Análise em vídeo das manifestações do 2 de outubro e as vaias a Ciro

Foto Alan Santos/PR

Governo Bolsonaro chega ao fim como o mais corrupto da história brasileira

Por Miguel do Rosário

30 de junho de 2021 : 09h53

O Brasil acordou hoje horrorizado – embora talvez não surpreso – com a notícia de que o governo Bolsonaro cobra propina de US$ 1 dólar por cada dose de vacina adquirida.

Não devemos sequer usar o verbo no passado, porque a história já nos provou que denúncias não são suficientes para interromper processos de corrupção.

Ou seja, enquanto Bolsonaro estiver à frente do governo, devemos supor que a roubalheira denunciada hoje nos jornais continua ocorrendo.

Já temos 516 mil mortos, e o governo Bolsonaro dispensa ou aceita as ofertas de vacina de acordo com a generosidade das propinas acertadas com intermediários.

Vamos aos fatos.

A Folha de hoje traz a seguinte bomba:

Luiz Paulo Dominguetti Pereira, que se apresenta como representante da empresa Davati Medical Supply, disse que o diretor de Logística do Ministério da Saúde, Roberto Ferreira Dias, cobrou a propina em um jantar no restaurante Vasto, no Brasília Shopping, região central da capital federal, no dia 25 de fevereiro.

A imagem de “bala de prata” é muito leve. Metáfora mais apropriada para o novo escândalo é de um tiro de fuzil na cabeça do governo. Ou ainda, para lembrar o fim recente de outro psicopata, 38 tiros no corpo fétido de uma administração genocida! Para encerrar esse parágrafo de mau gosto, uma última piada mórbida: governo Bolsonaro, CPF cancelado!

A terra está cheia de minhoca. Abrimos qualquer jornal e nos deparamos com vários escândalos de corrupção, cada um dos quais com força suficiente para derrubar qualquer governo, em qualquer parte do mundo.

A denúncia mais recente é pesada, tanto que o governo se viu forçado a afastar o diretor de logística do Ministério da Saúde, Roberto Ferreira Dias.

Dominguetti disse à Folha que Roberto Ferreira Dias compareceu a um jantar acompanhado de um militar e um empresário:

“E, olha, foi uma coisa estranha porque não estava só eu, estavam ele [Dias] e mais dois. Era um militar do Exército e um empresário lá de Brasília”, ressaltou Dominguetti.

Não estivéssemos lidando com tantas mortes, dor, destruição de empregos, poderíamos até admirar a justiça poética da presença de um militar na cena. O roteirista que vem escrevendo os destinos do Brasil não poderia nos decepcionar!

Em entrevista à Crusoé, o deputado Luis Miranda (DEM-DF) afirmou que recebeu oferta de propina, em troca de silêncio e/ou participação no esquema da Covaxin.

O governo morreu hoje.

Nos próximos dias, assistiremos o espetáculo macabro de um corpo apodrecendo diante dos olhares estarrecidos do mundo inteiro. As denúncias apresentadas serão enriquecidas com mais depoimentos, vídeos, áudios, mensagens vazadas.

Como serão as próximas manifestações em defesa do governo Bolsonaro: viva a corrupção, viva o roubo de vacinas?

Todos os brasileiros se vacinarão. Eu me vacinei outro dia. E imagino que, poucas vezes em nossas vidas, vivenciamos um sentimento tão coletivo, tão unificado, de júbilo e esperança. Não poucas pessoas choraram ao receber a vacina, porque todos nós sofremos com o medo, a morte de pessoas queridas, a angústia diante do desconhecido. Além disso, o desespero diante da destruição de negócios e empregos nos afligiu a todos! Por isso mesmo, assistíamos, estarrecidos, dominados por um tipo de fúria que tanto deprime, por ser inútil, o presidente vir à público e explorar, da maneira mais cínica e populista, o dilema idiota entre salvar vidas e empregos. Todos nós estavamos desesperados para salvar ambos! Que cidadão, que prefeito, que governador, de direita ou esquerda, desejaria o desemprego de seus irmãos? Por Deus! Bolsonaro tentava colar nos gestores responsáveis, aflitos para encontrar a solução mais humana e mais eficaz contra a pandemia, a pecha de cúmplices da destruição econômica!

