Análise em vídeo das manifestações do 2 de outubro e as vaias a Ciro

Fim dos assassinatos de reputação pela imprensa: Senado aprova o direito de resposta

Por Redação

05 de novembro de 2015 : 04h11

A farra dos assassinatos de reputação pela imprensa está com os dias contados. O Senado aprovou nesta quarta-feira (4) o direito de resposta para aqueles que se sentirem ofendidos pela mídia e só resta agora a sanção da presidenta Dilma.

Chega de notícias cretinas dizendo que o ex-presidente Lula “teria” feito lobby no exterior para empresas brasileiras em troca de dinheiro, ou que seus filhos “seriam” donos de frigoríficos, ou que Dilma “teria” agredido a camareira do Palácio, etc. Basta de matérias irresponsáveis que não apresentam uma única fonte, apenas informações ditas em “off” por “fontes do Planalto”.

Se a nova lei for aplicada com rigor pelo judiciário, esse oba-oba da imprensa de publicar o que bem entender está próximo do fim. Assim espero.

A lei que regulamenta o direito de resposta é bem abrangente e diz que os os veículos deverão acatar o pedido do solicitante caso a matéria tenha, comprovadamente, “atentado contra honra, intimidade, reputação, conceito, nome, marca ou imagem de pessoa física ou jurídica, ainda que por equívoco de informação”.

O ofendido terá o prazo de 60 dias para reivindicar o direito de resposta, a partir da data de veiculação do conteúdo, e o pedido deverá ser feito diretamente ao órgão de imprensa ou à pessoa jurídica responsável. Caso o ofendido não seja atendido, poderá recorrer à Justiça e cobrar por danos morais.

Há ainda outro detalhe que pode acabar de vez com essas “reportagens” criminosas da grande imprensa, como as que vimos nas revistas Veja e Época no último fim de semana. Se houver calúnia ou difamação, o ofendido terá o direito de usar o mesmo espaço midiático que propagou a notícia para se retratar.

***

Aprovada regulamentação do direito de resposta a ofensas na mídia

Da Agência Senado

Vai à sanção da presidência da República, projeto de Lei (PLS 141/2011), aprovado nesta quarta-feira (4), que estabelece procedimentos para o exercício do direito de resposta por pessoa ou empresa em relação à matéria divulgada pela imprensa.

De acordo com o projeto, do senador Roberto Requião (PMDB-PR), o ofendido terá 60 dias para pedir ao meio de comunicação o direito de resposta ou a retificação da informação. O prazo conta a partir de cada divulgação. Se tiverem ocorrido divulgações sucessivas e contínuas, conta a partir da primeira vez que apareceu a matéria.

O texto considera ofensivo o conteúdo que atente, mesmo por erro de informação, contra a honra, a intimidade, a reputação, o conceito, o nome, a marca ou a imagem de pessoa física ou jurídica. A resposta deverá ser do mesmo tamanho e com as mesmas características da matéria considerada ofensiva, se publicada em mídia escrita ou na internet. Na TV ou na rádio, também deverá ter a mesma duração, e o alcance territorial obtido pela matéria contestada deverá ser repetido para o direito de resposta.

No projeto original aprovado pelo Senado, a retratação espontânea do veículo cessaria o direito de resposta, mas não impediria a possibilidade de ação de reparação por dano moral. Na Câmara, os deputados alteraram esse trecho da proposta, determinando que a retratação ou a retificação espontânea não cessará o direito de resposta nem prejudicará a ação de reparação por dano moral.

— É um direito da cidadania, o direito ao contraditório, de defesa de qualquer pessoa agredida por um meio de comunicação — ressaltou Requião, que dedicou o projeto ao senador Luiz Henrique da Silveira, falecido em maio deste ano pouco tempo após enfrentar denúncias do uso da sua influência para encaminhar pacientes a hospital público, furando a lista de espera do Sistema Único de Saúde (SUS) e prejudicando outros pacientes.

Os senadores Humberto Costa (PT-PE) e Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) parabenizaram Requião pelo projeto que consideraram uma contribuição para a democracia. Eles criticaram o abuso da liberdade de expressão e a certeza da impunidade para “atacar biografias, fazer jogo político rasteiro e divulgar calúnias”.

— Muitas vezes mais importante que a reparação é o restabelecimento imediato da verdade. É um posicionamento do poder judiciário especialmente em atividades políticas como a nossa em que a credibilidade é o principal capital que cada um tem — afirmou Humberto Costa.

