A audiência pública sobre a reforma tributária

Lava-Jato: a maior organização criminosa da história do Judiciário brasileiro?

Por Rogerio Dultra

09 de junho de 2019 : 21h43

Por Rogerio Dultra dos Santos

Em 1958, na Copa do Mundo da Suécia, o técnico da Seleção Brasileira de futebol Vicente Feola teria orientado o gênio Garrincha para, no jogo contra a Russia, levar a bola do meio do campo até a marca do pênalti e cruzar para gol. Garrincha teria dito:  – Tá legal, mas o senhor já combinou isso com os russos?

A mais famosa anedota do futebol brasileiro deu origem ao apelido que o então Juiz Sérgio Moro recebeu dos seus aparentes comparsas do Ministério Público Federal, na famigerada “Operação” Lava-Jato: o “Russo”.

Claro. Segundo conversas no aplicativo Telegram – vazadas pelo Intercept na noite deste domingo –,  Dallagnol, o Procurador responsável pela condução das acusações, combinava com o “Russo”, o juiz da causa, o que e quando fazer, no que pode se tornar o maior escândalo de corrupção da história do Judiciário Brasileiro.

O hoje Ministro da Justiça e da Segurança Pública Sérgio Moro, o “Russo”, supostamente comandava pelo aplicativo de mensagens criptografadas (tecnologia ironicamente de origem russa) a estratégia da acusação diretamente com os Procuradores da “Operação”. Além de ser inconstitucional a confusão entre acusação, investigação e juízo, a participação de juiz em atividades investigativas é vedada expressamente pela legislação. E o conluio expresso entre Procuradores e Juiz da causa, se provado, é crime e enseja exonerações e condenações criminais.

Mas o caso pode tomar contornos ainda mais graves. Segundo o Intercept, as reportagens deste domingo são apenas a ponta do iceberg de uma série de investigações jornalísticas a serem desenvolvidas a partir de farto e inédito arquivo contendo “mensagens privadas, gravações em áudio, vídeos, fotos, documentos judiciais e outros itens” trocados entre procuradores e juiz.

As mensagens publicadas não somente são absolutamente críveis e apresentadas no seu contexto temporal em consonância com decisões estratégicas nos processos, como ainda no domingo, às 20:08, os próprios procuradores vítimas do vazamento confirmaram em nota que as mensagens são de fato oriundas de seus celulares.

Não é remota a possibilidade de que o atual Ministro Moro sinta o golpe e tente uma solução desesperada, tipo o clássico e conhecido “empastelamento” do jornal ou a perseguição dos jornalistas envolvidos na matéria. Seria passar em cartório o fato já comprovado de seu comprometimento político quando, ainda juiz e antes de terminar a campanha presidencial de 2018, aceitou o cargo de Ministro.

As instituições políticas brasileiras, especialmente o Poder Judiciário, estão hoje diante de um dilema que carrega o futuro de sua legitimidade e credibilidade. Será que todo o judiciário funciona como levam a crer as conversas vazadas? Se não, será que os órgãos de controle permitirão a continuidade operacional dessa “banda podre”?

Se a Procuradoria Geral da República deixar passar em branco as provas que aparentemente se avolumam na série de reportagens produzida pelo Intercept, e não abrir investigação contra os procuradores, delegados e juízo de Curitiba – e mesmo contra a Turma do TRF4 que pode ter igualmente atuado em jogral com a Lava-Jato – estará em conluio político com o escândalo. Até para que os envolvidos possam se defender, e esperando que se garanta a presunção de inocência de todos os cidadãos ainda por citar nas reportagens do Intercept, é necessária, imperiosa, uma investigação.

No mesmo sentido, se a habitual leniência do Conselho Nacional de Justiça – e do Conselho Nacional do Ministério Público – perdurar mesmo após o escandaloso vazamento de conversas que indicam a possibilidade de existência de um sem número de crimes do então Juiz Sérgio Moro e dos procuradores do Ministério Público Federal que compunham a “Operação” Lava-Jato entre 2015 e 2017 é porque as instituições do país realmente não servem mais para nada.

A gravidade da denúncia é tão superlativa que o caminho mais acertado seria a abertura imediata de uma Comissão Parlamentar de Inquérito no Congresso Nacional.

Se nada for feito por nenhuma dessas instituições aí não se trataria de apenas uma “banda podre” do Judiciário, mas na corrupção total do poder republicano.

Não sabemos ainda se, depois de 2017, os Procuradores do MPF do Paraná continuaram nessa espécie de jogral delitivo com a nova juíza da causa – que já confessou ter copiado e colado textos e textos da decisão de seu antecessor, hoje ministro. Também não sabemos se o mesmo expediente supostamente utilizado por Sérgio Moro com os Procuradores da Lava-Jato foi usado com algum Desembargador do TRF4.

Ou seja, o escândalo pode ser bem maior e atingir, eventualmente, as cortes superiores.

Nada, diga-se de passagem, que não se pudesse adiantar dados os sinais explícitos de condução política dos processos de Curitiba. Nada que não pudesse ser deduzido pelo afã punitivo que levou a “Operação” de Curitiba a provocar a falência de dezenas de empresas de construção civil – algumas das maiores do mundo, sediadas no Brasil –, aumentando sensivelmente as taxas de desemprego e diminuindo de forma palpável a economia, as exportações e a produção industrial do país.

A “Operação” Lava-Jato, desde sempre inconstitucional, parece revelar hoje a sua faceta verdadeiramente criminosa. Atingiu não somente a economia do país, mas fragilizou as nossas instituições democráticas a ponto de muitos não acreditarem mais estarmos vivando em uma democracia, num Estado Democrático e constitucional de Direito.

Se assim for, e se os fatos hoje revelados não produzirem movimento consistente das instituições ainda de pé; aí, finalmente, será dado de fato o aval para que o presidente eleito – eleito por conta do trabalho aparentemente criminoso da própria “Operação” Lava-Jato – realize a contenção de despesas final: declare extintos os demais Poderes da República, e passe a governar por decretos redigidos pelo seu Ministro da Justiça e Segurança Pública.

Lembre-se que em 1958, mesmo sem combinar com os russos, o Brasil ganhou pela primeira vez uma Copa do Mundo. Hoje, 61 anos depois, mesmo combinando com o “Russo”, o MPF brasileiro deu a maior bola fora da história do Judiciário e transforma-se a olhos vistos, em mais uma vergonha nacional. Oxalá não leve todo o país junto com ele.

Rogerio Dultra

Professor do Departamento de Direito Público da Universidade Federal Fluminense (UFF), do Programa de Pós-Graduação stricto sensu em Justiça Administrativa (PPGJA-UFF), pesquisador Vinculado ao INCT/INEAC da UFF e Avaliador ad hoc da CAPES na Área do Direito.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

167 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Almanakut Brasil

11 de junho de 2019 às 13h43

Mídia suja do PT, a maior organização criminosa da imprensa paralela do Brasil.

O ressarcimento aos cofres públicos está sendo levantado, com a inclusão de prisões.

Responder

LUPE

10 de junho de 2019 às 22h03

Caro Miguel do Rosário

Olha a quantidade de bandidos a serviço de nossos inimigos, pagos em dólares, você deixa entrar no seu site.

Achincalhando , desviando raciocínios , diluindo o conteúdo, não fazendo as pessoas raciocinarem sobre a gravidade do post que você publicou.

Tirando a seriedade da matéria.

Onde está a seriedade do site, MdoR?

Responder

Fernando Collor

10 de junho de 2019 às 20h14

Deltan, Moro, se quiserem dar um tempo lá na casa da Dinda, as portas estão abertas.

Responder

Francisco

10 de junho de 2019 às 18h38

O mais divertido no escândalo ‘Lava Moro’ é apreciar Ciro, seu estafe e a nova safra de discípulos, vivenciando o filme: “A Escolha de Sofistas”.

Sabem que irão perder na escolha, pouco importando qual, pois uma determina a perda da outra ao correr do tempo.

Se dilema pra Sofia, imagine para sofistas e, pior, para o sofista sol com o estafe testemunhando a falácia.

Haja ansiolítico…

Responder

    Miramar

    10 de junho de 2019 às 18h43

    O problema de vocês é não se dar conta que uma pessoa pode ser critica da Lava Jato, ser contra Bolsonaro e ser contra o PT ao mesmo tempo. Onde está o sofisma nisso?

