Fundador do Instituto Ideia vê chance de Lula vencer no 1° turno

Humor: Estudantes fazem competição de “cuspe ao alvo” contra Bolsonaro em Brasília

Por Redação

26 de abril de 2016 : 20h14

Estudantes fazem “cuspe ao alvo” contra Bolsonaro em Brasília

Bolsonaro vira mira de cusparadas de jovens da UnB inspirados em um dos episódios que marcaram a votação do impeachment na Câmara. Na ocasião, Jean Wyllys cuspiu no desafeto

por Gabriel Pontes, no Congresso em Foco

Alunos da Universidade de Brasília (UnB) se inspiraram na atitude do deputado Jean Wyllys (PSOL-RJ) durante a votação do impeachment da presidente Dilma Rousseff pela Câmara, no último dia 17, e criaram um ato que tem como mote central o “cuspe ao alvo”. A brincadeira aconteceu há uma semana, durante o Circuito Universitário de Cultura e Arte, e teve como alvo de fato uma foto do deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) – que, na sessão do impeachment, recebeu uma cusparada do deputado adversário.

A ação contou com uma estrutura simples: uma foto de Bolsonaro – impressa em tamanho A3 colada na lateral de uma escada – e uma caixa de som que reproduzia em looping o discurso dele ao anunciar o voto “sim”, contra Dilma. Na ocasião, o deputado do PSC homenageou o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), pela condução dos trabalhos de votação e dedicou seu voto ao coronel Carlos Alberto Brilhante Ustra, chefe do Doi-Codi de São Paulo entre 1971 e 1974 – um dos mais sangrentos centros de tortura do regime militar brasileiro. Ustra é o primeiro agente da ditadura formalmente apontado como torturador pela Justiça brasileira.

No calor dos acontecimentos, por meio de sua página no Facebook, Jean Wyllys admitiu ter cuspido em Bolsonaro e explicou que foi insultado pelo parlamentar do PSC. “O deputado fascista viúva da ditadura me insultou, gritando ‘veado’, ‘queima-rosca’, ‘boiola’ e outras ofensas homofóbicas e tentou agarrar meu braço violentamente na saída”, contou. Jean Wyllys disse que não se envergonha do que fez e que não saiu do “armário” para ficar quieto ou com medo desse “canalha”. Segundo ele, Bolsonaro cospe o tempo todo na democracia e nos direitos humanos.

Já Bolsonaro, afirmou que Jean “perdeu a noção” e “precisa se submeter a um tratamento psicológico”. O parlamentar ainda divulgou um vídeo com a história de Carlos Brilhante e voltou a elogiar o ex-chefe do Doi-Codi. “Nunca me orgulhei tanto ao citá-lo no último domingo (17). O que está em jogo não é nossa vida, é a nossa liberdade”, escreveu.

Por ter homenageado Ustra em seu discurso, a Ordem dos Advogados do Brasil, seccional do Rio de Janeiro, foi ao Supremo Tribunal Federal (STF) e à Corte Interamericana de Direitos Humanos, na Costa Rica, pedir a cassação do mandato de Bolsonaro. A OAB-RJ aponta, entre outras questões, incitação ao crime de tortura.

 

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

31 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Lucas

27 de abril de 2016 às 18h24

é só ir ali e jogar uma carteira de trabalho que ele sai correndo

Responder

conta1985

27 de abril de 2016 às 16h44

Universitária feminista acusa Bolsonaro de terrorismo e acaba humilhada.

https://www.youtube.com/watch?v=QlT-_HBe6kY

Responder

Bruno Giordano

27 de abril de 2016 às 11h28

Na era digital qualquer idiotice vira noticia!
As pessoas nao sabem mais o que fazer pra aparecer.

Responder

Fernando Siqueira

27 de abril de 2016 às 10h16

Se voce um monte de homofobicos cuspindo na foto de Jean Wyllys seria algo deplorável. Usar uma forma estúpida de agressão contra uma pessoa estúpida, nao é justica , é se igualar em estupidez. Jean Wyllys também foi imbecil com sua atitude. Mas ainda pior foi Maria do Rosário, uma pessoa ligada aos direitos humanos achar que o cuspe foi justificado. Ou seja, Maria do Rosário defende que estamos livres para cuspir em assasinos, estrupadores, pedófilo, neo nazistas.

Responder

gilberto

27 de abril de 2016 às 05h27

O cérebro de pessoas que pensam como Bolsonaro é formado pelo conteúdo de uma escarradeira, por isso atrai cusparadas.

