Análise em vídeo das manifestações do 2 de outubro e as vaias a Ciro

O Brasil não vai aceitar ser destruído pela mídia

Por Miguel do Rosário

26 de fevereiro de 2015 : 14h10

 

where_does_all_the_money_go___pavel_constantin


 

Incrível.

O juiz Sergio Moro já concedeu três delações premiadas a Alberto Youssef.

Sempre que o noticiário da Lava Jato começa a esfriar, ele é chamado novamente, ou o próprio se convoca para depor, para fazer novas revelações bombásticas (e sem provas, claro) contra o PT.

A relação entre Sergio Moro e Youssef é promíscua.

Ambos são do Paraná.

Aliás, todo o circo da Lava Jato gira em volta de figurões do Paraná.

Youssef estava envolvido com o prefeito tucano Jairo Gianoto, de Maringá, condenado por um pesadíssimo esquema de corrupção.

Nessa época, o senador Alvaro Dias voava para lá e para cá no jatinho do doleiro.

Aí Sergio Moro vira juiz e vai cuidar do caso Banestado.

Quem é o doleiro envolvido? O mesmo Youssef.

Moro “perdoa” Youssef através da concessão da delação premiada.

Youssef dedura bagrinhos e protege os tubarões.

Volta a roubar.

É preso de novo. Dedura de novo.

Volta a roubar.

É preso pela terceira vez.

Delação premiada novamente.

Me perdoem se eu erro alguma coisa. Não sou biógrafo, nem quero ser, de Alberto Youssef.

Youssef se tornou uma espécie de coringa da oposição.

(Leia os posts: a história do doleiro que a mídia não contou e Youssef operava para FHC, Serra e Fernandinho Beira Mar, sobre as históricas relações de Youssef com o PSDB).

Sempre que querem um dedo-duro seletivo, alguém que entenda o jogo político da mídia, chamam ele.

E agora a imprensa nos informa que ele quer fazer “novo depoimento”, e a Veja já sabe até o que é.

Claro, tudo é combinado previamente com o advogado de Youssef, um tucaníssimo que desfrutou, por anos, de uma sinecura especial no governo do Paraná.

Enquanto isso, centenas de milhares de empregos são ameaçados porque alguns procuradores e um juiz, almofadinhas criados a leite de cabra, com o salário garantido ao fim do mês, querem “passar a limpo” o Brasil.

O Ministério Público, como instituição, perdeu o bom senso há tempos, desde a Ação Penal 470, uma farsa ridícula que começou por uma peça de acusação inteiramente fictícia.

Não canso de repetir: estão tentando o mesmo golpe. E usando os mesmos cérebros, os filhos mais brilhantes da direita aristocrática.

Sergio Moro foi o juiz que escreveu o voto de Rosa Weber, no qual ela condenou Dirceu com uma frase positivamente fascista: “não tenho provas para condená-lo, mas a literatura assim o permite”.

A frase de Weber me parece, inclusive, nascer de uma consciência desesperada, como se ela quisesse mandar um recado à história: estou encurralada; senão condenar Dirceu, minha cabeça estará em jogo.

Vladimir Aras, outro cérebro brilhante, foi o procurador que ajudou Gurgel a escrever a peça de acusação da AP 470.

É Aras que vai à Itália coordenar a extradição de Pizzolato. Aliás, é impressionante o esforço do MP para trazer o petista de volta da Itália. Usaram toda a sua estrutura.

Se tivessem usado um décimo dessa estrutura para investigar o trensalão, a sonegação da Globo, o Banestado, a privataria, o Brasil estaria bem melhor hoje.

Não, preferiram usar toda a sua estrutura para pegar Pizzolato, condenado por um crime que não cometeu.

A mesma coisa vale para João Paulo Cunha, condenado mesmo diante de provas cabais de sua inocência.

Agora, não nos enganemos.

Não sejamos tolos ou demagógicos.

Às vezes ouço críticas: “Engraçado, ver a esquerda defendendo empreiteiros”.

A esquerda democrática jamais pode defender prisões arbitrárias ou violência judicial, mesmo contra o homem mais rico do mundo.

A Constituição garante direitos iguais para todos.

No Brasil, parece garantir apenas para os amigos da Globo.

Não é amigo da Globo, pode ser o cara mais rico do Brasil: dê adeus a seus direitos e liberdades.

As ditaduras adoram patrocinar esse tipo de demagogia fascista. Prendem ricos para manipular os ódios de classe da população pobre e da classe média.

Não prendem todos os ricos, claro.

Apenas alguns cordeiros gordos, cujo sacrifício vem em nome do bem maior.

O Judiciário brasileiro se tornou uma instância política, arbitrária, conservadora, e alegremente submissa aos ditames de uma mídia golpista.