    Responder

Guimarães Roberto

10 de junho de 2019 às 18h34

Se uma nova eleição for realizada espero que seja com a utilização de cédulas de papel. O tempo de apuração é menos importante que a confiabilidade do pleito. A urna eletrônica já provou ser adulterável ou corrupta.

Responder

Paulo Rogério

10 de junho de 2019 às 18h33

A cara de choro do Datena é impagável. Nunca gostei do sujeito, mas resolvi perder um tempo hoje para vê-lo passar pano para o Moro. hahahahahahaha

Quer dizer que o melhor argumento dos canalhas é que as gravações foram ilegais??? Sério??? Mas, e o pacote defendido pelo Dallagnol não era a favor de validar provas ilegais? E o grampo ilegal na Presidência da Republica, que divulgou conversas privadas, de foro íntimo, e não revelavam crime nenhum?! Ora, as gravações divulgadas pelo Intercept revelam um conluio obsceno de ações políticas por membros do judiciário. Isso sim! é de TOTAL interesse público!!!

Responder

Jura

10 de junho de 2019 às 18h32

Alguem ai esperando que estes irresponsáveis e megalomaníacos tenham o mínimo de responsabilidade? Foi golpe com parte do judiciário e com tudo.

A guerra híbrida e os profissionais da mentira corporativa transformaram este pais em uma pandemonia.

Moro hackeou sua ascenção ao ministerio da justiça para chegar ao supremo com ajuda da farsajato. Isso sim é que é ser “hacker”.

brazil neocolonia, um pais de tolos.

Responder

DD

10 de junho de 2019 às 18h28

Temos maioria em todas as casas, não temam.

Responder

    Romero Jucá

    10 de junho de 2019 às 18h37

    Mas qual parte do “com supremo, com tudo” eles ainda não entenderam??? kkk

    Responder

Paulo

10 de junho de 2019 às 18h25

A não ser que haja provas mais contundentes (podem vazar informações em conta-gotas), se for só o que há, não vejo motivos para Moro e o MP se preocuparem…como eu escrevi ontem: vamos aguardar!

Responder

    Justiceiro

    10 de junho de 2019 às 18h33

    “Falarão que estamos acusando com base em notícia de jornal e indícios frágeis… então é um item que é bom que esteja bem amarrado. Fora esse item, até agora tenho receio da ligação entre petrobras e o enriquecimento, e depois que me falaram to (sic) com receio da história do apto… São pontos em que temos que ter as respostas ajustadas e na ponta da língua”

    Faltam provas mais contundentes sim…

    Quem com vazamento fere, com vazamento será ferido! rs

    Responder

      Justiceiro

      10 de junho de 2019 às 18h41

      Cria vergonha petista safado. Canalha. Que coisa mais rasteira clonar os outros…

      Então você me imagina em cima da costa da sua mulher comendo a bunda dela?

      Não quero. Essa rameira dá pra todo mundo no sindicato, e até pro pessoal do MST.

      Responder

Justiceiro

10 de junho de 2019 às 18h06

E o petista que adora clonar nick está na ativa. Está clonando a mim e a outros comentaristas, como a Viviane.

O que esperar de um petista a não ser isso? São baixo, vermes, canalhas…é esse tipo de gente que diz que Lula é inocente.

Vai ver que esse cara que me clona, deve também me imaginar comendo a bunda da mulher dele.

É ESSE TIPO DE GENTE QUE DEFENDE LULA.

Responder

darcy

10 de junho de 2019 às 17h38

A grande manobra, leia-se golpe, ficou desnudada quando Moro sem nenhum pudor abriu mão de sua toga para se tornar ministro, fato que sempre ele negou quando juiz todo poderoso da Lava-Jato. Agora resta saber quem vai julgar quem se todos são corruptos, farinha do mesmo saco. O STF totalmente submisso aos militares e por tradição dizendo amém aos poderoso deve por essa tradição desde o golpe de 64 continuar omisso. Ainda resta a possibilidade como golpe de misericórdia (ou desespero), o bozo virar a mesa,fechar o congresso e governar com os militares. Esse preenchimento de pontos chaves no seu governo não seria um prenúncio?

Responder

Zé Maconha

10 de junho de 2019 às 16h39

Nas próximas horas uma nova bateria de conversas gravadas será publicada.
Isso foi apenas a ponta do iceberg.
Moro , visivelmente abalado fugiu de uma coletiva de imprensa.
Hoje a democracia volta a ser estabelecida , o próximo passo é anular as eleições e convocar eleições diretas com a participação de Lula imediatamente.
Veremos agora de que lado Ciro e Miguel do Rosário realmente estão.

Responder

    Miramar

    10 de junho de 2019 às 16h46

    Concordo com você até o ponto de anular as eleições.
    A CPI da lava jato é uma necessidade e uma questão de tempo.
    Mas anular as eleições é um absurdo. O PT aceitou jogar o jogo e lançar seus candidatos.
    Até o Lula concorda com isso.

    Responder

      Nostradamus

      10 de junho de 2019 às 17h10

      Raciocínio um tanto que criançola bobinha… Pimenta no dos outros é refresco né ? Abobado da p !

      Responder

        Miramar

        10 de junho de 2019 às 18h35

        O camarada assiba como Nosteadamus e o criança sou eu…interessante!

        Responder

          Miramar

          10 de junho de 2019 às 18h36

          assina

      Zé Maconha

      10 de junho de 2019 às 17h11

      Não importa o que Lula ou o PT pensam.
      Defendo o direito de todos os brasileiros de poder votar numa eleição justa e imparcial.
      O crime de Moro foi contra todos nós , incluindo eleitores de Cirou e da direita.
      Bolsonaro foi beneficiado pelos crimes de Moro , ele é um presidente ilegítimo até que derrote Lula nas urnas.
      Isso para não falar na fakada e nas fakenews.

      Responder

        Viviane

        10 de junho de 2019 às 17h20

        Anular? Com o apoio de quem???

        Maioria que a direita golpista tem: todo o judiciário incluindo os TRF’s, STJ e STF, câmara, senado, PF, MPE’s, MPF, bancos, mega empresários, governadores, assembleias legislativas estaduais…..

        Maioria que a centro-esquerda tem: nada.

        Responder

        Zé Maconha

        10 de junho de 2019 às 17h55

        Pensando bme eu acho que todos votamos numa eleição justa e imparcial, afinal Lula teve o direito de colocar um poste , como já havia feito com Dilma, em seu lugar. Quem não se lembra do Lula é Haddad , Haddad é Lula. Se Haddad é Lula , então Lula, mesmo sendo corrupto e ladrão, disputou as eleições. Nofa, como sou idiota. Deve se a maconha que está derretendo meus poucos neurônios.

        Responder

        Miramar

        10 de junho de 2019 às 18h40

        Concordo com você, de novo, em parte.
        Realmente o crina de Moro foi contra todos os eleitores.
        Pode-se argumentar em favor da anulação das condenações da Lava Jato. Mas anular a eleição agora também seria ilegal.
        Dois erros não fazem um acerto.

        Responder

          Miramar

          10 de junho de 2019 às 18h45

          crime

    Carlos Marighella

    10 de junho de 2019 às 17h13

    Ciro e Miguel estarão do lado que sempre estiveram, que é o lado oposto aos que se mancomunaram com figuras nefastas da política nacional durante 14 anos.

    Simples assim.

    Responder

    marco

    10 de junho de 2019 às 21h19

    Quem legitimou essas eleições foi o “Andrade”.
    Bastava manter a candidatura Lula para colocar sob suspeita as eleições.
    O Pt preferiu perder para o Bozo, como todas as pesquisas apontavam.

    Responder

Ioiô de Iaiá

10 de junho de 2019 às 16h31

Legislação direta

Artigo 564 do Decreto Lei nº 3.689 de 03 de Outubro de 1941
Art. 564. A nulidade ocorrerá nos seguintes casos:
I – por incompetência, suspeição ou suborno do juiz;

Responder

    Ioiô de Iaiá

    10 de junho de 2019 às 16h40

    Se bem que com esse artigo a gente pode tentar enquadrar só o Moro. Para Lewandowisk, Tóffoli e Favreto esse artigo não vale .

    Responder

degas

10 de junho de 2019 às 16h14

Eu apoiava o “bandido bom é bandido morto” do mito, mas agora já não tá dando né.

