Live do Cafezinho (18 h): Pós-verdade na política brasileira (uma conversa com Fabio Palacio)

Foto: EPA.

Desmatamento aumenta pelo 14° mês seguido

Por Redação

10 de julho de 2020 : 15h37

O desmatamento na Amazônia aumentou em relação ao ano anterior, sendo o 14° mês seguido de aumento e o maior aumento desde 2016, segundo dados do Deter, programa do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais).

O sistema mede a derrubada de floresta praticamente em tempo real e é usado para auxiliar ações do Ibama de combate a crimes ambientais.

Segundo dados publicados em coluna da Folha, destruição da floresta cresceu cerca de 10% em relação ao mesmo mês de 2019 e atingiu o maior valor de km² destruídos da série histórica, que começou em 2015.

Junho registrou mais de 1000 km² destruídos.

Em comparação com 2018, o desmatamento de junho cresceu quase 112%; comparado a 2017, 70%.

Nove meses sob Bolsonaro tiveram o recorde da série histórica do Deter, com quatro meses tendo desmates acima dos 1000km² (três em 2019 e o mês de junho em 2020).

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

Nenhum comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »


Deixe uma resposta