Como esquecer que Ayres Brito, presidente do STF, ainda no cargo, escreveu o prefácio de um livro de Merval Pereira sobre o mensalão?

E que saiu do STF diretamente para os quadros da Globo?

Hoje, além de funcionário da Globo, é colunista do Estadão…

A mídia é cada dia mais e mais golpista.

Veja o que acontece hoje.

Centenas de milhares de empregos estão ameaçados.

Setores estratégicos da economia estão paralisados, demitindo pessoas.

Se o desmonte da indústria de construção civil se consumar, haverá um efeito cascata que afetará toda a economia brasileira.

A mídia fez alguma matéria sobre isso?

Você viu o Fantástico alertando para os exageros e a irresponsabilidade da Operação Lava Jato?

Não.

O que você viu no Fantástico foi apenas a tal da menina veneno da Petrobrás atacando Graça Foster sem provas.

O STF, por sua vez, novamente começa a se acovardar.

Os ministros do Supremo não tem instrumentos políticos ou mesmo psicológicos para resistir à violência midiática.

Afinal, quem pode resistir aos tanques da mídia. Eles chantageiam qualquer um.

Vivemos a era da mídia. O fim dela, mas um fim apocalíptico, que ela tenta adiar desesperadamente através de um golpe branco de Estado.

A mídia sabe que precisa de um golpe, de qualquer jeito, para sobreviver aos desafios que as mudanças tecnológicas lhe impuseram.

Ela precisa de um governo aliado para lhe dar dinheiro.

Se houver um golpe e a direita assumir o poder, o primeiro ato será em favor da grande mídia corporativa.

A partir do momento em que blogs, feitos quase artesanalmente, começam a ameaçar o seu poder; a partir do momento em que milhares de pessoas acreditam muito mais num punhado de blogueiros malucos; que enxergam nesses blogueiros um comprometimento com a verdade e um senso de responsabilidade muito superior ao que vêem nos sisudos e engravatados colunistas de jornal; aí sim entendemos o desespero da mídia.

Entendemos também a sua agressividade contra os blogs, arrumando qualquer pretexto para processá-los e tentar intimidá-los e asfixiá-los judicial e financeiramente.

Mas a sociedade está reagindo.

Até porque o momento é grave.

Oxalá tenhamos tempo de evitar o pior.

Entretanto, o mais importante é isso, que a sociedade começa a reagir a essa mídia odiosamente fascista que prefere destruir o país a suportar mais alguns anos de governo trabalhista.

O governo, por sua vez, tenta inutilmente passar a imagem de menino obediente e comportado.

A gente critica duramente a Dilma, por várias razões.

Ela é ruim de política, um verdadeiro desastre.

Indecisa, muda, convencional.

Entretanto, diante da ofensiva conservadora, liderada por setores completamente descompromissados com a questão social, e que mobiliza um exército de analfabetos políticos, e uma classe média de espírito violento e sectário, as forças progressistas voltam a se reunir em defesa da presidenta Dilma.

Bem que ela podia ajudar um pouco, contudo.

Nem precisa falar nada, já que ela não gosta de aparecer.

Basta assinar algum decreto em prol da Petrobrás, como o uso das reservas para comprar ações da estatal, o que nos daria uma extraordinária injeção de ânimo.

Antes da privatização branca de FHC, a participação da União na Petrobrás era de 82% e caiu para 55%. Com Lei da Partilha de Lula subiu para 64%. Podíamos voltar aos 80% agora.

Enfim, a história brasileira está viva.

A direita quer se vingar do país como um todo, pela humilhante derrota que sofreu em 2014.

Mauricinhos arrogantes e violentos são maus perdedores.

Quer se vingar dos empreiteiros, que fizeram vultosas doações ao PT, doações que permitiram ao partido ganhar as eleições.

(E ao mesmo tempo são contra uma reforma política que liberte os partidos dessa relação promíscua com o poder econômico. Querem que as doações continuem, mas só para legendas de direita.)

Os empreiteiros doaram porque entendem que o PT tinha um plano de grandes obras de infra-estrutura que os tucanos nunca tiveram.

Os tucanos só queriam saber de vender o que possuíamos, não de construir algo novo.

Na era tucana, a Petrobrás foi sucateada. As descobertas de novas reservas minguaram e o número de trabalhadores caiu. Os recursos investidos em pesquisa e tecnologia eram ridículos.

A indústria naval, naqueles tristes anos, foi destruída.

E agora, que a indústria naval renasceu, com uma força extraordinária, a direita midiática, com ajuda de cúmplices nos estamentos aristocráticos do Estado, querem destruir tudo?

