Análise em vídeo das manifestações do 2 de outubro e as vaias a Ciro

O roteiro do golpe já foi escrito

Por Miguel do Rosário

02 de julho de 2015 : 18h51

Peço desculpas pela bipolaridade do blog, um dia alardeando que o golpe morreu, no dia seguinte que o golpe voltou.

No Brasil, o golpe nunca morre. Ponto. No máximo, é nocauteado por alguns meses, ou anos.

O Brasil é um dos países cujos ricos tem mais dinheiro guardado no exterior. Segundo a Tax Justice, os ricos brasileiros tem mais de um trilhão e meio de reais em paraísos fiscais.

Então, para estes, não importa que soframos um período de caos político e social. Ao contrário, se houver caos, a moeda se desvaloriza e eles ganham mais poder de compra no Brasil.

A mesma coisa vale para os exportadores de grãos e minério de ferro. Quanto mais caos, desde que os caminhos para exportação continuem liberados, melhor, por causa da desvalorização cambial.

Eles não são como eu e você, que morremos de medo do caos porque sabemos que seremos os primeiros a sofrer as consequências.

O alto funcionalismo público também não tem medo do golpe, porque o Estado brasileiro pode falir, a economia pode ruir, mas eles continuarão ganhando seus salários. O que explica o seu voluntarismo radical, à direita e à esquerda (nos últimos tempos, cada vez mais à direita).

Dito isto, vamos à agenda do golpe.

Ele poderá acontecer no próximo mês, em agosto, repetindo uma triste tradição brasileira, já vista em agosto de 1954.

A direita prepara nova grande manifestação pelo impeachment.

O TCU, cujo presidente foi flagrado recentemente jantando com Jorge Bornhausen, velha liderança de extrema direita, poderá rejeitar as contas de Dilma, tanto por motivos políticos próprios (maioria dos ministros é de direita), como por pressão da mídia.

O TSE, por sua vez, sob pressão midiática, aceitou ouvir delatores da Lava Jato para deporem. O conteúdo, já sabemos. Ricardo Pessoa dirá que doou ao PT por “pressão”. Esta é a tese que os procuradores e o juiz da Lava Jato estão usando para criminalizar o PT e manter seu ex-tesoureiro preso. Isso pode implicar também em cassação da candidatura da Dilma.

Há recursos, claro, para todos esses processos, mas eles ajudam a deteriorar a situação política.

A Lava Jato dará início a 15º operação, prendendo novamente grandes empresários ou políticos e, com isso, promovendo um clima de terror que tensionará ainda mais a conjuntura.

Trata-se de uma ameaça explícita dos setores golpistas do Estado contra setores do poder econômico: juntem-se ao golpe, ou destruiremos suas fortunas.

O pior é que sabemos que todos esses grandes empreiteiros, por uma questão de classe, são tucanos e votam no PSDB. Convencê-los a entrar no jogo para criminalizar o PT não será tão difícil.

A mídia aperta o cerco contra o governo.

Não dá nem mais pôr a culpa em Dilma. Está claro que ela não sabe falar, não sabe se articular, não entende a conjuntura.

Dilma dá sinais de que só levará a sério a crise política após os portões do Planalto serem arrombados pela turba golpista. Neste momento, e só aí, ela virá a público fazer um pronunciamento tardio e inútil.

Os ministros de Dilma começam a trair a presidenta.

A entrevista do ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, dizendo que poderá sair do cargo por “pressões do PT” é uma traição , porque joga água no moinho da Lava Jato.

Se tinha que sair por razões políticas, que saísse quieto. Até porque Cardozo, se sair (e oxalá saia logo; só falta essa agora, mais esse vácuo de poder), sabe que sairá por sua inacreditável incompetência em fazer a coordenação política da Polícia Federal e da relação do governo com o Judiciário e o Ministério Público. Pior: Cardozo sequer participa do debate acirrado que se faz no Brasil contra a judicialização da política, que criminaliza o seu próprio partido. Ao contrário, às vezes parece jogar no time adversário. Sua entrevista para a TV Veja (!) não ajudou em nada a evitar essa impressão.

