Comentários sobre o áudio vazado de André Esteves (BTG Pactual)

Ibope divulga nova pesquisa nacional: à exceção de Marina e Álvaro Dias, todos crescem

Por Miguel do Rosário

05 de setembro de 2018 : 20h56

O Ibope acaba de divulgar a sua primeira pesquisa sem um cenário com Lula. O relatório completo deve ser liberado somente amanhã. Por hoje, vamos analisar os números do quadro a seguir.

O que se nota, de cara, é a redução substancial do número de brancos/nulos e indecisos, o que fez quase todos os candidatos crescerem, com exceção de Marina, que ficou estagnada em 12%, e Alvaro dias, em 3%.

Bolsonaro cresceu. Ciro cresceu. Geraldo cresceu. Haddad cresceu. Amoedo cresceu. Até o Meirelles passou de 1% para 2%.

O que mais cresceu, tecnicamente, foi Ciro, que subiu 3 pontos e ficou rigorosamente empatado com Marina Silva, com 12%.

Também foram divulgados algumas simulações de segundo turno. Ciro Gomes, por exemplo, agora está muito à frente de Bolsonaro.

Outros candidatos também ganham de Bolsonaro. Apenas Haddad ainda se mantém tecnicamente atrás do capitão.

CENÁRIO 1
Ciro 44%
Bolsonaro 33%
(branco/nulo: 19%; não sabe/não respondeu: 4%)

CENÁRIO 2
Alckmin 41%
Bolsonaro 32%
(branco/nulo: 23%; não sabe/não respondeu: 4%)

CENÁRIO 3
Marina 43%
Bolsonaro 33%
(branco/nulo: 20%; não sabe/não respondeu: 3%)

CENÁRIO 4
Bolsonaro 37%
Haddad 36%
(branco/nulo: 22%; não sabe/não respondeu: 5%)

Ibope também mensurou rejeição a presidenciáveis. Bolsonaro é o mais rejeitado. Índice de rejeição:

Bolsonaro: 44%
Marina: 26%
Haddad: 23%
Alckmin: 22%
Ciro: 20%
Meirelles: 14%
Cabo Daciolo: 14%
Eymael: 14%
Alvaro Dias: 13%

Conclusão: quem sai bem na fita, indiscutivelmente, é Ciro Gomes. Tem a menor rejeição entre os principais candidatos, a melhor performance no segundo turno contra Bolsonaro e foi o que mais cresceu no 1º turno.

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

54 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Mito

09 de setembro de 2018 às 16h17

Como já sabemos, a pesquisa é ibope, ou seja, mentira. Isto já provado.

Responder

Jandui Tupinambás

06 de setembro de 2018 às 15h27

E o IBOPE esconde o questionário sobre a transferência de voto Lula -> Haddad…

Vamos publicar, Miguel? Tá escondidinho em uma reportagem lá no Estadão.

A tendência mostra que no dia da eleição não existirá nenhuma transferência.

SERÁ UM VERDADEIRO TELE-TRANSPORTE!!

Acho que não teremos segundo turno….

A não ser que tornem Haddad inelegível também. O que eu não duvido.

Responder

Alexandre Neres

06 de setembro de 2018 às 09h59

“Reportagem de Daniel Bramatti no Estado de S.Paulo informa que o potencial de transferência de votos de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) para Fernando Haddad (PT) aumentou nas duas últimas semanas, segundo a série de pesquisas Ibope/Estado/TV Globo nas eleições 2018. O instituto perguntou aos entrevistados se, com Lula fora da disputa e declarando apoio ao ex-prefeito de São Paulo, eles com certeza votariam, poderiam votar ou não votariam de jeito nenhum em Haddad.

De acordo com a publicação, a parcela que, nessa hipótese, votaria “com certeza” no ex-prefeito subiu nove pontos porcentuais, de 13% para 22%, desde 20 de agosto, quanto o Ibope fez pela primeira vez essa pergunta. E os que “poderiam votar” passaram de 14% para 17%. Os porcentuais se referem ao universo total de entrevistados, não apenas aos que simpatizam com Lula.