Emendas

O texto aprovado foi o parecer do relator, senador Antônio Carlos Valadares (PSB-SE), que acolheu emenda da Câmara dos Deputados incluindo artigo para garantir ao ofendido, se assim o desejar, o direito à retratação pelos mesmos meios em que se praticou a ofensa.

— Esta iniciativa está preenchendo um vazio profundo na legislação brasileira. As pessoas são atacadas e a mídia não leva a sério o sofrimento causado não só ao ofendido como à sua família sobre qualquer acusação que esteja de acordo com a verdade.

O relator também rejeitou emenda da Câmara que suprimia artigo do texto original e restabeleceu o direito ao ofendido de dar a resposta ou retificação no rádio ou na TV por meio de gravação de áudio ou vídeo autorizado pelo juiz.

Este entendimento não foi unânime entre os senadores e teve oito votos contrários. Na opinião de Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP) o artigo configura abuso do direito de resposta transformado em instrumento de promoção pessoal ao ocupar o lugar do locutor ou apresentador de TV.

— A lei, sem esse dispositivo, garante já ao ofendido todas as condições de repor a verdade — defendeu Aloysio.

 

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

77 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Adriana Vieira

06 de novembro de 2015 às 09h24

Esse senador me representa. Opção para 2018.

Responder

Luiz Carlos Donzeli

06 de novembro de 2015 às 11h14

O PT é ,portanto, sem nenhuma dúvida, o partido mais corrupto jamais visto no Brasil e , por isso é chamado de organização criminosa.

Responder

Luiz Carlos Donzeli

06 de novembro de 2015 às 11h13

E o mensalão é um evento genuinamente petista. Não existe outro mensalão cuja operacionalidade seja semelhante ao mensalão do PT. O problema é que os petistas foram com tanta avidez ao tesouro que esqueceram de apagar os rastros, o que facilitou os investigadores, uma vez que as provas contra o PT eram indiscutíveis.

Responder

Luiz Carlos Donzeli

06 de novembro de 2015 às 11h10

Não é verdade que tudo que envolve TUCANOS fica encoberto. Nós discutimos as causas processadas e as investigações com indícios fortes. No caso dos Tucanos, muitas notícias são apenas ilações e difamações da usina difamadora do PT. Só isso.

Responder

Luiz Carlos Donzeli

06 de novembro de 2015 às 11h10

Não é verdade que tudo que envolve TUCANOS fica encoberto. Nós discutimos as causas processadas e as investigações com indícios fortes. No caso dos Tucanos, muitas notícias são apenas ilações e difamações da usina difamadora do PT. Só isso.

Responder

Mauricio Cambraia Sanches

06 de novembro de 2015 às 09h07

Da-lhe Requiao,

Responder

Marcos Ich

06 de novembro de 2015 às 01h27

É importante a liberdade DE imprensa. Mas a imprensa entende como liberdade DA imprensa, só deles e de mais ninguem. Sao uns corporativistas safados e sem vergonhase escondendo atras desse bla bla bla de que isso é censura.

Responder

Marcos Ich

06 de novembro de 2015 às 01h23

Finalmente! Nao é tudo oque precisamos pra acabar com essa midia nojenta e rasteira mas ja é um avanço. Se bem que com essa nossa Justiça, nao dá pra apostar muito.

Responder

Oliveira Nunes

05 de novembro de 2015 às 23h37

até que enfim semado atuou,vai acabar a baixaria,pobre

Responder

Roberto Oliveira

05 de novembro de 2015 às 23h17

Viva o Brizolla, ele foi o pioneiro nosso.

Responder

Leticia S Trevisan

05 de novembro de 2015 às 20h53

Um avanço para a consolidação da nossa ainda incipiente democracia

Responder

Fernando Araujo

05 de novembro de 2015 às 19h23

Justiça também se faz na terra pelos Homens de boa vontade, parabéns aqueles que aprovaram esse Direito, que a Presidente Dilma Rousseff aprove com a mesma pena da Justiça.

Responder

Fernando Araujo

05 de novembro de 2015 às 19h23

Justiça também se faz na terra pelos Homens de boa vontade, parabéns aqueles que aprovaram esse Direito, que a Presidente Dilma Rousseff aprove com a mesma pena da Justiça.

