gênero, número e grau. Houve fraude SIM! DILMA 13

      Responder

      Messias Franca de Macedo

      29 de outubro de 2014 às 18h15

      Prezado Everaldo, as fraudes nas urnas eletrônicas “invulneráveis” e comprovadamente inseguras (sic) concentraram-se no Estado de São Paulo!

      Os fascigolpistas calibraram os números de forma errada! Talvez não esperassem a votação massiva dos nordestinos e dos mineiros na presidente Dilma Rousseff!…

      Responder

Vilena Soares

28 de outubro de 2014 às 23h36

Maravilha

Responder

Americo de Vasconcelos

28 de outubro de 2014 às 23h35

isso mesmo. só tiveram doze anos para se defender.

Responder

    Miguel do Rosário

    29 de outubro de 2014 às 11h39

    Não tiveram 12 anos para se defender. Tiveram 9 anos para serem atacados e massacrados.

    Responder

Pablo Azevedo

28 de outubro de 2014 às 23h10

Em um país em que Berlusconi está solto a justiça realmente deve ser exemplo para alguma coisa. Quando do caso do Battisti vocês apoiaram a justiça brasileira, não ? É muita hipocrisia.

Responder

    Vixe

    29 de outubro de 2014 às 01h58

    Não, meu camarada.
    Se dependesse da “justicia” tupiniquin e tupinanbá, Cesare teria sido deportado.
    Ocorre que neste caso específico coube ao presidente decidir se ele era extraditado ou não.
    Como ele se declarou perseguido político, foi dado asilo ao mesmo.
    Se informe mais…

    Responder

EDER BARBOSA

28 de outubro de 2014 às 21h09

E ESSES AÍ DA FOTO QUANDO VÃO PARA A CADEIA? TÔ ESPERANDO!

Responder

Werner

28 de outubro de 2014 às 20h52

Uns tem um bobo da corte outros tem o supremo bobalhão da suprema corte…

Responder

Rinaldo Costa

28 de outubro de 2014 às 22h10

vergonha para os injusticeiros, tribunal italiano restabelece a verdade, membros do supremo deveriam pedir demissão

Responder

Antonio Cesar Brambilla

28 de outubro de 2014 às 22h08

Homem íntegro e probo sendo achincalhado,….pelos petralhas é claro!!! Kkkkk

Responder

Luis Antonio Durante

28 de outubro de 2014 às 22h07

Marco Aurélio, fala vergonha pro Brasil por conta das prisões. Cara de pau! Embora tenha sido um dos poucos que questionou a prerrogativa de foro para todos os réus. Só que de fama de “garantista” pra petista nada! Pizzolato deveria sim pedir um julgamento justo lá. Quem viu um pouco do processo sabe que ele, caso seja julgado, será inocentado. Se fosse eu faria isso e não ficaria com isso a vida toda. Enfiaria na cara destes merdas fascistas e um bando de maria vai com as outras e destes juízes uns sem coragem outros sem personalidade e alguns a serviço.

Responder

Antonio Cesar Brambilla

28 de outubro de 2014 às 22h06

Enquanto existir cadeia,…haverá esperança!!! Volta Barbosa!!!!

Responder

    Luís CPPrudente

    28 de outubro de 2014 às 21h43

    Você pode pedir para a nossa presidenta reeleita indicar o Babosão para ministro da justiça! Só assim o Babosão voltará.

    Mas se a justiça for feita, é o Babosão que deverá ir para a cadeia!

    Responder

    Vixe

    29 de outubro de 2014 às 01h11

    Mais um cãozinho maçon, a serviço do nazisionismo, tentando desqualificar um condenado injustamente.
    O mal do Brasil tem nome e se chama MAÇONARIA.

    Responder

Rodrigo Lima Castro

28 de outubro de 2014 às 21h57

Ainda acho que este foi o MOTIVO do Joaquim aposentar.

Responder

Vargas

28 de outubro de 2014 às 19h50

O mensalão foi a prova do que uma oposição no legislativo com má-fé,um judiciário autoritário, com pouca moral e inábil para agir sob pressão da sociedade (pois também tem sérias mazelas..), e a big-mídia aliada, podem fazer. Como um conluio para derrubar o governo. Um golpe na democracia e nas instituições.

Seria interessante ter o original do parecer do tribunal italiano.

Os anti-PTs nunca aceitarão isso. Pouco interessa para eles. Se não tiver este caso, terá outro. Mesmo quando algum dos mensalões da oposição for exposto (e espero que Dilma faça isto), eles não reconhecerão. É ódio. É quase uma seita.

Como superaremos isto ? não sei. Agora mesmo colunistas já conhecidos semeiam o ódio, o medo, o impeachment, o golpe, a revolta e tudo que sirva para dividir a sociedade. Na verdade rasgar o tecido social. Emergem preconceitos e sentimentos separatistas de todos os tipos. Os derrotados com voz, caneta e/ou visibilidade na mídia tratam de ecoar estes sentimentos. Pelas redes sociais nota-se que eles estão revoltados, ferinos, opressores, sarcásticos. Alguns, que se deixaram levar por uma certa mídia, estão verdadeiramente angustiados, temendo a imaginária e lendária República Bolivariana do Brasil”. Nunca antes tantas amizades foram rompidas nas redes sociais. Uma lástima.

