Mais de 70% dos eleitores já estão decididos sobre o voto presidencial, diz DataFolha

O power point contra-ataca

Por Redação

15 de dezembro de 2016 : 20h50

Enviado ao Cafezinho pela assessoria de imprensa do Instituto Lula

Depois de mais de 20 depoimentos de testemunhas arroladas pelo próprio Ministério Público enterrarem a farsa de que Lula seria proprietário de um apartamento tríplex no Guarujá, com as testemunhas comprovando que a família do ex-presidente jamais teve as chaves ou usou o apartamento, sendo apenas “potenciais compradores” do imóvel, os procuradores do Ministério Público do Paraná, chefiados por Deltan Dallagnol, tinham que inventar uma nova história na sua busca obsessiva de tentar retratar o ex-presidente como responsável pelos desvios na Petrobras.

Após um apartamento que nunca foi de Lula no Guarujá, entra a acusação de um apartamento que também não é de Lula, pelo qual sua família paga aluguel pelo uso, e um terreno que não é, nem nunca foi, do Instituto Lula, onde aliás o atual proprietário hoje constrói uma revendedora de automóveis.

Em release, a Lava Jato admite que a denúncia seria uma “reafirmação” da Operação, uma vingança contra a atuação dos advogados de Lula, descrita como “abuso do direito de defesa” e iniciativas legislativas no Congresso com as quais o ex-presidente não tem qualquer relação, não sendo nem deputado, nem senador. Os procuradores da República revelam que são contra a punição do abuso de autoridade e até mesmo do exercício do direito de defesa. Usam de suas atribuições legais como forma de vingança contra aqueles que se insurgem contra ilegalidades praticadas na Operação Lava Jato.

A denúncia repete maluquices da coletiva do Power Point; atropela a competência do Supremo Tribunal Federal e da Procuradoria-Geral da República ao fazer conclusões precipitadas sobre inquérito inconcluso na PGR; quer reescrever a história do País para dizer que todos os males seriam culpa de Lula; tenta atribuir responsabilidade penal objetiva, coisa completamente fora do Código Penal Brasileiro; contradiz depoimento como testemunhas (com a obrigação de dizer a verdade) de delatores ouvidos pela própria Lava Jato como Paulo Roberto da Costa, Nestor Cerveró e Pedro Barusco, que disseram em depoimentos ao juiz Sérgio Moro jamais terem tratado ou tido conhecimento de qualquer irregularidade ou desvio envolvendo o ex-presidente Lula. Usam delações não homologadas e rejeitadas pelo Supremo Tribunal Federal, como a do deputado Pedro Paulo Corrêa, em um festival de ilegalidades, arbitrariedades e inconformismo diante da realidade: mesmo com uma devassa completa na vida de Lula, não encontraram nenhum desvio de conduta do ex-presidente.

Os procuradores da Lava Jato não se conformam com o fato de Lula ter sido presidente da República. Para a Lava Jato, esse é o crime de Lula: ter sido presidente duas vezes. Temem que em 2018 Lula reincida nessa ousadia.O

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

3 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Henrique Dias

16 de dezembro de 2016 às 07h50

Moro é agente da CIA, encarregado de evitar que Lula seja candidato em 2018.

Responder

Messias Franca de Macedo

15 de dezembro de 2016 às 23h32

… Ainda sobre a ‘PORCA-tarefa’ da Operação midiático-golpista ‘Farsa a Jato’ tentáculo do golpe vagabundíssimo!

***

“Olha” o Cabo Anselmo da PTF e eleitor do ‘Aecím Mineirin’ aí, gente!”
Marcio Anselmo fala ao juiz Sério Moro sobre grampo na cela de Youssef

Dileto(a) leitor(a), observe especificamente a partir do 10:20 do vídeo abaixo, “delegado ou réu”?
E a piscadinha matreira de olho do Cabo Anselmo para o “juiz” mor(t)o’, como se dissesse ‘o advogado vai querer nos encalacrar, mas, eu estou esperto, fique tranquilo, chefia’”!

Marcio Anselmo fala ao juiz Sério Moro sobre grampo na cela de Youssef

… A piscadinha de olho do Cabo Anselmo ocorre por volta do 12:20-12:21 do vídeo acima!
Confira o odor de crime no ar!

… Por volta dos 12:26-12:27, o cabo Anselmo da PTF repete a piscadinha do “‘tô’ ligado, chefia! Não caírem em esparrela! Fique frio!”

Mais cheiro de trapaças no ar fétido da ‘Farsa a Jato’
a partir dos 13:25, o Cabo Anselmo da PTF estava nas cordas tendo que admitir o cometimento de um delito hediondo… Bom, aí, a intervenção providencial de… Acertou em cheio quem pensou “o juiz ‘mor(t)o’”!
Por volta dos 13:35!
Dileto(a) leitor(a), confira com os seus olhos que há terra há de comer!

O VÍDEO PRA LÁ DE ELUCIDATIVO!

https://www.youtube.com/watch?v=woBJjE26duQ

Responder

    Messias Franca de Macedo

    15 de dezembro de 2016 às 23h52

    ACIMA

    ***

    O delegado da Polícia Federal, Márcio Anselmo, que indiciou hoje o ex-presidente Lula é o mesmo que, segundo matéria feita pelo jornal O Estado de S.Paulo em novembro de 2014, chamou o ex-presidente de “anta”, entre outros comentários agressivos contra Lula e o PT.
    Anselmo também defendeu Aécio Neves numa desses comentários contra Lula.
    “O que é ser homem sério e de respeito? Depende da concepção de cada um. Para Lula realmente Aécio não deve ser”, escreveu em um post de uma notícia em que Lula disse que Aécio não era “homem sério e de respeito”.
    O indiciamento de Lula realizado no final desta segunda tem todo o cheiro de cortina de fumaça. Afinal, como o governo de Temer está desmontando e tucanos graúdos, como Aécio, começam a aparecer envolvidos em grandes operações de propina na lista da Odebrecht, havia a necessidade de se produzir urgentemente algo para mudar a agenda.
    Nada melhor do que um novo indiciamento de Lula e de dona Marisa.
    (…)
    Como curiosidade, o leitor pode olhar na foto em destaque, na parte inferior à direita, está lá o logo da Globo. O delegado divulgou esta imagem orgulhosamente no dia 30 de dezembro de 2015, sem a menor cerimônia. É preciso dizer mais alguma coisa?

    Por egrégio e intimorato jornalista Renato Rovai

    FONTE:http://www.revistaforum.com.br/blogdorovai/2016/12/12/delegado-que-indiciou-lula-o-chamou-de-anta-e-postou-foto-com-logo-da-globo-no-facebook/

    Responder

Deixe um comentário

O Xadrez para Governador do Ceará Lula ou Bolsonaro podem vencer no 1º turno? O Xadrez para Governador de Santa Catarina