Como resultado, vimos governadores e prefeitos fazendo vídeos, aos prantos, tentando explicar aos cidadãos que as decisões que eles estavam tomando eram realmente muito difíceis, mas que eles não tinham escolha, diante do risco de vida que o vírus oferecia a toda a população brasileira.

Bolsonaro fez esse tipo de jogo sujo! Uma ação de inacreditável desonestidade, mas que infelizmente lhe rendeu alguns dividendos políticos, porque a mentira é fácil.

Ele lavou as mãos para a pandemia, e tentou faturar politicamente com a ignorância natural das pessoas.

A mentira se move rápido, convence as pessoas com alguma facilidade, mas tem perna curta. A verdade quase sempre é mais lenta, mais complexa, mais difícil de entender. Quando chega, porém, nada supera a sua força. Ela é duradoura. A verdade é a própria Natureza, o próprio Deus, que não mentem.

Agora está provado que Bolsonaro se postou ao lado da mentira, da corrupção, dos interesses mesquinhos, da ambição desmedida pelo poder.

E o fez explorando uma das maiores tragédias sanitárias da história recente da humanidade, uma pandemia que matou milhões de pessoas, que devastou economias, que aterrorizou 7 bilhões de seres humanos!

Com a chegada da vacina, cuja eficácia é comprovada pela queda abrupta das mortes assim que ela é aplicada em massa, a humanidade agora vai julgar, com severidade, todos aqueles que agiram com irresponsabilidade, mesquinhez, sem compromisso com a ciência!

O presidente da república do Brasil, Jair Messias Bolsonaro, já ocupa o lugar de um dos principais réus desse tribunal.

E não é um tribunal da “história”, não.

É um tribunal de verdade, um tribunal dos homens, um tribunal no Brasil e um tribunal internacional.

Já temos ações correndo no Supremo Tribunal Federal contra Bolsonaro.

Já temos denúncias protocoladas na Procuradoria Geral da República.

E quem se postar ao lado desse bandido, será considerado cúmplice, e será julgado também.

As manifestações do dia 3 de julho serão maiores do que nunca.

Apesar de toda a tragédia que vivemos, não se pode negar que, hoje, vivemos um momento de grande alegria e alívio, porque é possível enxergar luz ao final do tenebroso túnel que atravessamos.

A ruína moral do governo Bolsonaro arrasta com ele muita gente: o papel de todos esses empresários tarados do neoliberalismo, às vezes chamados coletivamente de “mercado”, também aguarda um duro julgamento, de um tribunal ainda mais terrível do que aqueles que levam oficialmente esse nome. Serão julgados pelo tribunal das urnas!

Se Bolsonaro já aparecia nas pesquisas em colapso, agora não há dúvidas de que não tem futuro nenhum. É certo que, a partir de agora, perderá cada vez mais o apoio dos partidos de centro, temerosos das consequências políticas de serem vistos como aliados de um governo corrupto, genocida, incompetente e que será esmagado pelas urnas em 2022.

O principal tema que se impõe hoje ao país é o impeachment, para afastar qualquer poder de decisão de um presidente notoriamente desonesto e incapaz. Se Bolsonaro nunca demonstrou equilíbrio mental ou emocional mesmo quando tinha apoio popular e no parlamento, agora que perderá tudo, poderá se tornará ainda mais perigoso. As instituições precisam defender a democracia brasileira afastando esse elemento perigoso.

As Forças Armadas, por sua vez, deverão se afastar bruscamente de Bolsonaro. É o movimento mais lógico, porque o motivo que as levaram a se afastar dos governos petistas tinha sido justamente os escândalos de corrupção. Elas não tem outra saída política senão desambarcar do governo e se manterem neutras e distantes por muitos anos.

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

26 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Paul

06 de outubro de 2021 às 08h32

Essa esquerda nao tem mesmo vergonha. Ridiculo.

Responder

Daniel Costa.

