Live do Cafezinho (19h): que segurança pública que queremos?

Brasil é notificado a se explicar sobre violação de direitos humanos no despejo do Acampamento Quilombo Campo Grande

Por Redação

02 de dezembro de 2020 : 16h16

Por Setor de Comunicação MST-MG

Nesta segunda-feira (30), a Comissão Interamericana de Direitos Humanos notificou o Estado brasileiro para que apresente explicações sobre o despejo das famílias do Acampamento Quilombo Campo Grande, em Minas Gerais.

A notificação é resultado do pedido de medidas cautelares apresentadas à CIDH em favor das famílias sem terra e denunciando a arbitrariedade do governo Zema e também de Bolsonaro.

Para Silvio Neto, da direção nacional do MST, essa notificação é essencial para que o Estado não volte a cometer crimes como este.

“Nossa expectativa é de que o Estado brasileiro, o governo e o judiciário nunca mais cometam despejos violentos como esse no Acampamento Quilombo Campo Grande. Esse conflito demonstra a necessidade da Reforma Agrária em nosso país. São 90 mil famílias acampadas pelo Brasil que precisam ter seu direito de acesso à terra garantido”, disse.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

1 comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Ronei

02 de dezembro de 2020 às 18h26

Que sejam despejados todos os acampamentos do primeiro ao último e que se insiram na sociedade como todas as pessoas civilizadas fazem.

Responder

Deixe uma resposta