Ato em defesa da imprensa

Miriam Dutra explode o mensalão de FHC!

Por Miguel do Rosário

18 de fevereiro de 2016 : 01h10

Não, não me interessa a vida privada de FHC.

Entretanto, as revelações de Miriam Dutra vão muito além da vida pessoal de um ex-presidente da República, que ainda é uma figura política tão ativa no Brasil quanto o ex-presidente Lula.

Dutra afirma que foi sustentada por uma empresa, a pedido de FHC, enquanto este ainda era presidente da república.

A empresa é a Eurotrade, sediada nas Ilhas Cayman, pertencente a Brasif, de Jonas Barcellos, uma companhia usuária de eterna concessão pública, os free shops nos aeroportos, sobre os quais exerce um bizarro monopólio.

Ou seja, Miriam foi sustentada, durante o governo FHC, por uma concessionária pública federal!

A Globo crucificou Renan Calheiros quando sua ex-mulher confessou que recebia mesada via operador de uma empresa.

Quando é com FHC, não vem ao caso?

A entrevista de Miriam Dutra aborda, além disso, alguns pontos políticos. FHC era contra a reeleição, diz Miriam. Em suas palavras:

Eu tinha que ter metido a boca no trombone no começo. Eles não aceitaram porque estavam em plena história da reeleição. Isso foi quando Fernando Henrique estava tentando mudar a Constituição. É uma coisa estranha porque eu lembro que quando [José] Sarney quis ficar cinco anos, ele estava na minha casa jantando e deu um baile: “como este homem pode ficar cinco anos? O poder tem que ser quatro anos, e renovável”. E aí tem uma história muito cabeluda nisso tudo, que ele, por meio de uma empresa, mandava um dinheiro para mim.

Que empresa?
Não sei se eu posso falar. Não quero falar. Foi por meio de uma empresa que ele bancou.

Reparem bem. Miriam fala: “FHC estava tentando mudar a Constituição [e conseguiu, para beneficiar a si mesmo]. É uma coisa estranha (…) E aí tem uma história muito cabeluda nisso tudo, que ele, por meio de uma empresa, mandava um dinheiro para mim.

“E aí tem uma história muito cabeluda nisso tudo”, diz Miriam. “Nisso tudo” é a campanha da reeleição, um processo comprovadamente corrupto, onde, aí sim, um partido comprou votos para garantir mais quatro anos de poder.

É sabido que a reeleição fez muito mal a FHC e ao PSDB. Tão mal que o partido nunca mais ganhou nenhuma eleição presidencial depois disso.

A mídia sempre escondeu, omitiu, manipulou, qualquer informação sobre os escândalos de corrupção na era FHC.

Mas o povo quer saber. Que empresa bancou os gastos de Miriam Dutra no exterior? E o que isso tem a ver com a campanha da reeleição?

A TV Globo, uma concessão pública, vai abordar o assunto?

É muita hipocrisia, pelo amor de Deus. Marisa Lula não pode comprar uma canoa de lata de 4 mil reais que a coisa vira um escândalo. Lula não pode frequentar um sítio. Já FHC pode receber, dentro do Palácio do Planto, empresários para pedir dinheiro para seu instituto. Pode dar um apartamento de 1 milhão à sua namorada e um outro, de valor parecido, ao filho que nunca aceitou.

Não vem ao caso…

A imprensa brasileira vai continuar concentrada nos pedalinhos, nas caixas de bebida, na churrasqueira do sítio em Atibaia?

Em relação ao triplex de Lula, a imprensa já esqueceu tudo. Sergio Moro mandou soltar os presos ligados ao condomínio Solaris, todo mundo apavorado com as ligações cada vez maiores entre a Mossack Fonseca, que a força-tarefa achou ser uma grande descoberta, e a família Marinho, dona do grupo Globo.

E olha que, no início, os procuradores falaram que a etapa Triplo X era uma das mais importantes!

O nome da operação, Triplo X, referência óbvia ao triplex que não é de Lula, sumiu misteriosamente do noticiário.

A mídia agora está com dois enormes esqueletos em seu armário. Esqueletos fantasmas, mas que fazem barulho assustador: um dos esqueletos é a relação subterrância, obscura, criminosa entre os Marinho e a Mossack Fonseca, uma das mais famosas firmas de lavagem de dinheiro do mundo; o outro esqueleto são as revelações bombásticas de Miriam Dutra sobre Fernando Henrique Cardoso.

***

Abaixo, a entrevista, para registro histórico.

Na Folha.

FHC usou empresa para me mandar dinheiro no exterior, diz ex-namorada

NATUZA NERY
EDITORA DO PAINEL
17/02/2016 22h02

A jornalista Mirian Dutra Schmidt, 55, com quem Fernando Henrique Cardoso manteve um relacionamento amoroso, sustenta que o ex-presidente da República bancou despesas de seu filho Tomás no exterior por meio de uma empresa.

Em entrevista à Folha, ela afirma que esses pagamentos coincidiram com o período em que FHC comandava o país (1994-2002), mas não quis revelar a identidade da companhia.

Garantiu ter provas para atestar o que diz. De Madri, onde mora, Mirian falou longamente com a reportagem por telefone. “Eu não quero morrer amanhã e tudo isso ficar na tumba. Eu quero falar e fechar a página”, afirma.

Fernando Henrique admitiu manter contas no exterior e ter mandado dinheiro para Tomás, mas nega ter usado empresa para bancar a jornalista (leia abaixo).

*

Folha – Por que decidiu falar, depois de 30 anos?
Mirian Dutra – Para mim foi muito difícil. É muito complicado porque a minha vida inteira sempre foi trabalho e, de repente, essa história pessoal cruzou a minha vida.

Como foi a história de vocês?
Eu o conheci em janeiro de 1985, quando Tancredo [Neves] estava no hospital. Eu estava jantando no restaurante Piantella [em Brasília] com vários amigos jornalistas e ele entrou sozinho. Um amigo jornalista o convidou para a nossa mesa.

Logo que a gente se conheceu, um mês depois, ele disse para mim, era o governo Sarney: “Vai ter espaço para mim. Eu tenho que ser presidente. Só eu tenho capacidade para levar este país”.