Responder

Socorro Gonçalves

05 de novembro de 2015 às 18h38

Pelo menos fez alguma coisa que preste

Responder

Luiz Carlos Donzeli

05 de novembro de 2015 às 17h28

LEI INCONSTITUCIONAL:Art. 220. A manifestação do pensamento, a criação, a expressão e a informação, sob qualquer forma, processo ou veículo não sofrerão qualquer restrição, observado o disposto nesta Constituição.
§ 1º – Nenhuma lei conterá dispositivo que possa constituir embaraço à plena liberdade de informação jornalística em qualquer veículo de comunicação social. O direito de resposta já é assegurado no Cap.5.

Responder

    Mauricio Cambraia Sanches

    06 de novembro de 2015 às 09h05

    Mas nao estava regulamentado, assim como boa parte ainda sem previsao de regulamentacao… o congresso tem outras prioridades,,, tipo atender aos interesses das empresas, que financiaram as campanhas…. taurus fabrica de armas e cia ltda por exemplo…

    Responder

    Luiz Carlos Donzeli

    06 de novembro de 2015 às 11h15

    Esta regulamentado sim, o que torna esta lei redundante.

    Responder

    Mauricio Cambraia Sanches

    06 de novembro de 2015 às 22h08

    Vamos para 30 anos de CF nas maos do supremo, porque o congresso nao regulamenta nada que nao seja interesse das bancadas empresariais, como se o CNPJ titulo de eleitor fosse… interferem no processo eleitoral e democratico o tempo inteiro para que a CF nao funcione a pleno, senao ao sabor das interpretacoes do STF.

    Responder

Charles Ferraz

05 de novembro de 2015 às 16h19

E já tem muita gente chiando,vai entender,enfim livres mais um pedaço do cabresto foi quebrado,liberdade de imprensa passa pelo respeito ao outro ou ao contraditório

Responder

Meire Souza

05 de novembro de 2015 às 16h06

Ah se o Requião fosse ministro da justiça !!!!!!!!

Responder

Julio Cesar Senra Barros

05 de novembro de 2015 às 15h55

E a mídia golpista divulgando e vociferando sobre o que consideram atentado à liberdade de expressão. Quando atacam a honra das pessoas sem provas ficavam imunes e agora vão ter que se ver com a justiça sumária.

Responder

William Gouveia

05 de novembro de 2015 às 15h55

Denise De Souza Rosendo

Responder

Marcelo Horta

05 de novembro de 2015 às 15h51

a Globo nao gostou, eles tem trauma do Leonel Brizola

Responder

Francisco Alcides

05 de novembro de 2015 às 15h42

Corre Dilma, corre.!!!! Sanciona logo! Quero ver esse faladores de rádios, tvs e jornais continuarem impunes.

Responder

Paulo Pausini

05 de novembro de 2015 às 14h32

Talvez assim eu volte a me informar pela mídia porque hoje está difícil assistir/ler noticiários. Parece que no Brasil só tem corrupção e desgraça, não se ouve uma única noticia boa.

Responder

Cosme Motta

05 de novembro de 2015 às 14h27

Então estamos juntos.

Responder

Raul Henrique Brianese

05 de novembro de 2015 às 13h02

No meio do caminho tinha “uma justiça “… Uma “justiça ” estava no meio do caminho… Só isso!!!!!

Responder

Clarice Fiore

05 de novembro de 2015 às 12h45

A Jovem Pan , o Villa e o Sr. Azedo que se cuide…

Responder

Clarice Fiore

05 de novembro de 2015 às 12h45

A Jovem Pan , o Villa e o Sr. Azedo que se cuide…

Responder

Clarice Fiore

05 de novembro de 2015 às 12h45

A Jovem Pan , o Villa e o Sr. Azedo que se cuide…

Responder

Reinalddo Moretti

05 de novembro de 2015 às 12h44

A pessoa e humilhada perante a nação e o senador Aloysio Nunes acha que ele esta querendo se promover ao usar o direito de resposta. Nunca vi argumentação mais imbecil.

Responder

Reinalddo Moretti

05 de novembro de 2015 às 12h44

A pessoa e humilhada perante a nação e o senador Aloysio Nunes acha que ele esta querendo se promover ao usar o direito de resposta. Nunca vi argumentação mais imbecil.

Responder

Reinalddo Moretti

05 de novembro de 2015 às 12h44

A pessoa e humilhada perante a nação e o senador Aloysio Nunes acha que ele esta querendo se promover ao usar o direito de resposta. Nunca vi argumentação mais imbecil.