26 de julho de 2021 às 10h55

Meus parabéns!
Excelente artigo, vai ganhar um prêmio agora.
A justificativa do governo Bolsonaro ser corrupto é simples… porque sim!
A justificativa do governo do PT ser bom é simples, Lula ajudou os pobres. Provas? …ele ajudou os pobres
A justificativa do Bolsonaro ser genocida é porque ele é motoqueiro e vai comer cachorro quente enquanto que a mídia ganha fazendo um reality show do presidente nas ruas.
A justificativa do Lula ter suas acusações anuladas é básico, o STF anulou e pronto, ninguém responde nada.
A simples explicação do porque o povo brasileiro vaiar o Lula, é porque o povo brasileiro ama o vermelho.
A justificativa de ser contra o voto impresso é porque tem que confiar no seu líder.
Outras perguntas cabe sempre á esquerda responder.

Responder

Vilmar Batista

02 de julho de 2021 às 05h47

Na boa Cafezinho,
Tá rolando algum “ cafezinho” pra ti? Só pode né? Pois, em sã consciência ninguém escreveria tanta asneira, se arriscando à cair no ridículo, se não tivesse rolando um cafezinho pra dar uma força.
Mas vamos lá. O que me deixa realmente estarrecido é assistir um texto desse, tão pobre de quase tudo, tão canalha e tão militante e panfletário, ser replicado nesse novo blog que sequer eu entendi porque aparece aqui pra mim. Diga-se de passagem, essa não é a primeira nem a segunda vez que leio causa tão IMBECIL como essa desse CAFEZINHO.

Responder

jakeline

30 de junho de 2021 às 21h30

Narrativa…

Responder

Tereza Rodrigues Gomes

30 de junho de 2021 às 16h24

Você não poderia ter explanado melhor a situação do Brasil nestes tempos de governo direitista, bolsonarista,militarizado e achincalhado, levado até as últimas consequências por um presidente psicopata,
genocida ,e ainda ,pra ficar um pouquinho pior um congresso mancomunado com esse elemento chefe das forças armadas que não fez nada mais que aparelhar as instituições para servir aos seus interesses escusos e macabros. Parabéns jornalista Miguel do Rosário.

Responder

janster

30 de junho de 2021 às 15h33

Eu sugiro ficar mas quetos pois ao que tudo indica tem pelo menos mais 5 anos pela frente… até a esquerda aprender a fazer política.

Eu sugiro começar apostar nós jovens pois a idade media e o fedor de mofo desses velhos esquerdoides tá ficando pesado…

Responder

Odelmo

30 de junho de 2021 às 15h24

O compromisso com a ciência da esquerda permite aglomerar durante as manifestações ou nessa caso a “siensia” e o coronavirus pegam um dia de férias…?

Responder

Manduria

30 de junho de 2021 às 15h05

“…o mais corrupto da história” kkkkkk

A estratégia é tratar qualquer irregularidade como se fossem por exemplo o Petrolão e o Mensalão para ao mesmo tempo fingir que o nunca existiram ou foram nada a respeito e tentar apaga-los ?

Estão confessando que os Governos Petistas foram uma tragédia e os mais podres da história brasileira e aínda se acham expertos ?

Eu sugiro mudar estratégia, não vai dar certo.

Responder

Idris

30 de junho de 2021 às 14h34

Corrupção sem ninguém ter pago 1 centavo eu nunca tinha visto até hoje.

Responder

Partagas

30 de junho de 2021 às 14h09

“Bolsonaro tentava colar nos gestores responsáveis, aflitos para encontrar a solução mais humana e mais eficaz contra a pandemia”….kkkkkkkkkkkk

O que hà de humano em trancar em casa as pessoas (contra todos os proprios direitos humanos e a constituiçào) fazendo elas perder o trabalho…? Era uma véz em que a esquerda defendia essas coisas…

Cadé o humanista de Boteco Pedrinho do Toddy para nòs auxiliar nisso…? Kkkkkkkkk

Cadé a comprovaçào cientifica da eficacia dessas medidas…?
Porque alguns paises que nao adoptaram essas medidas tiveram menos mortes que outros que a adoptaram…?
Conseguem responder ou fica tudo no campo da narrativa como de costume…?

Responder

Yuri Canastra

30 de junho de 2021 às 14h03

” Que cidadão, que prefeito, que governador, de direita ou esquerda, desejaria o desemprego de seus irmãos? Por Deus! Bolsonaro tentava colar nos gestores responsáveis, aflitos para encontrar a solução mais humana e mais eficaz contra a pandemia, a pecha de cúmplices da destruição econômica!”