Dei a entrevista à revista “BrazilcomZ” para desmentir tudo o que escreveram ao meu respeito. Eu quero que meu nome não fique numa rede social como uma rameira. Eu fui uma pessoa apaixonada por um homem. Quando tentei sair

Descobriu que estava grávida
Eu estava grávida de quase três meses. Eu não estava aguentando mais essa história toda de ser amante, de ser a outra. Aí eu fiquei quieta, esperei ele voltar [de viagem] e, quando voltou, foi jantar na minha casa.

Quando disse que estava grávida, ele disse “você pode ter este filho de quem você quiser, menos meu”. Eu falei: “não acredito que estou escutando isso de uma pessoa que está há seis anos comigo”.

Ele pediu para você abortar?
Pediu. Óbvio. “Eu te pago o aborto agora”, disse. Aliás, vou te contar uma coisa mais séria ainda. Durante os seis anos com ele, fiquei grávida outras duas vezes, e eu abortei.

Ele soube?
Ele pagou. Pagou por dois abortos. Eu não queria ter outro filho, eu tinha minha filha estava muito feliz. Nunca pude tomar pílula, colocar DIU [método intrauterino], porque tenho um problema de rejeição absoluta a hormônio que venha de fora. Ele sabia disso.

O que houve a partir daí?
Aí que, pela primeira vez, em seis anos, ele deixa de falar comigo. Porque sentiu que a decisão era firme. Aí eu disse que não tinha que contar para ninguém quem era o pai, que era livre e desimpedida.

Ficaram sem se falar até o nascimento do seu filho?
Ele foi umas duas ou três vezes na minha casa. Quinze dias depois do nascimento, ele foi me visitar. Minha mãe estava lá [em casa] quando ele foi conhecer o filho. Só que eu tinha decidido que eu iria embora [do Brasil]. Aí antecipei todos os meus planos e meio que fugi mesmo. Lembro que, quando do impeachment do Collor, vi esse homem [FHC] lambendo as botas do Itamar [Franco], que ele criticava a vida inteira. Fui buscar trabalho em Portugal. Recebi ajuda do [ex-senador] Jorge Bornhausen, que era meu amigo de Santa Catarina.

Mas ele reconheceu o filho…
Nunca fez.

Por que você não o desmentiu à época?
Em 2009, ele foi para os Estados Unidos e simplesmente colocou na cabeça do Tomás que o Tomás não poderia contar para mim, mas que iriam fazer um DNA. Ele visitava o Tomás nos EUA depois da Presidência. Mas nunca foi criado com pai nenhum. Nunca me casei, nunca tive namorado, esse departamento [namoro] se encerrou na minha vida.

Ele bancou seu filho fora do Brasil?
Quando Tomás fez três anos de idade, isso foi mais ou menos em 1994, aceitei que ele pagasse o colégio do Tomás, pois queria que ele estudasse num bom colégio. A partir daí, ele pagou. Quando vim para Barcelona, que é quando eu digo que fui exilada, porque eu queria voltar para o Brasil e não permitiram que eu voltasse…

Quem não permitiu?
[O então senador] Antonio Carlos Magalhães pediu para que eu não voltasse para o Brasil, o Luís Eduardo Magalhães [filho de ACM]. Diziam para ficar longe. Diziam “deixa a gente resolver essas coisas aqui”. Aí eu pensei e achei que, para os meus filhos, era melhor eu ficar [no exterior], pois eles seriam muito perseguidos no Brasil.

Eu tinha que ter metido a boca no trombone no começo. Eles não aceitaram porque estavam em plena história da reeleição. Isso isso foi quando Fernando Henrique estava tentando mudar a Constituição. É uma coisa estranha porque eu lembro que quando [José] Sarney quis ficar cinco anos, ele estava na minha casa jantando e deu um baile: “como este homem pode ficar cinco anos? O poder tem que ser quatro anos, e renovável”. E aí tem uma história muito cabeluda nisso tudo, que ele, por meio de uma empresa, mandava um dinheiro para mim.

Que empresa?
Não sei se eu posso falar. Não quero falar. Foi por meio de uma empresa que ele bancou.

Você não quer nominar, mas tem como provar? Algum recibo?
Tenho. Tenho contrato. Tudo guardado aqui. É muito sério. Por que ninguém nunca investigou isso? Por que ninguém nunca investigou as contas que o Fernando Henrique tem aqui fora?

Contas?
Claro que ele tem contas. Como ele deu, em 2015, um apartamento de € 200 mil para o filho que ele agora diz que não é dele? Ele deu um apartamento para o Tomás.

O exame de DNA diz que o Tomás não é filho dele…
É dele [e gargalha]. É óbvio que é dele.

Você afirma então que ele forjou o exame de DNA?
Não estou afirmando nada, mas tudo me parece muito estranho, porque eu nunca me neguei a fazer o exame de DNA. Não vou afirmar porque isso seria uma irresponsabilidade da minha parte. Além do mais, uma mulher sabe quem é o pai. A não ser que provem que Deus é o pai do meu filho.

Você teve alguma outra relação no período?
Claro que não.

Gostaria de voltar à empresa. Como foi esse acerto para você receber esse dinheiro?
O ex-marido da minha irmã, o Fernando Lemos [morto em 2012], era o maior lobista de Brasília e era ele quem conseguia tudo. Eu sempre fui muito ingênua nessas coisas. Eu não devia nada a ninguém, por que eu ficaria cheia de pecados e pruridos? Eles fizeram contrato comigo como se eu fosse funcionária deles [da empresa], só que eles nunca me permitiram trabalhar e aí eu ganhava.

Isso acabou quando?
Dois anos depois que ele saiu do governo.

Por que você nunca expôs essa história? Você, como jornalista, não sabia que era irregular uma empresa pagar em nome do presidente?
Eu acho que eu tinha que ter feito um escândalo quando eu fiquei grávida. Depois, as coisas foram acontecendo, entendeu? Meus filhos ficaram maiores e eu já não podia ficar fazendo tanta confusão.

E por que você decidiu falar agora?
Porque eu estou cansada de ver pessoas escrevendo coisas erradas, essa história do DNA. Estou cansada de tudo isso. Eu não quero morrer amanhã e tudo isso ficar na tumba. Eu quero falar e fechar a página. E quero tentar ser feliz, porque eu não consegui até hoje.