Responder

    L@!r M@r+35

    05 de novembro de 2015 às 15h37

    O Sr. Aloysio poderia sugerir pros repórteres trabalharem melhor ao invés de escandalosamente difamar as pessoas com base em nada, não é?

    Responder

Roger Gilmour

05 de novembro de 2015 às 12h35

E teve que ser um PL do Requião, pois o PT não elegeu deputados nem senadores.

Responder

Roger Gilmour

05 de novembro de 2015 às 12h35

E teve que ser um PL do Requião, pois o PT não elegeu deputados nem senadores.

Responder

Roger Gilmour

05 de novembro de 2015 às 12h35

E teve que ser um PL do Requião, pois o PT não elegeu deputados nem senadores.

Responder

Osvaldo Alencar

05 de novembro de 2015 às 12h21

A imprensa vai negar e, então, o judiciário da oposição engavetará qualquer processo que lá chegue. É a nossa “justiça”.

Responder

Osvaldo Alencar

05 de novembro de 2015 às 12h21

A imprensa vai negar e, então, o judiciário da oposição engavetará qualquer processo que lá chegue. É a nossa “justiça”.

Responder

Osvaldo Alencar

05 de novembro de 2015 às 12h21

A imprensa vai negar e, então, o judiciário da oposição engavetará qualquer processo que lá chegue. É a nossa “justiça”.

Responder

Paulo Alves

05 de novembro de 2015 às 12h18

Voltamos a ser iguais perante a lei.

Responder

Paulo Alves

05 de novembro de 2015 às 12h18

Voltamos a ser iguais perante a lei.

Responder

Paulo Alves

05 de novembro de 2015 às 12h18

Voltamos a ser iguais perante a lei.

Responder

Marcelo Vitorino

05 de novembro de 2015 às 11h24

Quero ver do que esse blog vai viver, já que não publica notícias e sim calúnias contra Aecio e o PSDB.

Responder

    Ermeneghildo Ghil

    05 de novembro de 2015 às 11h36

    Que calúnias? Sair por aí falando bravatas é fácil. Matar a cobra e mostrar o pau é que são elas!

    Responder

    Marcelo Vitorino

    05 de novembro de 2015 às 11h42

    É o que esse blog faz, diz várias bravatas e nunca prova nada.

    Responder

Marcelo Vitorino

05 de novembro de 2015 às 11h24

Quero ver do que esse blog vai viver, já que não publica notícias e sim calúnias contra Aecio e o PSDB.

Responder

    Ermeneghildo Ghil

    05 de novembro de 2015 às 11h36

    Que calúnias? Sair por aí falando bravatas é fácil. Matar a cobra e mostrar o pau é que são elas!

    Responder

    Marcelo Vitorino

    05 de novembro de 2015 às 11h42

    É o que esse blog faz, diz várias bravatas e nunca prova nada.

    Responder

    Elliel G Barros

    05 de novembro de 2015 às 12h45

    Mais um kibe dando uma de coxinha ?????

    Responder

    Elliel G Barros

    05 de novembro de 2015 às 12h45

    Mais um kibe dando uma de coxinha ?????

    Responder

    Elliel G Barros

    05 de novembro de 2015 às 12h45

    Mais um kibe dando uma de coxinha ?????

    Responder

    Murilo Alberto

    05 de novembro de 2015 às 13h30

    Belíssima demonstração de racismo, Eliel Elliel G Barros…
    Tá postando aí do navio negreiro?

    Responder

    Murilo Alberto

    05 de novembro de 2015 às 13h31

    Não, tá nos EUA mesmo, né não, Elliel G Barros, seu socialista de iPhone…

    Responder

Silvio Sabá

05 de novembro de 2015 às 11h01

Cabe SIM, ao Ministro da Justiça, José Eduardo Martins Cardozo, mandar a Polícia Federal investigar…
https://compasnet.wordpress.com/conspiracao-sem-fim/

Responder

Maurício Martins

05 de novembro de 2015 às 10h39

do jeito que esse judiciário é parcial, provavelmente será usado só pra abafar os pequenos blogs e pequenos veículos de imprensa livre…

Responder

    Fernando Oliveira

    05 de novembro de 2015 às 11h13

    Mas o grande lance é que no Direito de Resposta o cara TEM que ter uma resposta. Normalmente não têm. Então acho que tá mais ou menos seguro.

