Análise em vídeo das manifestações do 2 de outubro e as vaias a Ciro

O Cafezinho quer saber: o que você pensa do atual momento político do país?

Por Miguel do Rosário

04 de junho de 2016 : 18h52

Por Enio Lourenço, exclusivo para O Cafezinho

A reportagem do blog O Cafezinho perguntou aos leitores que transitavam pelo II Salão do Livro Político, em São Paulo, o que eles pensavam do atual momento político do país, com o governo interino de Michel Temer. Confira algumas respostas:

Manuel Genuíno, servidor público
Primeiramente, fora Temer! Não só eu, mas várias pessoas próximas, de luta, estamos adoecendo, procurando psicólogos, porque este governo é algo que provoca dor. Tudo o que a gente conseguiu, esse pequeno degrau em avanços sociais, que a gente cobra que avance muito mais, está sendo destruído rapidamente. O cara com poucas semanas fez anúncios de cortes descarados. O medo é esse. É uma situação de adoecer, horrível. Mas a gente vai lutar, não se pode perder a esperança.

Surya Barros, professora
Pavoroso, temerário, assustador, desesperançoso, lamentável.

Ivony Lessa, jornalista
É um choque de realidade muito violento do que é a nossa instituição republicana.

Juliana Pavan, bancária
Nós estamos passando por um golpe. Diferentemente de 1964, que o golpe foi realizado pelas forças armadas e por vários conjuntos da sociedade, hoje existe um golpe disfarçado, mascarado pela legalidade, por setores do Poder Judiciário, como o Ministério Público, e outros que se uniram para derrubar o PT do poder. Esses grupos tem o objetivo comum de derrubar a esquerda do poder. Mas a gente vê que existem várias disputas internas entre os golpistas: são ministros caindo, vazamentos de áudios, o governo voltando atrás de medidas anunciadas. É visível a vulnerabilidade deste governo. E o país está em polvorosa. Eu acho que a esquerda deve aproveitar essa falta de unidade entre os golpistas e ir para cima, porque ainda há esperança de barrar o golpe. É preciso buscar uma maneira de se organizar. É hora de ir para a luta! Quer dizer, sempre é hora de ir para a luta, mas agora o momento é ainda mais propício.

Roberto Oliveira, autônomo
A gente sofreu um golpe! Tem um presidente interino que, ao lado do parlamento, está minando todos os direitos sociais que foram conquistados com muita luta da classe trabalhadora.

Deixe também as suas impressões nos comentários.

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

44 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

JOHN J.

10 de junho de 2016 às 20h33

FORA GOLPISTA TEMER.
LUGAR DE GOLPISTA É NA CADEIA.

Responder

Marianne Golak

06 de junho de 2016 às 14h03

SURREAL! Inacreditável!
Minha esperança: Corte de HAIA …

Responder

Lígia Cavalcanti

06 de junho de 2016 às 13h03

Uma verdadeira zona, não zona eleitoral… é cabaré mesmo. Um bando de safados querendo se safar e acabando com todos os direitos sociais já conseguidos. Vamos invadir o congresso e tomar o poder desses bandidos.

Responder

Jst

06 de junho de 2016 às 11h06

Um governo ilegítimo, ilegal e imoral. Conseguido através de golpe judiciário/midiático e não através de eleição é ilegítimo e ilegal. Formado pelos maiores corruptos e ladrões que já písaram nesta terra Brasil é também imoral.
Estamos a um passo da pior ditadura que pode existir: a judicial midiática. Contra isto, somente levante popular.

Responder

Raimundo Nonato de Castro

06 de junho de 2016 às 10h50

Uma verdadeira farsa esse é o momento que vivemos com um governo ilegitimo e golpista recheado de bandidos e corruptos.

Responder

CARLOS C

05 de junho de 2016 às 22h44

Cabe a nós que não aceitamos um canalha na presidência não dar um minuto de trégua a este desgoverno. Todo escracho e humilhação aos golpistas, inclusive, a sua mídia.

Responder

Ezna Dias

05 de junho de 2016 às 18h12

Horrível. Um retrocesso sem tamanho. Desrespeito sem limites para com os cidadãos do país, fruto de preconceitos de classe. Triste d+d+d+

Responder

Nelson Mucio Moreno Quintanilh

05 de junho de 2016 às 18h05

Quando vemos uma infinidade de partidos nanicos sem ideologia alguma, um Legislativo onde mais de 70% está corrompido, um Executivo que precisa fazer acordos espúrios com esses vagabundos, ladões e vendilhões para governar e um Judiciário partidarizado e corrompido penso que não tenho mais esperança de deixar para meus netos um local bom e digno para se viver. chego ao cumulo de pensar que nunca seremos um País desenvolvido. Quando acaba a esperança, quando apaga-se as luzes, sobra somente as trevas.