Alguém está por trás de sua quebra de silêncio?
Ninguém. Eu vivo absolutamente sozinha na Espanha, nunca vivi tão sozinha como agora. Vivo com um cachorrinho chamado Xico, com X, não tenho vida social, não tenho nada, até pela minha fibromialgia e pela polipose adenomatosa. Eu não estou falando isso para tirar proveito de absolutamente nada. Estou lavando a minha alma. É muito difícil você ser xingada por milhões de pessoas e não vou deixar isso acontecer mais. Não podia entrar na justiça contra porque eu trabalhava na TV Globo.

E agora que não trabalha mais lá você optou por falar…
Exatamente. Eu agora não devo mais nada a ninguém.

OUTRO LADO

O ex-presidente da República Fernando Henrique Cardoso (PSDB-SP) admitiu manter contas no exterior, ter mandado dinheiro para Tomás e ter lhe presenteado recentemente com um apartamento de € 200 mil em Barcelona, na Espanha.

O ex-presidente diz que os recursos enviados a Tomás –tanto para a compra do apartamento, quanto para ajudá-lo em seus estudos– provêm de “rendas legítimas” de seu trabalho, depositadas em contas legais e declaradas ao Imposto de Renda.

Segundo ele, as contas estão “mantidas no Banco do Brasil em Nova York e Miami ou no Novo Banco, em Madri, quando não em bancos no Brasil”.

“Nenhuma outra empresa, salvos as bancárias já referidas, foi utilizada por mim para fazer esses pagamentos”, afirma FHC.

O ex-presidente diz ainda que o repasse dos recursos para que Tomás comprasse o apartamento em Barcelona foi feito por meio de transferências de sua conta bancária no Bradesco “com o conhecimento do Banco Central” brasileiro.

DNA

Embora Mirian negue, FHC diz ter reconhecido Tomás em 2009, o ex-presidente afirma ter feito dois testes de DNA nos Estados Unidos.

“[Com] o propósito de dar continuidade a meu desejo de fundamentar declarações feitas por mim em Madri de que Tomás seria meu filho”, declarou o ex-presidente.

“Para nossa surpresa, o primeiro teste deu negativo, daí [fizemos] o segundo, que também comprovou que não sou pai biológico do referido jovem”, declarou FHC.

Mirian diz que os testes foram feitos sem que ela soubesse e que o ex-presidente pediu para que Tomás não lhe contasse nada.

FHC rebate as afirmações da jornalista dizendo que se dispôs a fazer outro teste de DNA e, mesmo diante dos resultados negativos, procurou manter “manter as mesmas relações afetivas e materiais com o Tomás”.

O ex-presidente afirma ainda que, “quando possível”, atende Tomás nas necessidades afetivas.

O ex-presidente não respondeu a acusação de que teria pagado para que Mirian fizesse dois abortos antes da gravidez de Tomás.

Declarou apenas: “Questões de natureza íntima, minhas ou de quem sejam, devem se manter no âmbito privado a que pertencem”.

Sobre Mirian afirmar que [o então senador baiano] Antonio Carlos Magalhães pediu para que a TV Globo não a mandasse de volta ao Brasil para, segundo ela disse, “ficar longe” de FHC, o ex-presidente diz desconhecer detalhes da vida profissional da jornalista.

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

122 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Mércia Marye

19 de fevereiro de 2016 às 11h42

Como será que anda as investigações sobre as contas no exterior? Existe?

Responder

Vinicius Oliveira

19 de fevereiro de 2016 às 03h29

Pode crê, isso que é mensalão de verdade.

Responder

Andre Blanco

19 de fevereiro de 2016 às 01h39

Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Responder

Ápio Pontes

19 de fevereiro de 2016 às 01h34

“A Globo crucificou Renan Calheiros quando sua ex-mulher confessou que recebia mesada via operador de uma empresa.

Quando é com FHC, não vem ao caso?”

Responder

Raimundo Pimentel

19 de fevereiro de 2016 às 00h10

Quando acaba ninguém levou a sério o “Chefão da Privataria”, quando ele declarou que a corrupção é um bebê!

Responder

Daniel Dias

18 de fevereiro de 2016 às 23h19

House of Cards

Responder

Cliton Ribeiro

18 de fevereiro de 2016 às 22h17

a máscara do impoluto,boca de sovaco tá caindo.

Responder

Aparecida Casseb

18 de fevereiro de 2016 às 21h55

A”grobo” é FHC até a morte. Canalhas!!!!!!!!!

Responder

Fabio Hideki

18 de fevereiro de 2016 às 18h55

Miguel do Rosário,

Quando os blogs progressistas se juntarão para uma campanha de financiamento coletivo para criar um material(documentário, vídeos e desenhos curtos, memes) fácil de ser entendido por midiotas/coxinhas, explicando o funcionamento do PIG ?
E lembrando que o crescimento de blogs como esse, depende da diminuição na importância que o público dá à grande mídia.

Responder

Alexandre Lima

18 de fevereiro de 2016 às 19h31

Engraçado, o que o FHC tem a ver com as ações do PT ? Cada um tem que pagar pelas suas ações. As pessoas ficam comparando uma ação com outra como se isso justificasse alguma coisa. Nosso futuro não é uma partida de futebol, os atores são pessoas com nome e devem responder ao que fazem

Responder

    Dioney Colombi

    18 de fevereiro de 2016 às 22h50

    É, fale isso para a justiça e essa imprensa golpista, direitista, enfim, maldita.

    Responder

Enio

18 de fevereiro de 2016 às 16h07

FHC vê a luz no fim do túnel, mas é a luz da locomotiva LULA2018 e ganhando velocidade. #LulaEuConfio

Responder

Gerson Calheiros

18 de fevereiro de 2016 às 17h36

Cara este FHC he demais, sabe usar dinheiro, gastando com MULHER, pode ate desviar, ta perdoado… kkkkk..kkk

Responder

Jeanete Marzullo

18 de fevereiro de 2016 às 17h03

Vão investigar?? ????

Responder

Rogério Leite

18 de fevereiro de 2016 às 16h09

Isso não vem ao caso como FHC presenteou o quase filho da amante com AP de 200.000 EUROS na Espanha … vamos falar do caico de 4.000,00 reais da Marisa ..

