Jornal da Forum: Lula quer reindustrializar o Brasil!

Quinta-feira mais do mesmo: Lava Jato perseguindo Lula e Gilmar Mendes defendendo tucano na mídia

Por Pedro Breier

08 de setembro de 2016 : 10h49

Por Pedro Breier, correspondente policial do Cafezinho

Hoje é dia 8 de setembro de 2016, uma quinta-feira.

Mas poderia ser praticamente qualquer dia desde algum momento de 2014: o noticiário político/policial é dominado pelos mesmos personagens fazendo as mesmas coisas há quase dois anos.

Lava Jato e Gilmar Mendes, por exemplo.

A Lava Jato segue na sua tresloucada caçada a Lula.

Não faria sentido nenhum dar um golpe de Estado para daqui a dois anos correr sério risco de devolver o poder a Lula – nas pesquisas, ele lidera no primeiro turno -. O governo já foi derrubado, por isso torná-lo inelegível é o objetivo número um, dois e três.

Agora Deltan Dallagnol, Carlos Fernando dos Santos Lima e outros procuradores voltam à história dos presentes que Lula recebeu na presidência.

Apura-se ‘desvio ou desaparecimento de bens pertencentes à União’.

Para os integrantes da Lava Jato, Lula, além de favorecer empreiteiras em contratos de bilhões de dólares em troca de uma reforma em uma cozinha de sítio e outra em um apartamento no Guarujá, roubou os presentes que ganhou quando era presidente.

O preconceito de classe do conservadorismo golpista brasileiro, representado na Lava Jato pelos procuradores do MPF e por Sérgio Moro, contra o retirante nordestino que chegou à presidência é evidente.

Gilmar Mendes, por sua vez e para variar, usou seu palanque na mídia para fazer política.

Bastou a Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão, que faz parte do MPF, anunciar que vai monitorar a ação da PM de São Paulo em protestos, depois das denúncias de violência contra manifestantes nos atos contra o golpe, para Gilmar criticar:

Também é curioso que, com tantas ações policiais no Brasil, tenham selecionado esses dois Estados (Rio e São Paulo). Afinal, todo dia tem ação policial em qualquer lugar do País, sobretudo nas comunidades mais carentes, e não me consta que haja esse tipo de monitoramento (da Procuradoria). Os governadores (Alckmin e Dornelles) deveriam oferecer a eles (procuradores) a chance acompanhar as ações policiais nos morros do Rio e nas favelas de São Paulo.

Gilmar não está preocupado com os desrespeitos aos direitos humanos nas comunidades carentes, apenas quer desmoralizar a ação do Ministério Público e consequentemente as denúncias da repressão ilegal da PM nos protestos, ruins para Alckmin, do PSDB, partido afinadíssimo com Gilmar.

Mas não é que é uma boa ideia?

Os procuradores deveriam levar a sério a ironia de Gilmar e passar a monitorar de perto as intervenções policiais nas favelas e comunidades.

A polícia existe para proteger e garantir os direitos dos cidadãos, não para aterrorizá-los.

Assim como a Justiça existe para julgar com a maior imparcialidade possível, não para perseguir uns e proteger outros.

Pedro Breier

Pedro Breier nasceu no Rio Grande do Sul e hoje vive em São Paulo. É formado em direito e escreve n'O Cafezinho desde 2016, sendo atualmente um dos editores do blog.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

22 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Italo Rosa

12 de setembro de 2016 às 07h17

Prezada Ana, houve um golpe sob falso pretexto, com o objetivo de implantar uma agenda derrotada em quatro eleições consecutivas. Isso não é “desculpa esfarrapada”. Procure pensar por si mesma ao invés de se alimentar das mentiras e distorções da mídia golpista. você infelizmente é uma das milhões de pessoas manipuladas pela propaganda golpista, afinada com os preconceitos de classe e desprezo ou até ódio ao povo (fica isso claro pelo teor das declarações dos manifestantes pró-golpe). Procure pensar por si própria, informar-se lendo história e economia. E não esqueça do imperialismo ianque, que apoiou o golpe porque um Brasil soberano não lhe é conveniente. E ainda estão de olho no Pré-Sal. A história de combate à corrupção (que, claro, sempre deve ser combatida) é uma cortina de fumaça para esconder o estelionato eleitoral cometido ao se derrubar um governo, eleito com um programa, para implantar o programa derrotado. Mais claro do que isso é difícil. Acredito que você tem discernimento para avaliar os fatos por si própria, e não se deixar embair pela propaganda da mídia golpista.