Não vão conseguir.

E se, Deus nos livre, conseguirem, será uma vitória suja.

Uma vitória que os comprometerá para sempre, porque já não existe censura para denunciar suas patranhas.

Se destruírem o Brasil, nós o reconstruiremos, tijolo por tijolo.

Mas seremos doravante bem menos ingênuos. E faremos os culpados pagar caro, muito caro, pelo sofrimento imposto ao povo brasileiro.

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

61 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

S Rod

02 de março de 2015 às 08h59

Se a midia incita o ódio em pessoas da classe-média, média alta e os ricos, que efeito ela teria então sobre os menos educados e propensos à criminalidade ? A reposta a meu ver é que a mídia incita a violência neste grupo. Gostaria de ver um antropólogos, sociólogos ou filósofos elaborando uma tese nesta questão. Eu continuo afirmando, nossa midia é responsável pela violência no Brasil. Paises com midia nacionalista e até certo ponto ufanista, cria um clima positivo em todas as camadas sociais e consequentementa na nação como um todo. Uma midia que não publica nada de positivo, notícias boas acontecem neste Brasil todos os dias em algum lugar, cria um clima de negativismo que contagia todas as camadas sociais, sendo que a camada mais vulnerável reage através da violencia física, como assaltos, latrocínios e homicídios.

Responder

Ozzy Gasosa

01 de março de 2015 às 10h26

Excelente e esclarecedor artigo!

Responder

Sidnei Brito

28 de fevereiro de 2015 às 18h18

Não é um texto.
É um grito.
Vai marcar esses tempos que vivemos.

Responder

radamantys

27 de fevereiro de 2015 às 23h12

fora quarta frota!

Responder

Gervásio

27 de fevereiro de 2015 às 11h28

A embaixadorra dos EUA, uma especialista que esteve no Paraguai quando houve o golpe paraguaio, visitou o nosso ministro dos esportes. Será que os golpes agora virão através dos esportes?
http://www.esporte.gov.br/index.php/noticias/24-lista-noticias/49944-embaixadora-acredita-que-200-mil-americanos-podem-vir-aos-jogos-de-2016

Responder

Daniel Monteiro

27 de fevereiro de 2015 às 11h44

o PT afundou o brasil, e se beneficiou com a corrupção !!!

Responder

    Pedro Pereira

    27 de fevereiro de 2015 às 17h13

    Afundou como?
    Tirando 36 milhões de pessoas da miséria;
    Tirando o Brasil do mapa da fome (de 10% de famintos para menos de 1%);
    Gerando 20 milhões de empregos;
    Elevando o Brasil de 13º para 7º economia do mundo;
    Acumulando US$ 370 bilhões de Reservas Internacionais;
    Reduzindo dívida líquida do FHC a metade;
    Reduzindo consideravelmente a vulnerabilidade externa (lembra quando soltavam um pum na Rússia ou na Asia o que acontecia aqui);
    Tornando o Brasil credor, e não mais devedor do FMI;
    Entregando Refinaria: Abreu e Lima, e Hidroelétricas: Santo Antonio;
    Construindo Refinarias: COMPERJ e Hidroeletricas: Jirau e Belo Monte;

    Vocês tão todo assanhadinhos achando que estamos vivendo a tempestade perfeita e vão derrubar a Dilma, por conta da lava-jato!

    NÃO PASSARÃO!

    O Janot já dá sinais que não vai armar o circo da AP 470, principalmente, porque não se restringe ao PT, e figurões da oposição e do PSDB tão no meio. VAI TER O DEVIDO PROCESSO LEGAL!

    A LAVA JATO vai atrasar o projeto de desenvolvimento nacional, mas não vai parar!

    Cometa aí, Miguel:
    http://www1.folha.uol.com.br/poder/2015/02/1595542-janot-pedira-so-abertura-de-inqueritos-contra-politicos.shtml

    Responder

Daniel Monteiro

27 de fevereiro de 2015 às 11h44

o PT afundou o brasil, e se beneficiou com a corrupção !!!

Responder

fernando perchin

27 de fevereiro de 2015 às 08h39

Fiz uma assinatura dia 23/02/2015 estou esperando a senha.

Responder

    Miguel do Rosário

    27 de fevereiro de 2015 às 10h57

    fala com a monica no assinatura@ gmail.com

    Responder

Lulu Pereira

27 de fevereiro de 2015 às 10h29

muito bom, obrigado. sempre considerei que na direita e no pig se deve bater com um martelo pesado, sem ingenuidade.