Responder

Araújo Anilton

18 de fevereiro de 2016 às 15h48

Miriam Dutra paga pelo PT, critica FHC para tentar desviar as investigações do petralha Luís Inácio Lula da Silva, o maior pilantra da República.

Responder

Raimundo Freitas Freitas

18 de fevereiro de 2016 às 15h20

Explode nada! depois de quase 30 anos ela resolveu arranjar cata níquel! Essa vadia devia respeitar um homem que acreditou nela, sem imaginar a sua semelhança com profissionais da noite, e de tão sério, registrou e mantém inclusive com bom relacionamento,um filho que não é seu! Não sei onde ela quer chegar ou quanto quer mas, não vai levar nada! rsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrs

Responder

    Dioney Colombi

    18 de fevereiro de 2016 às 22h48

    Leia a entrevista dela, estás escrevendo besteiras.

    Responder

    Raimundo Freitas Freitas

    19 de fevereiro de 2016 às 00h56

    Bobão!

    Responder

    Nonato Silva

    19 de fevereiro de 2016 às 03h25

    Raimundo Freitas Freitas Ô Raimundão, não nos decepcione, somos classe média baixa, e você, aí, defendendo milionário, que comprou a reeleição com corrupção; entregou quase toda nossa riqueza; quebrou nosso país duas vezes e, de quebra,não foi fiel a sua esposa; isso é um canalha, hipócrita, demagogo. Pessoas honestas, de bem, não podem, jamais, defender um político dessa estirpe.

    Responder

    Raimundo Freitas Freitas

    19 de fevereiro de 2016 às 09h17

    Nonato Silva, Quebrar o Brasil, Lula e Dilma também quebraram. Milionário, Lula também é. Adúltero também! Pronto , são iguais. A única diferença é cultural e digital( um dedo a menos)! rsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrs

    Responder

Zeca Pataca Jr.

18 de fevereiro de 2016 às 14h34

Vejam isto Jucelene Rocha Pedro Geraldo Carvalho Silva Odair Ferreira Alcina Maria Batista Campos Tânia Maria Amaral Emilia Lancas

Responder

Fatima Paris

18 de fevereiro de 2016 às 14h31

eu também achava que coisas da vida íntima – não vinham ao caso, porém depois de sucesso do barquinho de lata, das caixas de cerveja, da padaria e dos pedalinhos de cisne… chego a pensar que “essa aí papai – tem muito assunto “.

Responder

HENRIQUE MARANI FURTADO

18 de fevereiro de 2016 às 11h54

O Dr. Janot vai investigar o janota?

Responder

Angelo Filomena

18 de fevereiro de 2016 às 13h46

O BOCADE CAÇAPA COMEU BEM

Responder

Wilson Trajano Siqueira Trajano

18 de fevereiro de 2016 às 13h40

É a lei: É dando que se recebe! É hora de detoná-lo! Este cretino chamou os brasileiros de vagabundos que queriam se aposentar com 53 anos! É hora de arregaça-lo!

Responder

Tiago Pimentel

18 de fevereiro de 2016 às 13h30

Não importa se ele tem um AP em Paris, mesmo ele sendo um professor universitário, se ele tinha uma amante, se ele foi citado varias vezes na propina do Lava Jato, se o helicóptero tava cheio de cocaína, se desvio o dinheiro da merenda, escândalo do metro e da Siemens, se vendeu a preço de banana a Vale, nada disso importa… a mas o sitio do Lula, desgraçado, o barco de alumínio de pesca, e agora uma antena de celular que coisa. Ou se investiga todos como deve ser ou dessa forma nunca vamos evoluir.

Responder

Messias Franca de Macedo

18 de fevereiro de 2016 às 11h10

EXCLUSIVO – Do ‘VioMundo’

Caso Globo: Funcionários da Brasif desconhecem empresa de aluguel de helicópteros; FHC usou a Brasif para bancar Mirian Dutra no exterior

publicado em 16 de fevereiro de 2016 às 23:23

Da Redação, com Lidyane Ponciano em Belo Horizonte

O número no endereço dado pela empresa é simbólico: 171.
No Código Penal, significa estelionato.
Nossa repórter esteve no endereço, em Belo Horizonte: rua Margarida Assis Fonseca, 171, bairro Califórnia.
(…)

FONTE [LÍMPIDA!]: http://www.viomundo.com.br/denuncias/em-bh-funcionarios-da-brasif-dizem-que-empresa-de-aluguel-de-helicopteros-e-fake.html#comment-954553

Responder

Messias Franca de Macedo

18 de fevereiro de 2016 às 11h02

Para entender o caso Brasif-FHC

O Jornal de todos Brasis

QUI, 18/02/2016 – 09:30

Por conspícuo e intimorato jornalista Luis Nassif

(…)

FONTE [LÍMPIDA!]: http://jornalggn.com.br/noticia/para-entender-o-caso-brasif-fhc#comment-845845

Responder

Enio

18 de fevereiro de 2016 às 10h59

Seu Boneco manda lembranças ao Alkimin:
“Ligadão nas quebradas, chefia, mas… que hora é a merenda?”

Responder

Messias Franca de Macedo

18 de fevereiro de 2016 às 10h50

MAIS DINAMITES NO COLO DOS TUCANOS!

$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$

Empresa monopoliza free shop no Brasil
Folha de S. Paulo
24/10/2004

Com a concessão da Infraero e da Receita, grupo Brasif domina rede de duty-frees no Brasil e fatura US$ 280 mi

[FONTE: Sindicato Nacional dos Auditores-Fiscais da Receita Federal do Brasil
http://www2.unafisco.org.br/publicar/principal/texto_noticias.php?ID=3899 ]