Os que não votariam em Haddad apoiado por Lula em nenhuma hipótese ainda são a maioria absoluta do eleitorado, mas essa parcela caiu de 60% para 53% em duas semanas, completa o Estadão.”

Responder

Serg1o Se7e

06 de setembro de 2018 às 08h49

Para aqueles que querem uma mudança radical, ao que parece, não terão.
Apesar de ser pesquisa (o que vale mesmo é o resultado nas urnas), o segundo turno tende a termos a mesmice, a continuidade do que está aí há pelo menos 20 anos.

Estamos todos danados!

Responder

    Jandui Tupinambás

    06 de setembro de 2018 às 15h39

    Escreve:

    esta não é uma eleição de segundo turno. Tudo se resolverá dia 7 de Outubro.

    Responder

      Mito

      09 de setembro de 2018 às 16h12

      É #bolsonaro2018

      Responder

Nostradamus ( banquinho & bacia )

06 de setembro de 2018 às 07h51

É muito engraçado ( trágico ) como a globo programa e diagrama ( sei lá que nome mais especializado ) suas manchetes e reportagens… No dia que se espera que o STF julgue o recurso de Lula eles divulgam um que ele perdeu, colocam um artigo sobre Haddad e vão malhando…
É……………………………………………………………………………………………………..13

Responder

Fernando Carneiro

06 de setembro de 2018 às 07h22

É 13 na cabeça.

Responder

    Mito

    09 de setembro de 2018 às 16h15

    Isso mesmo. Você coloca os 13 chifres na cabeça e eu confirmo 17 na urna.

    Responder

Foo

06 de setembro de 2018 às 04h40

Bolsonaro fez uma coisa boa nessa campanha, ao enfrentar a bancada do jornal nacional: mostrou que, contra a grande mídia, a melhor estratégia pode ser o ataque.

Ciro Gomes passou a ser mais incisivo contra jornalistas, com muito mais elegância.

A invertida que ele deu nos “porta vozes da plutocracia” na sabatina da Faap foi linda.

Mas não vamos esquecer, a macro-política. O PT está levando a candidatura do Lula até o limite, ainda há recursos junto à ONU e STF.

Se tudo mais falhar, Lula é Haddad.

Responder

Diego Baptista

06 de setembro de 2018 às 04h22

Miguel, você tem que fazer uma live com uma analise comentada do relatório completo quando sair!

Responder

    Alan Cepile

    06 de setembro de 2018 às 09h43

    Seria ótimo

    Responder

Manoel

06 de setembro de 2018 às 02h39

Voce escolheu um lado, o que não tem problema Miguel, mas perdeu a noção jornalística. Fico em dúvida agora se um dia teve. Adeus!

Responder

    André Romero

    06 de setembro de 2018 às 16h32

    Se quer panfletagem petista, realmente você está no lugar errado.
    Isso aqui é um site dedicado às esquerdas, não apenas para o PT. Tente o 247, Tijolaço ou o DCM: lá é o lugar do messianismo, fanatismo e do dirigismo.
    Vá em paz, filho, que o lado bom da Força o acompanhe.

    Responder

luis castro

06 de setembro de 2018 às 00h19

O que os golpistas querem banir do cenário eleitoral? Lula o PT e o candidato substituto Haddad. A ordem nas hostis golpistas qualquer coisa menos Lula ou seu substituto. Como se verifica nesta pesquisa, a direita quer pautar a esquerda e já escolheu o Ciro como o candidato deste segmento. Isso fica mais cristalino quando justamente o candidato substituto de Lula, o Haddad, é o único que se for para o segundo turno perde para Bolsonaro. O que o Ibope ligado a Globo quer induzir o eleitor de esquerda a escolher qualquer outro menos o Haddad porque senão vai perder. Depois de conseguir banir o perigo maior Lula, os golpistas agora se voltam para inviabilizar Haddad. O MP paulista já começou a fazer sua parte de incriminar de todas as formas o Haddad, e agora os institutos Ibope, DataFolha ligados aos grandes grupos econômicos e seus derivados vão manipular até bem perto pleito para impedir que o PT vá para o segundo turno. O blog em questão embarca nessa canoa furada, fazendo o jogo mesmo que ingenuamente ,de se sujeitar a ser pautada pela direita golpista.