Responder

    AZ Botelho Paiva

    27 de abril de 2016 às 18h48

    Se você tivesse somente 10% da competência e do conhecimento, principalmente político, que o Bolsonaro tem, você já poderia se auto afirmar como uma pessoa de inteligência mediana. Mas pelo seu texto, você deve estar muito aquém desta possibilidade. O dó!!!

    Responder

Eisenheim

27 de abril de 2016 às 04h00

Este mesmo ato foi realizado, semana passada, por estudante de Psicologia da UFAL. Vocês podem conferir no Alagoas 247.

Responder

    AZ Botelho Paiva

    27 de abril de 2016 às 18h50

    Será? Tenho as minhas dúvidas. Num acho não!!!

    Responder

      Eisenheim

      27 de abril de 2016 às 19h03

      E quem liga para o que você acha ou deixa de achar?

      Estou falando de fatos e não de achismos.

      Responder

        AZ Botelho Paiva

        27 de abril de 2016 às 19h39

        Meu querido deixa de ser estupido. E se não sabe brincar, não desça para o playground. E outra se não te interessa o que os outros acham, peça para que tirem o “RESPONDER”, ai ninguém se comunica com você. E se você tivesse um minimo de perspicácia, teria percebido que a minha resposta foi dada em função do que esta escrito sobre a foto do Lula. E terminando, aqui eu não acho: Eu quero que o seu rabo pegue fogo, e se arda em chamas. E que não tenha nem um bombeiro por perto, para te ajudar. Seu ignorante de merda.

        Responder

          Eisenheim

          27 de abril de 2016 às 19h43

          A gente só mostra o que tem. Vai, destila teu ódio.

          Mas eu não pretendo descer ao seu nível. Aprendi, desde criança, que o que vem por baixo não me atinge.

          AZ Botelho Paiva

          27 de abril de 2016 às 19h57

          Senta num formigueiro e depois me diga se te atingiu, ou não.
          Em tempo: Você tem o direito de ser grosseiro com o seu interlocutor, e não que uma resposta à altura do seu merecimento? Ah para oh!!!

          Estou aguardando a resposta sobre o formigueiro. Combinado?

          Pomp

          28 de abril de 2016 às 10h25

          Kkkkkkkkkkksnshahauahah
          Essas tretas são melhores que briga de bêbado!
          Pegar a pipoca aqui.

          AZ Botelho Paiva

          28 de abril de 2016 às 13h33

          O cidadão provoca, e depois sai fora. Pode?

Sérgio Silveira

27 de abril de 2016 às 03h06

Depois de praticarem e ficarem bem treinados, é partir para a prática, acertando na real bolsonaros, cunhas, moros e afins

Responder

AZ Botelho Paiva

27 de abril de 2016 às 02h14

Um dia destes eu vi uma cena escabrosa num vídeo, onde um bando de otários que, presumo, estavam em troca de um sanduba de mortadela e uma tubaína, sentados em um muro com altura de aproximadamente 40 cm. tendo à sua frente, fixadas no chão, fotos de políticos, claro que de oposição, para eles de tempos em tempos, darem um cuspida na referida foto. Agora esta pagina coloca um outro bando de imbecis em frente a uma foto do Bolsonaro, para que cuspissem nela. Nunca vi um país que se consegue reunir tantos otários para praticarem coisas tão estapafúrdias, como dar cusparadas em fotos, como aqui no Brasil. Minha avó de saudosa memória já dizia: “A coisa mais difícil que tem, é criar um “BOBO”. Mas também depois de criados, não tem coisa melhor para nos divertir.”

Responder

    Sérgio Silveira

    27 de abril de 2016 às 03h04

    Voce faz coisa pior e eu sei!rsrs

    Responder

      AZ Botelho Paiva

      27 de abril de 2016 às 18h52

      Fica na sua ai, fofoqueiro. rsrsrsr

      Responder

Fabricio

26 de abril de 2016 às 22h01

A propósito, não existe evidência de que Ustra tenha torturado ninguém. Os militares salvaram o país de uma ditadura comunista, e no período militar crescemos mais que em todas as outras eras.

Responder

    renato andretti

    26 de abril de 2016 às 22h20

    Fabricio..
    To achando que o cafezinho paga vocês para entrar aqui
    e começar os comentários pelo avesso..
    Não carecemos de vocês..
    Se era tão bom, porque não ficaram..não permaneceram.
    Será que foram incompetentes para produzir tanto bem ao
    nosso BRASIL ???
    O que aconteceu…será que foram subjulgados ..por outra
    “forças armadas.”..?? Qual seria???
    Ou descobriram que estavam realmente fazendo o BEM.