Responder

Veira

05 de junho de 2016 às 17h00

Equívoco.

Responder

Marivane

05 de junho de 2016 às 16h25

o trabalhador se fu.

Responder

Lauro Neto

05 de junho de 2016 às 14h54

piorando, retrocedendo, enfraquecendo a soberania nacional, a solução esta cada vez mais distante…
não há justiça e não haverá, as investigações da lava-jato e outras são pautas para 10 anos….
prefiro novas eleições, enquanto não houverem novas eleições ficaremos enxugando gelo

Responder

Jojo The Man

05 de junho de 2016 às 14h38

Minha opinião é óbvia . Houve um golpe , a democracia foi ferida e estão trabalhando descaradamente Executivo Interino, Parlamento , Judiciario e Mídia , em sintonia , para extingui-la de vez , transformar o país numa imensa ditadura . Infelizmente há pessoas que simplesmente não compreendem o significado da importância da Democracia e levam a ferro e fogo o ódio ideológico .
No final , se este Governo permanecer , elas mesmas pagarão um preço , porque as perspectivas são absolutamente terríveis.

Responder

Eudes Silva

05 de junho de 2016 às 13h51

O PT não pode pagar uma pequisa?

Responder

Messias Franca de Macedo

05 de junho de 2016 às 12h05

Também em Natal (RN) o monstro anão moral &$ nazigolpista TEMERário/TEMERo$o não recebe a tocha olímpica

https://www.facebook.com/midiaNINJA/videos/661973407294141/

Responder

Messias Franca de Macedo

05 de junho de 2016 às 12h04

DATA 247: 95% REJEITAM ABRIR PRÉ-SAL E, PARA 90%, INÍCIO DE TEMER FOI PÉSSIMO

Pesquisa realizada em parceria pelo 247 com a Netquest, uma das principais empresas do mundo de pesquisas online, com 4.113 entrevistas, em todas as regiões do País, revela que as medidas anunciadas pelo presidente interino Michel Temer são amplamente rejeitadas; a abertura do pré-sal a empresas estrangeiras, já defendida por Pedro Parente, novo presidente da Petrobras, é criticada por 96% dos entrevistados; além disso, 95% condenam a fixação de um teto para gastos com saúde e educação; sobre Temer, 90% consideram sua administração péssima, enquanto 7% a veem como ruim, 1% como bom e 1% como excelente; para 97% dos entrevistados, os áudios de Romero Jucá comprovariam uma conspiração por trás do impeachment

5 DE JUNHO DE 2016 ÀS 09:35

(…)

FONTE [LÍMPIDA!]: http://www.brasil247.com/pt/247/poder/236146/Data-247-95-rejeitam-abrir-pr%C3%A9-sal-e-para-90-in%C3%ADcio-de-Temer-foi-p%C3%A9ssimo.htm

Responder

Helio Alves Pereira

05 de junho de 2016 às 10h51

Eu acho que o Temer merece todo o nosso respeito, pois em pouco mais de uma semana ele conseguiu o que nenhum dos nossos principais partidos políticos conseguiram em todos esses anos, unir todo o país, “CONTRA O SEU GOVERNO GOLPISTA”…..realmente é um feito “memorável”…….

Responder

renato andretti

05 de junho de 2016 às 10h33

MINHA opinião humilde.
Acho que foi a melhor coisa que aconteceu!!!
Nunca vi pessoas progressistas unidas em torno
de um IDEAL..
Acho importante o momento, para criarmos nos
jovens a consciência POLITICA COLETIVA.
EU DISSE “CRIARMOS”???
os JOVENS ESTÃO DANDO A NÓS UM SHOW!!!
e EU ESTOU APRENDENDO UM MONTE…
Fora Temer, fica DILMA..

