Mais de 70% dos eleitores já estão decididos sobre o voto presidencial, diz DataFolha

O café da manhã de Dilma com jornalistas

Por Miguel do Rosário

07 de janeiro de 2016 : 16h37

[s2If !current_user_can(access_s2member_level1) OR current_user_can(access_s2member_level1)]

(Foto: Instagram do Palácio do Planalto).

Análise Diária de Conjuntura – Tarde – 07/01/2016

(Excepcionalmente, não houve Análise Diária da parte da manhã)

O café da manhã de Dilma com jornalistas da grande imprensa foi um sucesso, fato raríssimo em se tratando da comunicação do governo. [/s2If]

[s2If !current_user_can(access_s2member_level1)]
Para continuar a ler, você precisa fazer seu login como assinante (na coluna da direita; ou abaixo da seção de comentários, se você estiver lendo pelo celular). Confira aqui como assinar o blog O Cafezinho. Qualquer dúvida, entre em contato com a Thamyres, no assinatura@ocafezinho.com. [/s2If]

[s2If current_user_can(access_s2member_level1)]

Observe esse trecho da conversa, segundo noticiado pelo Valor:

(…) Dilma classificou como um “mito” o argumento de que cresceu a carga tributária no Brasil. “A carga tributária brasileira de hoje é a mesma vigente em 2002”, afirmou a presidente. “A carga tributária não vem crescendo. Ela equivale ao que existia em 2002.” Segundo a dirigente, a carga total atualmente equivale a 33,4% do Produto Interno Bruto (PIB).

Se considerar apenas os impostos federais, está em 22%. O que aumentou, apontou Dilma, foi a contribuição para a Previdência Social e para o FGTS, porque o governo formalizou mais trabalhadores, elevando a contribuição previdenciária. “Onde tem mais emprego, você tem maior arrecadação. Isso ocorre se você olhar de forma desapaixonada essa questão”, afirmou.

O café da manhã foi importante em vários aspectos. Em primeiro lugar, ele apresenta uma Dilma tranquila e confiante, com opiniões corajosas (sobre a reforma da previdência) e informações assertivas (como a que deu sobre a carga tributária).

O governo deveria aprender, porém, que informações como essa, sobre a carga tributária, valem ouro no debate político, e deveriam ser marteladas dia e noite no ouvido da sociedade, para fazer frente à campanha contra o Estado promovida pela mídia.

A manchete da imprensa foi sobre a defesa, por parte de Dilma, da elevação da idade mínima da aposentadoria. Virou manchete porque é um tema caro aos conservadores e provoca polêmica nos meios sindicais, ainda muito atrelados a um corporativismo pseudo-esquerdista um tanto oportunista às vezes.

Neste ponto, Dilma tem absoluta razão. A idade mínima deve ser adaptada a mudança da idade média dos brasileiros, sob o risco de explodir as contas da previdência. Que o Brasil faça isso muito antes da Europa, que hoje vive situações dramáticas de endividamento público, nos dá a oportunidade de evitarmos os mesmos problemas.

A presidenta se expressou de maneira cuidadosa, ainda conforme o Valor:

Dilma relatou que o governo estuda “encarar a idade mínima ou a fórmula móvel 85/95 progressiva, uma coisa será considerada”. Ela ressalvou que não serão afetados “direitos adquiridos” e acrescentou que haverá um “tempo de transição” e esse debate será travado com “diálogo” no Fórum de Previdência Social.

O áudio completo da conversa pode ser ouvido no blog do Planalto.

De maneira geral, o governo inicia o ano com diversos trunfos em mãos, e fazendo de tudo para usar da melhor forma possível o tempo do recesso parlamentar, que é também um momento de trégua nas conspirações parlamentares-midiáticas.

E está usando bem.