Responder

Messias Franca de Macedo

26 de fevereiro de 2015 às 23h47

Bloqueio nas estradas faz acabarem comida e combustível, diz a Globo. Só que não…

Autor: jornalista Fernando Brito

26 de fevereiro de 2015 | 23:06

Do Facebook do simpático professor catarinense Pedro Cabral Filho, com os links dos vídeos a que ele se refere, para você ver que não tem exagero.
É a Globo (RBS, lá) em mais uma sessão de “o mundo está se acabando”.
Chega a dar vergonha de ser jornalista: ser desmentido ao vivo pelas pessoas que estão sendo entrevistadas, na ânsia de incutir o pânico na sociedade.
Diz o Pedro:
Péssimo dia Santa Catarina. Na sua campanha do vale tudo contra o governo Dilma o jornaleco matinal da RBSteira, mau dia Santa Catarina de hoje de manhã repercutiu assim a greve dos caminhoneiros:
(…)

FONTE: http://tijolaco.com.br/blog/?p=25025&cpage=1#comment-163906

Responder

Messias Franca de Macedo

26 de fevereiro de 2015 às 23h31

Globo sumiu quando Randolfe anunciou CPI da sonegação no HSBC suíço

#GloboMostraDARF

Cadê o indefectível microfone da TV Globo nesta foto?
A foto é do fim da manhã desta quinta-feira (26), no momento em que o senador Randolfe Rodrigues (PSOL-AP) dava entrevista anunciando que conseguiu o apoio de 31 colegas para abrir uma CPI da sonegação fiscal por meio de contas no HSBC, na Suíça.
São quatro assinaturas a mais que o mínimo necessário para instalação de uma comissão parlamentar de inquérito.
Na foto tem microfone da TV Record, da Rede TV, da CNT, da TV Senado e de algumas rádios. Mas da Globo, nada.

(…)

FONTE: http://www.osamigosdopresidentelula.blogspot.com.br/2015/02/globo-sumiu-quando-randolfe-anunciou.html

Responder

Ubiratan Rosa Passos

26 de fevereiro de 2015 às 23h13

E, diante de tantas evidências contra os tucanos mas, ao mesmo tempo, diante da inércia do governo, as delações seletivas do Youssef vão continuar, o Moro continuará sendo “O Iluminado”, o “caso” HSBC vai dar em nada, e o impeachment será inevitável.
Simples assim!

Responder

Messias Franca de Macedo

26 de fevereiro de 2015 às 22h59

Para oposição e mídia, denúncias de corrupção são só marola,

por Maria Inês Nassif

QUI, 26/02/2015 – 19:43

(…)

FONTE: http://jornalggn.com.br/noticia/para-oposicao-e-midia-denuncias-de-corrupcao-sao-so-marola-por-maria-ines-nassif

Responder

Angelo Rigon

26 de fevereiro de 2015 às 22h50

Sou jornalista em Maringá, e a respeito desta postagem há um grande equívoco quando se refere a Irivaldo Joaquim de Souza, pois nunca foi pedida sua prisão. Irivaldo, que é reconhecido como grande tributarista na região, advogou para o município de Maringá (não para Gianoto) contra a União, para reduzir o valor de dívida contraída com a Caixa, contratado em 1997, quando já fazia um ano que Moro era juiz federal e anos depois dele ter passado como estagiário pelo escritório (Moro se formou na UEM). O blog Limpinho e Cheiroso fez a confusão, enviei o esclarecimento, mas ele não publicou. No blog foi usado um print de um habeas corpus de outra ação (lei de licitações, contratação por notório saber), como se fosse de seu pedido de prisão. Um absurdo.
O mentor de todo o esquema que desviou dinheiro na prefeitura foi o ex-servidor municipal Paolicchi, assassinado há alguns anos, que foi elevado à condição de secretário de Fazenda por Ricardo Barros, que foi vice-líder de FHC e de Lula e que, desde o início de fevereiro, é também vice-líder de Dilma Rousseff.

Responder

    Miguel do Rosário

    26 de fevereiro de 2015 às 22h54

    Oi Angelo, então vou corrigir. Mas o Youssef tava ligado a esse esquema. Que história é essa de “vice-líder”? Dilma não tem vice-líder nenhum. O governo e os partidos tem líderes e vice-líderes no parlamento.

    Responder

    Miguel do Rosário

    26 de fevereiro de 2015 às 22h55

    Corrigido.