Há quase 30 anos, o grupo Brasif, dono de um faturamento anual de US$ 280 milhões, domina praticamente sozinho e explora no Brasil os duty-frees -lojas francas instaladas nos aeroportos para vender produtos importados isentos de impostos- com a concessão da Infraero…
Esse monopólio -só em Salvador há outra empresa que explora o serviço- é marcado por informações divergentes sobre concorrência, cifras que o negócio movimenta, valores dos repasses para o governo e por rumores de favorecimento político. O senador Jorge Bornhausen (PFL-SC) já foi apontado como um dos sócios da empresa. Ele nega.
(…)
O mineiro Jonas Barcellos Corrêa Filho, dono da Brasif S.A. Exportação e Importação, abriu sua primeira loja em 1978, no Rio de Janeiro, em parceria com a empresa inglesa Allder…
Por meio de licitações e prorrogações de contratos, o empresário conseguiu expandir o negócio para oito Estados brasileiros, onde possui hoje 23 lojas francas.
Concorre praticamente sozinho nas licitações abertas para os aeroportos, já que detém o know-how. E, nos locais onde já está, consegue prorrogar contratos na Justiça apoiado em portarias que regulam o negócio no Brasil.
É o caso do seu contrato com a Infraero e a Receita Federal para manter seus free shops no aeroporto de Cumbica, em Guarulhos.
(…)

Amigos

O poder de fogo da Brasif vai além de sua infra-estrutura comercial e logística, montada desde a década de 70 no Brasil e no mundo. Com amigos influentes em Brasília, Corrêa Filho conseguiu, por exemplo, derrubar medida criada no governo FHC para limitar a US$ 300 por pessoa (eram US$ 500) o gasto nos free shops, segundo a Folha apurou.
De um pacote fiscal de 51 medidas lançado em 1997 para salvar o Plano Real, a primeira a cair foi essa -apesar da necessidade do país de reduzir a saída de dólares.
Sua loja no aeroporto de Confins (MG) é mantida pela política da boa vizinhança, como ele diz.
(…)

Responder

Messias Franca de Macedo

18 de fevereiro de 2016 às 10h50

MAIS DINAMITES NO COLO DOS ‘TUcanalhas’!

$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$

Empresa monopoliza free shop no Brasil
Folha de S. Paulo
24/10/2004

Com a concessão da Infraero e da Receita, grupo Brasif domina rede de duty-frees no Brasil e fatura US$ 280 mi

[FONTE: Sindicato Nacional dos Auditores-Fiscais da Receita Federal do Brasil
http://www2.unafisco.org.br/publicar/principal/texto_noticias.php?ID=3899 ]

Há quase 30 anos, o grupo Brasif, dono de um faturamento anual de US$ 280 milhões, domina praticamente sozinho e explora no Brasil os duty-frees -lojas francas instaladas nos aeroportos para vender produtos importados isentos de impostos- com a concessão da Infraero…
Esse monopólio -só em Salvador há outra empresa que explora o serviço- é marcado por informações divergentes sobre concorrência, cifras que o negócio movimenta, valores dos repasses para o governo e por rumores de favorecimento político. O senador Jorge Bornhausen (PFL-SC) já foi apontado como um dos sócios da empresa. Ele nega.
(…)
O mineiro Jonas Barcellos Corrêa Filho, dono da Brasif S.A. Exportação e Importação, abriu sua primeira loja em 1978, no Rio de Janeiro, em parceria com a empresa inglesa Allder…
Por meio de licitações e prorrogações de contratos, o empresário conseguiu expandir o negócio para oito Estados brasileiros, onde possui hoje 23 lojas francas.
Concorre praticamente sozinho nas licitações abertas para os aeroportos, já que detém o know-how. E, nos locais onde já está, consegue prorrogar contratos na Justiça apoiado em portarias que regulam o negócio no Brasil.
É o caso do seu contrato com a Infraero e a Receita Federal para manter seus free shops no aeroporto de Cumbica, em Guarulhos.
(…)

Amigos

O poder de fogo da Brasif vai além de sua infra-estrutura comercial e logística, montada desde a década de 70 no Brasil e no mundo. Com amigos influentes em Brasília, Corrêa Filho conseguiu, por exemplo, derrubar medida criada no governo FHC para limitar a US$ 300 por pessoa (eram US$ 500) o gasto nos free shops, segundo a Folha apurou.
De um pacote fiscal de 51 medidas lançado em 1997 para salvar o Plano Real, a primeira a cair foi essa -apesar da necessidade do país de reduzir a saída de dólares.
Sua loja no aeroporto de Confins (MG) é mantida pela política da boa vizinhança, como ele diz.
(…)

Responder

Paulo Roberto Campos

18 de fevereiro de 2016 às 12h36

Eu quero ver quando os “PJ” moralistas da Globo News forem investigados por seus ganhos extras pagos por políticos da oposição, ou vocês acham que eles batem no PT 24 horas por dia de graça.

Responder

Replicante Seletivo

18 de fevereiro de 2016 às 12h29

O inimputável FHC e suas históricas falcatruas, que tanto nos envergonham em décadas de impunidade, continuam debochando da realidade brasileira criada pela mídia entreguista e antinacional.

Responder

Jamal Saad Said

18 de fevereiro de 2016 às 11h55

ESSA BISCATE E DO PT,DEVE TA LEVANDO ALGUM

Responder

Gloria Guerra

18 de fevereiro de 2016 às 11h48

Quanto o PT está pagando por entrevista?

Responder

Diana Vilmar

18 de fevereiro de 2016 às 11h39

Todo castigo pra corno é pouco. FHC merece. Ohhhhhh se merece. A casa caiu! Ele que se esconda…ou se explique.

Responder

Leandro Pinto

18 de fevereiro de 2016 às 11h39

Esse é o “príncipe”, paladino da ética de ocasião. Embuste.

Responder

Kleber Silva

18 de fevereiro de 2016 às 11h32

#PovoComLula
#LulaEuConfio #ForaEduardoCunha #Nãovaitergolpe #Dilmafica

Responder

Messias Franca de Macedo

18 de fevereiro de 2016 às 09h24

Quanto custou o silêncio da história de FHC com Mírian Dutra?

Por conspícuo e impávido jornalista Kiko Nogueira

18/02/2016

(…)

http://www.diariodocentrodomundo.com.br/quanto-custou-o-silencio-da-historia-de-fhc-com-mirian-dutra-por-kiko-nogueira/

Responder

Messias Franca de Macedo

18 de fevereiro de 2016 às 09h21

… O silêncio estrepitoso e eloquente da mídia golpista e a inércia criminosa do Poder Judiciário/’miniSTÉRIO’ Público no caso do [mega]escândalo da “mansão de Paraty dos Marín(ho) em nome de ‘laranjas’” comprova cabalmente que esse conluio atua enquanto máfia!
O escândalo mais recente envolvendo ‘O Príncipe da Privataria DEMoTucana’ somente irá comprovar o axioma enunciado acima!

