Jornal da Forum: Lula quer reindustrializar o Brasil!

A trombeta do Apocalipse soa para Temer na abertura da Paralimpíada – O que virá agora?

Por Bajonas Teixeira

08 de setembro de 2016 : 13h28

Por Bajonas Teixeira, colunista de política do Cafezinho

Apavorado, como se nota na idiotia gritante da frase que grunhiu, Temer abriu as Paralimpíadas embaixo de uma estrondosa onda sonora de repúdio com as palavras: “Paralímpicos Rio 2016”. O que foi isso? Uma frase sem sujeito, sem verbo, sem corpo gramatical. Um atestado de indigência deixado à posteridade.

A matéria da Globo afirma que Temer pronunciou a seguinte frase: “Declaro abertos os Jogos Paralímpicos de 2016”. Não é verdade, como qualquer um pode ver e rever ali no link. O que ele conseguiu pronunciar foi apenas “Paralímpicos Rio 2016”. Um vexame extraordinário.

O mínimo que se poderia esperar, mesmo num caso de extrema covardia, seria algo como “Em nome do governo brasileiro parabenizo os organizadores dos jogos, dou as boas vindas aos atletas de todos os países aqui representados e declaro abertos os Jogos Paralímpicos Rio 2016”. Isso seria o mínimo, mesmo considerado um governo esmagado por enorme pressão hostil a sua existência.

Mas Temer conseguiu uma espécie de “efeito verme”, que se encolhe ao temer ser pisado, chegando a uma extrema contração mental como se revela em sua frase.

Na abertura dos Jogos Paralímpicos Rio 2016 no Maracanã, a presença de Michel Temer foi certamente a maior vergonha pública já passada por um presidente do Brasil e, não menos, o mais esmagador vexame que um presidente brasileiro já fez o Brasil oferecer ao exterior. Temer era o representante do estado brasileiro na abertura, e o responsável por declarar a abertura oficial. As vaias dirigidas a ele foram dirigidas diretamente à legitimidade do governo golpista instaurado com o impeachment aprovado no Senado.

A situação foi tão crítica que a Globo não pôde evitar, em matéria do G1 dar nomes aos bois: “Temer recebe muitas vaias e poucos aplausos na abertura da Paralimpíada”. Eis um caso interessante do ditado “Filho feio não tem pai”. A Globo, o verdadeiro dr. Frankstein pai da criatura, renega o rebento e o aponta como bastardo.

Mas quem vaiou Temer? O preço dos ingressos é um bom indicativo. Enquanto na abertura das Olimpíadas, esteve presente a classe média mais endinheirada, com ingressos já caros ficando ainda mais salgados com a atuação dos cambistas – segundo matéria do Estadão chegou-se a vender ingressos por US$ 8 mil (aproximadamente R$ 25,4 mil) na abertura dos Jogos  Paralímpicos, com ingressos a partir de R$ 100.00 reais, tudo indica que predominou o segmento de menores rendimentos salariais da classe média.

É isso que talvez explique que na abertura das Olimpíadas, em que predominou a classe média alta, as vaias tenham dividido o palco com os aplausos. Mas com o segmento da base da pirâmide da classe média, os mais pobres, o giro foi total, e as vaias ensurdecedoras estamparam em Temer, em seu rosto e na sua frase desestruturada, a marca muito visível da covardia.

Depois de ironizar os 40 que quebravam carros, depois que o seu ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, no mesmo dia 07, ontem, durante o desfile da Independência, ironizou as vaias da manhã dizendo que eram só “18 pessoas em 18 mil. A dimensão está boa”, chegamos à noite com um Maracanã lotado, talvez com mais de 70 mil pessoas, em vaia uníssona.

É possível que esse público indignado seja formado, em bom número, por aquela parte da população que ascendeu durante os governos de Lula, tendo acesso pela primeira vez aos bens modernos da sociedade de consumo. E, certamente, uma parcela expressiva desse público é de cidadãos da classe média baixa que repudiam as medidas econômicas de Temer, seu golpe na Previdência e nas aposentadorias, e sua associação íntima com a corrupção.

As vaias expressaram um repúdio muito convicto a Temer e tudo que ele representa. O que pode vir agora?

As vaias deixaram claro que a repulsa ao governo Temer é muito ampla e que uma outra aliança, oposta a das elites que o levaram ao poder, está se formando para derrubá-lo. Não será surpresa nenhuma se, a partir de agora, novos contingentes inundarem as ruas em manifestações de massa contra o governo usurpador. A trombeta do apocalipse parece que soou ontem para o governo Temer.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

11 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Magda ferreira santos

25 de novembro de 2016 às 09h23

ASSUMIU A POBREZA MENTAL!! Cagão nojento!

Responder

Valeria Miguez

08 de setembro de 2016 às 23h39

O “Fora Temer” foi ouvido a quadras do Maracanã! E as vaias também!

Responder

Isso Mesmo

08 de setembro de 2016 às 21h22

ISSO É INTERESSANTE:

Mídia NINJA ultrapassa Veja, Folha, Estadão e O Globo em engajamento no Facebook

https://ninja.oximity.com/article/M%C3%ADdia-NINJA-ultrapassa-Veja-Folha-1

Responder

Isso Mesmo

08 de setembro de 2016 às 21h21

ISSO É INTERESSANTE

Mídia NINJA ultrapassa Veja, Folha, Estadão e O Globo em engajamento no Facebook.

