Live do Cafezinho: balanço dos partidos de esquerda

Big Data: Em Fortaleza, Capitão Wagner (Pros) 31%, Luizianne (PT) 21% e Sarto (PDT) 18%

Por Redação

21 de outubro de 2020 : 18h39

Nesta quarta-feira, 21, o Real Time Big Data em parceria com a CNN Brasil divulgou uma pesquisa eleitoral para Prefeitura de Fortaleza.

De acordo com o levantamento, o candidato Capitão Wagner (Pros) lidera com 31% das intenções de voto, seguido por Luizianne Lins (PT) com 21% e Sarto Nogueira (PDT), com 18%.

Na sequência, aparecem Renato Roseno (PSOL) com 4%, Heitor Férrer (Solidariedade) com 4% e Célio Studart (PV) com 2%. Já Samuel Braga (Patriota), José Loureto (PCO), Heitor Freire (PSL) e Anizio (PCdoB) aparecem com 1%, cada.

Branco e nulo representa 12% e não sabem, 4%.

Pesquisa espontânea

Capitão Wagner (PROS) – 23%

Luizianne Lins (PT) – 13%

Sarto (PDT) – 12%

Heitor Férrer (Solidariedade) – 2%

Roberto Claudio (PDT) – 1% (não é candidato)

Renato Roseno (PSOL) – 1%

Célio Studart (PV) – 1%

Nulo/Branco – 12%

Não sabe – 4%

Rejeição

Luizianne Lins (PT) – 29%

Capitão Wagner (PROS) – 25%

Sarto (PDT) – 18%

Renato Roseno (PSOL) – 14%

Anizio (PCdoB) – 12%

Samuel Braga (Patriota) – 11%

Paula Colares (UP) – 11%

José Loureto (PCO) – 11%

Heitor Freire (PSL) – 11%

Heitor Férrer (Solidariedade) – 11%

Célio Studart (PV) – 11%

O Big Data ouviu 1.050 eleitores entre os dias 14 e 17 de Outubro, margem de erro de três pontos porcentuais para mais ou para menos e índice de confiança de 95%.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

4 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

MARINALVA

22 de outubro de 2020 às 08h02

LULA manda sinais a Ciro: PT e PDT voltam a conversar

“Ao incluir o PDT na lista de partidos bloqueados pela mídia, Lula quis mandar um sinal público: as duas forças precisam se acertar de alguma forma. E não se trata apenas de 2022… PT e PDT precisarão estar juntos agora em novembro de 2020”, avalia o jornalista Rodrigo Vianna sobre a declaração do ex-presidente Lula
21 de outubro de 2020, 16:59 h
16

Não se trata de informação de bastidor. A declaração a seguir foi estampada nas redes sociais do ex-presidente Lula:

“A oposição não aparece porque tem pouco espaço midiático. Não ouvem o PT, o PSOL, o PDT… Pra Globo a grande oposição no Brasil é o Rodrigo Maia. O cara que parece que é contra o Bolsonaro e o Paulo Guedes, mas aprova tudo que eles querem. Aquela velha oposição consentida…”

Lula reproduziu frase dita por ele mesmo, numa entrevista de rádio esta semana na Bahia, analisando o bloqueio informativo que a imprensa tradicional pratica.

Links promovidos
Você pode gostar
OEA reconhece vitória de Luis Arce na Bolívia
Mega-sena acumulada. Saiba como apostar online agora
Sorte Online
Altman: Ciro não conseguirá votos da direita nem da esquerda
Na geopolítica regional, Bolsonaro e Araújo perdem todas – Tereza Cruvinel
por taboola
Esse bloqueio é um fato inquestionável. Mas chamo atenção para um detalhe: ao listar a oposição bloqueada pela cobertura da Globo, Lula poderia ter citado só o PT, ou até o PSOL. Mas fez questão de incluir o PDT na lista.

Não foi um descuido ao falar ao vivo na rádio. Se fosse, Lula não teria transcrito a frase em suas redes sociais…

Todos sabemos dos ataques fora de tom de Ciro contra Lula e o PT. Pareciam um caminho sem volta. Lula cansou de apanhar e chegou a devolver algumas críticas. Mas agora algo mudou. Reparemos que Ciro também baixou o tom nas críticas. Há uma operação para reconstruir as pontes entre petistas e pedetistas.

Muitos dirão que os Ferreira Gomes, assim como parte do PDT, não são propriamente esquerda. É fato. Mas carregam a marca simbólica do brizolismo, e num Brasil dominado pelo fascismo não podemos nos dar ao luxo de dividir as forças democráticas.

Outros dirão que Ciro fez um giro ao centro, promovendo aliança com o carlismo na Bahia, por exemplo. É fato. Mas esse giro pode ser revertido, se o PDT perceber que esse movimento leva à inação e não traz ganhos – já que o “centro” (DEM et caterva) se desloca em direção ao bolsonarismo.

As informações (e agora se trata de um bastidor colhido por este jornalista) são de que Ciro e Lula voltaram a conversar nas últimas semanas. As rusgas ainda são fortes, mas a conversa está reaberta.

Ao incluir o PDT na lista de partidos bloqueados pela mídia, Lula quis mandar um sinal público: as duas forças precisam se acertar de alguma forma. E não se trata apenas de 2022…

PT e PDT precisarão estar juntos agora em novembro de 2020.

No Rio, Benedita (PT) ou Martha (PDT) podem ir ao segundo turno. Se a pedetista for a escolhida, o que hoje parece mais provável, precisará do apoio de Lula/Benedita.

Em Fortaleza, o quadro pode se inverter: mais provável que Luizianne Lins do PT enfrente um bolsonarista no segundo turno. E precisará do apoio do PDT.

Em Porto Alegre, Manuela (PCdoB, com PT na vice) irá ao segundo turno. E dependerá do voto de Juliana Brizola e das bases ainda vivas do pedetismo gaúcho.

A Bolívia mostrou a trilha da vitória. Lá, a direita se dividiu e a esquerda se unificou sob comando de Evo Morales – mas abrindo espaço para novos rostos…

Esse parece ser o caminho no Brasil.

PT, PSOL, PCdoB, PDT precisam estar juntos. É condição necessária, mas não suficiente, para furar bloqueios midiáticos e restaurar a democracia desorganizada pelo Golpe, pela Lava Jato e pelo desastre bolsonarista.

https://www.brasil247.com/blog/lula-manda-sinais-a-ciro-pt-e-pdt-voltam-a-conversar

SINTO MUITO, LULA, mas a piada que ouvimos em Fortaleza é a de que CIRO GOMES já comprou a passagem para a Europa, para o caso da Luizianne chegar ao segundo turno junto com o capitão Wagner.

Última pesquisa espontânea, segundo o Jornal o Povo

Capitão Wagner (Pros): 20% (candidato do Bolsonaro)

Luizianne Lins (PT): 13% (candidata do Lula)

José Sarto (PDT): 9% (candidato do Ciro)

Responder

Responder

carlos

22 de outubro de 2020 às 07h40

O Brasil tá esculhambado, meu amigo, me passou um link, em que o Capitão Wagner está fazendo disparos em massa em TV pornográficas como TV playboy, sexi hot, logo ele que diz defender as famílias, os jovens , aonde anda o TRE e o TSE? Eles existem? Deplorável,Triste

Responder

Pague a Mª do Rosário

21 de outubro de 2020 às 23h54

Tá na cara que a esquerda vai se eleger em Fortaleza.

Responder

Paulo

21 de outubro de 2020 às 19h26

Esse Sarto é parente do Celso Furtado?

Responder

Deixe uma resposta