Responder

Antonio Emilson

05 de junho de 2016 às 10h24

Primeiramente fora Temer!!! Vivi a ilusão que o Brasil estava de fato ingressando em uma nova era e que havia superado o golpismo. Acreditava em um país que estava decidido a ser uma grande nação, uma democracia pujante e uma sociedade mais justa. Enganei-me. Aos 62 anos, tendo sobrevivido à ditadura militar, 28 anos sem poder para votar em um presidente, superado ao arrocho e inflação de mais de 1.000% no governo Sarney que foi substituído pela Republica de Alagoas e seu caçador de marajá, que com um único “tiro” se apropriou da poupança do brasileiro e aumentou o número de descamisados. Após o impeachment de Collor veio o governo entreguista de Fernando Henrique Cardoso que destruiu o patrimônio público brasileiro construído por mais de cinquenta anos. Quem imaginou que tudo isso era coisa do passado se enganou. Após 13 anos de governo popular, que adotou políticas publicas e um projeto de país, melhorando a vida do nosso povo, a plutocracia brasileira em particular a paulista, não resistiram à nova realidade e saiu do armário e financiou um novo golpe sem baionetas, mas com os escravocratas da FIESP, o PIG, o judiciário, o fundamentalismo evangélico e de novo, o PSDB entreguista a serviço dos estados Unidos. A direita saiu do armário e os trouxinhas foram juntos. Regredimos perante o mundo e voltamos a ser o país escravocrata de sempre.

Responder

James Chueire

05 de junho de 2016 às 11h15

Tenho tres filhas adolescentes que estão, finalmente, se interessando pela politica e descobrindo que so se mobilizando que se constroi uma sociedade mais justa. O preço esta sendo carissimo mas aqui em casa e com os amigos da escola não baixamos a guarda nem a moral. Entender , Dialogar, Lutar e Participar e Participar, sempre !

Responder

Tereza Monteleone

05 de junho de 2016 às 08h50

Em meu dia a dia, tento falar com as pessoas sobre política mas ainda percebo que estão cegos, consequência da lavagem cerebral de décadas que a mídia conseguiu fazer na população brasileira. Me animo ao acompanhar sites como este, e vejo que o Brasil nunca mais será o mesmo pois temos pessoas cada vez mais nos mostrando nossa realidade política e o povo aos poucos se politizando cada vez mais. É nítido o golpe, os dirigentes que não aceitam se tratar de golpe, estão diretamente ligados a ele ou de alguma forma tem interesse que o golpe se consolide.
Considero um momento histórico em que não podemos deixar passar a oportunidade de tornar o país mais transparente, com índices mínimos de corrupção (sem é utopia), incentivando novas lideranças e fazendo com que os impostos cheguem aos seus destinos de fato. Sou contra ao retrocesso de tantas conquistas sociais.

Responder

Rita Lama

05 de junho de 2016 às 07h38

O golpe foi pra criar o ‘Brazil colonia’ outra vez, leiloando nossos recursos naturais: petroleo, amazonia, minerios, terra aravel, agua, etc… FORA GOLPISTAS TRAIDORES DO BRASIL!!!

Responder

maria nadiê rodrigues

05 de junho de 2016 às 07h37

Soube que FHC está tentando articular com o PT algumas medidas no campo do Legislativo.
Na minha opinião, tivesse o PSDB um mínimo de bom senso, sairia desse governo ‘ontem’, porque quem nele se enfiou vai ter que pagar muito caro, e com toda a certeza.
As vaias sofridas por Cássio C. Lima no seu reduto eleitoral, Campina Grande, como outras de outros tucanos havidas e que estão por vir, são apenas o petisco.
Todos deveriam estar atentos para uma extrema direita que está saindo das sombras, as mais tenebrosas, na medida em que Temer e Cunha traçaram o golpe com a cumplicidade de forças esdrúxulas como a dos criacionistas neo-pentecostais, somadas a dos militares – bancadas da bíblia e da bala.
A mistura de religião com política não dá certo no Oriente e nem em lugar nenhum do mundo. O resultado será sempre nefasto para a nação e para o povo.

Responder

Midori Mayari

05 de junho de 2016 às 00h30

Sinceramente, acho que a única forma de arrumar as coisas é com novas eleições gerais, no mínimo na esfera federal: tira o mandato de todo mundo no legislativo e no executivo e vota de novo para deputados, senadores, presidente, e governadores.

Porque apesar de achar que a Dilma merece retornar, nós atualmente temos o pior congresso das últimas décadas, um congresso que parece não estar disposto a fazer absolutamente nada se não for para levar vantagem. Dilma voltando ou não, sem tirar esse congresso não acho que tenha como o Brasil entrar no eixo. E convocando eleições gerais para agora tem a vantagem de que, por enquanto, doações de empresas são proibidas, o que deve ajudar a subir a qualidade do pleito; no mínimo deixa mais difícil para alguém como o Cunha financiar uma bancada própria.