    Responder

Haroldo H Da C Lima Lima

05 de novembro de 2015 às 10h35

Parece que estamos elegendo maus perdedores….

Responder

Murilo Alberto

05 de novembro de 2015 às 10h33

Agora é só do

Responder

João Teixeira

05 de novembro de 2015 às 10h30

O problema pode ser o conteúdo da lei.

Responder

Paula Teixeira

05 de novembro de 2015 às 10h28

Você viu que bom que a juíza que mandou investigar i filho do lula foi afastada. Você deve estar contente com isso. Que a impunidade corra solta no nosso querido Brasil.

Responder

    Vera Elisa De Carvalho Ponchio

    05 de novembro de 2015 às 10h31

    Cada “tonta”! kkk

    Responder

    David Matos

    05 de novembro de 2015 às 11h13

    E vc viu ou só vê o que convém…
    http://www.sganoticias.com.br/2015/11/mensalao-tucano-continua-engavetado-na.html

    Responder

    David Matos

    05 de novembro de 2015 às 11h13

    E vc viu ou só vê o que convém…
    http://www.sganoticias.com.br/2015/11/mensalao-tucano-continua-engavetado-na.html

    Responder

    David Matos

    05 de novembro de 2015 às 11h14

    E vc viu ou só vê o que convém…
    http://www.sganoticias.com.br/2015/11/mensalao-tucano-continua-engavetado-na.html

    Responder

    David Matos

    05 de novembro de 2015 às 11h14

    E vc viu ou só vê o que convém…
    http://www.sganoticias.com.br/2015/11/mensalao-tucano-continua-engavetado-na.html

    Responder

    Paula Teixeira

    05 de novembro de 2015 às 11h51

    Eu vejo as coisas no geral, afinal eu sou parte do povo. Comno brasileira fico indgnada com a falta de punição para todos que cometeram algum ato ilicito, afinal tenho meus valores e é o que tento passar para minha filha, agora porque um não foi punido, entãi não cvamos mais punir ninguém? Já prometi a mim mesma que nunca mais vou votar em candidatos que estejam no poder ha muitos anos e nunca votarei em uma pessoa, porque é filho de um politico conhecido e antigo. Acredito que os mais jovens vão estar mais bem preparados para não assaltarem o país. Portanto, não. Não vejo só o que me convém, mas acho um absurdo a juiza ter sido afastada do caso, por causa do filho do lula, portanto vai ser mais uma investigação que vai naufragar.

    Responder

    Paula Teixeira

    05 de novembro de 2015 às 11h51

    Eu vejo as coisas no geral, afinal eu sou parte do povo. Comno brasileira fico indgnada com a falta de punição para todos que cometeram algum ato ilicito, afinal tenho meus valores e é o que tento passar para minha filha, agora porque um não foi punido, entãi não cvamos mais punir ninguém? Já prometi a mim mesma que nunca mais vou votar em candidatos que estejam no poder ha muitos anos e nunca votarei em uma pessoa, porque é filho de um politico conhecido e antigo. Acredito que os mais jovens vão estar mais bem preparados para não assaltarem o país. Portanto, não. Não vejo só o que me convém, mas acho um absurdo a juiza ter sido afastada do caso, por causa do filho do lula, portanto vai ser mais uma investigação que vai naufragar.

    Responder

    Amarilia Teixeira Couto

    05 de novembro de 2015 às 12h26

    Paula Teixeira Fica triste com isso não.Tem coisas bem mais sérias que merecem a sua e a nossa indignação.Por exemplo: Por que TUDO que envolve os tucanos fica encoberto? Por que o mensalão do PT parecia mais um filme de James Bond,com transmissão ao vivo,inclusive do avião da FAB levando os petistas para a Papuda num feriado nacional para que ninguém perdesse o show? Por que o mensalão tucano foi engavetado sendo que ele era anterior ao do PT? Por que TODOS os escândalos envolvendo os vinte anos de tucanato em São Paulo não foram devidamente investigados? Por que a filha do Serra teve envolvimento em diverso ilícitos e NUNCA a PF incomodou a família? Por que,no caso do filho do Lula, a PF (sempre ela! ) tratou logo de indiciar o filho de nosso (mui amado) ex-presidente no dia de seu ANIVERSÁRIO? Se vc não encontrar nada de errado nisso tudo,sinto dizer,mas vc foi envenenada pelo PIG e perdeu a chance de exercer a sua cidadania com mais dignidade.Queremo justiça igual para TODOS,sem sensacionalismo e sem seletividade!

