Às 11:30, a Conexão Cafezinho recebe Brizola “Carlito” Neto: as relações entre trabalhismo e comunismo

Foto: reprodução.

Fabrício Queiroz negocia delação premiada, segundo CNN

Por Redação

27 de junho de 2020 : 11h37

Fabrício Queiroz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro preso em Atibaia no dia 18, estaria negociando uma delação premiada com o MP do Rio, segundo a CNN.

A emissora informa que Queiroz estaria temeroso de que a esposa Márcia, foragida, e as filhas do casal, acabem respondendo pelos crimes apontados pelo MP.

Márcia, Nathalia e Evelyn, assim como o pai, trabalharam no gabinete de Flávio na Alerj.

Segundo as fontes ouvidas pela emissora, a negociação estaria arrastada porque os promotores querem garantias de que Queiroz tenha informações novas para apresentar e não apenas relatar fatos que a investigação já conseguiu remontar. 

Em nota, a defesa de Fabrício Queiroz afirma que a notícia da CNN “não corresponde à verdade”.

“O escritório encarregado da defesa não atua – e jamais atuou – na celebração de acordos de delação premiada”, diz a nota.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

5 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Ugo

27 de junho de 2020 às 15h41

O sujeito não é acusado de nada, só investigado, faz delação de que ?

Responder

    Paulo

    27 de junho de 2020 às 21h47

    A respeito do investigado-mor, naturalmente…

    Responder

      Kleiton

      28 de junho de 2020 às 15h04

      Primeiro tem que ser acusado de algo né Toalha.

      Responder

Miramar

27 de junho de 2020 às 13h46

Esse sujeito tem uma cara de ator…só não sei de de Filme Noir ou pornochanchada. Seja como for, por hora, é como diz o Randolfe: existem duas coisas importantes, primeiro preservar sua vida e integridade física. Segundo fazer com que ele fale.

Responder

Paulo

27 de junho de 2020 às 12h54

” ‘O escritório encarregado da defesa não atua – e jamais atuou – na celebração de acordos de delação premiada’, diz a nota”.

Como assim? Quem paga esse advogado? O Véio da Havan?

Se FQ for minimamente inteligente, fala tudo agora…

Responder

Deixe uma resposta