Mais de 70% dos eleitores já estão decididos sobre o voto presidencial, diz DataFolha

Lava- Jato perde qualquer senso do ridículo para atacar Lula

Por Redação

13 de dezembro de 2016 : 11h28

No Facebook do Lula

O delegado Márcio Anselmo e a Operação Lava-Jato, perderam hoje qualquer pudor ou senso de ridículo ao apresentar um relatório com acusações sem qualquer base contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, sua esposa Marisa Letícia, seu advogado Roberto Teixeira, entre outras pessoas.

As acusações tratam do apartamento vizinho ao do ex-presidente, o qual ele paga aluguel, e um terreno que jamais foi e onde jamais funcionou o Instituto Lula, que tem uma única sede, adquirida em 1990 pelo Instituto de Pesquisas e

Estudos do Trabalhador (IPET), entidade que antecedeu o Instituto Cidadania e o Instituto Lula.
Perguntas foram encaminhadas pela Polícia Federal ao ex-presidente apenas na última quarta-feira, com prazo de dois dias para respostas, que foram enviadas às 20:30 de sexta-feira. E hoje, o delegado, que já emitiu ataques ao ex-presidente no Facebook dizendo que “alguém precisa parar essa anta”, e defendeu o candidato Aécio Neves, ao invés de se declarar suspeito para atuar nos casos envolvendo o ex-Presidente, apresenta um relatório sem qualquer base factual e legal ou fundamento lógico.

O relatório sai no mesmo dia em que pesquisas revelam que Lula lidera a corrida presidencial, e quando outro processo fútil da Lava Jato, sobre um tríplex do Guarujá que tentam atribuir a propriedade ao ex-presidente e alguma relação com desvios da Petrobras, tem suas testemunhas afirmando que Lula e sua família jamais tiveram as chaves do tal apartamento ou sua propriedade.

As práticas contra Lula consistem em mais um exemplo de “lawfare” e foram denunciadas por seus advogados perante o Alto Comissariado de Diretos Humanos das Nações Unidas. O governo brasileiro tem até o dia 27 de janeiro para responder contra os abusos de autoridade cometidos com fins políticos contra o ex-presidente da República.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

4 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Pedro Alcantara

27 de dezembro de 2016 às 12h14

Sem dúvida o Lula é o cara mais legal do mundo. Todo mundo faz coisas pra ele de graça, deixam ele usufruir de sítios de graça, alugam apartamento e não cobram aluguel, pagam viagens, colocam seus filhos como sócios de empresas.

Responder

C.Poivre

13 de dezembro de 2016 às 11h52

Já está ficando claro para todo o mundo que a Farsa a Jato é uma organização criminosa oculta, contratada de fora do país, para criar as condições para o atual Golpe de Estado e criminalizar a qualquer custo o ex-Presidente Lula para impedí-lo de concorrer a novas eleições. Sob o comando do trio tenebroso globo/psdb/gilmar.

http://justificando.com/2016/08/16/o-ministerio-publico-tem-sido-o-grande-representante-do-fascismo-na-sociedade-brasileira/

http://justificando.com/2016/12/02/curitiba-em-transe/

Responder

Antonio Passos

13 de dezembro de 2016 às 11h45

No meu entendimento há vários fenômenos ocorrendo ao mesmo tempo nessa caçada a LULA, que vão desde a CIA até o mais ridículo de todos, que é a INVEJA lancinante que certo tipo de pseudo elite brasileira sente de LULA. Eles se mordem, se rasgam, sobem pelas paredes de ódio com o brilho, a inteligência e o reconhecimento mundial de LULA. É a bofetada mais dolorida da história nessa gente medíocre, que “se acha” e vê um metalúrgico nordestino chegar onde eles nunca vão chegar nem perto.

Responder

Celso J. Dias

13 de dezembro de 2016 às 11h34

Os poltrões de Curitiba estão se enrolando cada vez mais.

Responder

Deixe um comentário