Entrevista de Haddad ao SBT

O recado do professor Wanderley

Por Miguel do Rosário

06 de outubro de 2018 : 08h59

O professor Wanderley Guilherme dos Santos, um dos maiores cientistas políticos do país, explica em vídeo porque acredita que, diante das novas ameaças que a modernidade traz para o mundo do trabalho, Ciro Gomes representa um “pacto para o futuro”.

Wanderley Guilherme dos Santos explica a importância de Ciro

O professor Wanderley Guilherme, um dos principais cientistas políticos do país, nome legendário da esquerda brasileira, explica nesse vídeo porque Ciro Gomes representa um pacto para o futuro.

Publicado por O Cafezinho em Sexta, 5 de outubro de 2018

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

18 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Chauke Stephan Filho

10 de outubro de 2018 às 13h55

Miguel, sou militante da extrema-direita e leitor assíduo da sua interessante ciberteca. Gostaria de depositar R$ 100,00 na sua conta como modesta retribuição a seu trabalho de jornalista e analista político, com o qual tanto me deleito e me enriqueço intelectualmente. Você aceitaria o dinheiro de um neonazista?

Responder

Nostradamus ( banquinho & bacia )

08 de outubro de 2018 às 09h20

Esta balela de que a robótica e a tecnologia vai substituir o homem no mundo do trabalho eu já escuto há mais de 50 anos. Ainda precisamos e precisaremos sempre do homem para as funções do trabalho mesmo que seja auxiliado por tecnologias. E há tarefas que a robótica faz mas precisa ser operada enquanto outras tarefas o homem faz. Mesmo que surjam novas funções no trabalho humano determinadas tarefas que são feitas até milenarmente continuarão a ser executadas. O mundo virtual não pode num estalo de dedos mágico alterar a realidade tempo espaço sem a alavancagem de tarefas e serviços de ordem concreta. Isso é coisa do Aladim e sua Lâmpada Maravilhosa. Mas o mundo virtual pode esconder, ou tentar esconder, a existência daquelas tarefas. ( De quem plantou a grama que tratou o boi que produziu o bife que o digitador comeu… de quem limpou o banheiro… e assim vai… infinito número de tarefas que não aparecem, e não só primárias mas mais complexas como do médico e dentista etc.) Hoje em dia o mundo está cheio de pessoas que imaginam que resolvem tudo com um celular. Mas isso não é toda a verdade.

Responder

Claudio

08 de outubro de 2018 às 08h10

Too late. A fome de poder do PT, ao invés de apoiar Ciro , nos deu Bolsonaro! Partiu século XIX!

Responder

Izaias Almada

07 de outubro de 2018 às 08h55

É duro ter que ouvir determinadas “críticas” de pessoas como o professor. O governo Lula, mesmo com erros, acertou nas políticas sociais sim. E as fez dentro das possibilidades que tinha, tirando a fome de milhões de conterrâneos. Onde está o erro? Só na cabeça dos puristas. Ciro Gomes? Bobagem, é o machão da esquerda, seja lá o que isso signifique. Querem forçar a barra nas ultimas horas para contrapor o falastrão da esquerda contra o falastrão da direita.
Com essa estratégia de última hora vamos acabar dominados pelo fascismo caboclo e, claro, a culpa será sempre do PT e do Lula.
Essa é uma das características da esquerda brasileira: a culpa, o erro, é sempre do meu vizinho. E nessa caminhada vamos colecionado derrotas, umas atrás das outras.
A quem querem enganar esses críticos de pijama e chinelas?

Responder

Jandui Tupinambás

06 de outubro de 2018 às 17h11

Temer vai processá-lo de plágio. Pacto para o futuro nos lembra ….. a Ponte para o Futuro! Que beleza!!!! Eu que não vou me aventurar nesta ponte. Não chegaremos do lado de lá nem com poder de reza!

Que decadência….

Wanderley está parecendo um estudante mediano e arrogante de primeiro período

No prefácio de O Capital de 1873 F.E. já faz uma longa análise sobre tecnologia e desemprego. Acho que Wanderley está atrasado em mais de 150 anos!! Socorro!!!