Ainda no Valor, uma notícia incrível, que figura na capa do jornal de hoje: o pagamento das “pedaladas fiscais” podem virar crédito para os bancos públicos e o FGTS investirem em programas de habitação e obras de infra-estrutura. Eu sugeriria ao governo a incluir mobilidade urbana, telecomunicações e alta tecnologia.

Com esse dinheiro, mais os acordos de leniência, o governo pavimenta o caminho para injetar dezenas de bilhões de reais na economia e tirar o país da recessão neoliberal a que Joaquim Levy – e seus áulicos na imprensa – nos conduziu.

A maior parte da retração econômica de 2015 veio dos cortes federais no campo do investimento público. Se Dilma dá sinais claros de que o Estado retomará os investimentos, então o Brasil volta a ter esperanças.

Que a crise econômica é mundial, agora não resta dúvidas. A imprensa não pode mais vender um “apocalipse” local.

Mas se a crise é mundial, o Brasil tem a vantagem de ser uma grande e estável democracia (sobretudo se sobrevivermos a Cunha, à Globo e ao golpe hondurenho), de possuir vastos recursos naturais, ser um dos maiores canteiros de obras de infraestrutura de todo o planeta, além de abrigar um mercado consumidor de 205 milhões de pessoas.

O recesso parlamentar fez o golpismo apostar mais pesado na Lava Jato como fator de instabilidade. Quero crer, porém, que a sociedade está cansada de vazamentos seletivos e de todo esse espetáculo. Que a Justiça toque essa investigação com discrição, moderação, isenção e seriedade.

O clima de linchamento refluiu um bocado, sobretudo porque o brasileiro relaxou no Reveillon e se prepara para relaxar no Carnaval – e isso não é ruim, é do caráter de um povo tranquilo, pacífico, de bem com a vida. Os coxinhas odientos, biliosos, invejosos e violentos não são maioria, e se retraem, de volta para seus armários embutidos, em tempos de paz política.

A imprensa se tornou uma caricatura. É só desgraça em cima de desgraça, e não é de hoje.

Dilma se fortaleceu politicamente, isso é nítido, porque soube manter a serenidade em todos os momentos.

É até engraçado constatar que o político que parecia ser o mais discreto e mais sereno de todos, Michel Temer, perdeu a compostura (com aquela cartinha ridícula.

Dilma, acusada de tudo, manteve-se calma até o final, e agora, atravessado o deserto de 2015, tendo vencido a maioria das batalhas parlamentares, pode começar a governar, retomando os grandes projetos de infra-estrutura que ela mesmo iniciou, ainda no governo Lula.

A Lava Jato varreu o país de cima a baixo, mas não tocou em Dilma. E agora há perspectiva real da investigação chegar a um termo e seus desdobramentos passarem para a responsabildidade de autoridades menos midiáticas, menos comprometidas com as conspirações midiático-judiciais e um pouco mais cuidadosas quanto às consequências econômicas de suas iniciativas.

A presidenta marcou um golaço hoje, com suas falas durante o café da manhã com a imprensa.

O encontro com Lula, na véspera, deve ter lhe ajudado a encontrar ideias criativas para apostar no desenvolvimento.

A injeção do dinheiro das “pedaladas” na economia, em programas de habitação, é uma resposta maravilhosamente irônica aos golpistas, e ilustra bem como o país ainda guarda trunfos para superar a crise e voltar a crescer.

A liderança do PT, por sua vez, divulgou um quadro revelador sobre o déficit nas contas públicas de 2015. É um comparativo internacional, que mostra bem como a população é ludibriada pelo terrorismo midiático. A situação do Brasil, mesmo em seu ano mais difícil, 2015, quando a crise econômica se confundiu com uma das piores crises políticas das últimas décadas, o nosso orçamento ainda se manteve muito menor do que da maioria das economias mais sólidas do mundo.

unnamed

[/s2If]

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

39 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

L@!r M@r+35

11 de janeiro de 2016 às 12h10

Grande porcaria! Amanhã estão todos metendo o pau nela na primeira página.