Responder

    Brasileiro da Silva

    06 de setembro de 2018 às 00h28

    Vc acredita mesmo que o “andrade”, que conseguiu a façanha de perder a prefeitura de SP em SP no 1º turno, com o condenado subindo no palanque e pedindo votos, tenha chance?

    Responder

      Foo

      06 de setembro de 2018 às 04h55

      Haddad perdeu no mesmo ano em que a Dilma foi derrubada.

      Depois de 2 anos de Temer/PSDB o discurso anti corrupção foi desmascarado, a condenação de Lula é vista como política, e o povo percebeu quem sempre esteve ao seu lado.

      Com exceção, é claro, de alguns desmiolados que votaram no Aécio e ainda acreditam no discurso udenista do PSDB/DEM/Novo/etc.

      Responder

Jandui Tupinambás

05 de setembro de 2018 às 23h58

Primeiro: o Cafezinho deveria denunciar a pesquisa por ter omitido Lula.

Segundo:o Cafezinho não destacou a foto de Lula nem de Haddad mas de Amoedo não esqueceu de postar.

Terceiro: esta pesquisa fake não diz que Haddad é o substituto de Lula e o Cafezinho fingiu que não percebeu.

Realmente, este site está bem parecido com o Antagonista. O nível jornalístico aqui cai assustadoramente.

O que sustentava este site eram os leitores de esquerda. Hoje a maioria é de direita e quando passar as eleições ele vão sumir. E os verdadeiros frequentadores não voltarão mais.

A tendência é este blog desaparecer a curto prazo,

Triste, Falta de avisar que não foi.

Agora é tarde.

Responder

    Brasileiro da Silva

    06 de setembro de 2018 às 00h07

    Quer dizer, o Cafezinho tende a desaparecer porque vc ficou de mal. Cresça e vire gente. A realidade é essa. O condenado não é candidato. Critiucar a pesquisa porque não tem a foto do seu ídolo? Nos poupe

    Responder

    Brasileiro da Silva

    06 de setembro de 2018 às 00h24

    1º) O Condenado não é candidato
    2ª) A foto não é do Cafezinho, mas do JN/Estadão, que publicaram a pesquisa
    3º) Não cabe a pesquisa explicar que o poste é o substituto do condenado. Se o partido não faz isso, reclame com ele
    4º) A vantagem do blog é, apesar de defender o condenado, ser democrático. Se vc odeia a democracia, vá para o esgotão (171)

    Responder

    André Romero

    06 de setembro de 2018 às 01h05

    São incríveis esses petistas como você.
    Continuam com esse egocentrismo de achar que o mundo circula somente em torno do umbigo do PT.
    O Miguel fala das esquerdas e dos candidatos progressistas com igual isenção. E apesar do fanatismo de pessoas como você, meu amigo, por pura obra e graça do PT (repetindo o que fez com o Brizola em 1989) hoje temos DOIS disputando o eleitorado nessas eleições, goste você ou não.
    Quer só propaganda, compadre? Vá para o DCM, Tijolaço e 247, que são panfletos digitais do PT. É lá que você encontra messianismo, fanatismo, panfletagem descarada, dirigismo e manipulação dos incautos.
    Falo de carteirinha pois fui expulso daquele antro de petistas (o DCM), onde só vale falar bem do PT, justamente por conta de minhas críticas à parcialidade do site, exatamente como as que você faz agora. E aqui você é bem-vindo pelo Miguel para falar esses absurdos, ao contrário de lá, que expulsa quem não segue a cartilha e o “Tudo Que O Mestre Mandar”.
    Não fique triste: se o PT não aprontar mais nenhuma nova traição, estaremos juntos no 2o turno. Parodiando Lula: “Chupa, porque a cana é doce, meu filho”.