    Responder

      Fabricio

      26 de abril de 2016 às 22h41

      Se você tivesse alguma noção de realidade fora a que os comunistas maconheiros ensinam nas aulas de história, você saberia que a ditadura caiu de podre, e não por pressão social, já que o povo, em sua maioria, não estava insatisfeito. Antes de 1964, estávamos na casa das 40 maiores economias do mundo; durante o regime militar, passamos a crescer 11% ao ano e nos tornamos a 8a. Esses são os FATOS.

      Responder

        Alexandre

        27 de abril de 2016 às 01h37

        Prezado, se você realmente está falando de um ditadura, saiba que um governo ditador geralmente usa vários artifícios para a manutenção do poder, até mesmo manipular dados, e o regime militar de 64 é conhecido por ser a época de maior manipulação de dados, se hoje no Brasil ainda existe isto, imagine em um regime militar? Penso que você é um desses alienados que acreditam fielmente em tudo que é transmitido pela mídia, e muitos que sustentam essa tese de que o regime militar foi bom para o Brasil estavam/estão sendo enganados, ou querendo enganar.

        Responder

          Fabricio

          27 de abril de 2016 às 02h26

          O que foi transmitido pela mídia? Você se refere à eterna demonização do regime militar? Aos constantes documentários que mostram os comunistas terroristas como vítimas? Caro, meu avô era militar na época da ditadura, não cheguei a conhecê-lo, mas minha mãe e todas as pessoas que viveram na época me dizem que havia paz e segurança, e que os únicos a produzir terror eram os comunistas.

          Pomp

          27 de abril de 2016 às 19h40

          HAHAHAHAHAHAAAH
          Caraca, quanta bobagem! Está não hora de acordar né, Fabricio!
          Sim, realmente vc está certíssimo em considerar que houve um aumento da infrastutura no pais e aumentamos nossas economias, mas não pode-se esquecer da gigantesta dívida externa com juros incontáveis que foi acumulada, prejudicando o desenvolvimento do país nos anos seguintes. Outro fator é que, embora a econômica tenha crescido bastante, não houve distribuição de renda, aumentando ainda mais a desigualdade social no país..
          Você deve ser muito alienado mesmo, e sua família também! Acha que essa imagem de comunista que você tem foi propagada por quem ? GRANDE MIDIA. “Comunistas comedores de criancinhas” “Comunistas vão tomar sua casa”. Poupe-nos de suas falácias.

          Fabricio

          27 de abril de 2016 às 20h11

          Não, caro. O fantasma do Comunismo se manifesta em Cuba, e agora na Venezuela, onde até energia estão racionando. Vá elogiar o Comunismo para alguém do Leste Europeu, que viveu sua terrível e nefasta consequência; vá elogiar o Comunismo para os presos políticos dos vermes Castro e do verme Maduro. Vá

        renato andretti

        27 de abril de 2016 às 11h44

        acabou de reforçar o pensamento, o que era bom???, caiu de podre..
        tsc.tsc.tsc.

        Responder

Leopoldo Pereira

26 de abril de 2016 às 21h46

Que vença a melhor lhama KKKKKKKKKKKK

Responder

    AZ Botelho Paiva

    27 de abril de 2016 às 02h18

    Leopoldo Pereira >Um dia destes eu vi uma cena escabrosa num vídeo, onde um bando de otários que, presumo, estavam em troca de um sanduba de mortadela e uma tubaína, sentados em um muro com altura de aproximadamente 40 cm. tendo à sua frente, fixadas no chão, fotos de políticos, claro que de oposição, para eles de tempos em tempos, darem um cuspida na referida foto. Agora esta pagina coloca um outro bando de imbecis em frente a uma foto do Bolsonaro, para que cuspissem nela. Nunca vi um país que se consegue reunir tantos otários para praticarem coisas tão estapafúrdias, como dar cusparadas em fotos, como aqui no Brasil. Minha avó de saudosa memória já dizia: “A coisa mais difícil que tem, é criar um “BOBO”. Mas também depois de criados, não tem coisa melhor para nos divertir.”

    Responder

Fabricio

26 de abril de 2016 às 21h28

Eis no que a esquerda se transformou: baba e vômito.

Responder

Deixe um comentário

O Xadrez para Governador do Ceará Lula ou Bolsonaro podem vencer no 1º turno? O Xadrez para Governador de Santa Catarina