Analista da Ideia fala sobre “voto útil” dos eleitores de Ciro a Lula no 1° turno

Imagem: Alan Santos / PR

Saída de Moro faz Bolsonaro crescer 5 pontos em SP, diz pesquisa

Por Redação

30 de abril de 2022 : 13h03

Nesta sábado, 30, o Paraná Pesquisas divulgou mais um levantamento para a presidência da República entre os eleitores do estado de São Paulo. A pesquisa revela uma recuperação de Jair Bolsonaro (PL) entre os eleitores paulistas. Em números, o inquilino do Planalto cresceu 5 pontos após a saída do ex-juiz Sergio Moro.

Na pesquisa espontânea, por exemplo, Bolsonaro aparece numericamente a frente (22,1%) do ex-presidente Lula (20,7%). Já na espontânea, ele registra 35,8% ante 34,9% do petista. Vale lembrar que na pesquisa anterior, Bolsonaro tinha 31% e Lula 34%.

O Paraná Pesquisas ouviu 1820 eleitores em 78 municípios de São Paulo entre os dias 24 e 29 de abril. A margem de erro é de 2,3 pontos percentuais para mais ou para menos. O levantamento foi registrado no TSE sob o nº BR-07854/2022 e foi contratada pela BGC Liquidez.

Acesse a pesquisa clicando aqui.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

5 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Querlon

01 de maio de 2022 às 11h22

– Lula é um velhinho alcoolatra, com claros sinais de senilidade e sujo de estrume até os cabelos.
– Ciro Gomes é doido varido
– Moro nao é um politico
– Doria nao é nada
– Resta sò Bolsonaro, gostando ou nao é outro discurso.

Nao precisa fazer muitas pesquisas basta olhar os fatos.

Responder

Manoel

01 de maio de 2022 às 10h29

Ainda não perceberam ? A Eleição de 2022 já terminou !!! Lula é o Vencedor !!! Podem apresentar mais e mais pesquisas , mas o Lula em todas aparece disparado na frente , desde 2020 , quando foi
Inocentado pelo STF , e até os incautos puderam ver a Farsa – Jato !!!
Seu adversário , é um Cafajeste e não é mais uma novidade , e assumindo o que é , não tem a menor chance , fora do cercadinho .

Responder

Paulo

01 de maio de 2022 às 01h03

No dia em que o PT ganhar em São Paulo viraremos uma Venezuela ou Argentina, podem escrever! Não haverão mais obstáculos à tomada do Poder pela esquerda…

Responder

Jose Carlos

30 de abril de 2022 às 16h34

Paraná Pesquisas?? Sim, Instituto mui sério, sei.

08/10/2014 – Revista Época:
Aécio 54% x Dilma 46%.

Responder

Saulo

30 de abril de 2022 às 16h16

“A imprensa brasileira talvez seja a única no mundo a defender a censura — apoia integralmente a proibição de publicar “notícias falsas” e punir os seus divulgadores.

Mantém “consórcios” para publicar as mesmas notícias, como se faz nos países de jornal único.

Age como policial de repressão ao conteúdo, com as suas “agências de verificação da verdade”.

É, em sua grande maioria, a favor do projeto de “controle social” da mídia que Lula promete criar no Brasil para calar a voz das redes sociais.

Provavelmente é a única, também, com sindicatos que apoiam a prisão de jornalistas e uma entidade nacional, como a ABI, que fica contra o perdão a um adversário político.

Na esteira da imprensa, na militância aberta contra a liberdade, vem a aglomeração de sempre.

É a OAB, que não admite, nem mesmo, a realização de eleições livres para escolher a sua própria diretoria. São as entidades “empresariais”, com as federações e as confederações da vida. São os bispos da CNBB.

É a direção da Câmara dos Deputados e a do Senado Federal, que atingem, hoje, níveis clínicos de covardia e de servilismo — algo que não se conheceu nem no tempo dos senadores “biônicos” do regime militar. No seu grande momento, ficaram a favor da prisão de um membro do Parlamento — outro caso único no mundo.

São todos os partidos de esquerda, a começar pelo PT, que recorrem ao STF para anular o perdão a um colega da política.

É a universidade pública, onde os professores chamam a segurança para expulsar da sala um aluno que tentou exercer o seu direito a não usar máscara.

É toda a polícia que se formou em torno da covid, da vacina e do “fique em casa”.

São todos, enfim, que não conseguem pronunciar a palavra “liberdade” sem juntar a ela, imediatamente, a palavra “limites”.

J. R. Guzzo

O Brásil um dia será uma democracia de verdade…hoje ainda está infestado de ditadorzinhos enrustidos filhotinhos da imbecilização idiologica de décadas que tentam impor de cima para baixo o que querem explorando a tragédia que os brasileiros vivem todos os dias.

Um dia isso vai acabar, o vento está claramente mudando.

Responder

Deixe um comentário

O Xadrez para Governador da Bahia O Xadrez para Governador de Minas Gerais O Xadrez para Governador de São Paulo O Xadrez para Governador do Rio de Janeiro Novo Presidente da PETROBRAS defende preços altos Cadê o churrasco do povo, Bolsonaro? Preço explodiu! Conservadores? A atual juventude brasileira O Indulto sem Graça de Bolsonaro Os Principais Eleitores de Lula Os Principais Eleitores de Ciro Gomes