(E, de lambuja, Temer está inelegível pelos próximos oito anos por maracutaias eleitorais, então aquele mordomo de filme de terror iria parar de assombrar Brasília.)

Responder

    Robinson Pimentel

    05 de junho de 2016 às 01h13

    Tem sentido…

    Responder

    nadja

    05 de junho de 2016 às 09h41

    Hum boa ideia..pergunto: com esse legislativo você acha que irão aprovar?

    Responder

Rachel

04 de junho de 2016 às 23h16

Nos primeiros dias não queria sair da cama. Mas resolvi que eles não me vencerão. E estou lutando nas ruas e na internet contra o golpe. Fora Temer, abaixo os golpistsa do legislativo e do judiciário!

Responder

Fabiana

04 de junho de 2016 às 22h50

Primeiramente Fora Temer e comparsas.
É um um momento, que pode deixar de ser apenas momento e se fixar, caso não ocorra um levante significativo. O estrago que este provisório e seus comparsas estão com tanta pressa a causar é exatamente por isso. O estrago tem que ser concluído antes que haja uma reação que possa interrompê-lo, principalmente no que tange ao desmonte, é como num assalto, tudo muito rápido, pois o assaltante sabe que não terá outra chance.
A população, enquanto não sente, diretamente os efeitos dos murros que está levando, fica com mente dominada pela mídia, incapaz de ver além. Essa máquina, não é amadora, usa diversas técnicas de oratória, vendas, hipnose, planejamento, convencimento etc, para fazer sua propaganda e infiltrar pensamentos. Todo mundo se lembra da melô do “pônei maldito”, mesmo sem querer a pessoa repetia, sem nem saber porque . Todos os dias a mídia está na vida das pessoas, como se fosse um amigo íntimo aos olhos do telespectador. Está dentro da sua sala, do seu quarto, na hora das suas pausas, no seu almoço… aonde você vá, está lá fazendo seu “comercial” e escolhendo o que você vai comentar que viu no noticiário, o que você vai repetir.
É necessário combater isso, quem sabe, com uma técnica antiga, mas que obteve resultado, a panfletagem, pois a pessoa finda lendo e na internet ela acaba se distraindo.
É importante saber explicar, para os que ainda não conseguem enxergar o que se passa, usando um linguagem que os faça pensar a respeito, pois suas mentes já estão “adestradas” pela mídia para não ver, para pensar que é exagero, quando se fala no grave risco para o país que representa este golpe. Lembre-se que a mídia vem construindo sua propaganda ha muito tempo, é preciso despertar uma mente que está adormecida, acostumada a concordar com o que diz na tv para não parecer esquisito.
As pessoas, ficam pensando que estão blindadas, que perder esta ou aquela conquista, não lhe diz respeito. “Ah, eu não sou petroleiro….Ah, eu não trabalho no MINC…Ah, eu trabalho no setor privado….Ah, minha empresa paga meu plano de saúde…Ah, eu sou autônomo, não tenho carteira assinada…Ah, eu tenho meu comércio, minha loja vai prosperar, o Temer vai reduzir impostos…”
Tudo isso é ilusão, todos saem perdendo muito para o Capital Financeiro.
RUAS JÀ !!!!!

Responder

Luna Araujo

04 de junho de 2016 às 22h32

Eu me sinto envergonhada de viver num país onde grupos retrográdos conspiraram e conspiram contra a democracia e contra o Estado de direito. O sentimento é de nojo. Nojo inclusive das instituições legislativas, judiciárias, policiais, e principalmente da mídia suja que perderam toda a dignidade do jornalismo para se associar como capangas ao bando de coronéis traidores da pátria.
Para combater esse estado de coisas, só a luta diária para tirar do poder os golpistas que usurparam o poder. Vivemos mais do que uma luta de classes, vivemos uma luta entre a democracia e o fascismo.