E’ pra ri né…kkkkkkkkkkkk

Claramente foram medidas inuteis, boas para prefeitos e governadores dizer que fizeram alguma coisa…quem como eu ta esperando a comprovaçào “sientifica” dessas medidas sugiro que aguarde sentado pois vai demorar…

Alias…ainda temos 2.500 mortos por dia viu…o Sr. Rosario que respeita a “siença” pode nos dizer por qual motivo houve e haverà manifestaçoes de esquerda nos proximos dias…? Ele parteciparà…?
Se andam tao preocupados com isso nao deveria manifestar e aglomerar obviamente…mas é claro que é pura hipocrisia mal desfarçada.

Me parece que conforme o tempo passa e nada a esquerda consiga em resultados praticos o esperneio venha aumentando…esse site também perdeu bastante, parece que o Sr. Rosario anda meio desanimado ultimamente….um bla bla bla inutil sobre genocidio, impeachment e outras histerias sem fundamento.

E’ bastante claro que de 2018 pra cà pouco ou nada mudou e nem com a pandemia conseguiram tirar um minimo de proveito pois nao sao minimamente capazes….kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Responder

Francisco*

30 de junho de 2021 às 13h53

‘É o Lula e PT, Estúpido!’

Embora mais que batido e esgarçado, “seria cômico se não fosse trágico”, não tem como não ser síntese adequada a esse ‘engana que eu gosto’, esse ‘pega ladrão’ recursivo e manjado, para se enganar e junto, misturados, também os trouxas de sempre, ao correr de nossa trágica e dependente história, com a revelação de repente, não antes e mais que de repente, que o desgoverno Bolsonaro é CORRUPTO, como se anunciado rachado não o fosse desde sempre.

Pois é, ‘descobriram’ agora que o desgoverno eleito por eles, essa gente de bens, em 2018, através da fundamental ajuda do braço midiático que então proclamava “ser muito difícil decidir em quem votar”, por conta do lavajateiro conto da “Maior Corrupção da História da Humanidade”, é acima de tudo e de todos, CORRUPTO até na realidade paralela, como já sabiam na realidade não paralela dos fatos, os que tem memória de guardar, olhos de ver e cabeça de pensar.

Como Miguel, que mesmo sabendo de que se trata, de fato, decide por outra narrativa, sintetizada no último parágrafo:
“As Forças Armadas, por sua vez, deverão se afastar bruscamente de Bolsonaro. É o movimento mais lógico, porque o motivo que as levaram a se afastar dos governos petistas tinha sido justamente os escândalos de corrupção. Elas não tem outra saída política senão desembarcar do governo e se manterem neutras e distantes por muitos anos.”

Porém, o movimento mais lógico, porque o motivo que as levaram agora a se afastarem abruptamente do desgoverno Bolsonaro, é viabilizar o “segunda via” (que não será Ciro, candidato a Marina em 2022) à força, como de hábito e por opção única, através da mídia de sempre que, em blitzkrieg, irá metódica e incessantemente descarregar todo o estoque de corrupção e outras mazelas, armazenados, pra cima do agora descartável Capetão, em tentativa de impedir que Lula reassuma o país e torne-o ao caminho do desenvolvimento e da não dependência, rumo ao Brasil moderno, justo e soberano desejado pelos brasileiros que não precisam se ‘enrolarem na bandeira’ para esconderem que de fato amam Miami.

De novo, ‘seria cômico se não fosse trágico’, como deseja Miguel, “as Forças Armadas, por sua vez, deverão se afastar bruscamente de Bolsonaro”, sabendo-se que, diferentemente como de fato se relacionavam com os governos do PT, hoje estão entranhadas até a alma, à mando do Bolso, no comando do Ministério da Saúde, portanto não por acaso, na denúncia que coube a Folha divulgar na operação ‘Bolsonaro Nunca Mais’, tinha lá no dito jantar um militar do exército, que pelo jeito não interessou a mídia identifica-lo.

Responder

Bandoleiro

30 de junho de 2021 às 13h49

Vixe, acabou o governo, obrigado por nòs informar….https://youtu.be/lI0Q_PQttkc

Responder

EdsonLuiz.

30 de junho de 2021 às 13h48

O governo bolsonaro está sendo um governo muito perigoso.