    Responder

      Jandui Tupinambás

      06 de setembro de 2018 às 08h33

      Opa!! A foto apareceu, viu?

      E os fascistas continuam a pupular pura aqui. Olha aí em cima do seu comentário.

      Você acha que é chute meu? Não é não. Acho que O Cafezinho não terá mais tempo de reação. Muito vacilo em uma eleição só.

      Responder

        Serg1o Se7e

        06 de setembro de 2018 às 08h52

        Vacilo é seu candidato ser presidiário inelegível.
        Isso é vacilo, amiguinho.

        Responder

        André Romero

        06 de setembro de 2018 às 16h42

        Você me chamar de fascista apenas porque defendo Ciro o torna um petista modelo, meu camarada.
        Deixe os tais fascistas que não mostram nenhum respeito ao Lula de lado e se quiser contestar meu post, faça como eu: foque e rebata as opiniões criticamente e não fique só rotulando os outros.

        Responder

NeoTupi

05 de setembro de 2018 às 23h06

A pesquisa veio ótima para o Haddad, já despontando com 6% e próximo à Alckmin. Tecnicamente empatados dentro da margem de erro. E como Ulysses dizia que a margem de erro é a margem de lucro, e a pesquisa foi encomendada pela Globo, tenho dúvidas se Haddad não tem mais do que 6% e talvez Alckmin tenha menos do que 9%.
Mesmo considerando os 6% serem reais, sem Haddad ser candidato declarado ainda, sem participar dos debates, sem o JN entrevistá-lo, sem o Ibope informar ao menos que ele é candidato do PT, nem informar o número 13 do PT, em meio a uma lista de 13 nomes de candidatos. Com tudo isso falta apenas 6 pontos para disputar o segundo turno com quem está em campanha há meses.
Note que a pesquisa pegou um único horário político na TV dos presidenciáveis (no sábado), pois o ibope informa que foi a campo no sábado e encerrou a coleta de dados na segunda (antes do horário eleitoral noturno, portanto).
Aguardemos as próximas pesquisas.

Responder

    JESSE OLIVEIRA GUIMARAES

    06 de setembro de 2018 às 00h48

    Eu vi as entrevistas do JN. Penso que ela só trouxe ganho para o Bolsonaro que peitou aquela turma do barulho. Os outros se saíram mal. Até o Ciro que é bem articulado, mas não o deixaram falar.

    Responder

    Diego Baptista

    06 de setembro de 2018 às 04h40

    “Despontando” com 6% aí forçou a barra. Tá mais para des-pontuando, heheheh!

    Responder

      NeoTupi

      06 de setembro de 2018 às 11h18

      Despontando sim, pois seria normal se ele aparecesse com 2 ou 3%. Pois Lula não morreu. O eleitor dele ainda quer Lula candidato e o próprio Haddad defende isso. O eleitorado de Lula que não acompanha o dia a dia da política ainda está sendo apresentado à nova realidade a cada dia e ainda tem que digerir os acontecimentos que são dinâmicos. A curva de crescimento desse tipo de candidatura que tem potencial de voto encubado costuma ser exponencial e não linear. Começa crescendo devagar e vai disparando até estabilizar em um patamar. É como a enchente de um rio.
      6% é bastante para quem mal iniciou a campanha, os principais telejornais sequer cobrem o dia a dia da campanha de Haddad-Lula, e os outros candidatos que disputam o segundo lugar, com toda a exposição diária no noticiário e em entrevistas, em campanha há meses, estão apenas 6 pontos à frente.