Ao culpar o PT, Cardozo apenas comprova porque tem de sair: não tem jogado a favor do governo. É mais uma Marta Suplicy, um vaidoso, assim como Mercadante, outro que não se arrisca em nada, não se posiciona, não ajuda o governo.

A inclusão de Eduardo Cunha e Renan Calheiros na Lava Jato fez parte do jogo para mantê-los sob as rédeas do golpe. A prova é que, assim que souberam da inclusão de seu nome, passaram a fazer mais oposição ao governo.

Renan Calheiros, ironicamente, seria a tábua de salvação do governo, que obviamente precisa de aliados no Legislativo. Por isso o puseram na Lava Jato, para chantageá-lo e forçá-lo a obedecer a cartilha do golpe.

Cunha já mostrou, nas votações de financiamento de campanha e da maioridade penal, que não tem o mínimo escrúpulo em manipular, a seu bel prazer, o regimento interno da Câmara. Com isso, poderá fazer tramitar um pedido de impeachment da maneira mais truculenta possível. Golpe é com ele mesmo.

A prisão de Marcelo Odebrecht, presidente da maior construtora do Brasil, serve ao objeto explicitado acima: terrorismo político e econômico.

É como se o golpismo dissesse ao Brasil produtivo: iremos paralisar e destruir todas as atividades econômicas do país se o nosso objetivo, derrubar o governo, não for cumprido.

A divulgação de pesquisas negativas para o governo, pelos institutos controlados pela mídia (Datafolha e Ibope), ajuda a criar uma atmosfera favorável a uma ruptura.

É possível parar a marcha do golpe?

Sim, mas apenas uma iniciativa política firme da presidenta da república poderia fazê-lo neste momento.

Mas com a popularidade baixa, Dilma só poderia interromper a marcha com ação política concreta, porque os próprios movimentos sociais agora estão amarrados pela conjuntura péssima, pela própria inação e conservadorismo do governo.

Para isso, é preciso ser criativo.

Não adianta inaugurar 100 casas do Minha Casa Minha Vida na Bahia.

É preciso inaugurar um léxico novo.

Era isso o que deveria ter feito na transição de uma gestão para outra.

A solução me parece óbvia, embora (e isso também é óbvio) demande uma dose de coragem que o governo até agora não tem demonstrado.

1) O lançamento de uma plataforma de iniciativas progressistas. Sobre isso, valeria escrever um longo post, mas eu deixo para imaginação dos leitores. O importante era lançar uma agenda positiva, ampla e corajosa.
2) Reforma ministerial, trazendo nomes com prestígio social para o governo.
3) Mudança profunda no sistema de comunicação oficial, produzindo programas ousados em todos os meios de comunicação controlados pelo governo.
4) Convocação do Conselho da República, reunindo a presidencia da república, e o comando dos outros poderes, para contornar a crise política e dar racionalidade à atuação do Ministério Público.

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

97 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Laninha Barreto

04 de julho de 2015 às 05h10

kkkkkk prgou bem.

Responder

Luci Barboza

04 de julho de 2015 às 00h17

Sem punição, saem fortalecidos e ousados..

Responder

Ana Lucia Elizabeth Rodrigues

03 de julho de 2015 às 23h46

#ÉPelaDignidadeFeminina

Responder

Daulto Bitencourte Garcia

03 de julho de 2015 às 22h32

Será que você não tem nada mais inteligente pára postar do que essa babaquice de golpe. Não tem. Por que o governo e o partido de vocês não tem nada.

Responder

Delson Gonçalves

03 de julho de 2015 às 20h58

SIM…LULA…LULINHA…DILMA…O PT TEM MUITAS REDES DE CORRUPÇÃO POR TODO O MUNDO…PARECE A AL QAEDA…UMA PRAGA MUNDIAL

Responder

Hng Sousaneto Historiador

03 de julho de 2015 às 20h49

FICAR CALADINHO É A MELHOR FORMA DE CONTRIBUIR DIRETAMENTE COM O FASCISMO.