Responder

    nadja

    05 de junho de 2016 às 09h48

    Pior, o mundo lá fora nos defende…..jovens nas ruas da austrália, França..Espanha..isso sim me dá vergonha

    Responder

Messias Franca de Macedo

04 de junho de 2016 às 23h19

LUIS NASSIF ENTREVISTARÁ DILMA PARA A EBC COMANDADA POR RICARDO MELO

Retorno de Ricardo Melo à presidência traz também de volta à programação o jornalista Luis Nassif, que conduzirá uma entrevista com a presidente Dilma Rousseff; a trapalhada geral da EBC ampliou a ira do presidente interino Michel Temer com seu advogado-geral da União, Fábio Medina Osório

04 DE JUNHO DE 2016 ÀS 19:04

(…)

FONTE [LÍMPIDA!]: http://www.brasil247.com/pt/247/midiatech/236309/Nassif-entrevistar%C3%A1-Dilma-para-a-EBC-comandada-por-Ricardo-Melo.htm

Responder

Messias Franca de Macedo

04 de junho de 2016 às 23h18

[LEITURA IMPERDÍVEL!
UM TRATADO SOBRE MAIS DE UMA DÉCADA EM UM ÚNICO TEXTO HISTÓRICO E PEDAGÓGICO!]

O xadrez da manipulação dos fatos e das leis

Por conspícuo e intrépido jornalista Luis Nassif

SAB, 04/06/2016 – 17:58

(…)

FONTE [LÍMPIDA!]: http://jornalggn.com.br/noticia/o-xadrez-da-manipulacao-dos-fatos-e-das-leis

Responder

Ben Alvez

04 de junho de 2016 às 21h42

Primeiramente, fora, Temer!

O que você acha?

(__) Tá foda!

(__) Uma merda!

(__) Enquanto Temer e seus bandidos mandarem no Brasil, não há solução.

(__) Enquanto a justiça for essa merda, não há solução.

(__) Enquanto a quadrilha de Gilmar Mendes mandar no Brasil como se estivesse mandando no IDP, não há esperança.

(__) Enquanto a Globo estiver no ar, a tendência é daqui pra pior.

(__) Enquanto a Veja e a Época existirem, não há como o Brasil melhorar.

Responder

    Luna Araujo

    04 de junho de 2016 às 22h36

    Todas as alternativas e muito mais.

    Responder

    Robinson Pimentel

    05 de junho de 2016 às 01h15

    Concordo com todas e tem mais. Tem o Alckimista, o Aécim Pó, o Beto Bicha…

    Responder

    veranisrodrigues

    05 de junho de 2016 às 19h43

    todas as alternativas são válidas e adequadas.

    Responder

    Jojo The Man

    06 de junho de 2016 às 18h53

    Faltou

    ( X ) Todas as alternativas acima

    É essa

    Responder

Maria Thereza G. de Freitas

04 de junho de 2016 às 21h25

é doloroso mesmo ver brasileiros contribuindo de forma tão descarada para entregar o país e fazer com que a gente retroceda 100 anos. Vergonhoso

Responder

marcosmorcerf

04 de junho de 2016 às 22h21

ou o GOLPE cai ou recrudesce . Não há mais possibilidade de conciliação, a burguesia não quer. Dilma so poderá voltar sob REVOLTA POPULAR que apoiara um Governo Democrático de REFORMAS SOCIAIS, oposto ao que ela vinha teimosamente tentando fazer ( para agradar a burguesia golpista ). O atual desastre provisório sera efêmero, o PSDB esta disposto a tudo para efetivar o plano geopolítico dos EUA . Ou derrotamos o GOLPE DO PSDB ou nos derrotarão com INTENSA REPRESSÃO . Neste sentido o PT tem se mostrado muito ineficaz para elaborar uma politica para o período. Os trabalhadores ainda não sentiram o GOLPE e estão desmotivados com a Derrota na Camara e o processo do Senado. A CLASSE MEDIA RADICALIZADA, os gloriosos estudantes e as fortes mulheres tem puxado as rédeas. Os trabalhadores, ainda anestesiados pelo engessamento do PT e da CUT , so se mobilizarão com ataques mais agudos a seus Direitos Conquistados . É triste para uma Nação ver desminlinguida a possibilidade Democrática, e a Democracia so voltara de fato sob a égide da DEMOCRACIA POPULAR .