    Responder

    Amarilia Teixeira Couto

    05 de novembro de 2015 às 12h26

    Paula Teixeira Fica triste com isso não.Tem coisas bem mais sérias que merecem a sua e a nossa indignação.Por exemplo: Por que TUDO que envolve os tucanos fica encoberto? Por que o mensalão do PT parecia mais um filme de James Bond,com transmissão ao vivo,inclusive do avião da FAB levando os petistas para a Papuda num feriado nacional para que ninguém perdesse o show? Por que o mensalão tucano foi engavetado sendo que ele era anterior ao do PT? Por que TODOS os escândalos envolvendo os vinte anos de tucanato em São Paulo não foram devidamente investigados? Por que a filha do Serra teve envolvimento em diverso ilícitos e NUNCA a PF incomodou a família? Por que,no caso do filho do Lula, a PF (sempre ela! ) tratou logo de indiciar o filho de nosso (mui amado) ex-presidente no dia de seu ANIVERSÁRIO? Se vc não encontrar nada de errado nisso tudo,sinto dizer,mas vc foi envenenada pelo PIG e perdeu a chance de exercer a sua cidadania com mais dignidade.Queremo justiça igual para TODOS,sem sensacionalismo e sem seletividade!

    Responder

    Amarilia Teixeira Couto

    05 de novembro de 2015 às 12h26

    Paula Teixeira Fica triste com isso não.Tem coisas bem mais sérias que merecem a sua e a nossa indignação.Por exemplo: Por que TUDO que envolve os tucanos fica encoberto? Por que o mensalão do PT parecia mais um filme de James Bond,com transmissão ao vivo,inclusive do avião da FAB levando os petistas para a Papuda num feriado nacional para que ninguém perdesse o show? Por que o mensalão tucano foi engavetado sendo que ele era anterior ao do PT? Por que TODOS os escândalos envolvendo os vinte anos de tucanato em São Paulo não foram devidamente investigados? Por que a filha do Serra teve envolvimento em diverso ilícitos e NUNCA a PF incomodou a família? Por que,no caso do filho do Lula, a PF (sempre ela! ) tratou logo de indiciar o filho de nosso (mui amado) ex-presidente no dia de seu ANIVERSÁRIO? Se vc não encontrar nada de errado nisso tudo,sinto dizer,mas vc foi envenenada pelo PIG e perdeu a chance de exercer a sua cidadania com mais dignidade.Queremo justiça igual para TODOS,sem sensacionalismo e sem seletividade!

    Responder

    Maria Regina Novaes

    05 de novembro de 2015 às 17h27

    Punir,punir e ser feliz…só foram punidos petistas ,o psdb, é blindado por uma camada forte de gordura….chamada Soros…e a juíza é irmã do candidato a prefeito de Blumenau,do psdb,além de não ser a juíza titular…Em outras palavras…psdb pode tudo…pt só pode ser preso!

    Responder

    Luiz Carlos Donzeli

    06 de novembro de 2015 às 11h18

    Amarilia Teixeira Couto Todas suas acusações são ,até o momento, pura ilações. Discutimos os crimes investigados e aceitos pela justiça. Nenhuma acusação que venha do PT e dos seu séquito de difamadores são sérias e aceitáveis juridicamente.

    Responder

    Benito Nardeli

    07 de novembro de 2015 às 00h11

    Luiz Carlos Donzeli Voce é uma ilação ambulante.

    Responder

Enio Luiz Vedovello

05 de novembro de 2015 às 07h28

Infelizmente, não consigo acreditar que resolva. Vou esperar para ver acontecer…

Responder

walter pastori

05 de novembro de 2015 às 04h45

Otimo talvez a melhor noticia do ano imprensa e pra noticia nao indiciar falar o que quer sem compromisso com a verdade e uma delicia agora os paladinos da moral vao ter que pensar muito o que falam e escrevem ta facil o nefasto solta a bomba os outros nefastos repercutem varias vezes pra dar um carater de verdade ta feito o estrago o acusado que se virem ai os nefastos partem pra outra.Seria muito bom acabar com a imunidade parlamentar ia dimunir muito a quantidade de ofensas e bobagens que sai da boca de muitos politicos principalmente os protegidos pelo pig nefasto.

Responder

Deixe um comentário