Falou, falou e não apresentou nenhum argumento. Que projeto é este do PT que vai nos levar para o século de F. Engles? Que projeto é este do CIRO que vai nos levar para o futuro? O que distingue os dois que dariam este resultado tão discrepante de centenas de anos??

Só falar é fácil. A Ponte para o Futuro de Temer foi assim: blá blá blá e…. tibum!!!! A ponte caiu.

Lamentável esta decadência do ilustre professor que, pelo que vem escrevendo, deverá anular seu voto no segundo turno. Tomara que faça isto pois tenho receio de coisa pior…

Responder

    Adam Smith Comuna

    07 de outubro de 2018 às 02h57

    Para de ler 247 um dia para ler o livro do Ciro: “O próximo passo, uma alternativa prática ao neoliberalismo.”

    É curto, bem escrito e não necessita de conhecimento profundo em economia.

    Para dar exemplo curto de mudança: em 2015, sob efeito da crise dos commoddits, já vivíamos uma alta taxa de desemprego. A Dilma resolve sobrevalorizar o preço dos combustíveis para o brasileiro, que estava em queda no mercado internacional. Sobe preço de combustível tudo sobe criando a inflação. Desde 1995 o governo responde a inflação de uma única maneira: sobe taxa de juros. Esse tipo de resposta seria para uma inflação de demanda, como se tivesse excesso de dinheiro circulando. Com desemprego em 8,5% e subindo preço base é impossível você falar em inflação de demanda, a inflação é de preços. Com isso aperta o orçamento familiar, menos dinheiro circulando, comércios fechando e aumentando desemprego. Como consequência cai a arrecadação do governo. Dilma como “resposta” a queda de arrecadação começa a fazer cortes no orçamento, para cumprir com sua meta de inflação e pagamento de serviço da dívida, parando diversas obras e gerando mais crise: menos dinheiro circulando e mais desemprego que vai reduzir a arrecadação. É tratar o doente com veneno.

    Qual é a justificativa para fazer isso? É o discurso do Meirelles e todos os outros do Mercado: que é preciso pagar os juros para trazer confiança e investimentos. O que eles não explicam quando exibem os números extraordinários de dinheiro do exterior é que todo ele fica em fundos de investimentos, garantidos pelo governo e, em grande, sem tributação.

    Nenhuma grande potência tem essa prática, todos tem banco central trabalhando por pleno emprego. Esse é um dos pontos de mudança do Ciro!

    Responder

      Jandui Tupinambás

      08 de outubro de 2018 às 11h04

      e qual a novidade?

      Este erro de Dilma até Haddad já reconheceu.

      Antes, com commodities em alta, o PT conseguiu distribuir um pouco de renda. Se apoiou em exportação em alta escala e não se diversificou. As commodities caíram de preço, veio a crise e a direita aproveitou para dar o golpe. A distribuição não foi feita de forma efetiva, realmente. Não se taxou lucros, não se taxou bancos, etc.

      E daí? Reconhecido o erro. Compara-se agora programa de governo de ambos os candidatos.

      Onde se encontra esta diferença absurda que Wanderley vomitou e não mostrou/? Nem ele nem você. Argumentar que, se não fez antes não o fará agora é uma bela desonestidade. O contexto é outro. Hoje a grana que existe não se encontra mais no comércio exterior. A grana está aqui, bem concentrada à espera de taxação por um governo realmente de esquerda. E confio mais em um partido do porte do PT para fazer isto do que em um único homem que nunca é de um partido; sempre ESTÁ em um partido.

      É só paixão e rancor nesta análise tosca de Wanderley..

      Agora, ou lutamos com todas as forças contra o fascismo, ou você vai ficar a vida toda culpando o PT por um desastre de consequências sociais assustadoras e relaxar feliz com a consciência tranquila de quem um dia disse: “eu avisei, eu tinha razão”.

      Responder

Adam Smith Comuna

06 de outubro de 2018 às 13h23

Aliás, a fala do Wanderley Guilherme sobre o projeto do PT é a mesma crítica que fez Chomsky. Persistir neste projeto é um erro!

Responder

Adam Smith Comuna

06 de outubro de 2018 às 13h16

Professor Mangabeira Unger e Wanderley Guilherme, grandes nomes da intelectualidade brasileira.