    Responder

Anônimo

26 de fevereiro de 2015 às 22h35

Corrigindo, o troco errado foi dado para a esposa do Joao Paulo Cunha. Esta foi a versão dele para o simbólico valor de R$50.000,00

Responder

Messias Franca de Macedo

26 de fevereiro de 2015 às 22h28

A Cultura “do PSDB” é a ‘veja’ da Televisão!
E, desmoralizado, o “historiador” deu piti no ar!
*Vale a pena assistir!
https://www.youtube.com/watch?v=YXfdIl9X9F8
NOTA: dica proferida por Romanelli
26/02/2015 – 19:47
FONTE: http://www.viomundo.com.br/denuncias/familia-ex-presidente-lula-registra-boletim-de-ocorrencia-contra-reporter-da-revista-veja.html#comment-882995

Responder

Messias Franca de Macedo

26 de fevereiro de 2015 às 22h27

O caso do repórter da Veja que perseguiu um sobrinho de Lula
por jornalista Paulo Nogueira
Postado em 26 fev 2015
(…)
FONTE: http://www.diariodocentrodomundo.com.br/o-caso-do-reporter-da-veja-que-perseguiu-um-sobrinho-de-lula/
LÁ VEM O MATUTO!
… O governo petista – e a esquerda como um todo – não pode(m) mais postergar o enfrentamento lídimo, altivo e contundente em relação ao axioma óbvio:
a tal grande mídia que atua no Brasil há muito tempo abandonou a prática jornalística minimamente isenta!
Mais trágico: o PIG trata o governo petista e a esquerda como um todo como inimigos figadais!
Que devem ser trucidados!
E as cinzas da carnificina jogadas no oceano mais profundo – e muito distante de qualquer terra infimamente fértil!
E cada vez mais a DIREITONA radicaliza a prática terrorista, fascista e golpista!
A tal grande mídia que atua no Brasil assassina [seletivamente!] reputações ao bel prazer!
Instila o ódio na população!
Deliberada e, de novo, seletivamente!
Constrange ministros da propalada suprema corte!
(…)
Agora, apostam todas as fichas sórdidas na política da terra arrasada!
Insanamente!
E o que é pior:
impunemente!
Como se um diploma de jornalista concedesse a alguém o privilégio da virtude da razão inabalável!
O primado da coerência e da sapiência!
Como se Concessionárias Públicas de rádio e de televisão representassem entes inimputáveis, pairando sobre a sociedade dos mortais e [quase-]descerebrados!…
… … O governo petista, a esquerda como um todo e a parcela hígida da população brasileira, definitivamente, têm a obrigação de considerar a máxima:
“Se queres a paz, prepara-te para a guerra!”
JÁ!

Responder

    Messias Franca de Macedo

    26 de fevereiro de 2015 às 22h28

    [Quem sabe faz a hora!]
    … Haveria momento tão oportuno quanto o de agora, no bojo do ajuste fiscal do “Levy do Bradesco”, para o governo federal reduzir drasticamente os gastos com publicidades no PIG fascigolpista?
    Ao povo, informar:
    “construiremos mais ‘trocentas’ mil casas populares além do previsto inicialmente no Programa ‘Minha Casa, Minha Vida’ III… Utilizando os recursos que iriam para o PIG “detonar” a democracia, o Brasil e a moradia(!) do(a) honesto(a) trabalhador(a) brasileiro(a)…”
    E por aí vai!
    O projeto ‘Pátria Educadora’ é verdade ou bravata?!
    A conferir!

    Responder

Messias Franca de Macedo

26 de fevereiro de 2015 às 22h26

Lava Jato: Ataulfo, Ataulfo.
Camarão que dorme …

Quer dizer que empreiteiro não queria fazer obra em Minas …

Publicado em 26/02/2015

FONTE: http://www.conversaafiada.com.br/tv-afiada/2015/02/26/lava-jato-ataulfo-ataulfo-camarao-que-dorme/#comment-1851572

https://www.youtube.com/watch?v=r80b4NdkFrw

Responder

Anônimo

26 de fevereiro de 2015 às 22h16

Miguel, gostaria de ter lido todo o texto, mas infelizmente tive que parar no parágrafo onde diz que o Joao Paulo Cunha foi preso sem provas, este pobre e inocente,perseguido pela justiça,disse em seu depoimento,na época,que um pequeno valor,que foi comprovado que ele havia recebido em um caixa,no banco Rural, tinha sido um troco dado errado pela caixa, ao pagar uma conta. Esse troquinho errado foi a bagatela de R$ 50.000,00.

Responder

Mauricio Gomes

26 de fevereiro de 2015 às 22h02

Miguel,

Acabei de fazer um comentário no tijolaço, sobre esses canalhas que escrevem sandices como se isso não tivesse consequências. Alguém tem que tomar uma providência e denunciar esses bandidos, que falam barbaridades, como um vagabundo que sugeriu assassinar o Lula com um tiro de fuzil na cara no tijolaço. Cadê a PF que não pune esses vermes? Cadeia nessa escumalha!