Responder

    degas

    10 de junho de 2019 às 16h42

    Apesar de que se eu , realmente , apoiasse o lema “bandido bom é bandido morto” não haveria um único político petista vivo ! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Responder

    degas

    10 de junho de 2019 às 18h08

    hehe, ganhei um admirador que usa meu nome.

    Bem, dizem que o auge da glória é alguém querer ser você.

    Responder

RICARDO

10 de junho de 2019 às 16h07

Nao vai dar em nada isso, e o deus lula sera condenado por outros juizes nos outros processos que tao rolando!!
Os petebas sabem que alegria de petista dura pouco!!
So um burro, muito asno pra achar que um ex sindicalista e politico com mais de 40 anos de correria nao iria se corromper !!
Esse sera meu unico comentario se aparecer outro e clonaldo, pago em moeda venezuelana, pelos corrompidos bolivarianos lesadores da patria em favor do partido
dos traidores!!

Responder

    Paulo José

    10 de junho de 2019 às 16h23

    O fato de ser sindicalista, político de 40 anos não quer dizer absolutamente nada quanto à roubalheira. Pelo seu comentário é possível perceber que seus princípios morais se pautam na idade e na origem de quem está sendo julgado. E pelo que disse, vc estaria sujeito a roubar, caso tivesse oportunidade.
    Não meça os outros com sua régua!
    há gente honesta no mundo.

    Responder

Justiceiro

10 de junho de 2019 às 15h45

Moro e DD deveriam ser presos e torturados até a morte.

Responder

Robert Roal

10 de junho de 2019 às 15h36

“LAVA-JATO: A MAIOR ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA DA HISTÓRIA DO JUDICIÁRIO BRASILEIRO?”

SIM! UM SIM ROTUNDO!

E todos aqueles que não assumem claramente postura a favor da imediata liberdade do Lula é cúmplice da OCRIM, inimigo da democracia brasileira e dos direitos humanos de toda uma população de 220 milhões de pessoas, vítimas potenciais dessa sanha de justiceiros, bandidos fraudadores da soberania popular quanto à liberdade de escolha de representantes. O resto é conversa fiada e tergiversação politiqueira com fins inconfessáveis.

LULA LIVRE, JÁ!

CAMARILHA DE CURITIBA NA CADEIA!

FORA BOZO, ELEIÇÕES DIRETAS!

Responder

    Miramar

    10 de junho de 2019 às 15h58

    Lula é um defunto eleitoral injustamente preso, mas ainda assim um defunto.
    É o máximo que posso fazer por você.

    Responder

      Robert Roal

      10 de junho de 2019 às 16h56

      Sei que isso é o que você e o seu líder queriam, mas deixa o Jararaca sair da cadeia para tu ver a Geripoca piar bonito no seu quintal.

      Responder

        Miramar

        10 de junho de 2019 às 18h51

        Sinto informar, mas a rejeição ao nome de Lula atualmente supera a rejeição.

        Responder

Robert Roal

10 de junho de 2019 às 15h16

Gostaria de responder ao Degas, quando ele alega que a Viviane mente quanto à separação entre o judiciário e o MP que ela afirma estar presente na constituição. Ora, o artigo 2º da constituição prevê a separação harmônica, porém INDEPENDENTE dos poderes. E o caso é que o artigo 92º, que define quais são os órgão que fazem parte do poder judiciário, não inclui o Ministério Público. No mais, até as pedras sabem que, no caso, o papel do MP é o de atuar como acusador e o do juiz o de julgar com isenção. O Degas acha normal, mas não se imagina um advogado de defesa, no mesmo pé de igualdade do “advogado” de acusação, tramando estratégias com um juiz. Achar que está tudo bem, que tudo é normal, me desculpe, beira a má fé.

Responder

    CezarR

    10 de junho de 2019 às 15h23

    Esse Degas está óbviamente falando do que não sabe ou pior, tentando confundir. MP É PARTE! Como parte, não pode trocar figurinhas com o Juiz. Seria o mesmo se o Zanin trocasse ideias sobre estratégia com o Moro!

    Responder

      degas

      10 de junho de 2019 às 15h41

      No sistema legal brasileiro, o MP pode sim conversar com o juiz. Aqui não existe, como em outros países, a separação entre o juiz de instrução e o que o julgará o processo ao final. O que não pode, óbvio, é o juiz dizer o que o cara deve fazer para ele condenar o réu (ou absolver, se a conversa for com a defesa).

      Por isso, a pergunta que nenhum petista responde:

      Em que trecho das conversas o Moro faz isso?

      Não tem. Não tem nada.

      Responder

        Paulo José

        10 de junho de 2019 às 16h27

        Degas, não foi isso o que os maiores juristas do país escreveram (https://www.conversaafiada.com.br/politica/comparato-e-centenas-de-intelectuais-exigem-fora-moro).
        Acredito que o Moro não deve ser preso preventivamente. Deve sim ter direito de defesa e um julgamento justo e imparcial.

        Responder

          degas

          10 de junho de 2019 às 18h06

          Carol Proner, o gordão do braço tatuado… já sei quem são, todo mundo conhece os “juristas” que assinam os manifestos do PT.

        CezarR

        10 de junho de 2019 às 16h35

        O que tem a ver separação entre juiz da instrução e juiz do julgamento com conversa entre juiz e promotor? Claro que juiz e promotor podem conversar, assim como juiz pode conversar com advogado, o que não pode é ficar traçando estratégias com nenhuma das PARTES. VocÊ não tem a menor ideia do que está dizendo ou está de má-fé.

        Responder

          degas

          10 de junho de 2019 às 18h03

          Em primeiro lugar, eu respondi aos que diziam que o promotor não pode falar com o juiz.
          Era o primeiro ponto a esclarecer.

          Acertado isso, não há nada de escuso nas conversas reveladas pelo hacker (ou inventadas pelo site que as publicou). Me cite um diálogo que comprove um complô. Não existe.

        Robert Roal

        10 de junho de 2019 às 16h54

        Em vários pontos, Degas, deixe de basófioas, você perdeu meu caro. Não passe mais vergonha. Te dou um conselho de amigo, saia para tomar um porre com os seus correligionários e volte para casa de Uber, para não fazer besteira. Tchauzinho!

        Responder

Ioiô de Iaiá

10 de junho de 2019 às 15h05

O silêncio da Globo sobre essa organização criminosa de Curitiba é ensurdecedor.

Responder

Ioiô de Iaiá

10 de junho de 2019 às 15h04

Só no Brasil: o #MoroCriminoso é o ministro da Justiça.

Responder

Paulo André

10 de junho de 2019 às 15h01

A TROCA É SIMPLES:

LULA -> LIVRE

MORO – PREEEEEEEEEESO!!!!!

Responder

    Sócrates

    10 de junho de 2019 às 16h41

    Isso mesmo. O Conspirador de Curitiba provando do seu próprio veneno:
    1. Vazamentos seletivos (agora há vazamentos contra ele);
    2. Quando ele vazou cri-mi-no-sa-men-te o áudio da Presidenta, disse q o importante era o q tinha sido dito na conversa entra DILMA e LULA (agora isso serve p/ ele também);
    3. Entre tantas provas de perseguição, uma é crucial: TORO grampeou cri-mi-no-sa-men-te o escritório de DEFESA de LULA. A operadora avisou, ele ignorou, depois disse q pensava q o telefone grampeado era do Instituto LULA. Muito cinismo;
    LULA foi vítima de CONDUÇÃO COERCITIVA; Teve escritório de Defesa grampeado; Divulgação de conversas PESSOAIS de Dona Marisa e filhos VAZADAS, coisa q não tinha a ver com as investigações; Negado por TORO dois pedidos perícia nas obras do tal TRÍPLEX DO GUARUJÁ p/ ver realmente se houve reforma ou não; Enfim, são uma dúzia ou mais de arbitrariedades q mostram CLA-RA-MEN-TE a CONS-PI-RA-ÇÃO PO-LÍ-TI-CA contra o PT, DILMA e LULA.
    CAIU A MÁSCARA!!!!

    Responder

Zé Maconha

10 de junho de 2019 às 14h57

Tem um trecho de uma música do Metallica que resume a situação de Moro.
Say goodbye to the world you live in.
You allways been taking , but now you’ re giving.

Responder

Robert Roal

10 de junho de 2019 às 14h36

E o Ciro Gomes? Já está de malas prontas para Paris, novamente?