      Responder

    André Romero

    06 de setembro de 2018 às 16h54

    Neo, de fato, vou me surpreender se o Haddad não subir mais do que isso. Mas se haverá essa transferência ‘maciça’ de votos do Lula para ele, até agora isso não aconteceu.
    Você vai dizer que não, mas 80% da população mora nas grandes cidades do país e creio que a imensa maioria já sabe que Haddad é o candidato do Lula. E não vejo força na propaganda gratuita para mudar esse quadro.
    Portanto mantenho o que venho dizendo há semanas aqui: tenho muitas dúvidas de que esse movimento acontecerá a ponto de colocá-lo no 2o turno. O que estou vendo faltando um mês para o pleito é um Ciro na ascendente, e isso tem o potencial de provocar um efeito manada. Principalmente (como já já vai acontecer) quando o Ciro começar a tomar porretadas mais fortes da mídia marrom.

    Responder

J Sculder

05 de setembro de 2018 às 22h38

Caramba! A foto de Haddad não aparece na chamada do Estadão, mas também não aparece no Cafezinho. Tá feia mesmo a moral do PT. O PT precisa se definir logo.

Responder

CezarR

05 de setembro de 2018 às 22h21

Está estampado no antagonistas que Ciro é o grande temor do Mercado. Se a pesquisa for fake é porque relata a Marina muito alta e não o Hadadd muito baixo. Vamos PT, ainda dá tempo de fazer uma aliança a esquerda e liquidar a fatura no primeiro turno. A vitória do Lula está em sias próprias mãos!

Responder

    André Romero

    06 de setembro de 2018 às 02h12

    CezaR, meu amigo, há quanto tempo você me vê aqui falando que o candidato que apavora o mercado financeiro é o Ciro, segundo consta há tempos nos relatórios dos bancos?

    Responder

      CezarR

      06 de setembro de 2018 às 07h30

      Pois é. Eu e você sabemos disso, mas há um pessoal aqui que custa a entender.

      Responder

        Alan Cepile

        06 de setembro de 2018 às 10h01

        Quem ainda não entendeu, paciência, que fique sem entender.

        Agora é Ciro!

        Responder

Nelsonz

05 de setembro de 2018 às 22h16

Cara, com uma esquerda como vc o Brasil vai longe mesmo, nem reergue das cinzas do museu. Q governante pode sair deste pleito sob a sombra de Lula preso? Qual governante se sentirá seguro sabendo que não é e nunca foi a primeira opção? Qual governante não terá sobre si a sombra de ser acusado, condenado e preso do mesmo modo q Lula? A luta do PT e contra todos aqueles q naturalizaram a condenação e prisão de Lula. Aqueles q o fizeram continuarão com os instrumentos de chantelagem e pressão q hj tem. Teremos um presidente de mentira em uma democracia de mentira. E depois ? Vão esquecer Lula na cadeia? Por certo ou serão os próximos ou capitularao sob o cinismo nstitucional. Talvez por isto este sítio a serviço da direita mantenha um idiota útil como este brasileiro da Silva . A síntese da barbárie preconizada por Pulitzer de uma midiota!

Responder

    CezarR

    06 de setembro de 2018 às 07h35

    Meu amigo, a política asssim como a vida é a arte do possível, não do ideal. Com um presidente que queira botar o judiciário de volta ao seu papel, as chances do Lula sair aumentam.

    Responder

JOÃO BATISTA

05 de setembro de 2018 às 22h14

Ciro terá o reconhecimento e a oportunidade do povo para fazer as reformas que o país precisa, interrompendo a disputa pt/psdb, que tanto mal fez ao Brasil.

Responder

Alberto Franklin Pereira Ferraz

05 de setembro de 2018 às 21h55

Essa pesquisa não apresenta Haddad como candidato do Lula.

Responder

    Brasileiro da Silva

    05 de setembro de 2018 às 21h57

    Reclame ao PT. Afinal, foi o partido que definiu assim. “Andrade” como vice.

    Responder

    Alan Cepile

    06 de setembro de 2018 às 10h02

    Os petistas vão meter essa até a eleição de 2022.

