Jornal da Forum: Lula quer reindustrializar o Brasil!

A tréplica de Cerqueira Leite a Sergio Moro

Por Miguel do Rosário

15 de outubro de 2016 : 12h48

Os leitores devem ter acompanhado a polêmica. O físico brasileiro Rogério Cezar de Cerqueira Leite publicou na Folha um belíssimo artigo detonando, com classe, Sergio Moro.

O juiz respondeu à Folha com sua prepotência de praxe, dizendo que o jornal não deveria publicar opiniões como essa.

Cerqueira Leite acaba de ver publicada, na seção de Cartas da Folha, a sua tréplica. É curto e grosso:

image-1

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

110 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Ronaldo Ribeiro

19 de outubro de 2016 às 15h33

mimimi eterno dos petralhas………. tenho dó, mas já tá acabando….

Responder

Pedro Alcantara

17 de outubro de 2016 às 16h46

Tá desesperado né? Agua batendo na bunda? Ahahahahaha… acabou a mordomia da esquerda… vai ter que trabalhar velhinho! Parece rato se debatendo em copo de leite!

Responder

Doris Gibson

17 de outubro de 2016 às 12h14

Chupa esta, Moro!

Responder

Laure

17 de outubro de 2016 às 09h36

“O juiz ainda se esquiva de responder à principal acusação que lhe faço, a de que é absolutamente parcial e está a serviço das classes dominantes”.
Sabendo que o juiz não é muito burro, e que entendeu perfeitamente o que disse o Professor, pergunto o porquê dele não ter respondido. Resposta: o juiz não tem argumentos para contestar. Ou seja, ele assinou recibo dando legitimidade à afirmativa do Professor. Lula tem razão em denunciar esse Savonarola de subúrbio à ONU.

Responder

    K

    11 de janeiro de 2017 às 19h09

    Quando um comentário é tão absurdo, tão sem noção, tão delirante, a melhor resposta é apenas colocar as coisas novamente sobre a perspectiva da razão.
    Ninguém ganhou mais dinheiro no governo PT que os empresários amigos do governo. A maior renda per capta do. Brasil esta em Brasilia, o políticos fazem a melhor e maior renda do país. Me desculpe… quem é “elite” senão a classe política?

    Responder

      Miguel do Rosário

      11 de janeiro de 2017 às 19h17

      A elite, que muito mais, são as castas (MP, tribunal de contas, Receita, Banco Central), e os milionários rentistas do mercado financeiro. Esses sim são elite. A classe política é merdinha perto desses.

      Responder

Homero Arneiro

17 de outubro de 2016 às 07h26

inédito! lançamento no PÂNICO NO BRASIL ! O JUIZ VESGO [só enxerga a esquerda] astro exclusivo do JN e Globo , uma atração exótica desde Curitiba, com extenso trabalho no escândalo Banestado em proteger os poderosos e tucanato

Responder

Marcelo Moreira

17 de outubro de 2016 às 00h58

O Professor Doutor e grande brasileiro Cerqueira Leite jamais deveria se envolver com essas pessoas,ele é tão superior,que jamais deveria dar oportunidade para um juiz daltônico criar espaço para replicar,peçam ao Juiz Sérgio Moro para visitar algum país com o Doutor Cerqueira Leite,se ele acha que aquele lugar na revista “Fortune” 13º(será que não foi comprado?) dizem as más línguas que a “Fortune” vende essa classificação,eu não tenho provas mas tenho convicções pois não conheço os meandros desses meios de comunicações internacionais,é passaporte para ele,vai ver o quanto está enganado.As atitudes desse juiz não condiz com o exercício da profissão,a discrição é a obrigação principal de qualquer magistrado,imagine um integrante do judiciário sair por aí divulgando conteúdo dos processos sem autorização do acusado.Eu até acreditei inicialmente nesse juiz,achando que ele estava a serviço da justiça,que cuida dos cidadãos,depois vi a parcialidade dele,posteriormente a exposição das conversas grampeadas da família do Lula,qual a vantagem desse Juiz em expor a dona Marisa xingando alguém?a esposa do Lulinha em conversa com um amigo do mesmo?ele interferiu perigosamente na vida de um casal,será que ele não consegue se colocar no lugar humilhante dessas pessoas,que tem a intimidade desvendada sem nenhum ganho para o processo,ou a dona Marisa falando palavrão ajuda a descobrir coisas erradas?a Renata esposa do Lulinha brincar com um amigo,ajuda o processo,se houver separação eles deveriam processar esse juiz,ou ele vai grampear qualquer cidadão por convicções e vai expor a vida do mesmo,eu não entendo é o STF dar guarida as coisas erradas desse processo,o Ministro Teori esboçou alguma reação,mas diante da pichação de sua casa parece ter desistido