Responder

    Petistóide

    10 de junho de 2019 às 15h37

    Não, ele é inocente, mas pediu pra ser preso pq, vc sabe, ele não quer fugir kk

    Responder

      Justiceiro

      10 de junho de 2019 às 15h43

      Poh ninguém tá dando importância para as merdas que escrevo, já criei um monte de nicks e só estão me zuando. mimimimimi

      Responder

Andreas

10 de junho de 2019 às 13h54

Fascismo institucionalizado.

Responder

    Andreas

    10 de junho de 2019 às 17h58

    A corrupção , durante o governo do Petê, tenho que reconhecer , também foi institucionalizada !

    Responder

LUPE

10 de junho de 2019 às 13h40

Alguma dúvida
que formam uma quadrilha
para facilitar a entrega de nossas riquezas
(petróleo do pré sal por Temer Mishell
que eles botaram no Poder
com a Farsa Lava Jato e o Golpe,
encoberta de contratos escabrosos, por elementos idem, etc.).

Só que a Grande Mídia
faz parte desta quadrilhe
e os encoberta,
esconde seus crimes,
protege,
e até os promove….

Tudo a serviço dos superpoderosos,
principalmente os superpoderosos estrangeiros,
que cobiçam
(e levam a preço de quase nada)
as nossas riquezas…………..

Coisas da TIA…………………

Responder

Renato

10 de junho de 2019 às 13h15

Dallagnol e Moro pisaram na bola, não é assim que se faz justiça, sendo tão sujos quanto os acusados.

Responder

    LUPE

    10 de junho de 2019 às 15h13

    Caro Renato “comentarista” pago em dólares,
    formado em linguagem subliminar
    no Instituto mantido pelos nossos inimigos
    no Rio de Janeiro.

    “sendo tão sujos quanto os acusados.”

    Que acusados?
    O Ah é sim bandidaço não foi acusado de nada ,
    pela quadrilha em pauta…………….

    Outros bandidos “comentaristas” a serviço de nossos inimigos,
    pagos em dólares para virem ao Cafezinho
    desvirtuar as matérias contidas nos posts,
    confundir, achincalhar,
    desviar a atenção e o raciocínio
    sobre a gravidade da denúncia contida no post,

    e manter aceso o ódio ao petismo.

    (a quadrilha de “comentaristas” compareceu em peso, dada a gravidade deste post)

    >>>> * Degas
    >>> * Cezar R
    >>> Batista
    >>> João Ferreira Bastos
    >>> * Justiceiro
    >>> José Ribamar Dourado
    >>> Admar
    >>> João do Amor Divino
    >>> Marcio
    >>>> Marco
    >> * Brasileiro da Silva
    >>> * Rodrigo
    >>> Viviane
    >>> * Paulo

    * >>> “comentaristas” mais manjados no Cafezinho

    Responder

      Viviane

      10 de junho de 2019 às 15h40

      Essa lista se resume a 3 pessoas com todos esses nomes diferentes, eu mesmo sou um desses.

      Responder

      Miramar

      10 de junho de 2019 às 15h56

      Lupe, você se esqueceu de me incluir na lista!
      Estou magoado com você…

      Responder

        LUPE

        10 de junho de 2019 às 17h48

        Caro Miramar

        São tantos nomes na quadrilha de traidores da pátria que vem ao Cafezinho trabalhando para nossos inimigos que acabo passando por cima.

        Mas………………………… teja incluído! ! ! ! !

        Responder

          Miramar

          10 de junho de 2019 às 18h47

          Agora sim! Obrigado!

degas

10 de junho de 2019 às 13h09

Como já foi dito, em outros países existe um juiz de instrução e outro que julga o caso. Mas no sistema brasileiro o juiz é o mesmo e os procuradores normalmente trocam informações com ele durante a fase de instrução.

Supondo que as conversas divulgadas pela marida americana da Davi Miranda realmente existiram, quem quer ver alguma coisa de anormal nelas deve dizer em que trecho específico há algo que configure uma armação contra o deusterrenopetralha. NÃO HÁ NADA.

Responder

    Viviane

    10 de junho de 2019 às 13h12

    Consta na constituição que MP e juiz não podem ter contato. Moro é um corrupto, um transgressor de regras nato, um coxinha dissimulado.

    Responder

      degas

      10 de junho de 2019 às 14h47

      Cite o artigo da Constituição.

      Isso é mentira.

      Responder

        degas

        10 de junho de 2019 às 15h43

        Ah, vc tem razão, já vi aqui, desculpe.

        Responder

          degas

          10 de junho de 2019 às 18h09

          hehe, fala aí falso Degas.
          Qual é o artigo?

    CezarR

    10 de junho de 2019 às 13h39

    Conversa fiada! Juiz não investiga, juiz não troca figurinhas com a parte, juiz age apenas por impulso oficial e não ex officio. Você está trocando bolas e se confundindo, ou tentando confundir!

    Responder

    Alexandre Neres

    10 de junho de 2019 às 13h53

    Putz, esse degas não passa de mais um dos moralistas sem moral. De guardião da moral e dos bons costumes pra isso? Tem que baixar o nível pra fazer um ataque ad hominem ao Glenn repleto de homofobia. E o raciocínio tosco de querer justificar o injustificável por meio de uma alegação estapafúrdia de que aqui não há juiz de instrução e portanto não teria problema algum no caso vertente em jogar nas duas pontas, quando a liga de justiça formada por juiz, procuradores e delegados salta aos olhos, um orientando e exercendo o papel do outro à revelia do ordenamento jurídico pátrio, deixando evidente o que tanto quiseram esconder?

    Responder

Batista

10 de junho de 2019 às 12h15

E continua o desmanche do Cafezinho, agora até ‘clonador diarreico’ é facilitado para aspergir fezes no dito.

Três…Dois…Um… e lá vem o Pascácio, clonar e aspergir merda para ajudar a desmoralizar o Cafezinho ainda mais, através do bodum continuado expelido pelo que acha inteligente tapar o sol da vaza jato, pelando a dita, com a furada peneira da moralidade perdida.

Responder

Garibaldi

10 de junho de 2019 às 11h37

O desmantelamento desse grupo será uma das mais importantes notícias para o país. Espero que isso aconteça. Agora se poderá provar o que todos os cidadãos melhor informados já sabiam. Agora só falta que saiam os milicianos do poder.

Responder

    Garibaldi

    10 de junho de 2019 às 11h56

    Admito que o desmantelamento desse grupo será uma das notícias mais benéficas e importantes para os corruptos. Espero que o desmantelamento aconteça para que o meu Petê possa voltar a roubar com mais tranquilidade !

    Responder

      Giuseppe

      10 de junho de 2019 às 13h09

      Olha as milícias digitais atuando, esse pessoal não tem o que fazer. Estão todos desesperados.

      Responder

João Ferreira Bastos

10 de junho de 2019 às 11h32

Na quadrilha de curitiba o de menor folha corrida é o japonês

é somente contrabandista

Responder

    João Ferreira Bastos

    10 de junho de 2019 às 11h35

    Já no meu Petê a de menor folha corrida é a Mariza Defunta Letícia , o resto é tudo ladrão de colarinho bem branquinho!

    Responder

      Celso Junqueira

      10 de junho de 2019 às 13h29

      João, a casinha da lava-jato começou a cair. Era esperado. Ódio e mentiras não levam a nada.Isso que aparece agora era do conhecimento de muita gente. A sra. Marisa está em paz. Não mexa com a memória de quem já se foi.

      Responder

Ioiô de Iaiá

10 de junho de 2019 às 11h21

A excelente reportagem do Intercept não dá margem a dúvidas:
Moro é um juiz suspeito e seus atos são nulos.

Responder

Renato

10 de junho de 2019 às 11h19

Meu Deus, vários inocentes injustiçados : Lula, Sérgio Cabral, Eduardo Cunha, Geddel Vieira, Zé Dirceu….todos inocentes ! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Responder

    Ioiô de Iaiá

    10 de junho de 2019 às 11h27

    Lamento, mas como está confirmado cabalmente que o Moro é um juiz suspeito, os seus atos são nulos.
    Que se anulem as condenações de um juiz suspeito e seja convocado um juiz que não seja suspeito. É importante também apresentar provas e não “convicções”.

    Responder

      IOIÔ DE IAIÁ

      10 de junho de 2019 às 11h38

      Assim como está cabalmente confirmado que Lula, Zé Dirceu, Vaccari, Delúbio, José Cagão Genoíno são corruptos desde os tempos de sindicato !