Responder

Euler

26 de fevereiro de 2015 às 21h56

Ótimo texto, Miguel. Mais um, aliás. A presidenta Dilma bem que poderia fazer um estágio político na Venezuela. Por lá também a direita tenta golpear o governo a todo tempo, mas a reação e a resistência do governo é totalmente diferente. Os chavistas aprenderam na prática que não adianta querer conciliar com essa direita golpista. Tem que enfrentá-la abertamente, e especialmente na TV. Por lá, o governo bolivariano criou não apenas o Telesur – um canal internacional – como também a VTV (http://www.vtv.gob.ve/en-vivo) que trava um combate sem trégua e sem o falso republicanismo que o PT desenvolve aqui no Brasil. Todos os programas são dedicados ao combate à mídia golpista de lá, que, ao contrário do que dizem, existe e tem ampla liberdade e muita força, ainda. Claro que, ao contrário do Brasil republicano, aspas, onde um juizinho direitista usado pela golpista Globo faz e desfaz o que bem entende, por lá, não. Sempre que precisa o presidente Maduro convoca uma rede nacional de TV e explica para a população as tramas urdidas pela direita.

É claro que o país está divido, que a direita consegue influenciar, que as influências neoliberais também acontecem, mas pelo menos uma maioria da população é “armada” ideologicamente com uma causa, em defesa dos interesses da maioria, dos mais pobres. Pelo menos a maioria chavista tem orgulho do governo que tem, e enfrenta nas ruas, se preciso, as tentativas de golpe.

Por isso repito: Dilma e o PT deveriam fazer um estágio na vizinha Venezuela, para incorporar um pouco mais de coragem, já que o passado guerrilheiro da presidenta parece ter sido esquecido em algum lugar.

Nós, que votamos e fizemos campanha para reeleger Dilma, esperávamos que ela não se curvasse ao ideário neoliberal e que enfrentasse os golpistas. É uma vergonha para o país conviver com uma emissora de TV como a Globo e todo o dispositivo militar midiático – para mim essa mídia é muito mais do que rede de comunicação, é um dispositivo militar, que bombardeia o país diariamente. Bombardeia as consciências, formando uma base social incapaz de pensar criticamente; bombardeia as instituições, chantageando e impondo a pauta que lhe interessa. Juízes, promotores e deputados viraram meros formalizadores dos objetivos políticos dos barões da mídia, que são agentes do golpismo internacional. O que sai no Fantástico tem que ser apurado; o que não sai, é arquivado.

Essa gente não está a serviço só de mudar governo, claro que não. Eles servem a interesses muito mais perigosos e danosos à população. Querem sabotar a democracia brasileira; querem se apropriar das riquezas como o petróleo e o gás, mas querem, acima de tudo, desorganizar a economia nacional, criar um caos, pois assim poderão destruir tudo, todas as conquistas dos trabalhadores e impor um outro marco neoliberal e neofascista.

O combate à corrupção dessa farsa chamada Lava Jato nada mais é do que um grande golpe contra os interesses do povo brasileiro. E infelizmente nosso governo não percebe isso, age com total ingenuidade, não usa os instrumentos de poder que o povo brasileiro colocou nas mãos do PT e da presidenta Dilma.

Parabéns ao povo venezuelano e a seu governo, que não se curvam diante das inúmeras tentativas de golpe. Brasil, Venezuela, Argentina, e toda a América Latina estão na mira dos interesses do imperialismo e seus lacaios regionais. Que o nosso povo, apesar do governo que tem (não pensei que fosse dizer isso), saiba resistir.

Responder

Paulo Renato Brod Nogueira

27 de fevereiro de 2015 às 00h55

Mas há 4 anos que aceita!!!!!

Responder

Martinho Silva

26 de fevereiro de 2015 às 23h05

A verdade é que os interesses de Moro e toda a corja do PSDB e da mídia golpista não colou na eleição e começa a descer a ladeira da hipocrisia com essas idas e vindas de delatores é um sinal para mais uma piza comandada pelo judiciário brasileiro!! O intuíto era derrubar Dilma não conseguirarm e acreditem o Supremo deve não acatar a opeerção lava a jato por conta dos vícios!!!

Responder

    Pharaô

    26 de fevereiro de 2015 às 21h42

    2018
    vamos ganhar novamente!
    não adianta!eles só tem inúteis; Fhc,Alkmin,serra,Aécio nenhum desses ganha!
    para Presidente!eles são tão falsos!que juntando todos deles não vale um! da esquerda.
    Dilma e lula, força causou Revolta hahaha

    Responder

Ricardo

26 de fevereiro de 2015 às 19h59

Parafraseando o que disse um dia um dos teus chefões: vocês vão apanhar nos tribunais e nas ruas.

