Jornal da Forum: Lula quer reindustrializar o Brasil!

Foto: REUTERS.

MP quer suspensão do salário de ministro de Sérgio Moro

Por Redação

24 de junho de 2020 : 08h50

Sérgio Moro segue recebendo salário de ministro, de aproximadamente R$ 30 mil, até outubro, quando acaba sua “quarentena” de cargo público.

Para o subprocurador-geral do Ministério Público de Contas, Lucas Rocha Furtado, do Tribunal de Contas da União (TCU), Moro estaria acumulando funções irregularmente ao ser contratado como colunista de jornais como o Crusoé e o Globo.

Ele entrou com pedido ao TCU pela suspensão do pagamento do salário de ministro.

A Comissão de Ética da Presidência da República decidiu, no início do mês, proibir que Sérgio Moro advogue por seis meses.

A restrição tem o papel de impedir que o ex-ministro se valha de informações e dados privilegiados e secretos que possam lhe proporcionar vantagem indevida.

Enquanto durar a proibição, o ex-juiz receberá o salário de ex-ministro.

Apesar da leitura do subprocurador-geral do MP de Contas, a Comissão de Ética havia liberado Moro para dar aulas e escrever artigos para a imprensa.

Em nota, o político paranaense afirmou que a Comissão lhe autoriza os exercícios de colunista.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

Nenhum comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »


Deixe um comentário

Parlamentarismo x Semipresidencialismo: Qual a Diferença? Fernanda Montenegro e Gilberto Gil são Imortais na ABL: Diversidade Auxilio Brasil x Bolsa Família: O que mudou? As Refinarias da Petrobras À Venda pelo Governo Bolsonaro O Brasileiro se acha Rico ou Pobre?