Responder

Paulo Vinha

09 de janeiro de 2016 às 11h31

Essa é a imprensa coxinha?

Responder

Marcia Rodrigues Torres

09 de janeiro de 2016 às 06h44

Que inveja, me convide também

Responder

Adilson Joaquim Sant Anna

08 de janeiro de 2016 às 19h53

isso causa uma IN VEJA !!!!!

Responder

Silvio Bhz

08 de janeiro de 2016 às 16h58

a traíra Zileide Silva da rede globo esta sorrindo na foto.

Responder

Jose Paulino Junior

08 de janeiro de 2016 às 16h53

Pagando bem

Responder

Paulo Rogerio Rogerio

08 de janeiro de 2016 às 15h46

Tanto sorrizo e tanta falsidade

Responder

Freitas Freitas

08 de janeiro de 2016 às 10h49

Responder

Henrique Teixeira

08 de janeiro de 2016 às 05h07

e o q a negra golpista da globo ta fazendo ali?

Responder

Kessya Chimenez

08 de janeiro de 2016 às 02h35

Olha lá repórter da Rede lixo Globo. Grande Zileide Silva… Muitos Jornalistas ali odeiam nossa Presidenta. Cômico né? Olha à cara de felicidade da galera!. :)

Responder

Marciano Lins

08 de janeiro de 2016 às 02h16

Mas, tipassim, é cover de Daniel na cova dos leões?

Responder

Driana Nova

08 de janeiro de 2016 às 02h05

ELA NÃO ANDA ELA DESFILA,ELA É TOP,CAPA DE REVISTA,ELA É DEMAIS,ELA ARRASA NO LOOK,TIRA FOTO NO ESPELHO PRA POSTAR NO FACEBOOK!///& ARRASOU DIVA! PODE SAMBAR QUE TA NO AUGE DA FAMA. UHUUUUUUUUUU!!!

Responder

Driana Nova

08 de janeiro de 2016 às 02h05

ELA NÃO ANDA ELA DESFILA,ELA É TOP,CAPA DE REVISTA,ELA É DEMAIS,ELA ARRASA NO LOOK,TIRA FOTO NO ESPELHO PRA POSTAR NO FACEBOOK!///& ARRASOU DIVA! PODE SAMBAR QUE TA NO AUGE DA FAMA. UHUUUUUUUUUU!!!

Responder

Rosemary Barros

08 de janeiro de 2016 às 01h54

Todos crocodilos…

Responder

Rosemary Barros

08 de janeiro de 2016 às 01h54

Todos crocodilos…

Responder

Marco Macedo

08 de janeiro de 2016 às 01h04

Quanto mais conheço os “homens”, prefiro os animais…. Atraso, culto a personalidade, burrice, vaidade, teimosia….nosso pais realmente e uma bosta.

Responder

João Amado

08 de janeiro de 2016 às 00h30

Tem umas cobras criadas aí na foto. …

Responder

Luca Felipe

07 de janeiro de 2016 às 22h24

Que maravilha,cambada de safados,dá prá acreditar na imprensa marrom

Responder

Mary Atleticana

07 de janeiro de 2016 às 20h38

Até global está feliz ao lado da presidenta . Só ficam contra quando estão sendo obrigados pelos patrões. Linda foto! :)

Responder

Lisete Escobar

07 de janeiro de 2016 às 20h05

Cafezinho, sou sua fã…mas ter que assinar para ler o que postas é um pouco demais não??? Todos os sites postam quase tudo igual diariamente sem cobrança alguma…Já pago para ter Internet, não pagarei para ler teus sites, desculpe…..Pago Impostos demais também…..Prefiro procurar em outros sites e ler a mesma coisa que me cobras para ler…..Saudações….

