Fundador do Instituto Ideia vê chance de Lula vencer no 1° turno

A criatividade nos chama: rato refem é ou não é um belo anagrama?

Por Tadeu Porto

07 de agosto de 2016 : 22h43

Por Tadeu Porto*(@tadeuporto), colunista do Cafezinho

Se o governo Temer, como era de se esperar, apelou vergonhosamente para a ditadura [não se iludam, não há outro nome para a censura nos estádios] existe, pelo menos, um ponto positivo: podemos exercer a criatividade para driblar o cerceamento da liberdade de expressão.

Geralmente, a imposição arbitrária de regras encontra na sensibilidade da arte uma dificuldade semelhante a segurar água entre os dedos. E esse dribles magníficos que a imaginação aplica sobre métodos conservadores podem gerar verdadeiras obras históricas.

Falar de flores, rodas vivas, moscas, bêbados e equilibristas significaram muito mais do que as interpretações simples dessas palavras em contextos artísticos. Claro que não tenho a pretensão aqui de ver um novo Chico Buarque em ação no governo usurpador – espero de coração que ele caia bem antes – mas fiquei mesmo curioso em saber quais vão ser as fintas que nossa esfera progressista vão dar na opressão já desenhada e aplicada, principalmente nos jogos olímpicos do Rio de Janeiro.

Eu mesmo não consegui segurar minha curiosidade e, em alguns minutinhos aqui, pensei em algumas saídas:

  1. Anagramas com “fora temer”: a ideia de cada homem ou mulher usar camisas com uma letra correspondente abre caminho para um espaço interessante, o uso de anagramas. “rato refem”, “fato errem”, “formar rete” são algumas variações dentre muitas (ainda mais que podemos pensar em novas letras que possam entrar por acaso);
  2. Variações com o verbo temer: uma frase, do tipo, “Vamos Brasil, sem temer” seria uma ótima frase de incentivo para nossos atletas;
  3. Cartazes em outros idiomas: colocar o “fora temer” em outros , dificulta a vida dos “capitões do mato” do governo golpista (principalmente com diferente alfabetos, como grego, cirílico ou árabe), tem alto potencial para viralizar e ainda ajudaria a divulgar o golpe pelo mundo;
  4. Mensagens criptografadas: como será que se representam “fora, temer e golpe” no código morse?

Bom, são apenas alguma pequenas ideias que me ocorreram. Tenho certeza que milhares de cérebros democráticos estão pensando nas saídas para essa imposição arbitrária de um governo covarde que não consegue suportar meia duzia de vaias. Sou capaz de apostar meu novo livro do Harry Potter, que chegou as minhas mãos hoje, que em menos de uma semana teremos ideias fascinantes que não deixaram nada a desejar para os grandes feitos de 64 à 85.

Aliás, se alguém tiver alguma inspiração diferente, manda pra gente do Cafezinho que podemos tentar dar alguma publicidade à sugestão. Amanhã, afinal, há de ser um novo dia, apesar de tudo que temos a temer.

Tadeu Porto é diretor do Sindicato dos Petroleiros do Norte Fluminense (SindipetroNF)

Tadeu Porto

Colunista do Cafezinho e diretor da Federação Única dos Petroleiros e do Sindicato dos Petroleiros do Norte Fluminense.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

12 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Fé e Política

08 de agosto de 2016 às 21h48

Às vésperas da votação final desse processo, a FAPCOM – Faculdade Paulus de Comunicação – reúne grandes nomes da comunicação e da reflexão intelectual do país para discutir a entre a comunicação e democracia, os problemas e desafios daí decorrentes. Nos dias 22 e 23 de agosto, na Vila Mariana em São Paulo, o evento contará com as pariticipações de Marilena Chaui, Paulo Henrique Amorim, Edson Teles, Jung Mo Sung, Renato Janine Ribeiro e Luis Nassif. O simpósigo é aberto ao público. Inscrições gratuitas pelo site: http://www.fapcom.edu.br

