Celso Amorim e Jandira ao vivo no Rio

Doleiro operava para FHC, Serra e Beira Mar

Por Miguel do Rosário

24 de outubro de 2014 : 19h31

Privataria Tucana. A gente nao ve por aqui


 

Mais um título que parece blague, de tão forte.

Não é, infelizmente. É sério.

Alberto Youssef operou para as campanhas de FHC e Serra, segundo matéria de Amaury Ribeiro, publicada na Istoé, em fevereiro de 2003. A mesma fonte afirma, com base em documentos, que ele era também doleiro de Fernandinho Beira Mar.

Esse é o cara que Veja e Globo querem levar à sério e usar para fraudar o debate político nas eleições deste ano.

Mas antes vamos conferir trecho de matéria publicada na Folha, de 10 de agosto deste ano, quando se avaliava a possibilidade da Justiça aceitar a delação premiada de Alberto Youssef, e se discutia a credibilidade do doleiro:

BAIXA CREDIBILIDADE

A maior dificuldade para que a colaboração de Youssef seja aceita é que sua credibilidade tende a zero. As razões da baixa credibilidade é que ele não contou tudo o que sabia na delação premiada que fez em 2007 e não cumpriu a promessa de que não voltaria a atuar no mercado de dólar. A avaliação da PF e dos procuradores é que Youssef usou a primeira delação premiada como alavanca para elevar sua participação no mercado.

A estratégia que usou foi entregar os clientes menos importantes, como políticos e servidores públicos do Paraná, e preservar os grandes, como o deputado José Janene (PP-PR) –que até morrer, em 2010, era o cicerone do doleiro em Brasília e em empresas como Petrobras.

O plano deu certo. Youssef deixou de ser um doleiro do Paraná e passou a ter atuação em São Paulo, Rio e Brasília, segundo a PF. Continuou atuando com o PP, mas conquistou aliados no PT, como o deputado federal André Vargas (sem partido-PR).

O advogado de Youssef, Antonio Augusto Figueiredo Basto, diz que a decisão de colaborar é do seu cliente, mas ele não recomenda o expediente: “O Alberto é mero bode expiatório num esquema muito maior, sobre o qual não há nenhum interesse em investigar. Você acha que ele teria feito tudo de que é acusado sem um parlamentar?”. Ele diz que sai do caso se seu cliente virar colaborador. ”

*

Voltei.

Outro material importante para se entender quem é Alberto Youssef é que ele foi operador das campanhas de FHC e Serra. Observe que a matéria informa ter documentos, bem diferente da Veja, que admite não ter provas de nada do que publica.

Confira trecho de matéria escrita por Amaury Ribeiro, e publicada na Istoé, em fevereiro de 2003:

Conta tucano: Investigações revelam que o ex-caixa de campanha do PSDB movimentou US$ 56 milhões por intermédio de contas no Banestado dos EUA

Por Amaury Ribeiro Jr., Sônia Filgueiras e Weiller Diniz

Documentos a que ISTOÉ teve acesso começam a esclarecer por que o laudo de exame financeiro nº 675/2002, elaborado pelos peritos criminais da PF Renato Rodrigues Barbosa, Eurico Montenegro e Emanuel Coelho, ficou engavetado nos últimos seis meses do governo FHC, quando a instituição era comandada por Agílio Monteiro e Itanor Carneiro. Nas 1.057 páginas que detalham todas as remessas feitas por doleiros por intermédio da agência do banco Banestado em Nova York está documentado o caminho que o caixa de campanha de FHC e do então candidato José Serra, Ricardo Sérgio Oliveira, usou para enviar US$ 56 milhões ao Exterior entre 1996 e 1997.

O laudo dos peritos mostra que, nas suas operações, o tesoureiro utilizava o doleiro Alberto Youssef, também contratado por Fernandinho Beira-Mar para remeter dinheiro sujo do narcotráfico para o Exterior. Os peritos descobriram que todo o dinheiro enviado por Ricardo Sérgio ia parar na camuflada conta número 310035, no banco Chase Manhattan também em Nova York (hoje JP Morgan Chase), batizada com o intrigante nome “Tucano”. De acordo com documentos obtidos por ISTOÉ, em apenas dois dias – 15 e 16 de outubro de 1996 – a Tucano recebeu
US$ 1,5 milhão. A papelada reunida pelos peritos indica que o nome dado à conta não é uma casualidade. (…)

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

38 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

josé fernandes

31 de outubro de 2014 às 10h16

Este lixo chamado rede globo..o povo pensante desse Pa´si precisa agora este é o momento de sair as ruas e pedir, e fazer pressão ,para o congresso aprovar a lei que eles vetaram esta semana pra uma consulta popular…..