Responder

Roberto Costa Melo

03 de julho de 2015 às 17h58

E haja pó…

Responder

Gustavo Lima

03 de julho de 2015 às 17h24

Alguem ja ouviu falar dos bilhoes guradados ?

Responder

Marcio Aurelio Soares I

03 de julho de 2015 às 14h51

Esse Blog ta fazendo tanta propaganda de golpe que eu já estou achando que
Eles é que querem dar o golpe!

Responder

Vitor

03 de julho de 2015 às 11h16

Eu continuo cético em relação ao “golpe”.
Sabe pq vc é bipolar, Miguel? Pq muitas vezes vc exagera!
Em um post a um tempo atrás que a inflação tinha dado uma aliviada por 10 dias, vc já decretou sua queda, que obviamente foi desmentida logo depois.
Aí a China anunciou uma INTENÇÃO de investimentos no Brasil e vc já estava convicto que o Brasil ia crescer de qualquer jeito, mesmo sem as empreiteiras nacionais (e mudou de ideia agora, parece).
Tente ser menos passional e mais sereno nas suas análises (que são boas, na maioria) e elas terão pouca volatilidade.

Responder

João Ricardo Guimarães

03 de julho de 2015 às 13h25

Pobre esquerda, infeliz e perseguida ! Vc diz que estão armando um golpe, pois bem! Pedalada Fiscal é crime ou é invenção da Direita? Fazer doação para campanha politica ( mesmo sem pressão) e não declara-la, é crime ou outra invenção da Direita? E tem mais, o responsável pelo Golpe tem nome e endereço certo em SB do Campo, que discurso mais antiquado!!!

Responder

Marco L. Wahlbrinck

03 de julho de 2015 às 09h15

Tchê! moro em uma pequena cidade do interior gaúcho com pouco mais de 3 mil habitantes. Tenho real ideia do que está acontecendo no nosso país! acompanho este e outros blogs da mesma linha a muito tempo (por identificação pessoal)…é triste, mas ao meu ver o GOLPE já está consumado! só falta o “tiro de misericórdia”… as pessoas estão “sedentas” pelo sangue do PT…e infelizmente o PT contribuiu para isso (me parece que houve um certo deslumbramento com o poder, e não foi dada a devida importância – quando isso era possível – ao 4° poder, a comunicação a imprensa a mídia…)e agora é tarde. Hoje, é impossível sair a rua e se dizer militante do PT, na “melhor” das hipóteses somos somente ridicularizados (e por pessoas que não sabem m…nenhuma)…e na pior ,até agredidos…isso numa pequena cidade de interior, imaginem numa cidade maior. Ajudamos a cavar nossa própria cova, não soubemos jogar o jogo de acordo com as regras que nos impunham…é irônico (são sei se planejado)mas vão “matar” o 13, com 13 anos de governo, já estou vendo até as futuras capas de jornais…Se tem um lado bom nisso, é que voltaremos para as origens, de baixo, mais fortes e mais “experientes”, além do próprio legado, que é inegável…

Responder

    vanner

    03 de julho de 2015 às 11h31

    Tens razão, tchê.

    Responder

Fabio Hideki

03 de julho de 2015 às 08h57

Por que o PT e a Dilma são tão apáticos ?
Por que dão verbas publicitárias para o Pig ?

Responder

Ana Bednarski

03 de julho de 2015 às 04h15

Desanimador e verdadeiro, a única coisa que esses fascistas não tem é capacidade de se mobiliza, eles fazem uma manifestação grande, ai não acontece nada do que eles queriam eles se desmobilizam, quando eles começarem a ser persistentes….

Responder

Barbara Ferreiro

03 de julho de 2015 às 03h16

Na INDONÉSIA , um elemento foi Fuzilado , por que estava com 500 GRAMAS de Cocaína , o que fariam com o aÉcin com 500 KILOS !!!

Responder

Benedito Rosa Neto

03 de julho de 2015 às 03h10

Risos….

Responder

Mardete Sampaio

03 de julho de 2015 às 02h55

Penso que o golpe já se instalou. A presidente exerce o importante papel de culpada de todos os males, enquanto o poder é exercido pelas casas legislativas comandadas pelos aiatolás evangélicos.

