Live com Marcio França, pré-candidato a prefeitura de São Paulo

Debate de Tasso Jeressaiti e Ciro Gomes (moderação de Kennedy Alencar)

Por Redação

07 de outubro de 2019 : 20h46

Via canal Progressista:

Com mediação de Kennedy Alencar. Debate com Tasso Jereissati e José Sarto em Comemoração aos 30 anos da Constituição Estadual do Ceará.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

5 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Netho

09 de outubro de 2019 às 20h27

Estamos conscientes de que a crise sociopolítica, a crise econômica e os problemas de insegurança têm como responsáveis diretos tanto Dilma quanto os apoiadores de Temer e do atual presidente.. A violência e a violação sistemática aos direitos humanos têm resultado no aumento à rejeição ao regime miliciano. Naturalmente já não se percebe a população com disposição de fazer mais concessões.
Os protestos cabem em três eixos: oposição à reforma do sistema de aposentadorias pelo regime miliciano; contra um incêndio que devastou 4 000 hectares de florestas para que a área fosse ocupada pelo agronegócio; desemprego em massa decorrente da recessão econômica provocada pela agenda ultraliberal..
Pouca coisa mudou: na prática, a draconiana reforma da Previdência Social – exigida pelo mercado financeiro e que alivia as empresas e sobrecarrega empregados – vem sendo implementada ao arrepio das devidas comprovações do suposto déficit público, bem como o incêndio florestal não identificou os responsáveis, nem identificará porque perpetrados por apoiadores do regime miliciano.
Até parece que o país vive um ambiente de normalidade institucional. O fato é que a situação de anomia social já se expandiu de tal maneira que os parlamentares parecem viver em um outro Planeta.

Responder

Afonso de Oliveira

09 de outubro de 2019 às 13h13

Êpaaaa…!
Como nenhum comentário, cara pálida?
Será que apagaram meu comentário?
Vergonha, hein!…

Responder

Afonso de Oliveira

09 de outubro de 2019 às 11h30

Debate entre compadres não pode ser classificado como tal, e sim, no máximo, como colóquio, naturalmente ameno e leve.
Ainda mais em relação a assunto tão provinciano e local.
Cobertura jornalística, portanto, bastante chapa-branca pró Ciro, não?
Para mantê-lo na mídia?
Estranho.
Afonso

Responder

Afonso de Oliveira

08 de outubro de 2019 às 22h12

Que belo debate entre compadres, hein!
Risível pela inutilidade e pelo provincianismo explícito.
Bobajada.

Responder

Paulo

07 de outubro de 2019 às 22h44

Ambos acham que daqui a 6/7 anos teremos que fazer outra reforma da Previdência. Meu Deus! Se assim é, fechem o Brasil pra balanço…uma Reforma pesadíssima como essa atual e nego ainda fala em outra daqui a poucos anos? É pracabá, como se diz em linguagem corrente…e nego ainda vem falar em segurança jurídica? De que jeito?

Responder

Deixe uma resposta