Cafezinho & Cinema: conversa com Ducca Rios, diretor de Meu Tio José

Atlas Político divulga pesquisa para presidente e governador entre eleitores mineiros

Por Redação

08 de junho de 2021 : 20h54

Uma pesquisa do instituto Atlas Intel foi publicada hoje no Valor, sem muito alarde.

São números de intenção de voto referentes tanto às eleições estaduais quanto as presidenciais para 2022, entre eleitores de Minas Gerais.

O estado de Minas tem 15,6 milhões de eleitores ou 11% do total do eleitorado nacional.

Na pesquisa presidencial, são três cenários para o primeiro turno das eleições de 2022:

Cenário 1

Lula (PT): 35,5%
Bolsonaro (sem partido): 34,2%
Ciro (PDT): 6,7%

Cenário 2

Bolsonaro: 34,4%
Kalil (PSD): 14%
Haddad (PT): 13,2%

Cenário 3

Lula (PT): 37,6%
Bolsonaro: 35,6%
Kalil (PSD): 7,1%

O instituto também fez cenários de segundo turno. Quase todos os candidatos vencem Bolsonaro, por parte que oscilam de 9% a 14%.

Lula ganha de Bolsonaro por 53% X 40% no segundo turno, no estado de Minas Gerais.

Desaprovação

A pesquisa também mediu a aprovação de Bolsonaro, eleito presidente do Brasil em 2018. Ele é desaprovado dos 61,4% dos mineiros ouvidos e aprovado por 36,9%. Um restante de 1,7% não soube opinar a respeito.

O AtlasIntel mediu a imagem de 19 figuras políticas brasileiras. Ex-governador de Minas Gerais e atual deputado federal, Aécio Neves tem a maior visão negativa, com 80%. Completam o top 5 o também ex-governador mineiro Fernando Pimentel (PT), com 66%; o ex-ministro da Justiça e da Segurança Pública Sergio Moro (sem partido), com 62%; a ex-presidente da República Dilma Rousseff (PT), com 61%; e Bolsonaro, com 60%.

Já os cinco políticos dos 19 citados com melhor imagem são: o governador mineiro Romeu Zema (Novo), com 54%; Kalil, com 49%, o ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta (DEM), com 40%; e Lula e Bolsonaro, empatados com 38%.

***

A pesquisa sobre as eleições estaduais mostram o seguinte quadro. O atual governador Romeu Zema (Novo) tem 35,5% das intenções de voto, contra  32,9% do prefeito de BH, Alexandre Kalil (PSD).

O deputado federal André Janones (Avante) pontua 3,2%, tecnicamente empatado com a deputada federal Áurea Carolina (Psol), que tem 2,8%.

Outros seis nomes listados na simulação de primeiro turno somam 6,5%.

Na simulação de segundo turno, o Atlas detectou outro empate técnico, mas agora com o prefeito da capital numericamente à frente. Kalil marca 41,4%, ante 40,6% de Zema.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

4 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Alexandre Neres

09 de junho de 2021 às 01h36

Ó Minas Gerais! Não é pra me gabar não. Meu candidato em primeiro. Tudo bem, vou penar para governador. Contudo o que mais gostei foi a homenagem póstuma a Sergio Morto. Tem gente que tinha a esperança de ele lançar a candidatura. Taí, em Minas o falecido está no top 5. Que orgulho da minha terra!

Responder

Paulo

08 de junho de 2021 às 21h21

Dois dados se sobressaem de mais uma “pesquisa”, uma constatação e uma indagação: o gado bolsonarista garante a ele, praticamente, a disputa do 2º turno; o que Romeu Zema está fazendo em MG pra ter tanto prestígio?

Responder

    Pedro

    08 de junho de 2021 às 23h23

    Zema deve estar fazendo um bom governo dentro das limitações herdadas de desgovernos anteriores.

    Responder

Kleiton

08 de junho de 2021 às 21h07

O importante é acreditar….

Responder

Deixe uma resposta