Responder

Daniel

04 de junho de 2016 às 20h59

“O que há é o confronto entre os representantes do Capital Financeiro e os que só têm sua força de trabalho ou de luta.” Como disse o colega, mas acrescento que o grande erro da esquerda foi nao ter feito a reforma economica da midia, que poderia ter equilibrado as forcas descritas acima. O pluralismo ajuda a no equilibrio destas forcas, mas a forca do modelo hollywoodiano e’ perversa e aliena. Mais uma vez o pluralismo ajudaria no equilibrio. O equilibrio destas forcas e’ possivel, vide a Escandinavia, Canada, NZ, Australia. Outro fator importante fora de ideologia que nossa direita muita perversa e atrasada nao entende, nenhum Pais hoje desenvolvido, ficou desenvolvido sem a forte presenca do estado. Talvez, mais educacao nas areas de filosofia, antropologia e sociologia desde o ensino basico faria um Brasil melhor a longo prazo. Mas reduzindo o contexto para nossa politica interna, o golpe contra a democracia e’ evidente e com provas cabais, com um congresso de uma maioria conservadora, atrasada e ligada a corrupcao, uma justica omissa e seletiva, uma velha midia mentirosa como Globo-Veja-IstoE-Estadao, um grupo enorme de analfabetos politicos dentro deste contexto internacional rentista complica o quadro caotico. No curto prazo, gostaria de ver Dilma voltar ao poder, ate porque este golpe esta sendo ridicularizado em todos os paises do mundo, eu mesmo moro fora do Brasil ha anos e o que sabemos por aqui, que foi dado um golpe na democracia do Brasil, um cidadao civilizado nao consegue ver de outra maneira. Depois de assumir, ele tem que se juntar as forcas progressistas e dizer para sociedade qual as prioridades, e que ela precisa da sociedade para conseguir implementar um programa pelo menos para colocar o Pais de volta aos eixos. Reforma Politica, Reforma Politica (uma mais imediata para os ricos pagarem as contas, CPMF, imposto sobre fortuna) eu pago 47% de imposto por ano, nunca reclamei e nao escuto nenhum colega reclamar, e sou assalariado. Reforma Economica da Midia. Estes tres pilares ja seriam um enorme avanco para o Brasil seguir caminhando rumo ao desenvolvimento. Este governo do Temer e’ ilegitimo. E nunca tera legitimidade. Eles, a direita nao deixaram Dilma governar por 18 meses, acho justo que a esquerda nao deixe eles governarem por 180 dias, pois nao foram eleitos e esta em jogo a Democracia. Acho que chamar eleicoes e’ inviavel, vai abrir precedentes para mais golpes no futuro e vamos perder a referencia do que e’ democracia, muitos nao tem referencia da importancia da Soberania. Logo, vou lutar pelo fim do Golpe e pela continuacao do mandato da Presidenta ate 01 de Janeiro de 2019. Nao podemos negociar com bandidos, negociar com quem nao quer e nao gosta da democracia.

Responder

    Maria Thereza G. de Freitas

    04 de junho de 2016 às 21h26

    e reforma do judiciário. sem essa, a meu ver, nenhuma outra vai dar resultado. é uma casta, comprometida com o atraso. os breves suspiros de modernidade, como no caso do casamento homoafetivo e das células tronco só existiram porque não mexem no status quo

    Responder

valdemar de oliveira

04 de junho de 2016 às 20h36

a luta, temos que ir a luta

Responder

Felina Semdono

04 de junho de 2016 às 20h31

estou me sentindo exatamente igual ao Manuel Genuíno, porém com muito ódio, nojo e revolta!

Responder

CIANOTON_PACE

04 de junho de 2016 às 20h01

Todos os progressistas que entendem e professam o socialismo como consequência última da evolução humana não estão nem tristes e nem decepcionados. Golpes mequetrefes como esse em andamento no Brasil confirmam a tese daquele outro bom velhinho de que a luta de classes e as crises estruturais do capitalismo nos levam inexoravelmente a uma ruptura (que pode ou não ser definitiva) no sentido de extinguir essas classes em luta. Sendo assim, vejo a crise atual no Brasil como a marcha da história. Não há Temer, Aécio, Moro, Lula, Dilma, STF ou Congresso. O que há é o confronto entre os representantes do Capital Financeiro e os que só têm sua força de trabalho ou de luta. O resto é resto.

Responder

    Zilma Teixeira Bonfim

    05 de junho de 2016 às 01h15

    Primeiramente Fora temer! Está um horror! Não consigo acreditar no que estamos sofrendo no Brasil, o país virou chacota mundial. Ainda não sei onde chegaremos com sofrendo tanta arbitrariedade, mas uma coisa é certa, já está tendo luta. Não nos calarão! Golpistas não terão paz!

    Responder

Deixe um comentário