Live do Cafezinho: bate papo com o cineasta cearense Wolney Oliveira

Donald Trump afirma que banirá o TikTok

Por Redação

01 de agosto de 2020 : 09h18

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou na sexta-feira (31) a repórteres que atuará até sábado para banir o app chinês TikTok dos EUA, afirma a NBC News.

Trump comentou enquanto dialogava com repórteres em voo de volta a Washington da Florida.

O presidente não especificou se atuará através de ordens executivas ou outros métodos.

“Bem, eu tenho essa autoridade. Posso fazer isso com uma ordem executiva”, afirmou Trump.

Um porta-voz do TikTok afirmou à NBC News que o app ajudou a criar empregos nos Estados Unidos e que tem compromisso com a privacidade dos usuários.

“Contratamos aproximadamente 1.000 pessoas para nosso time nos EUA apenas esse ano, e estamos orgulhosos de estarmos contratando outros 10.000 empregados em bons empregos remunerados ao longo do país”, afirmou o porta-voz.

“Nosso fundo criador de 1 bilhão de dólares apoia criadores estadunidenses que estão construindo suas vidas a partir de nossa plataforma”, prosseguiu.

“Dados do TikTok dos EUA são armazenados nos EUA, com estrito controle sobre acesso de empregados”, afirmou.

“Os maiores investidores do TikTok são dos EUA. Estamos comprometidos com proteger a privacidade e a segurança de nossos usuários conforme continuemos a levar alegria a família e carreiras significativas aos que criam em nossa plataforma”, concluiu a declaração.

Os comentários de Trump se dão no mesmo dia em que se faz público que a Microsoft mantém conversas para comprar o TikTok da chinesa ByteDance.

Trump disse a repórteres que não apoia o acordo envolvendo as empresas.

A ByteDance lançou o TikTok em 2017.

O app cresceu mais em popularidade durante a pandemia, com dois bilhões de downloads em abril.

Investidores da ByteDance valorizaram o app em US$ 50 bilhões, segundo a Reuters.

A ascensão do TikTok nos EUA levou a administração de Trump a demonizar o app.

Anteriormente em julho, Mike Pompeo, o secretário de Estado dos EUA, havia dito que os EUA têm estudado banir o TikTok e outros apps de redes sociais chinesas.

Pompeo complementou que o Governo avalia TikTok tal qual avalia empresas estatais chinesas como a Huawei e a ZTE, que ele já chegou a descrever como “cavalos de troia para serviços de inteligência chineses”.

O movimento de Trump representa outro passo na direção de deteriorar as relações entre Washington e Pequim, vindo uma semana após os EUA fecharem o consulado chinês de Houston e a China fechar o consulado estadunidense em Chengdu.

O Pentágono tem tomado atitudes concretas para desmotivar membros dos serviços estadunidenses e suas famílias a usarem tecnologias chinesas.

Em dezembro, a Agência de Sistemas de Informação de Defesa advertiu todo o Departamento de Defesa a não usar o TikTok citando “potenciais riscso associados” ao uso do app.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

Nenhum comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »


Deixe uma resposta