Responder

ana luiza del picchia

08 de setembro de 2016 às 20h35

A eterna vitimização do PT ,o mundo contra eles. .Que cansativo isso, não vão ter culpa nunca? Tudo é armação! Poupe- me dessas desculpas esfarrapadas !!!

Responder

    Jst

    08 de setembro de 2016 às 21h06

    será que você está tão alienada que não consegue enxergar o que é real?
    Tipo: Empreiteiro afirma ter pago R$ 24 milhões a Serra(parte no exterior através de offshores) e R$ 10 milhões a Temer, em dinheiro, dentro do palácio do jaburu. Os procuradores nada fazem e ainda por cima não aceitam a delação.
    Os procuradores vão investigar os presentes que o Lula recebeu de chefes estrangeiros a procura de algum cinzeiro retirado do palácio do governo.
    Cuidado Lula.
    Sabemos que uma das técnicas da meganhagem para culpar alguém é plantar alguma coisa entre os pertences do alvo. Fazem isto todo dia.

    Responder

    Carlos Moreira

    09 de setembro de 2016 às 00h08

    Ah Ana, provavelmente você tirou muitas selfs com a camisa amarela da CBF com os mesmos policiais que cegaram uma manifestante. Realmente pura vitimização.

    Responder

    João Batista Kreuch

    09 de setembro de 2016 às 10h33

    ana luiza da pica… vai ver se o cafezinho tá la na esquina.

    Responder

      ana luiza del picchia

      09 de setembro de 2016 às 10h39

      Bem petista , baixa o nível ,se não tem nada mais inteligente para responder. Não aceitam críticas ,a Presidente também não aceitava ,deu no que deu. . Ate logo , parceiros da vitimização…

      Responder

label vargas

08 de setembro de 2016 às 19h08

Esse é o Gilmar!!!!golpista até quando dorme.Fosse o Brasil um país sério e a coragem do resto dos latino-americanos fosse a nossa coragem ,este triste personagem já estaria preso.

Responder

Maria Aparecida Lacerda Jubé

08 de setembro de 2016 às 18h26

É que no Brasil tudo está de cabeça para baixo, senadores corruptos tiram do poder presidenta ficha-limpa, sem uma única denúncia de crime, para colocar em seu lugar, seu vice ficha-suja, com dezenas de denúncias de corrupção, judiciário pode escolher os partidos e os políticos que quer proteger e os partidos e os políticos que quer perseguir, a Operação Lava-Jato escolhe como mascote um policial federal condenado por facilitação ao contrabando, e o coloca para se exibir para a mídia, envergando orgulhosamente sua tornozeleira eletrônica, conduzindo um empresário debilitado por uma doença grave, para a prisão, a polícia ataca protestos legais, pacíficos, agride estudantes, com chutes, gás de pimenta, bala de borracha, chegando a cegar um garota de 19 anos, e absurdo, dos absurdos, um sujeito que dá aulas em uma universidade, me recuso a chamar um traste desse de professor, pelo respeito que tenho pela classe, se acha no direito de zombar da vítima. Esse é o Brasil do golpe.

Responder

Maarcos Lima

08 de setembro de 2016 às 16h51

E FAZEM JURAMENTO QUANDO SE FORMA E QUANDO ASSUMEM CARGOS. MAS, DE QUE ADIANTA?

Responder

Messias Franca de Macedo

08 de setembro de 2016 às 16h47

… justi$$$azinha de mmeeerrrrrrrrrrrrrdddaaa!…
Da mais IMUNDA &$ predadora &$ covarde &$ inepta… &$ [mega]Corrupta Casa Grande do universo!