Responder

    O Cafezinho

    07 de janeiro de 2016 às 20h23

    Lisete, me desculpe, mas você não vai ler em lugar nenhum as mesmas coisas que eu “cobro”para ler. São análises de conjuntura do cafezinho, que eu cobro para sustentar o blog. Cada um sabe onde seu calo pisa. O cafezinho precisa de assinaturas para viver, ponto.

    Responder

    Lisete Escobar

    07 de janeiro de 2016 às 21h21

    Ok…Grata pela tua explicação O Cafezinho, mas me nego a pagar para ler o que posso ler em outros sites….Dize-mes que não…mas, os sites se repetem diariamente, sei porquê sou leitora assuídua….E o único que me cobrava assim era o “Estadão”, que também deixei de ler…..Grata!!!!!

    Responder

    Adriana Maricato

    08 de janeiro de 2016 às 16h02

    Então não pague, oras. Mas não queira que alguém trabalhe de graça pra você. Produzir conteúdo dá trabalho, as pessoas precisam se sustentar. Já experimentou não pagar a faxineira e encontrar a casa limpa? Ora, tenha dó.

    Responder

    Lisete Escobar

    08 de janeiro de 2016 às 16h17

    Eu não pagarei mesmo!!! E não pedi tua opinião sra. Adriana Maricato, se achas que deves fazê-lo, o faças…..Mas, eu tenho o direito a minha opinião sem necessitar da sua!!!! Comparar um site de notícias com faxina de casa é até bizarro!!!! Me erre por favor !!!!E falei diretamente com o site O Cafezinho, não mandei recados…..A maioria dos sites não cobram para noticiarem, quem não se sustenta às vezes não se suporta !!!! Reserve sua opinião para sua pessoa !!!! Duvido que todos que acessam este site aceitem pagá-lo !!! Vê se me erra!!!! PT Saudações !!!!!

    Responder

Maria Mlsa Malsa

07 de janeiro de 2016 às 19h27

procurem assistir esse vídeo e saia da matrix do poder de poucos donos do mundo e da nova ordem mundial…..vamos dar um não para o golpe, no Brasil e pela soberania das urnas. https://www.youtube.com/watch?v=-fSUQNIrgxw&feature=share PESQUISE AS LIGAÇÕES DE ARMINIO FRAGA, O QUE SERIA MINISTRO DE AÉCIO E QUE GRAÇAS A DEUS, NÃO GANHOU E A LIGAÇÃO COM OS BANQUEIROS DA MÁFIA DE PODER DO G8 E DOS EUA…COMPARTILHEM E ESCLAREÇAM AS PESSOAS….É REALIDADE PURA.

Responder

Susan Storm

07 de janeiro de 2016 às 17h20

Propôs reforma da previdência igual à de Temer e Aécio: idade mínima de 65 anos até para quem já é contribuinte. Não foi nesse projeto neoliberal em que votamos em 2014. Estou decepcionado. Sinto-me traído.

Responder

Gf Andrezão

07 de janeiro de 2016 às 19h16

Dilmais… Sua linda..!!

Responder

Rosane B Severo

07 de janeiro de 2016 às 19h16

Dilmais!

Responder

Linete Moraes

07 de janeiro de 2016 às 19h15

Até a Zileide

Responder

Adelino Elias de Moura

07 de janeiro de 2016 às 19h08

notem como Dilma olha para um celular, em específico!

Responder

Solange Pestana

07 de janeiro de 2016 às 19h07

#DilmaFica

Responder

Ivo Vanda Reis

07 de janeiro de 2016 às 19h07

Onde chegamos, hem, vovó Dilma……

Responder

Tonya de Carvalho

07 de janeiro de 2016 às 19h02

Presidenta Dilma deve se reunir também com os blogueiros progressistas ! !

Responder

Gugu Mello

07 de janeiro de 2016 às 18h58

10 x 1 que as jornalistas patricinhas abobrinhas do PiG e suas bundinhas empinadas não estão na foto !!

Responder

Deixe um comentário