Responder

Ricardo Edmundo Ceconello

26 de fevereiro de 2015 às 22h53

GOVERNO DO PSDB DO PARANÁ VAI ACABAR COM OS PEDÁGIOS NO ESTADO? GOVERNO DO PSDB DO PARANÁ VAI ACABAR COM O ICMS ESTADUAL? GOVERNO DO PSDB DO PARANÁ VAI ACABAR COM O IMPOSTO ESTADUAL SOBRE O ÓLEO DIESEL? NÃOOOO?????? ENTÃO CALA ESSA LATRINA, SENADOR LADRÃO! Por que o Botox Ávaro Dias não dá o exemplo com seu PSDB PARANAENSE, acabando com o IPVA EXTORSIVO e as PRAÇAS DE PEDÁGIO para todos os caminhoneiros paranaenses? Por que não, Senador Botox, o Beto Bicha não liquida com o imposto estadual sobre ICMS e OLEO DIESEL? https://www.facebook.com/video.php?v=897751316948784

Responder

Vital Oliveira

26 de fevereiro de 2015 às 22h35

Sem ódio e sem medo – Dilma, Lula, PT.

Responder

Marcos

26 de fevereiro de 2015 às 18h58

Tem muito empresário fulo com o PSDB e os golpistas. Eles tentaram chegar no PT mas não controlam mais o processo.

Responder

Marina Trindade

26 de fevereiro de 2015 às 21h27

“Hoje não existe mais aquela história de engavetador-geral da República e não se nomeia mais amigos do poder para comandar a Polícia Federal, uma instituição de Estado que precisa de autonomia para exercer seu trabalho em defesa da cidadania.” Jacques Jaques Wagner

Responder

Mauro

26 de fevereiro de 2015 às 18h16

Isso aqui te dá esperanças?

http://www.conversaafiada.com.br/politica/2015/02/26/alianca-pelo-brasil-pelo-proer-e-a-construbras/

A propósito,como anda a arrecadação, Miguel?

Responder

Carlos Roberto

26 de fevereiro de 2015 às 18h11

Ainda não acredito neste acordo, a Camargo e os advogados acabaram de negar.

Responder

Mauricio Gomes

26 de fevereiro de 2015 às 18h06

Esse PIG maldito e seus asseclas pagarão muito caro caso consumem um golpe paraguaio por aqui. Podem ganhar, mas não vão levar. Sou contra a violência, mas se for preciso temos que mostrar para esses sacripantas que golpe aqui não!

Responder

Joserina Passos

26 de fevereiro de 2015 às 20h52

Pelo menos uma parte de Brasil.

Responder

Joca de Ipanema

26 de fevereiro de 2015 às 17h16

Bem vindo de volta. Pensei que o Camelo tinha te deixado de crista baixa. Pelo visto descansastes bem, pois o texto é muito bom.Só faltou aduzir o panorama que se nos apresenta no congresso. Aí, completa o panorama de nuvens negras que nos ameaça.

Responder

Miguel do Rosário

26 de fevereiro de 2015 às 17h05

Sim. A tortura era para isso mesmo. Mas esperemos.

Responder

Dalita Benevit

26 de fevereiro de 2015 às 19h39

Mas não existe nada que se possa fazer?!

Responder

    Verlaine Pinto

    26 de fevereiro de 2015 às 21h24

    É isso que eu também não entendo, porque que eles fazem tudo isso e ninguém faz nada!!

    Responder

    Dalita Benevit

    26 de fevereiro de 2015 às 21h25

    Os tucanos fazem o q querem e nada acontece, estarrecedor!

    Responder

Marcelo Moreira

26 de fevereiro de 2015 às 15h18

Miguel, concordo com tudo que você escreveu. Só que tem uma correção que tem que ser feita, Jairo Gianoto nunca foi prefeito de Londrina mais de Maringá. Por favor aqui em Londrina nos temos os nossos ladrões não me mande os de outras cidades para cá não. Um abraço.

Responder

    Miguel do Rosário

    26 de fevereiro de 2015 às 15h23

    Sim, Maringá. Corrigido! Obrigado ;) .

    Responder

Daniela Tavares Torres

26 de fevereiro de 2015 às 15h13

Boa Tarde Sr.Miguel do Rosario.Falo em nome da Faculdade de Cultura e Artes (FCA) da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC-MG).Em maio a FCA promovera um Seminário de Pesquisa e Extensão no qual o tema geral é ” Comunicação e Democracia no Brasil,tecnologias, crises ,oportunidades e desafios ” ao qual gostaríamos de convida-lo a participar. Para que possamos registrar seu interesse e passar demais esclarecimentos peço a gentileza de retornar ao e-mail(danielatavares56@yahoo.com.br) Ficamos no aguardo.Att Daniela Tavares.