Responder

nelson sales e silva

25 de outubro de 2014 às 11h49

então está explicado porque ainda estava solto.

Responder

Vitor

25 de outubro de 2014 às 00h26

Porra Miguel! Não se iguale a Veja! Vc tem credibilidade, não a perca em uma eleição ganha!

Responder

Vitor

25 de outubro de 2014 às 00h24

Miguelito tá igual a Veja… Parae Miguel, já levamos… Não se queime a toa!

Responder

Messias Franca de Macedo

24 de outubro de 2014 às 22h05

… O zum zum zum que corre é o de que o*’JN’ não fez sequer uma mísera menção à matéria fascigolpista/terrorista/subversiva da INFAME revista ‘veja’ dos MARGINAIS Civitas do ‘lodo do volume morto’ do Rio Tietê do DEMoTucano Geraldo Alckmin!

**JN: Nacional?! Poeta?! ‘Ditabranda’?! soNEGAção?!…

A LEITURA DO MATUTO!

Por questões estratégicas, os Marinhos da ‘ditabranda’ não quiseram “levantar a bola para a presidente Dilma Rousseff cortar o darf da soNEGAção global em pleno debate no projac” (sic)…

No entanto, ‘Os Embalos do Sábado à Noite (25/10/2014)’ prometem! E na madrugada do domingo (26/10/2014), “o supremo” gilmar DANTAS estará de plantão: no TSE – &$ no STF!

“É mole?!”

A MANCHETE de segunda-feira (27/10/2014) da ‘Folha’!

‘Capa da veja apeou os corruptos da Petrobras do poder’

Sim, é de arrepiar!

Quem (sobre)viver, verá!: “a invulnerabilidade” das nossas urnas eletrônicas comprovadamente inseguras (idem sic)

Responder

Fernando Augusto Mendes Cembranelli

24 de outubro de 2014 às 23h27

Fora PT!!!!! Fora PT!!!! Chega de hipocrisia !!!

Responder

Sandra Francesca de Almeida

24 de outubro de 2014 às 23h27

Hipocrisia, cinismo e muita corrupção.

Responder

Viviane M Arruda

24 de outubro de 2014 às 23h02

A veja tem credibilidade no Brasil? http://outraspalavras.net/outrasmidias/uncategorized/cachoeira-desafio-da-midia/

Responder

Marcelo Rossi

24 de outubro de 2014 às 22h26

O INSUPERÁVEL PSDB/DEM !

Responder

    enganado

    24 de outubro de 2014 às 23h08

    Verdade! Ninguém consegue roubar tanto em tanto tempo e não irem para o xilindró. Até Ali Babá está com inveja!

    Responder

Raquel Kacelnikas

24 de outubro de 2014 às 22h17

A verdade vai aparecer

Responder

C.Paoliello

24 de outubro de 2014 às 20h11

Depois de todos os crimes cometidos pela “veja que lixo!”, como cidadão e como contribuinte proponho que organizemos um abaixo-assinado endereçado à Presidenta Dilma solicitando que nem um único centavo de publicidade das estatais (e de todos os órgãos do governo) seja mais publicado nesse pasquim. O mesmo abaixo-assinado deverá ser encaminhado aos governadores da base aliada para que também não anunciem nesse lixo com pretensões a ser parte da mídia.

Responder

Sueli Serrano

24 de outubro de 2014 às 22h04

Responder

Marcelo Moraes

24 de outubro de 2014 às 22h02

E agora Tucanalhas??????

Responder

Rogeria Cristina Lima

24 de outubro de 2014 às 21h58

#MelhorcomDilma13

Responder

José Geraldo Silva Prates

24 de outubro de 2014 às 21h57

Dilma13

Responder

Luiz

24 de outubro de 2014 às 19h57

Oi Miguel do Rosário,

você sabe como foram as manifestações de apoio à Dilma aí no Rio? Se souber faz um post pra gente. Obrigado.

Responder

    Miguel do Rosário

    24 de outubro de 2014 às 21h14

    Jà escrevi. Foram impressionantes.