***
(Des)Governo FHC / PSDB: um filme de terror
O vídeo é pavoroso!
https://www.youtube.com/watch?v=PO8BQgH_n1M

Responder

Messias Franca de Macedo

18 de fevereiro de 2016 às 09h18

A imundície do príncipe FHC, ‘O Frio’

Por conspícuo e impávido jornalista Fernando Brito
17/02/2016

(…)

FONTE [LÍMPIDA!]: http://tijolaco.com.br/blog/a-imundicie-do-principe/comment-page-1/#comment-255355

LÁ VEM O MATUTO!

… O [excomungado] DEMoTucano FHC “é frio porque sabe que a blindagem do PIG/Judiciário é quentíssima”!

Ah esse amigo do ‘Aécio 1/3 El Chato Furnas Forever’, do José (S)erra et caterva!

Viram, infames IMUNDOS?!

Responder

Messias Franca de Macedo

18 de fevereiro de 2016 às 09h14

BOMBA! EXTRA! SENSACIONAL…
FHC confessa que mantem contas no exterior – a autodelação ocorreu logo em seguida à publicação da entrevista concedida pela jornalista Mírian Dutra à colega Natuza Nery da ‘Folha’
Definitivamente, ‘O Príncipe da Privataria DEMoTucana’ esta absolutamente ‘desMOROlizado’!
$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$
FHC usou empresa para me bancar no exterior, afirma ex-namorada
17/02/2016
(…)
FONTE [LÍMPIDA]: http://www1.folha.uol.com.br/poder/2016/02/1740563-fhc-usou-empresa-para-me-bancar-no-exterior-afirma-ex-namorada.shtml

Responder

Messias Franca de Macedo

18 de fevereiro de 2016 às 09h13

… A [suposta] baixaria tornar-se-á um episódio sublime caso tudo seja comprovado documentalmente!…

Os bandidos DEMoTucanos estão morrendo com o veneno da bilirrubina do ódio figadal que destilam!

Viram, energúmenos desalmados &$ [mega]corruptos?!

E a Mírian Dutra só está começando a desferir a artilharia!

Acompanhemos, pois, o barraco “cheiroso”!…

Responder

Marcos Mujalli

18 de fevereiro de 2016 às 11h08

DONA RUTH DEVE ESTAR SE CONTORCENDO NO CAIXÃO

Responder

Marcos Mujalli

18 de fevereiro de 2016 às 11h07

Eeeeta Fernandinho TARADÃO

Responder

Joel Araujo

18 de fevereiro de 2016 às 11h06

Aí tem coisa….

Responder

Rodrigo Francisco de Sá

18 de fevereiro de 2016 às 10h56

A sua direita Thiago Zizu

Responder

    Thiago Zizu

    18 de fevereiro de 2016 às 11h40

    Não é A MINHA direita!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    Responder

    Rodrigo Francisco de Sá

    18 de fevereiro de 2016 às 11h43

    Ahã

    Responder

    Thiago Zizu

    18 de fevereiro de 2016 às 12h18

    Você AINDA não me entendeu…

    Responder

    Rodrigo Francisco de Sá

    18 de fevereiro de 2016 às 12h26

    Entendi sim!!!! Só estou tentando achar essa sua direita kkkkkkkk

    Responder

    Rodrigo Francisco de Sá

    18 de fevereiro de 2016 às 12h27

    Pq se a esquerda não presta, só tem acéfalos como vc já disse, estou tentando encontrar a sua direita Q tem Q ser boa e maravilhosa kkkkkkkkkk

    Responder

    Thiago Zizu

    18 de fevereiro de 2016 às 13h29

    Sou a favor de um boicote total nas urnas.

    Ninguém, absolutamente ninguém deveria votar.

    Talvez assim mude alguma coisa.

    Responder

    Rodrigo Francisco de Sá

    18 de fevereiro de 2016 às 13h29

    Aí pode ser….

    Responder

    Thiago Zizu

    18 de fevereiro de 2016 às 16h23

    Então é assim, só porquê não gosto da esquerda TENHO que ser de direita?

    Pensamento bem simplório esse seu, hem!?

    Responder

    Rodrigo Francisco de Sá

    18 de fevereiro de 2016 às 16h42

    Uai….. Mas seria o certo , vc tem Q gostar de algum modo de governar…. Se bem Q o modo de governar de lula e Dilma não são de esquerda….. Massssss o do FHC era de direita ….. E Q vendeu a vale por 1% do que ela valia e quase vendeu a Petrobras

    Responder

    Thiago Zizu

    18 de fevereiro de 2016 às 16h48

    Concordo com a parte ” vc tem que gostar de algum modo de governo”.

    Pode ser o modo honesto?

    Responder

    Rodrigo Francisco de Sá

    18 de fevereiro de 2016 às 17h01

    Siiiiimmmmm……. Mas manooooo na real?????? Vc acredita????? Acredita Q vai ter um cara, não um cara não Q acho Q deva ter alguém honesto lá sim…… Mas é o resto???? Não adianta tem que ser todos honestos, dos dois lados….. Mas acho difícil

    Responder

    Rodrigo Francisco de Sá

    18 de fevereiro de 2016 às 17h01

    Mas não se pode negar Q se investiga bem mais do que tempos passado

    Responder

    Thiago Zizu

    18 de fevereiro de 2016 às 17h18

    2018 ACHO que votarei no Bolsonaro, mas se ele debandar para desonestidade abandono na hora!

    Responder

    Rodrigo Francisco de Sá

    18 de fevereiro de 2016 às 17h23

    O bolsonaro se ele falasse um pouco menos de bobagem até podia ser…… Mas falou muita besteira mano……

    Responder

    Thiago Zizu

    18 de fevereiro de 2016 às 17h55

    Gosto das propostas de governo dele.

    Responder

Antonio Nunes

18 de fevereiro de 2016 às 10h54

Perguntar não ofende não é? se FHC não era o pai biológico, se a namorada foi quem o deixou porque então bancar as necessidades do suposto filho? e dar um ap. de quase um milhão? um santo? um benfeitor? tem muita coisa que não bate aí.