      Responder

    Renato

    10 de junho de 2019 às 11h30

    Brincadeira, somos todos cunha, são todos culpados menos o dd e o jequinha que darei meu rabo se não forem inocentes (estou gostando da brincadeira da dar o rabo, acho que vou levar a sério)

    Responder

Justiceiro

10 de junho de 2019 às 11h08

“Falarão que estamos acusando com base em notícia de jornal e indícios frágeis… então é um item que é bom que esteja bem amarrado. Fora esse item, até agora tenho receio da ligação entre petrobras e o enriquecimento, e depois que me falaram to (sic) com receio da história do apto… São pontos em que temos que ter as respostas ajustadas e na ponta da língua”

DALLAGNOL, Deltan (2016)

Responder

Martins

10 de junho de 2019 às 11h07

Bora lá ler o intercept.
lavajato operação 171.

Responder

JOSE RIBAMAR DOURADO

10 de junho de 2019 às 10h50

O que a oposição é capaz de fazer …..justificar o injustificável ….o PT e seus correligionarios não tem moral pra nada

Responder

    JOSE RIBAMAR DOURADO

    10 de junho de 2019 às 10h53

    Se bem que o Mourão já está pedindo a cabeça dos safados. kkkkkkk

    Responder

    JOSE RIBAMAR DOURADO

    10 de junho de 2019 às 10h57

    Vou seguir o exemplo de meu colega josé, se o jequinha e o dd não forem inocentes darei o rabo, e CANCLOMO a todos os conservadores (de pau pequeno) a fazerem o mesmo. @doujá

    Responder

Admar

10 de junho de 2019 às 10h42

Quando Lula for inocentado quero ver o que os “falsos moralistas” vão dizer!

Responder

    Admar

    10 de junho de 2019 às 11h43

    Admito que Lula é corrupto. Roubou, incentivou o roubo e deixou roubar…..,mas temos que continuar repetindo a historinha que Lula é inocente, quem sabe isso vira verdade, né ?

    Responder

      Admar

      10 de junho de 2019 às 17h22

      O Filho do Diabo não usa meu nome para postar Mentiras!!!

      Responder

João

10 de junho de 2019 às 10h20

OS COMERCIANTES NÃO QUEREM MAIS VENDER OS SEUS PRODUTOS À VISTA COM DESCONTO. POR QUÊ?

Você quer comprar um refrigerador e pergunta pelo preço ao vendedor.

Suponhamos que ele fale R$ 2.000,00 (dois mil reais)

– E a vista? – você pergunta
-Tanto faz à vista como em 10 prestações. O preço é o mesmo – ele responde.

E o comprador raciocina: como à vista é o mesmo preço de a prazo, eu vou comprar a prazo.

Como pode ser isto?

Isso é uma imposição do BANCO que financia a compra por aquela loja. Porque nesse preço (R$ 2.000,00) está embutida um taxa elevadíssima de juros.

No final, o consumidor é quem se lasca.

Mas sai da loja morrendo de feliz por achar que está comprando o refrigerador a prazo pelo preço de à vista.

E o Banco Central, a boca de fumo dos banqueiros, não está nem aí para este tipo de transação inescrupulosa.

Acorda, Brasil!

Responder

João do Amor Divino de Santanna e Jesús

10 de junho de 2019 às 09h20

Resta saber qual era a motivação dessa quadrilha de curitiba capitaneada por moro e deltan e quanto receberam por isso.

Responder

    João do Amor Divino de Santanna e Jesús

    10 de junho de 2019 às 10h07

    Olha, nunca antes nós da direita ficamos clonando petistas em site nenhum. Somo éticos e jamais fizemos o que vocês estão fazendo.
    Se Moro e DDzinho cometeram uma ilegalidade foi em nome da luta contra a corrupção e dos bons costumes que os petistas não conhecem.
    Muito triste, estou aos prantos aqui com tanta canalhice.

    Responder

      João do Amor Divino de Santanna e Jesús

      10 de junho de 2019 às 10h14

      Eles foram corruptos para prender um corrupto, gente honesta jamais vai entender isso, o mundo é dos espertos!

      Responder

      João do Amor Divino de Santanna e Jesús

      10 de junho de 2019 às 10h52

      Chega de mimimimi, DD e jeca vcs são inocentes, dou o rabo se não for verdade.

      Responder

      João do Amor Divino de Santanna e Jesús

      10 de junho de 2019 às 11h09

      “Falarão que estamos acusando com base em notícia de jornal e indícios frágeis… então é um item que é bom que esteja bem amarrado. Fora esse item, até agora tenho receio da ligação entre petrobras e o enriquecimento, e depois que me falaram to (sic) com receio da história do apto… São pontos em que temos que ter as respostas ajustadas e na ponta da língua”

      DALLAGNOL, Deltan (2016)

      Responder

        J Fernando

        10 de junho de 2019 às 16h55

        Miguel do Rosário, Redação do Cafezinho, este tipo de comentarista não deveria ser aceito.
        Ele comenta e responde (não uma vez, mas várias) ao próprio comentário.
        Comentários com ofensas genéricas, sem argumentos, já estou até me acostumando. Percebe-se que é uma tática dos bolsonaristas. Mas, comentarista argumentando consigo mesmo é um absurdo.

        Responder

    Marcio

    10 de junho de 2019 às 10h09

    Qual a motivação ? Colocar corruptos na cadeira, ora !

    Responder

      Marcio

      10 de junho de 2019 às 10h47

      Por isso o DD e o Jeca vão se auto-encarcerar.

      Responder

      Marcio

      10 de junho de 2019 às 11h10

      “Falarão que estamos acusando com base em notícia de jornal e indícios frágeis… então é um item que é bom que esteja bem amarrado. Fora esse item, até agora tenho receio da ligação entre petrobras e o enriquecimento, e depois que me falaram to (sic) com receio da história do apto… São pontos em que temos que ter as respostas ajustadas e na ponta da língua”

      DALLAGNOL, Deltan (2016)

      Responder

Justiceiro

10 de junho de 2019 às 09h18

Ai,ai…essa gente gosta de viajar na maionese

Então, aqueles 100 milhões de dólares devolvidos por Pedro Barusco não foram roubados da Petrobras? E as multas bilionárias que a Odebrecht pagou? e as confissões de Marcelo e Emílio Odebrecht? E as confissões de Léo Pinheiro?? Tudo isso não existiu?

E o que tem mais de um grupo de Procuradores fazerem comentários em seu grupo privado? Seria a mesma coisa se esses grupo se reunisse em um bar e fizessem o mesmo comentário. Criticaram a autorização para Lula dar entrevista? Criticaram com razão, aquilo foi sacanagem de Lewandowski, esse sim que nos causa arrepio quando julga algum petista.

Crime cometeu o hacker e mais crime ainda, cometeu o gay americano, ao publicar material roubado e nem entrou em contato com as pessoas que tiveram seu sigilo violado.

Responder

    Nostradamus ( porrete )

    10 de junho de 2019 às 09h57

    Mentiroso! Como os dois justiceiros fora da lei. Como o presidente ” dedo no cu que a mídia só fala que foi mijada na cabeça! ). Gay é o caraio !!!

    Responder

      Justiceiro

      10 de junho de 2019 às 10h36

      KKKKKKKKKKk

      O Gleen não é viado? O marido dele, inclusive, é Deputado Federal, ficou com a vagado fujão Jean Wyllys.

      Isso sim é que tem que ser investigado: quanto Wyllys está ganhando para ter cedido a vaga de Deputado.

      Responder

        Justiceiro

        10 de junho de 2019 às 10h49

        Eu também não sou viado, sou viadinho.

        Responder

    CezarR

    10 de junho de 2019 às 10h04

    Não há problema algum em procuradores conversarem entre si, mas juiz com procurador não dá! MPF é parte! Juiz não fica de conversinha com parte! Imagine se Lula tivesse sido inocentado e descobrissem conversinhas de Telegram entre o Moro e o Zanin! Lula NÃO É FLOR QUE SE CHEIRE, cometeu desvios éticos importantes, mas ao menos nesse processo do triplex eu não consigo enxergar crime! Aliás, ao meu ver, corrupção em que Lula esteja diretamente envolvido, se houver, eu só vejo em um único caso, o escândalo Brasil/Telecom!

    Responder

      Justiceiro

      10 de junho de 2019 às 10h34

      amigo, tem a conversa da falecida dizendo: ” o meu (apartamento) é pé na praia. Tem ela pedindo a montagem da cozinha internacional, tem o pedido do elevador privativo…tudo isso e o imóvel não é de Lula?