Responder

Marcelo Escobar

03 de julho de 2015 às 02h17

E ainda assim consegue se colocar numa posição superior, as coisas não vão bem e precipita um novo desfecho!

Responder

J Cabral Silva

03 de julho de 2015 às 01h22

Ah. ..legal. Imagino ele “viajando” na lombra do talco e pensando nos problemas desse país continental.

Responder

José Luiz Martins

03 de julho de 2015 às 01h07

Estaremos muito mal

Responder

Paulo Yukio Onishi

03 de julho de 2015 às 01h05

E esse golpe?

Responder

Maguigessi Faria

03 de julho de 2015 às 00h59

Atenção, professores de Sampa: Geraldo Alckmin acabou de equipar as polícias, para baterem em vcs com maior efetividade. Nada de greves ou manifestações!
Lá no tucanistão, em 20 anos de poder, os tucanos construíram 53 penitenciárias e NENHUMA universidade. Repetindo: NENHUM universidade!
Como se não bastasse, ainda deixaram a USP e as demais IES de sua responsabilidade entregues às moscas…

Responder

Wilson Pepe

03 de julho de 2015 às 00h30

Eles não desistem de dar o golpe , agora o vendido pps e eduardo ( propina do lava jato ) cunha estão propondo o Parlamentarismo , para colocsr como primeiro ministro um vendilhão da pátria .

Responder

jorge morgan

02 de julho de 2015 às 21h12

Miguel, o problema é que nossa Presidenta, pelo jeito, entrou muda e quer sair calada … A Dilma esta muito passiva e isso me deixa temerario quanto ao nosso futuro … o governo tem que levar o povo para a ruas, tem que defender a democracia. No entanto, a questao central é a seguinte: existe animo e coragem para isso ???

Responder

Vanner

02 de julho de 2015 às 21h05

Para mim o golpe já foi dado. Estamos dentro de um regime de exceção. Como ainda não perceberam isso? Despertem!

Responder

Jorge Hemerly

02 de julho de 2015 às 23h48

Uma comédia? Os novos trapalhões?

Responder

Jorge Hemerly

02 de julho de 2015 às 23h48

Uma comédia? Os novos trapalhões?

Responder

Flor Pascoal

02 de julho de 2015 às 23h45

A bipolaridade funciona assim: Ou você faz o que eu quero ou conto pra todo mundo que você recebeu dinheiro do lava -jato! É então que os canalhas retrocedem!

Responder

Flor Pascoal

02 de julho de 2015 às 23h45

A bipolaridade funciona assim: Ou você faz o que eu quero ou conto pra todo mundo que você recebeu dinheiro do lava -jato! É então que os canalhas retrocedem!

Responder

Luciano Jatoba

02 de julho de 2015 às 23h31

O Aético só vai conseguir uma coisa com essa paranoia de impeachment: que os eleitores se distanciem cada vez mais dele, pois, o eleitor quer que seu direito ao voto seja respeitado. E o Aético NÃO SABE o que é respeito!

Responder

    Antonio Henrique Siqueira

    02 de julho de 2015 às 23h48

    Não defendo nenhum partido, defendo meu voto, e eu votei na Dilma. Respeitem meu voto. Isso é Democracia.

    Responder

Luciano Jatoba

02 de julho de 2015 às 23h31

O Aético só vai conseguir uma coisa com essa paranoia de impeachment: que os eleitores se distanciem cada vez mais dele, pois, o eleitor quer que seu direito ao voto seja respeitado. E o Aético NÃO SABE o que é respeito!

Responder

    Antonio Henrique Siqueira

    02 de julho de 2015 às 23h48

    Não defendo nenhum partido, defendo meu voto, e eu votei na Dilma. Respeitem meu voto. Isso é Democracia.

    Responder

    Luciano Jatoba

    03 de julho de 2015 às 01h01

    Antonio Henrique Siqueira, você, eu e mais 54 milhões de pessoas. É necessário que ele entendam que perderam, e ponto final.