    Responder

Mauro

24 de outubro de 2014 às 19h56

Esse cara deve ter ligações com a máfia ítalo-americana que veio para cá, depois de passar por México e Cuba, quando acabou a lei seca nos EUA.Antes eles ganhavam dinheiro com álcool ilegal, agora ganham com drogas, e financiam governos corruptos e ditaduras subservientes ao Tio Sam.

Responder

    Giusepe

    24 de outubro de 2014 às 20h05

    Prezado Mauro, por Cuba eu lhe garanto que ele não passou, lá o buraco é mais embaixo. Narcotraficantes em Cuba são enfiados em uma solitária e não saem de lá nunca mais. Aliás, porque vc acha que a turma do aécipó tem tanta ojerija por Fidel Castro…

    Responder

Ana Cancado

24 de outubro de 2014 às 21h54

#dilma 13

Responder

Waldir Zimmermann

24 de outubro de 2014 às 21h53

O doleiro operou para o PT também. Isso é que é foda. O partido tem que se livrar dessa corja e governar com a cara limpa.
Mesmo assim, Dilma 13

Responder

Silvinha Brusco

24 de outubro de 2014 às 21h52

Nossaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa

Responder

Libni Junior

24 de outubro de 2014 às 21h51

Mesmo diante de todas as provas vcs petistas nao assumem nada. Como o chefao da quadrilha diz, Nao sei, nunca ouvi falar…

Responder

    Luiz

    25 de outubro de 2014 às 00h58

    Que provas, zé mané?
    Assumir o quê?
    Lave sua boca, imbecil, antes de falar do grande presidente Lula. Pouquíssimas pessoas fizeram tanto em favor do nosso país e do nosso povo como o Lula. Pelas besteiras que você diz, fica claro que você não passa de um analfabeto político e/ou de um anão moral.

    Responder

      Yule Cristina

      25 de outubro de 2014 às 12h27

      Por que não pode ser os dois? Dizem que quem acredita na Veja, relincha.

      Responder

Ana Lucia Elizabeth Rodrigues

24 de outubro de 2014 às 21h50

#dilma13

Responder

Francisco de Assis

24 de outubro de 2014 às 19h45

Quer dizer que Yousseff lavava dinheiro para Fernandinho Beira-Mar, condenado por tráfico internacional de drogas. Pela justiça brasileira, por supuesto.

E não é que o Juiz-Candidato-ao-STF Sérgio Moro acabou de INOCENTAR Yousseff de lavagem de dinheiro do tráfico de drogas, por que o “bandido profissional” (segundo o próprio juiz) não sabia que o dinheiro provinha do tráfico.

E pouco depois, o “bandido profissional” colabora com a Veja para corromper a eleição presidencial no Brasil. Foi este o trato da “inocência”?

Esta é a JUSTIÇA-LAVA-JATO em ação.

Responder

    Yule Cristina

    25 de outubro de 2014 às 12h25

    Estranho, depois de ser chamado de bandido profissional, o cara passa a ser inocente, essa justiça está precisado de um banho de dignidade. O povo já sente ânsia de vômito quando se fala em justiça, com toda razão.

    Responder

Petula Ponciano

24 de outubro de 2014 às 21h44

Vejam essa Patrícia Vasconcellos, Jorge Alberto, Pati Leal, Isabela Almeida, Vitor Luiz

Responder

Fabrício Santana Santos

24 de outubro de 2014 às 21h39

não é à toa que o rola-bosta tenta escamotear o tráfico no partido dos trabalhadores.

Responder

Luzimar Eduarda

24 de outubro de 2014 às 21h39

????????

Responder

Se sonega imposto, não me peça dinheiro

24 de outubro de 2014 às 21h38

meio tarde para chegar isso apenas aqui na internet, tinha que constar na propaganda eleitoral.

Responder

Odenir Batista

24 de outubro de 2014 às 21h35

ERRO !!! ??

Responder

Geraldo Jorge

24 de outubro de 2014 às 21h33

PAREM COM ESSA ASNEIRA…..DILMA E LULA JA FORAM PRO BELELÉU….CADEIA PARA TODOS ELES………

Responder

    Roberto de Paulo

    24 de outubro de 2014 às 23h20

    DILMA 13,para alegria dos coxinhas.

    Responder

Deixe uma resposta