Jornal da Forum: Lula quer reindustrializar o Brasil!

Imagem: Divulgação

Jurista do Prerrogativas afirma que Moro deseja o poder para fugir da cadeia

Por Redação

21 de dezembro de 2021 : 08h49

O jurista Marco Aurélio Carvalho, do Grupo Prerrogativas, disse na noite desta segunda-feira, 20, que o ex-juiz e agora pré-candidato a presidência, Sérgio Moro (Podemos), deseja ocupar o poder político para ter imunidade parlamentar e com isso, escapar de ser preso.

“Moro está completamente desidratado, está fora do processo e buscando algum protagonismo. No fundo, talvez o Moro esteja buscando uma blindagem, uma imunidade parlamentar para sair do destino que o aguarda, que é a prisão”, disse em entrevista ao Brasil 247.

“Se eventualmente uma daquelas dez medidas contra a corrupção, que ele defendeu, estivessem valendo no Brasil, em especial a validação das provas ilícitas, ele estaria preso jogando baralho ao lado de Deltan Dallagnol e cia”, completou.

Assista a entrevista completa!

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

4 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Querlon

21 de dezembro de 2021 às 09h59

Eu lembro de um ex presidente tentando ser nomeado ministro da casa civil para escapar da justiça…

Mas essa coisa sao “detalhes” nesse fim de mundo, é sò fingir que nada aconteçeu.

Responder

    Nelson

    22 de dezembro de 2021 às 11h15

    Meu caro. Tu chegaste a te informar? Já sabes que Lula acumula mais de 20 processos contra ele que foram extintos por falta de provas? Processos que foram instrumentalizados e conduzidos de forma criminosa a colocá-lo na cadeia e a alijá-lo da disputa presidencial de 2018?

    Não há problema em ter críticas ao Lula e ao PT. Eu também tenho, aos montes. Porém, se deixar conduzir por um processo de fanatização promovido pela direita (aí devemos incluir desde gente que se dizia de centro até os de direita declarada) que tinha a grande mídia e os aparatos divulgadores de fake news em suas mãos, demonstra opção pela irracionalidade.

    Essa onda de judicialização da política, insuflada deliberadamente de fora no nosso país, para dominar-nos com maior facilidade, que teve Moro e outros juízos, procuradores do MP e a Lava Jato, já mostrou a que veio, e não foi para benefício da nação.

    Ademais, fica a pergunta. Quem vai pagar as indenizações àqueles que, como Lula, amargaram dias e dias na prisão sem um julgamento final?

    Eu proporia que a conta fosse impingida a Sérgio Moro, Deltan Dall Agnol e outros procuradores, a grande parte do Judiciário, STF incluído, que deixou correr solto o desrespeito reiterado ao Estado Democrático de Direito e à Lei Maior do nosso país.

    O povo em geral não deveria ser condenado a pagar pela incúria de gente que sabia muito bem o que estava a fazer e que fez uso do pretexto do combate à corrupção para destruir nossas instituições, a serviço, já é sabido, de potência estrangeira.

    Responder

canastra

21 de dezembro de 2021 às 08h59

Esse é o nivél dos advogados brasileiros…

Responder

Galinzé

21 de dezembro de 2021 às 08h58

Os “juristas” desse grupo sao todos militantes politicos camuflados de advogados.

Responder

Deixe um comentário

O 2021 de Ciro Gomes O 2021 de Lula Parlamentarismo x Semipresidencialismo: Qual a Diferença? Fernanda Montenegro e Gilberto Gil são Imortais na ABL: Diversidade Auxilio Brasil x Bolsa Família: O que mudou?