    Responder

    Simone Santos

    03 de julho de 2015 às 02h11

    Tbm defendo o meu voto! #DilmaEstouComVocê

    Responder

    Ademir Arenhardt

    05 de julho de 2015 às 17h51

    Respeitem meu vot Dilma Rousseff

    Responder

Mauricio Cambraia Sanches

02 de julho de 2015 às 23h25

O povo já entendeu o recado, se continuar a insistir com esse tal de PT o Brasil para, quebra e a corda arrebenta pro lado dele.

Responder

Mauricio Cambraia Sanches

02 de julho de 2015 às 23h25

O povo já entendeu o recado, se continuar a insistir com esse tal de PT o Brasil para, quebra e a corda arrebenta pro lado dele.

Responder

Osvaldo Leite da Costa

02 de julho de 2015 às 23h21

Se acontecer mesmo o dito golpe , vai acabar a mamata desta página.

Responder

Osvaldo Leite da Costa

02 de julho de 2015 às 23h21

Se acontecer mesmo o dito golpe , vai acabar a mamata desta página.

Responder

Erlene Gomes

02 de julho de 2015 às 23h21

#Dilma13

Responder

Erlene Gomes

02 de julho de 2015 às 23h21

#Dilma13

Responder

Vera Lucia C. Soares

02 de julho de 2015 às 23h19

Não vai ter golpe – orocesso eleitoral foi legítimo

Responder

Vera Lucia C. Soares

02 de julho de 2015 às 23h19

Não vai ter golpe – orocesso eleitoral foi legítimo

Responder

Alvaro Freitas

02 de julho de 2015 às 23h18

Esse traficante nem pra sindico de predio serve.

Responder

Alvaro Freitas

02 de julho de 2015 às 23h18

Esse traficante nem pra sindico de predio serve.

Responder

    Ademir Arenhardt

    05 de julho de 2015 às 17h52

    Cheira dor e teaficante, diga-se de passagem, nem Obama quer o mala

    Responder

angela

02 de julho de 2015 às 20h14

Olha, Miguel, passei hj o dia fora do mundo real e virtual e tava me sentindo bem leve até ler esse seu texto!
Vc pode até me achar maluca, mas o caminho eu escutei – vc não vai acreditar – no programa partidário da última terça (30) do nanico e sectário PCO.
Na abertura, numa espécie de editorial, o PCO afirmou que, embora não concorde com a política do PT, a esquerda deve se unir para reverter a marcha golpista da direita.
Tá bem, o PCO não tem sequer um deputado ou senador. Mas o Congresso funciona de fora pra dentro. Se o povo – da sempre lembrada sociedade civil organizada dos anos 70/80 – não for pra rua fazer barulho, e deixar apenas que o barulho da direita golpista chegue ao Congresso, aí sim estarmos no sal.
Ou, como diria o Lula, tirar a bunda da cadeira …
Amigo, sou até capaz de alugar uma cadeira de rodas elétrica pra ir pra rua sem o perigo de levar uma rasteira na minha bengala!!!!
Reverter esse quadro golpista não é assim tão impossível.
Tô louca? Pode até ser, mas uma louca que não perde a esperança jamais …

Responder

Roberto Belli

02 de julho de 2015 às 23h14

Nos dias de hoje, não há como não ser bipolar.

Responder

Roberto Belli

02 de julho de 2015 às 23h14

Nos dias de hoje, não há como não ser bipolar.

Responder

Marcio Simoes

02 de julho de 2015 às 23h13

Muito interessante tá num cafezinho com 9% de brasileiros que apoiam o pior governo da nossa história. E lembrem o Brasil não tem só COXINHAS E PETRALHAS.

Responder

Marcio Simoes

02 de julho de 2015 às 23h13

Muito interessante tá num cafezinho com 9% de brasileiros que apoiam o pior governo da nossa história. E lembrem o Brasil não tem só COXINHAS E PETRALHAS.

Responder

Marcio Simoes

02 de julho de 2015 às 23h12

Aí o que vocês apoiam.

Responder

Marcio Simoes

02 de julho de 2015 às 23h12

Aí o que vocês apoiam.