Responder

    Gerson Calheiros

    18 de fevereiro de 2016 às 17h41

    SIMPLES ASSIM UM CARA APAIXONADO…. , MAS PARECE QUE FOI CIFRADO…. KKKKK.

    Responder

Wilton Cézar

18 de fevereiro de 2016 às 10h46

FHC querendo se passar por moralista, é sim um safado, vagabundo e pilantra.

Responder

Claudio Paulon de Carvalho

18 de fevereiro de 2016 às 10h34

Seu herói está nú Denner Esteves Farias

Responder

    Denner Esteves Farias

    18 de fevereiro de 2016 às 10h59

    Ao contrário de vcs que defendem ladrões ou ate mesmo compactua com eles, eu quero que vão pra cadeia. Se FHC ou qualquer outro roubou tem que pagar pelos crimes. Põe uma coisa na sua cabeça não compactuo com ladrões.

    Responder

Jorge Moreira

18 de fevereiro de 2016 às 10h27

Esse fhc nunca me enganou não…socialista de araque…fantoche dos eua !

Responder

André Pieroni

18 de fevereiro de 2016 às 10h16

Guerra é guerra, não fomos nós que levamos a disputa a esse nível. Agora que se foda!

Responder

Antonio Augusto Lopes

18 de fevereiro de 2016 às 09h18

Esse é daqueles que enrola o Rabo, senta encima e mete o pau no rabo dos outros.

Responder

Paula Angela Montenegro

18 de fevereiro de 2016 às 09h16

É um cinico, esse FHC!!!!!!!!

Responder

Respeito à constituiçao,fora corruptos .

18 de fevereiro de 2016 às 09h08

Inventam uma mentira contra Lula e ocultam as verdades sobre os seus candidatos preferidos .

Responder

Travis Accs

18 de fevereiro de 2016 às 09h03

Miguel corre atrás dela e principalmente dos documentos que ela possui!

Responder

Valdir Dantas

18 de fevereiro de 2016 às 08h44

” O TIJOLAÇO” http://tijolaco.com.br/blog/34363-2/

Responder

Izabel Miquelotti

18 de fevereiro de 2016 às 06h50

Eu fico lendo e pensando ! Por muito menos o Lula perdeu a eleição para o Collor! E depois perdeu para o mesmo FHC sabendo desta história do filho dele e para não usar as mesmas armas de que foi vítima não falou nada ! Fica uma lição para o Lula ! Responda a tudo que dizem a seu respeito, com entrevista com processo , mas responda! Porque ninguém alivia pro seu lado!

Responder

    Nadia P de La Serna

    18 de fevereiro de 2016 às 09h56

    verdade… a esquerda “cristã” não sse defende, oferece a cara prá bater

    Responder

    Vera Lu Cruz

    18 de fevereiro de 2016 às 10h54

    Lula tardou em reagir. Agora precisa ir prá cima de cada vírgula para destroçar esses safados. O PT também precisa reagir e responder com firmeza sem deixar passar nada. Trabalhar é preciso para se defender mas atacar sem piedade.

    Responder

Marcos Marcos

18 de fevereiro de 2016 às 06h39

A imprensa inventa uma mentira contra Lula, e é repetida a exaustão… Todos sabem que não é verdade, mas a tentativa de desonra será inútil diante da falta de veracidade.

Responder

    Nadia P de La Serna

    18 de fevereiro de 2016 às 09h55

    discorod. lembra da Escola Base? Joga no ventilador, ferra com a vida das pessoas e depois diz que ” erramos”.

    Responder

Marcos Marcos

18 de fevereiro de 2016 às 06h35

Imaginem se fosse o Lula, como esses hipócritas da imprensa iriam virar vespas atrás da Mirian.

Responder

Marcos Marcos

18 de fevereiro de 2016 às 06h33

FHC, um homem que tem medo de admitir um filho… É tão covarde essa atitude, que demonstra seu grau de falta de caráter.

Responder

Cristalino Rocha

18 de fevereiro de 2016 às 05h23

Vamos ver faz 12 anos que ninguém faz nada.

Responder

José Nilo Andrade Albuquerque

18 de fevereiro de 2016 às 05h00

Seria assim: o Brasil é único país que um expresidente (?) é corno da amante.

Responder

José Nilo Andrade Albuquerque

18 de fevereiro de 2016 às 04h56

Não vejo muita graça, o Tomás não pediu pra nascer. Fico pensando; hoje o rapaz faz parte desse jogo. Será?

Responder

    Nadia P de La Serna

    18 de fevereiro de 2016 às 09h58

    ninguém pede pra nascer mas qualquer um de nós carrega sua história de origem… se for podre, vai ter tconsultar um analista ou encarar sozinho.

    Responder

Vinicios Betiol

18 de fevereiro de 2016 às 04h38

A vida privada de um presidente interessa sim. Para medir o seu caráter. Se ele traía a mulher dessa forma, imagina a população brasileira!

Responder

Josias Vicente

18 de fevereiro de 2016 às 04h27

O boca de fole não vai desmentir…??? Ou assina em baixo com silêncio, não porque não deve, mas porque quer que o assunto morra sem averiguações…mas não vem ao caso, o interessante é continuar com a palhaçada que todo mundo já sabe que é de interesse herdeiros, usupadores do dinheiro público roubado, via Ditadura Militar, pelo papai…

Responder

Nonato Silva

18 de fevereiro de 2016 às 04h24

Até amante o desgraçado tinha. Até abortos, pagou para que sua amante fizesse. Canalha! Hipócrita!

Responder

Nonato Silva

18 de fevereiro de 2016 às 04h22

Fhc e toda a direita, ajudam a Globo a se manter de pé, pois, não fossem eles, a Globo já estaria quebrada.

Responder

Andre LR

18 de fevereiro de 2016 às 04h21

Com relação ao Triplex, pararam de falar porque o Instituto Lula postou todos os documentos comprovando a farsa… mas eles não se cansarão de inventar… tem que ser muito manipulado para não enxergar essa perseguição patética ao ex-presidente quando se tem coisas muitos mais escandalosas pairando no ar, que a mídia não quer abordar e sabemos porque…..