O governo bolsonaro associa corrupção com transgressão institucional de forma bem grave. Isso, para mim faz do governo bolsonaro um governo bem mais perigoso do que os governos do PT.

Corrupção material com recursos públicos implica no uso de investidura legal, quer seja investidura por ocupação de função pública adquirida por concurso, quer seja concedida por nomeação em cargo de confiança, para auferir benefícios pessoais.

Corrupção material é um uso particular pessoal do Estado. Este tipo de corrupção é muito mais associado a governos petistas.

Já corromper a institucionalidade para implantar no poder uma força inconstitucional, capturando o Estado e solapando a democracia implica em transgredir a própria constituição e a democracia, configurando uma transgressão bem mais perigosa.

Transgressão constitucional é o uso da institucionalidade democrática do Estado para implantar uma autocracia. Esse risco é bem mais associado ao bolsonarismo que ao petismo.

Nos governos do PT, até pelo tempo de poder do PT, que somou quase 14 anos seguidos e já vindo de experiências em grandes prefeituras, o volume de corrupção foi industrial. A Operação LavaJato, enquanto durou, condenou e prendeu inúmeros tubarões da política e do empresariado, principalmente de empreiteiras corruptoras. Os valores recuperados já somam mais de 9.000.000.000 (sim! Mais de nove bilhões), com expectativa de que, pelos acordos judiciais em andamento, se chegue à casa de 32.000.000.000 (trinta e dois bilhões).

É bem certo que muito dinheiro desviado esteja fora da vista dos Sérgios Moros que possam ter restado nos aparelhos de estado para combate de corrupçào.

Este que é para mim um dos dois ÚNICOS BONS LEGADOS que ficariam dos governos do PT: O FORTALECIMENTO E AVANÇOS INSTITUCIONAIS das estruturas de combate à corrupção, desde o Ministério Público até a indicação de ministros como Fux, Rosa Weber, Fachin, Barroso e outros, estruturação e fortalecimento da Polícia Federal, entre outras ações no sentido da moralização da coisa pública que o PT fez, ESTE LEGADO, já antes da Operação LavaJato começou a ser borrado pelo próprio PT, com a indicação de compadres de Lula e do PT, como Ricardo Lewiandoviski, para o STF, e mais recentemente, em pleno desmantelamento da LavaJato, vimos repetidamente um conluio do PT com o bolsonarismo para a eleição do procurador da República conveniente à corrupção dos dois, de petistas e de bolsonaristas, no caso o procurador Augusto Aras (faça-se justiça ao senador Paim, que embora seja do PT, votou contra) e da associação do PT ao apoio do
candidato de bolsonaro a presidente do senado, o atual presidente, senador Rodrigo Pacheco. Isso, esses conluios, foram feitos abertamante, porque tem outros, como as articulações iniciais do candidato de bolsonaro, deputado Artur Lira, para a presidência da Câmara, que o PT incensou.

Eu bem que gostaria de conhecer as reflexões de petistas como a atriz Leandra Leal, por exemplo, sobre estes fatos. Mas também gostaria de conhecer a de você que votou e ainda apoia bolsonaro sobre estes conluios.

Antes de prosseguir, abro um parágrafo para registrar então o único grande legado restante dos governos do PT, na minha percelção: a instituição de cotas para negros no acesso à educação, conferindo maior representatividade da nossa cor social nas universidades e escolas técnicas federais.

Pois bem: até pelo pouco tempo do bolsonarismo na investidura máxima de poder, não há equivalência entre o bolsonarismo e o petismo na questão corrupção. O bolsonarismo é bastante corrupto, e já era corrupto antes da presidência, mas não compado ao PT.

ACONTECE que bolsonaro e o bolsonarismo são desproporcionalmente mais perigosos institucionalmente que o PT.

Com o bolsonarismo estamos assistindo e vivenciando a implantação em âmbito federal de estruturas criminosas que capturaram amplíssimos territórios e espaços formais de poder no Estado do Rio de Janeiro. bolsonaro e o bolsonarismo, para além da corrupção, é a captura do Estado Federal para a implantação em dimesão nacional de um Estado criminoso, com a tecnologia política e social que essa força criminosa que o bolsonarismo representa sendo generalizaa no país, e, mais grave, com inserção expressiva internamente às Forças Armadas, na minha percepção.