      E o sítio? Acha que os maiores construtores do Brasil iriam se meter a reformar um sítio de dois zé ruelas, que eles não dariam nem bom dia?

      Responder

        Justiceiro

        10 de junho de 2019 às 11h01

        Como sou um hipócrita e FDP fiz de conta que não vi:
        A FARSA CONTRA LULA COMPROVADA EM FOTOS: e agora, STF?
        https://www.apostagem.com.br/2018/04/17/farsa-contra-lula-comprovada-em-fotos-e-agora-stf/

        Responder

        CézarR

        10 de junho de 2019 às 11h15

        O aúdio da Dona Marisa comprova a intenção de ter o apartamento para si e reformá-lo, mas o fato é que o apartamento não foi adquirido nem reformado. Você pode até dizer que tinham a intenção de cometer crime, mas ao saber da Lava-Jato desistiram. Ok, pode ser, mas nosso sistema não puni atos de cogitação, apenas atos consumados. E mais, na própria sentença diz que não há liame entre o triplex e os desvios na Petrobras, logo, a competência para julgar Lula nem do Moro seria! Quanto ao sítio, me parece mais complicado, mas ainda assim, dizer que um cara que manejou trilhões de orçamento se corrompeu por causa de uma reforminha de bosta, é bem pouco crível!

        Responder

Luiz

10 de junho de 2019 às 09h07

Não se pode deixar de considerar as manifestações anteriores do próprio Moro negando tais conteúdos, mas eis a restituição da reciprocidade nos polos da contenda judicial. Não sei como qualquer marxista sério poderá ainda insistir nas vantagens da lava jato, marcada que está por esse arzinho anticristo, coisa irrelevante do ponto de vista institucional.

Responder

degas

10 de junho de 2019 às 08h47

Não há absolutamente nada de irregular nas mensagens divulgadas. Em outros países existe um juiz de instrução e outro que julga o caso. Mas no sistema brasileiro é o mesmo juiz e os procuradores normalmente trocam informações com ele durante a fase de instrução. Não há nada além disso nas conversas divulgadas.

O crime é de quem fez a interceptação criminosa, divulgada por um dos tantos braços do petismo. Quem terá contratado esse hacker? Quem é bandido a esse ponto?

Responder

    João do Amor Divino de Santanna e Jesús

    10 de junho de 2019 às 09h11

    O Putê está cheio de braços, mesmo o preso condenado ter 9 dedos. Acho que continuam dominando o Brasil e o mundo.

    Responder

      degas

      10 de junho de 2019 às 09h17

      Roubaram muito, têm muitas conexões com organizações estrangeiras e nacionais. Continuam muito fortes. E contando que sempre existirão idiotas que conseguirão enganar.

      Responder

      Viviane

      10 de junho de 2019 às 10h37

      Ouvi dizer que o PT manda no Trump e na China, coisa de loco!!!!

      Responder

        degas

        10 de junho de 2019 às 11h55

        Você gostaria de dizer que é mentira e o PT não tem fortes conexões internacionais.
        Como sabe que é verdade, tenta desviar o assunto.
        Como se o fato de alguém não mandar no Trump ou na China o impedisse de ter outras conexões.

        Responder

    CezarR

    10 de junho de 2019 às 10h09

    Como é que é amigo??????????? Você não sabe do que está falando! Juiz e procuradores não podem trocar informações, MPF é parte e como tal tem os mesmos direitos dos advogados de defesa no contato com o julgador, que deve ser imparcial e não investigativo! Você não conhece nada de Direito Constitucional e Penal!

    Responder

marco

10 de junho de 2019 às 08h29

A farsa a jato só poderia ser exitosa num “país de tolos.”.

Responder

    Marco

    10 de junho de 2019 às 11h33

    Treze anos de corrupção petista também !

    Responder

      marco

      10 de junho de 2019 às 21h32

      Na boa xará em matéria de corrupção ninguém ganha do fhc, até a própria eleição o cara comprou.

      Responder

Márcio

10 de junho de 2019 às 08h23

Agradeçemos Infinitamente o serviço prestado pela Lava Jato para ter dado o começo decisivo para a limpeza do lixo imundo que tomou conta do Brasil nas últimas décadas.

#lavajatoatodovapor

Responder

João do Amor Divino de Santanna e Jesús

10 de junho de 2019 às 07h43

Que situação triste. 2 homens que tem lutado firmemente contra a corrupção e os corruptos,terem a sua carreira acabada por causa de um hacker.
Que país é esse?

Responder

    degas

    10 de junho de 2019 às 09h22

    Vai acabar nada, a impunidade prevalecerá e o nosso ídolo moro vai sair dessa.

    Responder

    João do Amor Divino de Santanna e Jesús

    10 de junho de 2019 às 10h42

    Cadeia pro DD e e o Jeca, dois safados com MICROPÊNIS.

    Responder

Fernando

10 de junho de 2019 às 07h35

O estrago para o Moro é imenso, caiu a máscara. Mancha a imagem dele com tinta escarlate. Agora, fico pensando o que o Ciro Gomes tem a dizer.
Em boca fechada não entra mosca.
Moro é um picareta. Não fez isso só pelo poder, mas pelos dólares americanos.
Picareta. Alguém acha que juiz vai atuar assim de graça. Esse trf4 está todo contaminado por laranjas podres.

Responder

Thiago

10 de junho de 2019 às 07h17

NÃO! A MAIOR ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA É FORMADA PELOS BANQUEIROS

O MAIOR ASSALTO À MÃO DESARMADA DO MUNDO

Discutindo com um grupo de amigos a entrevista dada pela Dra. Maria Lucia Fattorelli ao DCM (Diário do Centro do Mundo), publicada ontem nesta coluna, ficamos pasmos com as colocações daquela pesquisadora:

Comecemos pelo começo, ou seja, pela primeira pergunta feita pelo DCM:

DCM – QUAL O OBJETIVO DA REFORMA?

MLF- Qual é o objetivo da reforma?

DCM – “O principal objetivo dessa reforma é introduzir um sistema de capitalização numa modalidade muito específica em que só o trabalhador contribui para uma conta individual e que não exige que as empresas participem. A participação patronal é colocada na PEC como uma ‘possibilidade’. É claro que essa possibilidade não vai acontecer porque se uma empresa contratar só pela capitalização o custo dela vai ser mais baixo. Até por uma questão concorrencial nenhuma empresa vai ser boazinha, pois o produto fica mais caro. O projeto ainda proíbe a participação governamental. Ou seja, é uma conta individual. CONSIDERANDO A VANTAGEM QUE TRARÁ PARA AS EMPRESAS, TODAS AS VAGAS QUE FOREM ABERTAS COLOCARÃO ESSA CONDIÇÃO DE CONTRATAÇÃO. Diante dessa crise fabricada pelo Banco Central, o trabalhador vai aceitar a proposta da vaga com opção pela capitalização. A partir daí não tem volta, terá que se aposentar na modalidade capitalização.

DCM – A senhora tem dito que a reforma poderá quebrar o país caso seja aprovada. Por quê?

MLF: “Vamos pegar um exemplo de um trabalhador desempregado que já teve carteira assinada e tenha contribuído durante 15 anos para o INSS. Ela não pode entrar zerada numa continha, pois ela já pagou, o INSS recebeu 15 anos de contribuição. É evidente que o Estado terá que fazer um aporte a essa conta individual.

DCM – E é um universo grande…

MLF – Enorme, estamos falando de cerca de 60 milhões de brasileiros que estão na informalidade ou desemprego. No Chile, que implantou esse modelo e que tem um contingente de trabalhadores muito menor que o Brasil, o custo dessa transição foi de 136% do PIB. Esse parâmetro aqui – e arrisco que será mais – estamos falando de mais de R$ 9 trilhões. Quem vai pagar isso? É impagável. Por isso falo que ao contrário do que o governo diz, se aprovar a PEC 6/2019 o Brasil quebra.”

DCM – Além do Chile, outros 29 países já testaram a capitalização e quase todos se arrependeram. Quanto tempo demora para sentir o impacto da mudança?