Responder

    Messias Franca de Macedo

    08 de setembro de 2016 às 16h50

    … E o STFede!
    E acumpliciado no golpe jurídico-midiático que se arrasta chafurdando desde o antanho do criminoso julgamento do Mentirão!…

    Responder

Azula

08 de setembro de 2016 às 16h14

Hoje foi pedido o impeachment do Gilmar para o senador Renan Calheiros. Como o PSDB paga a maioria do Congresso, só sairá esse senhor com cartazes de impeachment junto com o fora temer e eleiç?es já. Agora é o momento de acertamos o país e por favor, repassem essa ideia pratica aos que defendem a democracia.
15:14 9/09/2016

Responder

Calebe

08 de setembro de 2016 às 15h05

Desculpem mais o GM está comentando sobre qual processo que se encontra em sua responsabilidade no STF? Outra coisa; Deltan Dallagnol, Carlos Fernando dos Santos Lima e os outros procuradores já passaram do ridículo, querem aparecer mais que o GM.

Responder

ZeDasKouves

08 de setembro de 2016 às 12h03

FORA TEMER!
FORA GILMAR MENDES!

Responder

    Jadir Rocha

    08 de setembro de 2016 às 14h46

    É muito triste ver um juiz como o Gilmar Mendes fazer parte da mais alta corte de justiça do Brasil.

    Responder

    ana luiza del picchia

    08 de setembro de 2016 às 20h37

    Fora Dilma ,ooops já foi kkkkk

    Responder

      ZeDasKouves

      09 de setembro de 2016 às 01h04

      E com ela, o seu futuro e o futuro dos seus filhos.
      Parabéns coxinha!
      Você fodeu sua descendência.

      Responder

Ocomentarista Tcomment

08 de setembro de 2016 às 11h36

DIRETAS JÁ! DIRETAS JÁ!

Responder

João Bosco

08 de setembro de 2016 às 11h33

Enquanto isso, a roubalheira continua na venda do patrimônio nacional. E esses procuradorezinhos e juizinhos jogando pra mídia.

Responder

Paulo Guedes

08 de setembro de 2016 às 11h28

O judiciário da Republica do Paraná perdeu completamente a noção do ridículo. A Lei, que deveria ser de conhecimento de sua essências, dá a posse dos presentes a quem os recebeu – no caso Lula – estabelecendo que, caso o presenteado deseje desfazer-se de quaisquer dos mimos, a União terá a precedência para adquiri-los. Estabelece, ainda, que cabe ao presenteado a guarda e conservação dos bens. Se fosse Lula, já teria feito o que ameaçou verbalmente fazer: pegaria os “containers” e mandaria descarregar na calçada da Procuradoria em Curitiba. Se suas essências estão tão preocupados com os mimos que deles se assenhorem e cuidem.

Responder

    Mandy Tavares

    08 de setembro de 2016 às 18h04

    Oi Paulo, sabes o número dessa Lei a que se referes?
    Gostaria, para bater o martelo numa teimosia imbecil de alguns endireitados que conheço.

    Ainda…temos aí todos os ex presidentes vivos desde a redemocratização, exceto Itamar. Porque não indaga-los também sobre os presentes recebidos? Ah, só serve para Lula, pobre e iletrado tem mesmo essa mania triste de afanar o dos outros.
    Gente estúpida! Gente hipócrita!

    Responder

      Paulo Guedes

      15 de setembro de 2016 às 12h44

      Mandy, me perdoe o tempo. Os diplomas legais são: a Lei 8394/1991 e o Decreto 4344/2002. Veja que aquela foi assinada por Collor e este por FHC.

      Responder

Deixe um comentário

O 2021 de Bolsonaro O 2021 de Ciro Gomes O 2021 de Lula Parlamentarismo x Semipresidencialismo: Qual a Diferença? Fernanda Montenegro e Gilberto Gil são Imortais na ABL: Diversidade