Segundo o Modelo de Kübler-Ross eles passarão da fase de negação muito rápido e estão na fase da raiva. Ainda teriamos as fases de negociação, a depressão e a aceitação.

Aceitarão. Sim, por que não há outro camunho ético e moral. Mas ética, moral e respeito às instituições, são atributos que não foram demonstrados no episódio do mensalão.

Responder

Dorismar Melo

28 de outubro de 2014 às 21h32

É, o tempo – realmente – é o senhor da razão… Caiu a máscara “BARBOSÃO…” A empafia perdeu; ganhou a razão!

Responder

Highlander Petrov Patriota

28 de outubro de 2014 às 21h32

Estava assistindo a repórter Leilane debatendo o assunto e em determinado momento um jurista da UFJF comentou o assunto. O tom era mais ou menos que o Brasil era culpado pela situação por causa do caso Batisti. Só que em nenhum momento lembraram do que foi feito pela Itália na caso do Banqueiro Cacciola. Como sempre….. para eles, esquecer a imparcialidade é sempre a tona dos debates.

Responder

Rosana Módena

28 de outubro de 2014 às 21h16

Não é?!

Responder

Cristiane Gislene

28 de outubro de 2014 às 21h11

O mentirão será desmascarado .

Responder

Sônia Aranha

28 de outubro de 2014 às 21h00

não estou conseguindo acessar o cafezinho…

Responder

Denise Vírgula

28 de outubro de 2014 às 20h59

Não consegui abrir

Responder

Denise Vírgula

28 de outubro de 2014 às 20h58

Primeiro passo para desmascarar o JBarbosta

Responder

Denise Vírgula

28 de outubro de 2014 às 20h57

BOA NOTÍCIA

Responder

Lulu Pereira

28 de outubro de 2014 às 20h52

lula e dilma sabiam…

Responder

Fernanda Lôbo

28 de outubro de 2014 às 20h21

Viu essa Dorismar Melo?

Responder

paulo

28 de outubro de 2014 às 18h17

Vai começar a circular o expresso 2474.

Responder

Marcelo Rossi

28 de outubro de 2014 às 20h16

Nem a OAB suporta esse batman dos ricos.

Responder

Antonio Pilar Jr.

28 de outubro de 2014 às 20h16

“Itália nega extradição e manda soltar Pizzolato”… Tem um monte de bovino que só acredita se passar no Jornal Nacional

Responder

Vera Lucia

28 de outubro de 2014 às 20h13

E AI SEU JOAQUIM BARBOSA, QUE SE INTULA UM FERRENHO DEFENSOR DOS DIREITOS

Responder

Katia Maia

28 de outubro de 2014 às 20h10

Para os que se informam na blogosfera, não é novidade, mas os que são informados pelo PIG ficarão surpresos?

Responder

Ruy Dzacuta

28 de outubro de 2014 às 19h52

Ele foi solto no dia de hoje.

Responder

Gilda Azevedo

28 de outubro de 2014 às 19h46

Segunda ótima notícia da semana.

Responder

Gilza Maria Primo de Oliveira

28 de outubro de 2014 às 19h37

Não consigo ver.

Responder

Michaelson Ferreira Loiola

28 de outubro de 2014 às 19h31

Antonio Fernando Santos Barros, Pablo Azevedo, Cristiane Lamas, Paulo Borges Porto a justiça italiana é petralha! kkkkkk

Responder

Magali Castro

28 de outubro de 2014 às 19h21

Mas aí pode esperar a denúncia de que o PT comprou a justiça italiana… haha

Responder

    Almerinda Correia Nardeli

    28 de outubro de 2014 às 19h24

    Chega de falar merda. Quero ver a Dilma abrir o que esta engavetado so pra ver onde vao prender tantos tucanos….infantil

    Responder

    Magali Castro

    28 de outubro de 2014 às 19h28

    Ue, Almedinda, tb sou doida pra ver os tucanos corruptos presos, mas tá difícil… até pq a Dilma não é Poder Judiciário, né?
    Eu rio pq por mais q a verdade seja mostrada, coxinhas sempre terão um mimimi pra falar…

    Responder

    Benito Nardeli

    28 de outubro de 2014 às 23h42

    O ibama proibiu, não pode prender tucanos. Se voce maltratar tucanos vai preso.