Não vejo nenhum grande intelectual defendendo Haddad. Vejo o PT se aproveitando de alguns que defenderam seu direito de se candidatar como se fosse apoio.

Responder

CezarR

06 de outubro de 2018 às 11h23

Putz é exatamente o que eu estava dizendo a alguns colegas indecisos outro dia. Penso eu que o Ciro é a última oportunidade de um modelo estruturante.Trabalho na indústria do petróleo e lá se discute muito abertamente o que acontecerá conosco diante das novas tecnologias. Inteligência artificial, impressoras 3d, e novos materiais que trarão um impacto fulminante sobre o trabalho, já no início da próxima década que se avizinha. Empregos sem densidade intelectual vão desaparecer e temos milhões de brasileiros sem educação. O PT adia o problema a um custo altíssimo, Bolsonaro nos transformará numa imensa favela!

Responder

maria ligia da Feminino costa

06 de outubro de 2018 às 10h51

que papinho furado esse!

Responder

Lafaiete de Souza Spínola

06 de outubro de 2018 às 10h49

Fiz, apenas, uma explicação sobre o nosso problema tecnológico e a necessidade de investir na educação, assim:
https://www.facebook.com/LafaieteDeSouzaSpinola/posts/536024086555004

Responder

Lafaiete de Souza Spínola

06 de outubro de 2018 às 10h44

Se a minha reclamação foi publicada, por que não o comentário?
Considero estranho, pois não escrevi nada impublicável!
Não mencionei políticos!

Responder

    Adam Smith Comuna

    06 de outubro de 2018 às 13h29

    O site tem um mecanismo anti-spam automático. Quase sempre que faço um comentário grande ele trava nesse bloqueio. O Miguel não tem um grande número de funcionários gerindo o site, ele e outros colunistas que desbloqueiam os comentários. Fique tranquilo que em breve seu texto, bem escrito, será publicado.

    Responder

Renato

06 de outubro de 2018 às 10h42

O que será que esse velhaco moribundo tem a dizer ?

Responder

    JOÃO BATISTA

    06 de outubro de 2018 às 10h52

    Ciro 12!

    Responder

Lafaiete de Souza Spínola

06 de outubro de 2018 às 10h39

Tive o trabalho de escrever um comentário e meu tempo foi perdido!
Não escrevi nada impublicável.
Como mudar o Brasil, assim?
Lamentável!

Responder

Lafaiete de Souza Spínola

06 de outubro de 2018 às 10h31

O futuro do Brasil passa por um alto investimento na educação básica.
Como chegar à era da Indústria 4.0, altamente sofisticada, automatizada, robotizada, sem uma tecnologia avançada? Continuaremos sendo um país fornecedor de matérias primas com o preço das comodities determinados pelos países industrializados.
Não se esqueçam que a produção não alcançará a mesma progressão geométrica dos semicondutores que permitiram essa automatização. Os produtos terão seu preços manipulados pelos detentores da tecnologia, cada vez mais monopolizada. Parte dessa população privilegiada, na faixa dos 40 anos, deve ter passado pela experiência, quando montavam seus computadores: Vez ou outra as memórias triplicavam de preço. Corria o falso boato de que uma fábrica, na Ásia sofreu um acidente. Muitos conseguiam e conseguem acreditar nessas informações! Vivemos num sistema onde o lucro necessita ser otimizado! O objetivo não é ter uma sociedade mais justa! Usam de intervenções, diminuem a escala da produção e aumentam o preço. Não se deve esperar que o objetivo seja melhorar a vida do povo, o desenvolvimento das nações. A meta é maximizar os lucros!

Se não estabelecermos essa prioridade, nosso destino será continuarmos como hoje ou pior: Um país construído para 5% da população, onde essa pequena parcela da sociedade terá que apelar para títeres como agora, em busca de segurança, numa tentativa inglória de manter os privilégios obtidos não terá um futuro promissor!
Lutemos por isso, sem maquiagem:
https://www.facebook.com/LafaieteDeSouzaSpinola/posts/536024086555004

Responder

Deixe uma resposta

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com