Ė a esta imensa ameaça à democracia e à institucionalidade, ameaça que tem tirado o meu sono e me deixado arrepiado, que o explêndido deputado Marcelo Freixo endereça, para mim muito corretamente, uma candidatura centrada no desmonte do poder já ocupado e da ameça de sua expansão dessa força tenebrosa para outros estados da federação. Está muito certo o deputado Freixo. Eu só não entendi
o seu movimento de sair do seu PSOL, que é o partido que juntou expertise e coragem
no combate desses criminosos políticos, e
entendi menos ainda quando Freixo, entendendo que a gravidade do problema do Rio de Janeiro necessita de um comprometimento nacional, pela ameaça que há de se espalhar para o país inteiro com bolsonaro, escolheu Lula para simbolizar nacionalmente essa luta, se Lula não conta com a confiança de ao menos 50% do povo brasileiro e, no Rio, tem seu nome associado politicamente ao criminoso Sérgio Cabral.

Em conclusão, temos no Brasil duas forças a serem combatidas sem tréguas, seja por suas incompetências na economia, seja pelo que ameaçam a moralidade necessária ao funcionamento do Estado. Uma dessas forças, o PT, apresenta maior gravidade quanto à corrupção material, mas bolsonaro e o bolsonarusmo, também corruptos, representam maior gravidade que o PT por significarem muito maior ameaça institucional, ao menos no curto prazo, de implantação no Brasil de uma autocracia como a autocracia chinesa e toda a truculência que significa essa ameaça.

O petismo é mais corrupto, mas k bolsonarismo é hm perigo bem maior que o PT para a democracia.

Responder

    Paulo

    01 de julho de 2021 às 23h14

    “Este que é para mim um dos dois ÚNICOS BONS LEGADOS que ficariam dos governos do PT: O FORTALECIMENTO E AVANÇOS INSTITUCIONAIS das estruturas de combate à corrupção, desde o Ministério Público até a indicação de ministros como Fux, Rosa Weber, Fachin, Barroso e outros, estruturação e fortalecimento da Polícia Federal, entre outras ações no sentido da moralização da coisa pública que o PT fez, ESTE LEGADO, já antes da Operação LavaJato começou a ser borrado pelo próprio PT, com a indicação de compadres de Lula e do PT, como Ricardo Lewiandoviski, para o STF, e mais recentemente, em pleno desmantelamento da LavaJato, vimos repetidamente um conluio do PT com o bolsonarismo para a eleição do procurador da República conveniente à corrupção dos dois, de petistas e de bolsonaristas, no caso o procurador Augusto Aras (faça-se justiça ao senador Paim, que embora seja do PT, votou contra) e da associação do PT ao apoio do
    candidato de bolsonaro a presidente do senado, o atual presidente, senador Rodrigo Pacheco. Isso, esses conluios, foram feitos abertamante, porque tem outros, como as articulações iniciais do candidato de bolsonaro, deputado Artur Lira, para a presidência da Câmara, que o PT incensou.

    Eu bem que gostaria de conhecer as reflexões de petistas como a atriz Leandra Leal, por exemplo, sobre estes fatos. Mas também gostaria de conhecer a de você que votou e ainda apoia bolsonaro sobre estes conluios.

    Antes de prosseguir, abro um parágrafo para registrar então o único grande legado restante dos governos do PT, na minha percelção: a instituição de cotas para negros no acesso à educação, conferindo maior representatividade da nossa cor social nas universidades e escolas técnicas federais.”

    Edson Luiz, está correto, na minha modesta avaliação, em todos os aspectos, exceto no último parágrafo. Porém, diante de tão rara acuidade política, capaz de perceber o avanço institucional propiciado pelo PT nos tribunais superiores (Lewandowsky e Tofolli à parte), na PGR e na PF , sinto-me até constrangido em contradizê-lo…

    Responder

Jonathan

30 de junho de 2021 às 13h45

…bomba, colapso, impeachment, corrupçao, horrorizado , propina, bilhoes, mortes, genocida, incompetente, bandido, denuncia, psicopata, derrubar…muuuuu, muuuuuuu !!

Olha o mandriao soltando o berrante para chamar o rebanho no dia 3….kkkkkkkkkkkkkkk

Essa é a politica a moda tupiniquim…pura infantilidade.