Responder

Marcio Simoes

02 de julho de 2015 às 23h11

Vocês esqueceram deles DAS PETISTAS.

Responder

Marcio Simoes

02 de julho de 2015 às 23h11

Vocês esqueceram deles DAS PETISTAS.

Responder

Hannah da Terra

02 de julho de 2015 às 23h10

O QUASE, NÃO VAI SOSSEGAR… A inveja, o despeito, a arrogância, vão fazer ele se bater até 2018. Só que nessa de aloprado, a cada Venezuela, ele vai virando a piada mais engraçada… Dai ou CIRCO ou HOSPÍCIO.

Responder

Hannah da Terra

02 de julho de 2015 às 23h10

O QUASE, NÃO VAI SOSSEGAR… A inveja, o despeito, a arrogância, vão fazer ele se bater até 2018. Só que nessa de aloprado, a cada Venezuela, ele vai virando a piada mais engraçada… Dai ou CIRCO ou HOSPÍCIO.

Responder

Manoel Pacheco

02 de julho de 2015 às 23h06

TOMARA QUE NÃO SEJA TARDE
A ministra Eleonora Menicucci encaminhou denúncia ao Ministério Público Federal, à AGU (Advocacia Geral da União) e ao Ministério da Justiça pedindo “ação urgente para impedir a produção, veiculação, divulgação, comercialização e utilização de adesivos que utilizam a imagem da presidenta de República”
A ABIN (órgão central do Sistema Brasileiro de Inteligência – SISBIN) tinha a obrigação de detectar o crescimento desse movimento de desmoralização do Governo, como base para um Golpe de Estado.
Não é de hoje que colunistas de renome, editoriais da chamada grande imprensa, e políticos da oposição vêm usando linguagem de baixo nível incentivando esse tipo de comportamento que se reflete nas redes sociais.
Há que se respeitar a instituição Presidência da República.

Responder

Manoel Pacheco

02 de julho de 2015 às 23h06

TOMARA QUE NÃO SEJA TARDE
A ministra Eleonora Menicucci encaminhou denúncia ao Ministério Público Federal, à AGU (Advocacia Geral da União) e ao Ministério da Justiça pedindo “ação urgente para impedir a produção, veiculação, divulgação, comercialização e utilização de adesivos que utilizam a imagem da presidenta de República”
A ABIN (órgão central do Sistema Brasileiro de Inteligência – SISBIN) tinha a obrigação de detectar o crescimento desse movimento de desmoralização do Governo, como base para um Golpe de Estado.
Não é de hoje que colunistas de renome, editoriais da chamada grande imprensa, e políticos da oposição vêm usando linguagem de baixo nível incentivando esse tipo de comportamento que se reflete nas redes sociais.
Há que se respeitar a instituição Presidência da República.

Responder

Misael B. S. Filho

02 de julho de 2015 às 23h02

Ou Dilma vira o jogo agora, ou será tarde demais, toda a estrutura do golpe está montada e agindo sorrateiramente, precisa reunir todas as forças progressistas e reagir com vigor e determinação, a extrema direita não se conforma em estar fora do poder por 12 anos e prolongar por mais 4 anos, querem tomar o pode pela força, então vamos reagir pela força, se preciso reunir os comandantes militares, e formar uma força tarefa pra enfrentar os fascistas com as mesmas armar que eles usam, dando-lhes um golpe certeiro e mortal.

Responder

Vania Rego

02 de julho de 2015 às 22h55

Nem em PESADELO o Brasil merece isso!!! Deus nos livre

Responder

Dylva Moliterno

02 de julho de 2015 às 22h55

Sonhar não é proibido. Dylva

Responder

Edmundo Camargo

02 de julho de 2015 às 22h48

Caro cafezinho. Entendo que você acabe sendo prisioneiro da sua luta política, que te leva a polarizar tudo ao máximo. Relaxa um pouco, o PT para manter o projeto de poder, se aliou ao Sarney, Jader Barbalho, Calheiros, Temer, Jucá, etc… Nada que venha depois disso, pode ser pior.