Responder

Luiz

26 de fevereiro de 2015 às 14h45

POVO BRASILEIRO:
Nenhuma nação soberana se fez sem sangue. Precisamos de sangue nas ruas para que o povo acorde e defenda o Brasil.
O golpe está sendo administrado em doses.
Não vamos permitir.
A guerra foi declarada. Estamos em guerra.
Vamos pra rua, defender o Brasil dos criminosos que pretendem nos destruir.
Lema dos combatentes dos quetos de Varsóvia (II guerra mundial): “SE O INIMIGO QUER SUA VIDA, LUTE E DEFENDA, MAS SE ELE QUER SUA HONRA, LUTE E DEFENDA, À CUSTA DE SUA PRÓPRIA VIDA”.
Vamos mostrar para esses monstros que UM FILHO SEU NÃO FOGE À LUTA e vamos defender o Brasil com braço forte.
VIVA O BRASIL.
VIVA O POVO BRASILEIRO.
O BRASIL NÃO É GOVERNADO PELOS QUE PERDERAM. O BRASIL NÃO É GOVERNADO PELA MÍDIA. O BRASIL NÃO É GOVERNADO PELO JUDICIÁRIO.
O BRASIL É GOVERNADO PELO POVO BRASILEIRO.
MEXEU COM O POVO BRASILEIRO,MEXEU COM A NAÇÃO BRASILEIRA.
CADEIA PARA OS GOLPISTAS E EXECUÇÃO EM PRAÇA PÚBLICA.
VAMOS DAR O EXEMPLO.
VIVA O BRASIL.

Responder

    luiz mattos

    26 de fevereiro de 2015 às 20h38

    VIVA!

    Responder

Gerson Pompeu

26 de fevereiro de 2015 às 17h43

Esse Youssef bem que poderia abrir um curso de delator profissional. Melhor, sugiro a criação do órgão da Delatoria Pública, para oficializar de vez à putaria.

Responder

Ricardo.Parafatti

26 de fevereiro de 2015 às 14h42

Miguel algo tem me deixado muito inquieto nas ultimas semanas. Sei que o assunto Petrobras e a tentativa de golpe branco tem tomado muito o tempo de todos nós. Mas precisamos reagir nas redes sociais e movimentos populares a votação da chamada PEC DA BENGALA prevista para ocorrer semana que vem, praticamente imposta por Eduardo Cunha com a chancela de todos os partidos exceto PT, PC do B e PDT. Não podemos permitir essa imoralidade, além de golpe light, mas golpe ao governo Dilma, pois aumentar em 5 anos o mandato dos Ministros do STF só serve para tornar ainda mais contaminado o ar que deveria ser arejado na maior corte jurídica do país, além do que alternância de ministros, assim como ocorre com mandatos de políticos e´algo necessário para que não hajam tentações ditatoriais.

Responder

    Miguel do Rosário

    26 de fevereiro de 2015 às 15h23

    Você não é. Você é troll cabeça feita.

    Responder

Nancy Soares

26 de fevereiro de 2015 às 17h38

E o ministro da justiça quietinho assistindo o espetáculo do moro.

Responder

Sandra Bitran

26 de fevereiro de 2015 às 17h35

#Mexico: Petition asking Twitter to close bot accounts that are censoring and suppressing Mexican twitter trends. Please sign and share.
(Translation)
“Currently in Mexico an internet army exists censoring articles and websites, attacking journalists and activists, and altering the trends in social networks. All this for you not to find out what happens in the country and the world does not know what we are experiencing. Together we could stop this army, if we ask Twitter to close their accounts and prevent the emergence of new networks of censorship.”
https://secure.avaaz.org/es/tecnocensura/?bRHqzhb&v=54370

Responder

Vilmar Teodoro Teodoro

26 de fevereiro de 2015 às 17h28

Como esse meio politico é podre!!!!

Responder

Fabio Fábio

26 de fevereiro de 2015 às 17h25

Texto, mas uma vez, perfeito !

Responder

Mauricio Ramos Thomaz

26 de fevereiro de 2015 às 17h24

Moro é só um juiz. Se ele faz o que faz é porque estao deixando ele fazer

Responder

Walter Cesar Mercadante

26 de fevereiro de 2015 às 17h22

Bundões hipócritas brincando de poder e milhares perdendo emprego no pais “Cartorial” e da Casa Grande e Senzala. É duro aturar tudo isso…

Responder

Henrique Melo

26 de fevereiro de 2015 às 17h20

ah mas não vai mesmo !

Responder

Cida Medeiros

26 de fevereiro de 2015 às 17h17

E o que fazer?

Responder

Deixe um comentário