Responder

    Julio Cesar

    18 de fevereiro de 2016 às 04h29

    Além de esbarrarem nos Marinhos.

    Responder

    Julio Cesar

    18 de fevereiro de 2016 às 04h29

    E na CBF

    Responder

    Julio Cesar

    18 de fevereiro de 2016 às 04h30

    E se continuarem fuçando derruba os golpistas todos de uma vez, pelo menos o Moro conseguiu alguma coisa, agora se tem coragem de levar a diante são outros 500…

    Responder

    Paulo Henrique

    18 de fevereiro de 2016 às 05h39

    kkkkkkk, até agora ele não explicou o que ele e dona Marisa faziam em um triplex reformado pela OAS!!!!! Só isso!!!!!

    Responder

    Andre LR

    18 de fevereiro de 2016 às 07h14

    Paulo Henrique aposto que nem sabe quem é a OAS. Apenas repete tudo que ouve da Rede Bobo …. Rs

    Responder

    Paulo Henrique

    18 de fevereiro de 2016 às 18h09

    Não sei mesmo, nunca tive um imóvel reformado por uma empreiteira. Agora, o que eu sei é que o Lula não explicou o que ele e dona marisa faziam lá!!!!!

    Responder

    Andre LR

    18 de fevereiro de 2016 às 18h40

    Paulo Henrique vc nao sabe nem o que comeu hoje cedo rapaz…. Vai la assistir seu jornal nacional para ficar um pouquinho mais alienado…rs

    Responder

    Paulo Henrique

    18 de fevereiro de 2016 às 18h48

    kkkkkk, aí vc vem e ler cafezinho, sua fonte de informação, e depois vem me chamar de alienado kkkkkkk, meu amigo eu nem assisto JN, mas não é por isso que vou acreditar em tudo que o cafezinho informa, isso é coisa de militonto comedor de mortadela!!!!!

    Responder

    Andre LR

    18 de fevereiro de 2016 às 18h48

    Paulo Henrique resposta típica de alienadinho. Mesmo script ofensivo kkkk Zzzzzz

    Responder

    Paulo Henrique

    18 de fevereiro de 2016 às 21h32

    kkkkkkkkkk ,Vai comer sua mortadela e deixa de escrever asneiras!!!!zzzzzzzzzzzzzzzzzzz

    Responder

    Andre LR

    18 de fevereiro de 2016 às 21h35

    Paulo Henrique zzzzzz kkk

    Responder

    Raimundo Pimentel

    19 de fevereiro de 2016 às 00h10

    Quando acaba ninguém levou a sério o “Chefão da Privataria”, quando ele declarou que a corrupção é um bebê!

    Responder

Everaldo

18 de fevereiro de 2016 às 02h12

Miguelito, lembra daquele filme ” Se meu apartamento falasse”?
Pois é… Como o apartamento da Avenue Foch, 51 não falou, a Miriam sim..!!!
Kkkkkkkkk….
Lembra da história do filme né? Para agradar seus chefes e subir na vida, um homem solteiro resolve emprestar seu apartamento para que os executivos casados pudessem ter encontros amorosos. Mas a situação fica preta quando ele se apaixona pela amante de um de seus chefes…. É por aí vai….
Esse Fernandinho!!! Menino peralta..!!!
E o preço? Hã… Hã… Míseros 11 milhões de euros…. Ou seja, troco…!!!
Será que essa grana saiu de onde, heim?
Essa Petrobras….

Responder

Roger Gilmour

18 de fevereiro de 2016 às 04h00

Miguel, se o PT, por intermédio de seus deputados e senadores não estão nem aí, ficaremos nós?

Responder

Denize Ferreira Ramos da Silva

18 de fevereiro de 2016 às 03h58

Se fosse Lula já estava na cadeia,mas como é FHC nada acontece.Parabéns prá justiça Brasileira.

Responder

Fábio Levatti

18 de fevereiro de 2016 às 03h55

Fernandinho privateiro e mensaleiro, Aécinho ficou com um tercinho e o Alckminho é ladrãozinho de merenda!!! Esses são os maiores falsos moralistas de todos os tempos!!!!!

Responder

    Nonato Silva

    18 de fevereiro de 2016 às 04h19

    Ô Fábio, aqui em Minas também tinha um ladraozinho de merenda, criado pelo Aécio em suas gestões; seu nome? Perrela, aquele mesmo do helicóptero de pasta base de cocaína, que na verdade é do Aécio. Infelizmente, a direita; a oposição de maneira geral, pode desviar dinheiro público; fazer tráfico de influência, e até mesmo traficar drogas, que, nem PF, nem MP, nem o Judiciário, nem a mídia golpista, investigam, nem noticiam nada; roubam o Brasil escancaradamente, e nada acontece.

    Responder

Gutembergue Santos

18 de fevereiro de 2016 às 03h53

Namoradinho bom esse fhc heim, usa dinheiro do povo pra bancar mulher através de empresa de fachada

Responder

Thieres Sena

18 de fevereiro de 2016 às 03h49

Além de chamar aposentado de vagabundo, agora essa?

Responder

Gerson Pompeu

18 de fevereiro de 2016 às 03h48

Trensalão, rouboanel e merenda?

Responder

Marta Fagundes Galvão

18 de fevereiro de 2016 às 03h33

A coisa é feia!

Responder

Francisco Tavares

18 de fevereiro de 2016 às 03h30

Fala sério, tudo isso para desviar as atenções dos roubos praticados pelo Lula, só vai enterrar mais o idiota du lula

Responder

    Silvia Machado

    18 de fevereiro de 2016 às 03h38

    Vc tem as provas dos roubos do Lula? Tô querendo ver mas ninguém mostra, por quê será hem?

    Responder

    Arthemisia Santiago

    18 de fevereiro de 2016 às 03h48

    Claro! Quem decretou que apenas Lula deve ser denunciado? Afinal de contas, estamos passando a limpo o país ou não? Ou você vai assumir que não, que o PSDB e sua gangue estão imunes?

    Responder

    Kakânia

    18 de fevereiro de 2016 às 03h56

    Gente como pode ter gente com esse raciocínio? Não será que é pra desviar a atenção dos Marinho, da Lava Jato? Ou pra começar a mostrar quem é de verdade o FHC?

    Responder

Deixe uma resposta