MLF – “Há um estudo da Organização Internacional do Trabalho que analisou os 30 países que enveredaram por essa modalidade de capitalização e ali compreende-se que 18 já voltaram atrás e os 12 restantes estão entrando em colapso, estudando formas de sair. O Chile, que na época recebeu muitos elogios do FMI e do Banco Mundial por ter adotado o sistema, reimplantou a previdência única para dar algum amparo a seu povo já que 80% dos idosos recebem menos de meio salário mínimo. Ouvimos um representante chileno aqui na Frente Parlamentar da Previdência no Congresso Nacional e seu depoimento foi dramático. Aposentados chilenos estão precisando optar entre morar, ou comer, ou comprar remédios. O Chile tornou-se campeão de idosos indigentes pelas ruas, gente que era de classe média e que contribuiu a vida inteira. O número de suicídios entre eles é alto.”

MLF – “Há um estudo da Organização Internacional do Trabalho que analisou os 30 países que enveredaram por essa modalidade de capitalização e ali compreende-se que 18 já voltaram atrás e os 12 restantes estão entrando em colapso, estudando formas de sair. O Chile, que na época recebeu muitos elogios do FMI e do Banco Mundial por ter adotado o sistema, reimplantou a previdência única para dar algum amparo a seu povo já que 80% dos idosos recebem menos de meio salário mínimo. Ouvimos um representante chileno aqui na Frente Parlamentar da Previdência no Congresso Nacional e seu depoimento foi dramático. Aposentados chilenos estão precisando optar entre morar, ou comer, ou comprar remédios. O Chile tornou-se campeão de idosos indigentes pelas ruas, gente que era de classe média e que contribuiu a vida inteira. O número de suicídios entre eles é alto.”

DCM – O economista Eduardo Moreira fez uma conta e, segundo ele, nos próximos 20 anos a carga ficará somente para os mais pobres, aprofundando ainda mais a desigualdade.

MLF – “Isso. Na própria PEC há um documento chamado ‘Exposição de Motivos’. Isso é obrigatório, está lá, assinado pelo Paulo Guedes. Nesse anexo tem uma tabela que mostra de onde vai sair o R$ 1,2 trilhão que ele quer economizar. R$ 715 bi sairão do Regime Geral de Previdência que é onde estão as pessoas que recebem até 2 salários mínimos. Imensa maioria. Outros R$ 182,2 bi sairão do BPC que é pago a idosos miseráveis e deficientes físicos. Mesmo abatendo a redução da alíquota, isso representa mais de R$ 800 bi dos mais pobres. Mais de 70%. Então é mentira de que essa PEC será para combater privilégios.”

DCM – Por que é preciso essa economia?

MLF – “Esse pessoal que mente muito tem hora que deixa escapar uma verdade. Na posse do presidente do Banco Central ele disse com todas as letras que esse trilhão é para impulsionar a transição para o esquema de capitalização. Afirmou: ‘É pra isso que a gente precisa de um trilhão’. Então não vamos nos iludir, a proposta dessa PEC é implantar o sistema de capitalização. Mas é uma transição cara e, portanto, eles precisam de um trilhão logo de saída.”

DCM – Mas existe um déficit ou não?

MLF – “Quem fala em déficit nunca leu o artigo 195 da Constituição Federal. O modelo que temos não é de uma previdência isolada. É um sistema integrado que junta previdência, assistência e saúde. É uma seguridade social. Para se trabalhar é preciso ter acesso à saúde. Nossa previdência é para garantir uma assistência àqueles que estão à margem e para garantir uma aposentaria digna para aqueles que já cumpriram sua idade laboral. Além dos benefícios para todas as situações de vulnerabilidade: doença, invalidez, maternidade, desemprego, na orfandade. Nosso modelo é maravilhoso. A reforma que precisamos seria para melhorar isso.”

DCM – Não tem déficit?

MLF – “Desde 1988, promulgação da Constituição, até 2015 o conjunto de contribuições sociais que está previsto no artigo 195 foi mais do que suficiente para pagar as despesas com previdência. E o governo nem precisou participar com orçamento fiscal. A partir de 2016 o governo precisou pagar, mas isso está previsto na Constituição Federal! Então a história do déficit tem vários erros. O primeiro, abusivo, é quando se pega somente a contribuição da classe trabalhadora e da folha paga pelo empregador e esse total contribui com toda a despesa da previdência. Que conta é essa? Essa conta não tem amparo na CF. O segundo erro é afirmar que existe déficit na seguridade, ignorando que a CF prevê a participação do orçamento público.”

DCM – Se está previsto que deve completar, não pode ser considerado déficit. Entendi. E sempre teve sobras?

MLF – “Até 2015, sim. Durante vários anos sobraram mais de R$ 80 bi.”

E onde foi parar isso?

“É desviado por meio da DRU (Desvinculação da Receitas da União) e vários outros mecanismos para cumprir a meta de superávit primário e pagar juros da dívida pública que nunca passou por uma auditoria integral. Esse é o rombo que amarra o Brasil. Durante 20 anos, de 1995 a 2015, produzimos mais de R$ 1 trilhão de superávit primário. E NESSE MESMO PERÍODO A DÍVIDA INTERNA SALTOU DE R$ 86 BI (bilhões) PARA R$ 4 TRI (trilhões).

DCM – O que fez a dívida explodir?

“Não foi gastança com servidor público, nem com a previdência, como diz o governo apoiado pela grande mídia que se locupleta desse sistema da dívida. O QUE FAZ EXPLODIR SÃO OS MECANISMOS QUE GERAM DÍVIDA E CRISE, assim o estoque da dívida aumenta, mas o dinheiro não chega no orçamento para que sejam feitos os investimentos necessários ao desenvolvimento socioeconômico. É um esquema que paga os maiores juros do planeta e evita que o dinheiro chegue ao crédito.”

DCM – Como se muda isso?

MLF – “Precisamos ter em mente que todo ano que alcançávamos superávit primário produzíamos um déficit nominal graças aos juros da dívida, ao custo financeiro, COMO A REMUNERAÇÃO DA SOBRA DE CAIXAS DOS BANCOS, O QUE É UM ABSURDO. A principal causa da quebra de empresas dos últimos anos foi a falta de acesso a crédito e isso levou milhões de brasileiros ao desemprego. Daí, empresa quebrada e trabalhador desempregado não pagam impostos. Quem ganha com isso? Só a cúpula dos mercados financeiros. Precisamos sair da caverna de Platão.”

https://www.diariodocentrodomundo.com.br/se-fizer-a-reforma-o-pais-quebra-diz-maria-lucia-fattorelli-sobre-a-pec-da-previdencia/

Em vídeo postado anteriormente nesta coluna, Maria Lucia Fattorelli mostra quais são os mecanismos de transferência dos impostos dos contribuintes brasileiros para o bolso dos BANQUEIROS. Mas o principal deles é sem dúvida A REMUNERAÇÃO DA SOBRA DE CAIXAS DOS BANCOS, MAIOR ASSALTO A MÃO DESARMADA DE TODOS OS TEMPOS AO CONTRIBUINTE BRASILEIRO. Nesse caso, quem remunera os bancos é o Banco Central, com dinheiro dos nossos impostos. Ou seja, emprestando ou não dinheiro, os banqueiros enchem o rabo da mesma forma, pois a escassez de crédito permite a cobrança de juros escorchantes sobre aquela pequena parcela do crédito emprestada diretamente aos consumidores. E as sobras de caixa são remuneradas pelo Banco Central pela taxa selic em vigência, DIARIAMENTE E CUMULATIVAMENTE, com o dinheiro que nós, brasileiros trouxas, pagamos de impostos.

E eu volto a velha frase de Bertholt Brecht : “O que é o crime de assaltar um banco comparado com o crime de fundar um banco?” Brecht já está morto, mas se vivesse hoje no Brasil optaria pelo assalto. Mas ele precisaria considerar que a polícia de todos os países do mundo é 100% a favor dos banqueiros.

SOCORRO!!!

Responder

    Viviane

    10 de junho de 2019 às 09h23

    Não sei pra que pobre se aposentar.

    Responder

      Viviane

      10 de junho de 2019 às 10h45

      Pensando bem lembrei de minha mãe, quando eu virar uma puta veia o que farei?

      Responder

Ioiô de Iaiá

10 de junho de 2019 às 07h07

Lava-jato (na verdade, Farsa a jato):
Organização criminosa com roupagem de justiceiros. Destruíram o país, grandes empresas e fraudaram o processo eleitoral.
São os grandes responsáveis pela eleição de um boçal para a presidência. O cabeça da Farsa a jato até admitiu a veracidade das gravações que o incriminam. Ao aceitar cargo político de quem ele beneficiou nas eleições, também corroborou o seu viés de falso juiz, na verdade juiz delinquente.