Responder

Francisco de Assis

30 de junho de 2021 às 13h44

Excelente artigo, Miguel, e isto me faz voltar a comentar aqui. Meus parabéns.

Pena que você tenha escrito o último parágrafo – “As Forças Armadas, por sua vez, deverão se afastar bruscamente de Bolsonaro. É o movimento mais lógico, porque o motivo que as levaram a se afastar dos governos petistas tinha sido justamente os escândalos de corrupção. Elas não tem outra saída política senão desambarcar do governo e se manterem neutras e distantes por muitos anos.” -, sobre o qual comento a seguir.

Primeiro que as Forças Armadas DE OCUPAÇÃO DO BRASIL (FAOB) não têm que se afastar apenas de Bolsonaro – o que já é quase impossível, pois o Genocida, na sua crueldade contra o povo brasileiro (e o do Haiti), é a melhor representação histórica das mesmas -, mas têm que se retirar da política.

Segundo, que é muito inocente achar que as FAOB se afastaram dos governos petistas pelos escândalos de corrupção. O que elas queriam era assaltar o poder para usufruir melhor das mamatas e da corrupção grossa, como está sendo revelado agora à luz do sol. Ora, tenha paciência: veja a quantidade de generais, coronéis, tenente-coronéis e oficiais inferiores já citados nos escândalos de corrupção do governo milico-mliciano do Genocida, nos episódios de corrupção no MS-RJ em aliança com milicianos, na fabricação em massa de cloroquina pelos laboratórios militares, agora na infame corrupção das vacinas. E isso não é de agora, você bem deve saber da corrupção de generais e altos oficiais militares na ditadura, nos jogos olímpicos e em outras falcatruas em licitações, tudo devidamente varrido para baixo do tapetão, pela covardia de muitos para não melindrar e assanhar os quartéis..

Ou seja, as FAOB têm que se afastar da política e da própria corrupção. E mais ainda, deixarem de ser lesa-pátria – como foram nas entregas da Embraer, submarino nuclear, Petrobrás, Eletrobrás etc – e anti-povo, inclusive no seu mais alto grau de infâmia em que agora se tornaram, o de cúmplices e operadores do genocídio do povo brasileiro.

Responder

Ugo

30 de junho de 2021 às 13h40

Que sensacionalismo barato de quarta serie hein Rosario…que nivél bem baixinho.

Pra que…para dar uma bombada na cabeça dos depensantes esquerdoides e mandari pra rua dia 3 de junho ?

Animo tropas…kkkkkkkkkkkkkkk

Responder

Bandoleiro

30 de junho de 2021 às 13h26

Bozo na cadeia já.

Responder

Querlon

30 de junho de 2021 às 13h12

Até hoje nao reconheceram a roubalheira desgraçada com centenas de sentencias nos governos Petistas e o Governo Bolsonaro é o mais corrupto da historia ?

Larguem de fazer rir de graça que tà ridiculo….ou ainda acham que com narrativas vao para lugar algum ?

Responder

Ronei

30 de junho de 2021 às 12h50

O governo do gado.

Responder

Efrem Ventura

30 de junho de 2021 às 11h59

Pois é…a esquerda nao explorou a pandemia, quer dizer isso ? Kkkkkkkkkkkkkkkk

Responder

Duilio

30 de junho de 2021 às 11h57

Eu acho que o Sr. do Rosario, antes de liberar os comentarios dà uma leitura (principalmente dos que nao sao a esquerda) e daì traça a estrategia para seus textos…nenhuma novidade.

Responder

Willy

30 de junho de 2021 às 11h56

Pois é…o Circo tà preparando as narrativas e o terreno para as manifestaçoes do dia 3, ninguem havia percebido isso, que surpresa…kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Responder

Luan

30 de junho de 2021 às 11h53

“GOVERNO BOLSONARO CHEGA AO FIM COMO O MAIS CORRUPTO DA HISTÓRIA BRASILEIRA”

E’ preciso ter um minimo de repeito com a inteligencia dos brasileiros antes de escrever essas besteiras no estilo 247…ou acham que os brasilerios perderam a memoria ?

Responder

Ronei

30 de junho de 2021 às 11h41

Que esperneio é esse Renan do Rosario…? kkkkkkkkkkk

Responder

Deixe um comentário