    Responder

Rodrigo Jardim Rombauer

28 de outubro de 2014 às 19h18

é o mensalinho

Responder

ricardo silveira

28 de outubro de 2014 às 17h17

Boa notícia, mas ainda está muito longe da maioria dos brasileiros saberem, exatamente, o que se passou no julgamento da AP 470. Por exemplo, o inquérito paralelo cheio de provas favoráveis ao réu Pizzolato, com implicações aos demais réus e, que punha em questão a tese central da acusação sobre uso de dinheiro público, ainda precisa ser esclarecido. Seria fundamental à credibilidade do STF que ele mesmo voltasse ao caso para dizer porque as provas favoráveis aos acusados foram ignoradas em inquérito engavetado. Outra coisa, Barbosa, Gurgel e Souza foram os que armaram o inquérito, mas os colegas do STF embarcaram e, lá, não há ingênuos.

Responder

    Pedro Pereira

    28 de outubro de 2014 às 17h22

    Verdade Ricardo… mas minha esperança é que o PGR entre com recurso, e a defesa do PIZZOLATO peça o inquérito criminal 2474 para se defender, aí f#$%!

    Responder

Rennan Moura Martins

28 de outubro de 2014 às 19h17

Que onda é essa das três barras?

Responder

Edson Tagliare Vanessa Victorelli

28 de outubro de 2014 às 19h16

eu deveria estar mais surpresa!

Responder

Fabrício Procópio

28 de outubro de 2014 às 19h15

Será solto! Viva!

Responder

S

28 de outubro de 2014 às 17h13

Ele não foi preso pelas autoridades italianas por causa dos R$ 76 milhões desviados do fundo Visanet, do Banco do Brasil, para a sem-vergonhice mensaleira. Ele foi preso porque recorreu a documentos falsos para entrar na Itália. Se não tivesse cometido crime nenhum naquele país, teria continuado livre, leve e solto. Considerando a dinheirama viva que estava com ele — 15 mil euros mais US$ 20 mil —, não parece que estivesse passando por um aperto. Sem contar que este valoroso senhor jamais deixou de receber a aposentadoria de R$ 25 mil como ex-funcionário do Banco do Brasil. Isso corresponde a quase 8 mil euros. Considerando que o salário médio na Itália está na faixa dos 900 euros, dá para levar uma vida boa.

Para ser preso na Itália por causa do mensalão, seria preciso que a Justiça de lá abrisse um processo e o condenasse pelos crimes cometidos aqui. A hipótese é remotíssima. A extradição era improvável porque, afinal, ele também era um cidadão italiano que não havia cometido crime nenhum por lá. Entenderam ?

Responder

    Miguel do Rosário

    29 de outubro de 2014 às 00h29

    não desviou nada.

    Responder

    angela

    29 de outubro de 2014 às 09h54

    Pelo pouco que sei, Visanet e uma entidade particular e não do Banco do Brasil, então que desvio foi esse, estou enganada Miguel.

    Responder

      Miguel do Rosário

      29 de outubro de 2014 às 11h40

      Isso, mas não houve desvio. O dinheiro foi usado em publicidade. Só a globo recebeu 5 milhões.

      Responder

Flávio Silveira

28 de outubro de 2014 às 19h11

Parabéns Miguel do Rosário, você cantou essa pedra há alguns meses. Agora esperemos que os juristas italianos se aprofundem no caso.

Responder

Cely Bertolucci

28 de outubro de 2014 às 19h09

Não consigo abrir o arquivo. Ele foi solto? Notícia fantástica!

Responder

Odenir Batista

28 de outubro de 2014 às 19h07

ISSO TEM QUE VIRALIZAR NA INTERNET !!! O FODA É TER VINDO PELO ESTADÃO !!!

Responder

Marina Labes

28 de outubro de 2014 às 19h02

Os milicos são coxinhas!!!!!

Responder

Hamilton Almeida Bezerra

28 de outubro de 2014 às 19h01

UM BOBO NA CORTE!

Responder

Suzana Oliveira Lima

28 de outubro de 2014 às 19h00

“Andrea Haas, mulher de Pizzolato, produziu uma mistura de desabafo e manifesto ao ver gente da Globo ali presente.
Ela se dirigiu para a reportagem da Globo. Disse que seu marido tem documentos que provam que a Globo ficou com 5 milhões de reais do dinheiro da Visanet que alegadamente foi desviado no Mensalão.”

Responder

Sylvio Souza

28 de outubro de 2014 às 18h56

O MENTIRÃO acaba aqui….

Responder

Vera Lúcia Piesanti Molinar

28 de outubro de 2014 às 18h53

Que feio pra justiça brasileira, sendo desmascarada pela justiça italiana!

Responder

Misael B. S. Filho

28 de outubro de 2014 às 18h52

COMEÇA A RUIR A FARSA DA AP470/171, O MENTIRÃO VAI SE CONFIGURANDO.

Responder

Deixe um comentário

Parlamentarismo x Semipresidencialismo: Qual a Diferença? Fernanda Montenegro e Gilberto Gil são Imortais na ABL: Diversidade Auxilio Brasil x Bolsa Família: O que mudou? As Refinarias da Petrobras À Venda pelo Governo Bolsonaro O Brasileiro se acha Rico ou Pobre?