Responder

debora fernandes lobao

10 de junho de 2019 às 06h46

Um poder judiciário que retorna crianças torturadas por familiares às mãos dos mesmos…Lava Jato é fichinha!

Responder

RALPH DE SOUZA FILHO

10 de junho de 2019 às 04h26

UMA PALHAÇADA SEM LIMITES A ARRUINAR A IMAGEM DA JUSTIÇA E LITERALMENTE IMPOR – SE EXUMAR A DEUSA TEMIS, JÁ!..

Responder

UNIÃO PROGRESSISTA

10 de junho de 2019 às 01h20

E VOCÊ É GENTE OU ROBÔ?!

Responder

Rodrigo

10 de junho de 2019 às 00h09

As conversas entre o procurador e o juíz reveladas se referem ao processo do Lula. Mas a matéria não menciona…

Responder

Gilmar Antunes

10 de junho de 2019 às 00h07

Desde o início, suspeitei que a Lava Jato é uma farsa.
Nunca me convenceu.
Trata-se de um conluio de um setor corrompido do Poder Judiciário – juiz, procuradores e delegados de Curitiba, ávidos por notoriedade – pela imprensa golpista, alinhada ao poder econômico em nosso país e no exterior, EUA principalmente.
Agiram como criminosos para desestabilizar a frágil democracia brasileira, porque vinha perdendo sucessivas eleições para os verdadeiros democratas do Brasil, não apenas o PT.
São evidentemente anti Brasil.
Só não enxergava a parcialidade desses falsos moralistas quem não queria.

Responder

    Viviane

    10 de junho de 2019 às 00h35

    Mas isso só confirma que o corrupto preso é corrupto.

    Responder

      Viviane

      10 de junho de 2019 às 07h05

      Moro mafioso

      Responder

      Ioiô de Iaiá

      10 de junho de 2019 às 07h16

      Sem provas cabais e concretas, acusar os outros é calúnia.
      Se eu fizesse calúnias como você faz, eu poderia acusar você de ser prostituta nojenta, sifilitica e ignorante, prestadora de boquetes duvidosos para a direita xucra, mas não tenho provas. Por isso, me abstenho de fazer essa acusação.

      Responder

    Ioiô de Iaiá

    10 de junho de 2019 às 07h08

    Análise perfeita, Gilmar

    Responder

Viviane

09 de junho de 2019 às 23h53

Sérgio Moro mafioso

Responder

    Viviane

    09 de junho de 2019 às 23h55

    Lula corrupto e presidiário

    Responder

      UNIÃO PROGRESSISTA

      10 de junho de 2019 às 01h22

      E VOCÊ É GENTE OU ROBÔ VIVIANE?

      Responder

        Viviane

        10 de junho de 2019 às 07h08

        Digamos que as duas coisas.

        Responder

    Viviane

    09 de junho de 2019 às 23h58

    Brincadeirinha. Moro é nosso herói. Só escrevi isso para animar os ptminions.

    Responder

    Viviane

    10 de junho de 2019 às 07h04

    Bozo incompetente

    Responder

FARSA JATO

09 de junho de 2019 às 23h51

Eu já sabia

Responder

    Viviane

    09 de junho de 2019 às 23h54

    Lula corrupto

    Responder

    Viviane

    10 de junho de 2019 às 07h09

    Bozo ridículo

    Responder

a.ali

09 de junho de 2019 às 23h09

as revelações só confirmam o que já sabíamos…a lava jato é um bando de mafiosos!

Responder

    Viviane

    09 de junho de 2019 às 23h12

    Mas não inocentam o corrupto preso.

    Responder

      alvaro

      09 de junho de 2019 às 23h23

      deixa de ser burra

      Responder

        Viviane

        09 de junho de 2019 às 23h27

        Ser burra não é crime. Crime é ser corrupto.

        Responder

          Squeezer

          10 de junho de 2019 às 00h19

          Vc admitiu que é burra e que a LJ condenou sem culpa…

          Viviane

          10 de junho de 2019 às 00h37

          Mais um ptminion analfabeto funcional que não consegue entender um texto de 1 linha. Perdoado

      Gilmar Antunes

      10 de junho de 2019 às 00h02

      Corruptos são aqueles que acusaram alguém de ter cometido corrupção, sem provas do que alegam. Estes, sim, são os verdadeiros corruptos. E quem foi preso por corruptos, enquanto não provarem seu crime, deve ser declarado inocente quanto à falsa acusação.
      Esta é a Lei.
      Não se pode prender sem que se comprove o crime.

      Responder

        Viviane

        10 de junho de 2019 às 00h05

        Um dos fundadores do PT, aquele que esteve ao lado dos 2 ex-presidentes, não concorda com vc.

        Responder

Luciano

09 de junho de 2019 às 23h02

O serviço secreto russo hackeou o celular de Moro na semana passada. Eu disse na hora que os podres iriam aparecer! Ta aí! A Lavajato foi o maior ataque contra a soberania brasileira de todos os tempos.

Responder

    Viviane

    09 de junho de 2019 às 23h07

    Então vc apoia a interferência de agências estrangeiras no país. Logo, vc apoia a CIA intervindo nos processos brasileiros. Parabéns!!!!

    Responder

      Viviane

      10 de junho de 2019 às 07h11

      A CIA tem que intervir mesmo, nossa pátria é a americana, deveríamos todos bater continência à bandeira americana todos os dias.

      Responder

Luciano

09 de junho de 2019 às 22h52

A Lavajato foi o maior ataque contra a soberania brasileira de todos os tempos.

Responder

    Viviane

    09 de junho de 2019 às 22h53

    Eu acho que foi o Petrolão….

    Responder

      Paulo

      09 de junho de 2019 às 23h09

      O Petrolão, o Mensalão, a Privataria Tucana, o Temerário, atualmente, a tentativa de Reforma da Previdência…o Brasil sofreu muitos golpes, à esquerda é à direita…

      Responder

        Viviane

        09 de junho de 2019 às 23h19

        Concordo em parte. A reforma da previdência é consequência dos anteriores.

        Responder

        Viviane

        10 de junho de 2019 às 07h13

        Aliás nem sei pra que se aposentar, hoje todos vivem até 100 anos, então pq não contribuir com 40 anos ou mais? Quem não conseguir problema é dele!

        Responder

Viviane

09 de junho de 2019 às 22h49

Sergio Moro acaba de divulgar uma nota sobre as matérias do site The Intercept que reproduzem mensagens entre procuradores da Lava Jato e entre ele próprio e Deltan Dallagnol, durante condução do processo do triplex que condenou Lula.

Leia:

“Sobre supostas mensagens que me envolveriam publicadas pelo site Intercept neste domingo, 9 de junho, lamenta-se a falta de indicação de fonte de pessoa responsável pela invasão criminosa de celulares de procuradores. Assim como a postura do site que não entrou em contato antes da publicação, contrariando regra básica do jornalismo.

Quanto ao conteúdo das mensagens que me citam, não se vislumbra qualquer anormalidade ou direcionamento da atuação enquanto magistrado, apesar de terem sido retiradas de contexto e do sensacionalismo das matérias, que ignoram o gigantesco esquema de corrupção revelado pela Operação Lava Jato.”

Responder

J Zeff

09 de junho de 2019 às 22h40

Pois nada há de oculto que não venha a ser revelado, e nada em segredo que não seja trazido à luz do dia.
Marcos 4:22

Responder

    JESSE OLIVEIRA GUIMARAES

    10 de junho de 2019 às 00h13

    “E conhecereis a verdade e a verdade vos libertará”. Até que o capitão tem razão neste ponto.

    Responder

chichano goncalvez

09 de junho de 2019 às 21h55

Não tenho duvida, a direita está sempre a fazer calaverice, e agora que envolve bilhões, então nem se fala, é um desespero para receber proprina, e fazer que nem o Tamer que colocou o dinheiro no Panama Pipers, alias o Serra, Alckmin Aecio , bem todos do PSDB. A justça é perfeita, quanto aos juizes são um bando de maffiosos de toga, como disse a Calmon ( por falar nela, por onde anda ?)

Responder

    Brasileiro da Silva

    09 de junho de 2019 às 22h12

    Calma criança. Tenta escrever em português.

    Responder

Deixe uma resposta