    Responder

Felix Macedo

05 de setembro de 2018 às 21h54

Sei ?!
A Marina nao sobe. Sei.
Justamente a Marina nao sobe num cenario sem o Lula.
É um belo fake essa pesquisa. Lorota da grossa.
Em qual corrupçao a Marina está metida ?
Simplesmente mentirosa essa pesquisa. Nao acreditem.
Institutos de pesquisa ditos “serios” pela direita reaça ja manipularam pesquisas algumas vezes em cidades importantes como sao paulo, por que nao fariam isso novamente. Fakiosa essa pesquisa.
Ate acredito no haddad ter 4%, mas a Marina ter estacionado é 171.

Responder

    Brasileiro da Silva

    05 de setembro de 2018 às 22h04

    Vc fala daquelas pesquisas que garantiam o Haddad no 2º turno para a prefeitura e o Doria fora?

    Responder

    Baruch

    05 de setembro de 2018 às 22h18

    Por qual razão a Marina cresceria? Na última eleição foi da mesma maneira, chegou a 33% de intenções de votos e começou a cair assim que começaram os debates e programas eleitorais e debates, acabou com 21% dos votos, abaixo dos 24% que apontavam as últimas pesquisas com um empate técnico contra Aécio

    Responder

    CezarR

    05 de setembro de 2018 às 22h32

    E vc prefere a Marina???

    Responder

    JESSE OLIVEIRA GUIMARAES

    06 de setembro de 2018 às 00h53

    Na eleição passada a Marina estava tão bem nas pesquisas, que que o Agripino Maia sugeriu que o Aécio, apoiasse a Marina. O Aécio não topou e a Marina voltou para o seu leito natural.Já percebi que a Marina e boa de pesquisa.

    Responder

    Vitor

    06 de setembro de 2018 às 00h54

    Vc precisa aprender a interpretar uma tabela simples. Vergonha alheia, pqp…

    Responder

Baruch

05 de setembro de 2018 às 21h50

Haddad é o único, dentre os testados, que perde do Bolsonaro no segundo turno.

Responder

Marinaldo da Silva

05 de setembro de 2018 às 21h27

Cafezinho, cadê a foto do Haddad no ao lado dos outros candidatos? Omitir esse tipo de informação faz do trabalho da imprensa golpista. Sei que você não faz parte desse tipo de imprensa, mas é muito estranha sua omissão.

Responder

Guilherme

05 de setembro de 2018 às 21h26

Oi Miguel, prabéns pela matéria. Poderia me dizer a fonte da pesquisa que indica as intenções de segundo turno? Obrigado

Responder

devanir marchioli

05 de setembro de 2018 às 21h03

A pesquisa mostra o que para todos que pensam um pouquinho que seja, uma coisa evidente, Bolsonaro já esta no segundo turno, e que a estratégia do PT está totalmente equivocada, como se pode perceber, mesmo com crescimento de Haddad, dificilmente ele terá a transferência de votos para ir para ao menos ao segundo turno. Uma pena, Ciro com apoio do PT poderia vencer facilmente essa eleição, e a esquerda poderia continuar no poder. Do jeito que está, teremos que rezar muito para que Ciro possa vencer pelo menos no primeiro turno, caso contrário teremos que escolher entre Bolsonaro e Alkimim

Responder

RODRIGO

05 de setembro de 2018 às 20h59

E as simulações de segundo turno?

Responder

    devanir marchioli

    05 de setembro de 2018 às 21h04

    Nas simulações de segundo Turno esta ganhando de Haddad, Ciro e perde para Alkimim e Marina

    Responder

      Miguel do Rosário

      05 de setembro de 2018 às 21h09

      Não. Olha de novo o post. .

      Responder

      Brasileiro da Silva

      05 de setembro de 2018 às 21h09

      Perde de todos, só ganha do “Andrade”

      Responder

Deixe um comentário

Parlamentarismo x Semipresidencialismo: Qual a Diferença? Fernanda Montenegro e Gilberto Gil são Imortais na ABL: Diversidade Auxilio Brasil x Bolsa Família: O que mudou? As Refinarias da Petrobras À Venda pelo Governo Bolsonaro O Brasileiro se acha Rico ou Pobre?