Mais de 70% dos eleitores já estão decididos sobre o voto presidencial, diz DataFolha

Notas sobre o Pibinho

Por Miguel do Rosário

01 de março de 2013 : 18h02

[s2If !current_user_can(access_s2member_level1) OR current_user_can(access_s2member_level1)]

O IBGE divulgou hoje o crescimento do PIB no ano passado, que foi de 0,9%, um lamentável pibinho. Mas antes de cortar os pulsos e ajoelhar no altar da Miriam Leitão, tentemos ver o lado positivo. O pior já passou. O crescimento do PIB no último trimestre de 2012 foi o segundo maior do mundo (sic), e todos os gráficos mostram uma vigorosa recuperação da economia brasileira.

Abaixo, reproduzo alguns gráficos extraídos do site do Estadão.

Note-se que o crescimento do Brasil no último trimestre superou economias altamente dinâmicas, como Coréia do Sul, e se deu num contexto de recessão generalizada no mundo desenvolvido.

[/s2If]
[s2If !current_user_can(access_s2member_level1)]
Para continuar a ler, você precisa fazer seu login como assinante (no alto à direita). Confira aqui como assinar o blog O Cafezinho.[/s2If]

[s2If current_user_can(access_s2member_level1)]

Outra surpresa foi que a indústria não caiu tanto como se esperava. A partir do segundo semestre, a indústria começou a reverter sua tendência de queda e encerrou o último trimestre com crescimento de 0,4% sobre o trimestre anterior, e de 0,1% sobre igual período de 2011.

 

Os números mostram que o vilão do PIB em 2012 foi mesmo a agropecuária, um setor volátil por natureza (e por causa da natureza).

Observe a tabela abaixo e atente para a coluna do quarto trimestre. Todos os itens apresentam números bastante positivos, com exceção da agropecuária.

 

Um dado negativo é que a indústria de transformação registrou queda no quatro trimestre do ano passado, mas vale fazer algumas ponderações. Vamos analisar a tabela abaixo, que traz os subsetores.

Na linha de indústria de transformação, vemos que a indústria caiu 0,5% no último trimestre do ano. Repare, contudo, que o setor industrial tem um histórico de sazonalidade. Cresce num trimestre e cai no outro. O setor havia experimentado uma alta relevante no terceiro trimestre do ano, de 1,5%. E a expectativa, já indicada em números para janeiro, é que volte a apresentar crescimento no primeiro trimestre deste ano.

Outro fator positivo é a forte queda nos estoques no último trimestre, somado ao crescimento do consumo das famílias e a melhora no investimento (formação bruta de capital fixo), que experimentou alta de 0,5%.

Para 2013, até mesmo a imprensa mais pessimista admite que as previsões gerais são de um crescimento acima de 3%, com muitos apostando em 4%.  O importante, para a economia brasileira, é manter uma taxa similar durante um período razoável de tempo.

Em relação aos efeitos políticos, eu diria que, se o PIB crescer 3% ou 4% em 2013, a presidente Dilma dificilmente não ganhará no primeiro turno de 2014, sobretudo porque, aliado ao crescimento da economia, a taxa de desemprego continua declinando, aproximando o país de uma situação inédita de pleno emprego.

PS: A Miriam Leitão fica tão feliz quando tem notícias ruins a dar que hoje se deu ao luxo de anunciar pontos positivos nos números do IBGE, e lembrar que:

Isso tudo quer dizer que o pior momento pode ter ficado para trás. E por isso as projeções do mercado mostram um crescimento na casa de 3% este ano. Ou seja, daí pra frente, haveria aceleração, e não mais desaceleração.

[/s2If]

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

2 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Alessandro Simas (@alessandrosimas)

02 de março de 2013 às 14h58

Notas sobre o Pibinho – http://t.co/g5O8ADNVJp

Responder

migueldorosario (@migueldorosario)

01 de março de 2013 às 18h03

Notas sobre o Pibinho http://t.co/B871asJvuV

Responder

Deixe um comentário

O Xadrez para Governador do Ceará Lula ou Bolsonaro podem vencer no 1º turno? O Xadrez para Governador de Santa Catarina