Lava Jato volta a ameaçar Lula: diz que 'timing' para prendê-lo pode vir em 30 ou 60 dias - O Cafezinho

O Cafezinho

sexta-feira

27

janeiro 2017

45

COMENTÁRIOS

Lava Jato volta a ameaçar Lula: diz que ‘timing’ para prendê-lo pode vir em 30 ou 60 dias

Escrito por , Postado em Golpe

Loading...

(Foto: Cleia Viana/Câmara dos Deputados)

Olha aí o que é a Lava Jato.

Um delegado da Polícia Federal, cujo salário é pago com o dinheiro dos nossos impostos, usando o cargo para fazer ameaças a um ex-presidente da República.

É um falastrão. A entrevista, por si só, constitui um gravíssimo crime contra a estabilidade política, que a PF é paga para manter, e contra a liberdade e segurança individual de um cidadão brasileiro sem nenhuma condenação e, portanto, inocente até prova em contrário.

Igor Romário cometeu um crime. Se estivéssemos numa democracia, ele é que deveria ser preso. Ele trata Lula como inimigo, que deve ser preso de acordo com o “timing” do momento, e não de acordo com as provas do processo.

E o sujeito é tão desumano, que faz uma ameaça dessas no momento em que a família de Lula, e o próprio, estão profundamente fragilizados com o problema gravíssimo de saúde de Marisa Letícia, que está no hospital em coma induzido.

Mais uma prova de que a Lava Jato está sendo conduzida por delinquentes.

Mais uma prova de que a Lava Jato sempre serviu como plataforma para o golpe.

Lula é o último elo livre da democracia. Tem crescido, e isso é insuportável para os golpistas, nas pesquisas de intenção de voto, ao mesmo tempo em que os tucanos estão desabando.

A própria rejeição ao Lula vem caindo muito rapidamente.

Por isso, o golpe, para se sentir mais confiante em si mesmo, precisa prender Lula rápido.

***

No UOL

“Timing para prender Lula pode surgir em 30 ou 60 dias”, diz delegado-chefe da Lava Jato
Por Leandro Prazeres, Vinicius Konchinski e Flávio Costa

Do UOL, em Curitiba 27/01/201704h00

Prestes a concluir dois inquéritos contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), o delegado da PF (Polícia Federal) que coordena as investigações da Operação Lava Jato, Igor Romário de Paula, afirma que o “timing” para prender o petista pode aparecer em “30 ou 60 dias”. “Não acho que a gente perdeu o timing. Esse timing pode ser daqui a 30 dias, daqui a 60 dias”, disse. A declaração ao UOL contradiz o delegado Maurício Moscardi Grillo, que, em entrevista à revista “Veja”, disse que a PF havia “perdido o timing” para prender o ex-presidente.

Igor Romário disse também acreditar que a morte do ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Teori Zavascki foi um acidente e não resultado de um atentado ou sabotagem. Ele criticou ainda a ausência da PF durante a negociação dos acordos de delação premiada dos 77 executivos da Odebrecht. “É bem provável que haja a necessidade de um recall no caso da Odebrecht.”

Procurados pela reportagem, os advogados do ex-presidente não quiseram se manifestar sobre as declarações de Igor Romário.

Leia abaixo os principais trechos da entrevista.

UOL: Um delegado da equipe da Lava Jato afirmou, recentemente, que se perdeu o “timing” para prender o ex-presidente Lula. O senhor concorda?

Igor Romário de Paula: É complicado falar em perder timing. Os requisitos para uma prisão preventiva são bastante objetivos. Lá atrás, na fase 24 da Lava Jato, quando houve a representação do Ministério Público [pela condução coercitiva de Lula, em março], não existiam os requisitos para um pedido de prisão do ex-presidente. Não acho que a gente perdeu o timing. Esse timing pode ser daqui a 30 dias, a 60 dias. A investigação que envolve o ex-presidente Lula é muito ampla.

Então o senhor não concorda com a afirmação de seu colega?

Não. O timing pode ser daqui a pouco. Não vejo nem perda de tempo nem condescendência com o fato de se tratar um ex-presidente. O próprio juiz Sergio Moro já mostrou que ele não leva isso em consideração quando toma suas decisões. Esse timing pode ser mais para frente, pode não ser aqui, pode aparecer nas investigações que acontecem em Brasília.

(…)

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário

Editor em Cafezinho
Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.
Miguel do Rosário

sexta-feira

27

janeiro 2017

45

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

45 COMENTÁRIOS

  1. Marinalva
  2. RL
  3. C.Poivre
  4. Minos Adão FilhoMoro
  5. Fabiano
  6. Minos Adão Filho
  7. Claudio Anael
  8. Sérgio Rodrigues
  9. RL