Responder

Elvi Got

08 de setembro de 2016 às 18h25

Por que será que a imprensa fica calada nos roubos ocorridos com Mi Shell Temer, isso tem que ser cobrado diariamente até colocarem na cadeia esse canalha corrupto, ou essa imprensa também faz parte dos roubos do Mi Shell Temer. Acusado no depoimento de Marcelo Odebrecht de ter pedido em pleno Palácio do Jaburu uma doação de R$ 10 milhões, via caixa dois, que teria sido entregue em dinheiro vivo, “Eu era presidente do partido e ele acertou uma contribuição. Até se falou em R$ 10 milhões, mas na verdade foram R$ 11,3 milhões que ele entregou ao partido. http://www.esmaelmorais.com.br/2016/08/adeus-temer/
Os autores dessa crise… PSDB/DEM/PMDB/PP/PR/PSC, sem a ação dos golpistas a nossa economia não teria ficado nem um ano no vermelho. A droga que mata a democracia no Brasil é o PSDB…

Responder

robertoAP

08 de setembro de 2016 às 17h06

A globo,como sempre mentindo para quem os ouve,lê ou assiste. Será que ainda assistem?
A Mídia Ninja já ultrapassou de longe essa TV Ameba, nas redes sociais, que é o futuro da comunicação

Responder

carlos

08 de setembro de 2016 às 15h53

Traíra golpista, jamais esqueceremos! Jamais perdoaremos!

Responder

Rogério Bezerra

08 de setembro de 2016 às 15h39

As vaias no Marca se expressão, também, nas aumentadas manifestações em Floripa, por exemplo. De onde vieram os 5 ou 6 mil manifestantes que não estavam nas anteriores? Para mim, vieram dos funcionários e alunos das universidades e institutos de ensinos públicos que já sentiram que o bicho vai pegar… Em breve, a outra face dos remediados omissos e/ou golpistas, os pequenos e médios proprietários, desidratados em 18 meses de golpe, estarão nas ruas. O Brasil pode até pode sair do golpe, mas os bilionários ainda preferem uma ditadura às eleições. Ditadura Militar de preferência.

Responder

    Roberto

    08 de setembro de 2016 às 16h18

    E, em breve, o povão mesmo – a torcida do Flamengo e a torcida do Corinthians, por assim dizer – vai se dar conta de que o golpe foi contra os trabalhadores. Aí, prezado, é que o bicho vai pegar mesmo, para os golpistas.

    Responder

      Rogério Bezerra

      09 de setembro de 2016 às 14h59

      Os mi e bilionários rentistas tem na mão 550.000 da PM do país. Elas sempre reprimiram e mataram impunemente os pobres. Nós remediados só sofremos suas ações em momentos como hoje, quando estamos nas ruas. Doído é ver as FFAA aderindo, mais uma vez, aos ricos traidores e entreguistas. Quando a coisa piorar, eles “voltam” como redentores do Brasil..rarrrara

      Responder

Azula

08 de setembro de 2016 às 16h01

Não concordo que na abertura das olimpíadas teve aplausos. Por meio da tv italiana no blog de PHA não se viu isso, e na globo a minha família inteira ficou satisfeita pela vaia.
Tocou a trombeta do apocalipse, certeiro o argumento do querido autor da reportagem. O que me preocupa é quanto tempo teremos até a total desnacionalização de nossas empresas e o consequente assalto a nossas reservas, enquanto se tem um judiciário, executivo e legislativo altamente envolvidos nesse crime contra a democracia.
Parece de que o tempo é o fator que nos prejudica a todos os brasileiros, porque a tomada de consciência do que estava verdadeiramente acontecendo chegou após o trabalho feito.
Há um grupo de corruptos nos três poderes, e já vendem nosso patrimônio aos estrangeiros e o risco é a mobilização após os acordos prejudiciais feitos.
O aumento das manifestações se espalhará até a tomada do congresso, pois não há outra saída em que se veja o respeito dos poderes representativos dos eleitos pela grande população brasileira.

Não é questão de esperança ou idealismo. Está claro que esse governo é ilegítimo para a população, e os poderes tem uma reação em que não quer ouvir a população. A Globo e seus seguidores foram desmascarados e não vai haver recrudescimentos diante a insatisfação popular.
Os que foram a favor do golpe serão desmoralizados, Miriam Leitão, a senadora Ana Amélia, junto com as figuras do PSDB e PMDB já tão denunciadas.
O que os golpistas não entenderam quando falávamos que a história não perdoaria é que toda injustiça, escancarada, reportada, noticiada aqui e no mundo, tem uma força muito maior do que a Globo e sua incrível arte de fazer um jornalismo de telenovela em que os bandidos são os mocinhos.
Sabíamos por análise e não por idealismo.

Let the season beguin 14:58 – 09/09/2016

Responder

Deixe um comentário

O 2021 de Lula Parlamentarismo x Semipresidencialismo: Qual a Diferença? Fernanda Montenegro e Gilberto Gil são Imortais na ABL: Diversidade Auxilio Brasil x Bolsa Família: O que mudou? As Refinarias da Petrobras À Venda pelo Governo Bolsonaro