CPI da Fake News, com Joice Hasselmann

A agenda midiática da Lava Jato

Por Redação

14 de outubro de 2019 : 16h20

A última revelação da Vaza Jato, série de reportagens baseadas em mensagens vazadas de procuradores da operação, além do juiz Sergio Moro, comprova o que este blog passou anos denunciando: a Lava Jato programava suas denúncias e ações de acordo com um “timing” midiático.

Matéria do Intercept publicada hoje mostra, por exemplo, que os procuradores planejaram adiantar uma denúncia contra Lula de maneira a abafar um escândalo que prometia atingir a Procuradoria Geral da República, que foi o vazamento de diálogos do ex-presidente Michel Temer e o empresário Joesley Batista. Após o terremoto midiático e político causado pelos diálogos, vieram à tôna revelações de que a PGR haveria participado de uma especie de “pegadinha” contra Temer. Quando as críticas a PGR começaram a se avolumar, a Lava Jato de Curitiba pensou numa maneira de desviar a atenção da mídia: com uma nova denúncia contra Lula, claro!

Os diálogos vazados, de qualquer forma, mostram que os procuradores planejavam a divulgação das denúncias de acordo com uma agenda midiática (e política, portanto).

Leia na íntegra:

https://theintercept.com/2019/10/13/lava-jato-lula-sitio-jbs/

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

4 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Assis

15 de outubro de 2019 às 10h04

Lula Livre!

Responder

Alan C

15 de outubro de 2019 às 09h48

Ali Babá e os 40 ladrões tem tudo, executivo, legislativo, judiciário, milicia e mídia.

Aí a petezada pede aos parças do Ali Babá que tomem providências.

Alguém puxe a petezada de volta pra Terra, por favor…

Responder

Antonio Sobreira

14 de outubro de 2019 às 19h58

O que mais intriga é que essas revelações mexem muito devagar com a estrutura dessa operação. Sempre fica a esperança de uma delas furar o cerco e não ser possível ignorar! Vai tudo sendo normalizado, sem impactos diretos. Esperar que a verdade se restabeleça apostndo num afundamento economico completo que abra olho de eleitores.

Responder

Alexandre Neres

14 de outubro de 2019 às 16h26

Eu tiro meu chapéu para essa turma da República de Curitiba. Os caras têm uma capacidade de trabalho espantosa. Levando-se em conta que ficavam o dia todo fazendo política, ainda arrumavam tempo para trabalhar.

Responder

Deixe uma resposta