Responder

    Miguel do Rosário

    02 de julho de 2015 às 22h14

    Aliou-se com quem tem voto, como se faz numa democracia. Ou queria que o PT governasse sozinho, como numa ditadura?

    Responder

    Nairton Falcão

    03 de julho de 2015 às 06h17

    Pior já teve…esqueceu do FHC? Esqueça. PSDB nunca mais!!!!

    Responder

Washington Denuzzo

02 de julho de 2015 às 22h45

E o golpe já foi dado, se chama Levy. A PF e o juiz Moro não são tão determinantes quanto a economia. Sem popularidade e com a legião de insatisfeitos basta um sopro. Bancada na câmara é ruim, no Senado também, ministérios nulos, não sei como o golpe ainda não ocorreu. Cunha quer brincar mais um pouco, só pode.

Responder

Merces Costa

02 de julho de 2015 às 22h29

Podres!

Responder

Renato Rebello Serra

02 de julho de 2015 às 22h29

Essa é a sina dos periódicos de esquerda. Reproduzir as baquices de uma minoria.

Responder

Pedro Pereira

02 de julho de 2015 às 19h28

Miguel,

Seus anseios são sempre importantes de serem analisados. Mas dessa vez vou ficar com a serenidade da Helena:
http://www.redebrasilatual.com.br/blogs/helena/2015/07/crise-alimentada-pela-oposicao-se-volta-tambem-contra-ela-2135.html

Responder

Tulipa Mag

02 de julho de 2015 às 22h21

#CunhaGolpista

Responder

Haroldo H Da C Lima

02 de julho de 2015 às 22h20

Responder

Fabio J Trindade

02 de julho de 2015 às 22h19

É MUITO FÁCIL CRIAR UM CLIMA DE GOLPE. ELES SABEM QUE MUITAS PESSOAS SÃO FACILMENTE MANOBRÁVEIS QUANDO CHAMADAS PARA DENEGRIR A IMAGEM E HONRA DE OUTREM. ELES SABEM QUE A CHAMA DO FASCISMO VIVE ACESA DENTRO DE MUITAS PESSOAS. JUNTE-SE A ISSO UMA PROPAGANDA MASSIFICANTE, ENTÃO A RAZÃO VAI TER DE TRAVAR UMA LUTA GRANDIOSA CONTRA A BARBÁRIE.

Responder

Luiz Mattos

02 de julho de 2015 às 19h19

Golpe sem sangue:NUNCA!!!!!

Responder

Antonio Henrique Siqueira

02 de julho de 2015 às 22h05

Que isso cafezinho, ta arregando ??? Nem parece o cafezinho de antes.

Responder

Ademir Arenhardt

02 de julho de 2015 às 22h02

DEUS queira que um canalha traficante e viciado nunca seja presidente

Responder

    Octavio

    02 de julho de 2015 às 19h22

    Traficante não!!!! Acima de 400 kg é empresário. Traficante é quando se vende alguns papelotes. Vc nunca leu a constituição? Tô falando da constituição do cartel de Medelin …

    Responder

    J Cabral Silva

    03 de julho de 2015 às 01h23

    Sabia que o povo tá precisando dele pra aprender.

    Responder

    Rafael Martins

    03 de julho de 2015 às 10h49

    Já nos basta o que temos, para esse lixo vir fazer mais merda!!!

    Responder

    Ana Paula Barros Vieira

    03 de julho de 2015 às 20h24

    Acho que Deus já desistiu de ser brasileiro faz tempo, teve é ter vergonha desse povinho que colocou por aqui.

    Responder

Jackeline Bitencourt

02 de julho de 2015 às 22h00

E até que alguém tire Eduardo Cunha da cadeira , será assim: a cada votação um susto ou um desespero.
Dias muito difíceis.

Responder

Alexandre Amorim

02 de julho de 2015 às 21h58

Welton Cardoso

Responder

Marcelo Volcato

02 de julho de 2015 às 21h58

Mas é muito inocente quem acha que dado um eventual golpe Aécio seria presidente. Ele seria cassado, como quase todo o PT e o PSDB. Em 1964 se cassaram líderes do PTB e da UDN sem distinção.

Responder

Deixe um comentário