IX Simpósio de Comunicação FAPCOM : COMUNICAÇÃO E DEMOCRACIA
Dias 22 e 23 de agosto de 2016
Faculdade Paulus de Comunicação e Filosofia (São Paulo)

PROGRAMAÇÃO
22/08 – 19h
PAULO HENRIQUE AMORIM
Comunicação e democracia no Brasil: retrospecto histórico e dificuldades atuais

MARILENA CHAUÍ
Comunicação, poder e as fragilidades da democracia brasileira

23/08 – 08h
EDSON TELES
Estado de exceção permanente na atualidade

Jung Mo Sung
Idolatria do dinheiro, desigualdade social e a crise da democracia no Brasil e no mundo

23/08 – 19h30
RENATO JANINE RIBEIRO
O contexto brasileiro atual: entraves, desafios éticos, políticos e comunicacionais

LUIS NASSIF
Tema da Palestra: “A construção da democracia nas redes sociais”

LOCAL
FAPCOM – Faculdade Paulus de Comuniocação e Filosofia
Rua Major Maragliano, 191 – Vila Mariana – São Paulo
Próximo às estações Vila Mariana e Ana Rosa do metrô
Inscrições gratuitas pelo site: http://www.facpom.edu.br

Responder

João Luiz Brandão Costa

08 de agosto de 2016 às 18h09

ROFA REMET

Responder

José R. Jr.

08 de agosto de 2016 às 18h08

Sugestão: Temer, Jamais. Nos estádios ou arenas pode significar aos atletas brasileiros força para derrotar adversários.

Responder

Marcelo

08 de agosto de 2016 às 10h28

Duas sugestões, geek-style ;)

Responder

    Milton Maldonado Junior

    08 de agosto de 2016 às 18h01

    Gostei das camisetas ASCII kkkkk! Tem esse tb pra usar com celular!

    Responder

airoldi lacroix bonetti junior

08 de agosto de 2016 às 10h19

No temer jamais, adelante my pueblo, baita camiseta!

Responder

Pedro tiete

08 de agosto de 2016 às 10h19

Tchau Marcella

Responder

Messias Franca de Macedo

08 de agosto de 2016 às 08h02

ATENÇÃO POVO DO BEM DO BRASIL

A partir de hoje, nos estádios, nas arenas e nas ruas, vamos empunhar cartazes com inscrições do tipo:
‘VOLTA LOGO, QUERIDA PRESIDENTA DILMA’

Quero ver agora os covardes repressores considerarem que o ato significa violação à alguma Lei, estatuto, regimento e/ou o escambau!
Quero ver agora se as manifestações desta natureza serão tachadas de insulto, agressão moral, ignomínia a alguém e/ou a alguma instituição.

***

“Bom-diamente”- ‘fOOOOOra temer’ – e leve junto a sua quadrilha de gangsteres mafiosíssimos!

O “Bom-diamente” somente não está sendo muito melhor porque o placar deveria ter sido:

Seleção do IRAQUE 7 X 0 seleçãozinha da “Republiqueta [das FRAUDES] do ‘CU(nha) TEMERário’ do Mundo”!

Ah, volta logo, querida!

Responder

    Jadir Rocha

    08 de agosto de 2016 às 08h13

    Quem diria, hem! O golpista Temer está mais sujo que pau de galinheiro.

    Responder

Messias Franca de Macedo

08 de agosto de 2016 às 00h30

“Temer não se sustenta mais”
Por senador Roberto Requião

VÍDEO

https://www.facebook.com/CircodaDemocracia/videos/1747680152179715/

Responder

    Messias Franca de Macedo

    08 de agosto de 2016 às 00h31

    VÍDEO HISTÓRICO

    Responder

cousinelizabeth

07 de agosto de 2016 às 23h40

Pensei em fazer uma camiseta com Delenda Temer. Até o pessoal da polícia descobrir o significado, já acabou a Rio 2016.

Responder

Deixe um comentário

O Xadrez para Governador do Ceará Lula ou Bolsonaro podem vencer no 1º turno? O Xadrez para Governador de Santa Catarina