Responder

Marcelo Moreira

17 de outubro de 2016 às 00h36

O Professor é uma sumidade,respeitado mundialmente,esse bando de coxinhas paneleiros,jamais serão ouvidos,visto e televisados por ele,cresçam coxinhas paneleiros,massa de manobra da Globo,Fiesp e políticos corruptos,vocês não passam nem próximo ao portão da casa do grande e imponente físico,ele jamais deveria ter respondido a esse juiz daltônico,subproduto da Globo e da Fiesp,onde esse juiz estava que só enxerga uma cor,todo político de outro partido que não o PT está leve e solto,é citado na delação premiada e nada acontece,se tem quem goste desse Sérgio Moro,tem gente que não gosta,eu tenho renda maior do que a maioria desses paneleiros e não quero ficar no meio deles,egoístas só querem para eles,porque eu vou concordar com esse juiz de 1ª Instância que graças ao apoio da Fiesp e da Globo,manda mais que o STF?espero que a Ministra Carmen Lúcia coloque um freio nesse juiz,ele crê ser Deus,mas não age invisível como pode ser Deus? Deus não vazia propaganda dos seus atos,essas palhaçadas de entrevistas na televisão acusando pessoas sem provas e só convicções é próprio de países ditatoriais,nem na ditadura no Brasil os militares fizeram isso.O Professor deveria ser ouvido ajoelhado,mesmo que ele não goste que diga isso,um homem reconhecido mundialmente,com uma história de luta democrática e serviços prestados ao Brasil e ao Mundo,o juiz Sérgio Moro é quem perto dele?essas palestras organizadas pela Globo e Fiesp para que ele saia espalhando suposições é uma vergonha,mas a população aceita porque depois de cada espetáculo pirotécnico não existe réplica e as pessoas vão sendo enganadas,onde já se viu escrachar uma pessoa na televisão e depois dizer que só tem convicções e não prova?será que já leram o CPP,se não voltem para a escola,vocês estão alterando o Código de Processo Penal sem serem legisladores,essas lambanças desses procuradores Pokémon são constrangedoras,será que esses frustrados por não passarem no concurso para juiz não olham no espelho e veem o quão ridículo são essas entrevistas semanais,bancadas pela Globo e pela Fiesp.A Globo deveria se declarar apoiadora do PSDB e PMDB,toda empresa jornalística séria e democrática faz isso,olha nos Estados Unidos o NYT declarou apoio a Hillary Clinton,a Globo oportunista fica esperando para ver o que acontece,dá uma no cravo e outra na ferradura,a mídia tem que ser regulamentada no Brasil,senão vão sempre interferir nos processos eleitorais.Que deveriam ser imparciais,ou se parciais declarados.

Responder

James Ferreira Gressler

16 de outubro de 2016 às 23h16

Como é que um sujeito que parece cheio de rififiques e ungido pelos deuses e ele mesmo endeusado pela mídia safada se presta a um ridículo papel de justiceiro messiânico ? Em Cervantes ele está mais pra Sancho Pança.

Responder

Lázaro

16 de outubro de 2016 às 22h35

Bom, o juiz está sugerindo as pautas do jornal, ou melhor, o que ele não deve publicar, ou isso é uma espécie de intimidação?

Responder

valdemar

16 de outubro de 2016 às 22h29

Parabéns professor Rogério Cesar pela brilhante comparação deste juiz parcial.

Responder

Ricardo Cebalho

16 de outubro de 2016 às 21h14

Direção do PT

Será que não existe nenhuma possibilidade de Lula acompanhado e assesorado por alguns experientes jornalistas dos blogs de esquerda.Tentarem mesmo que seja materia paga em algum canal de televisão, mesmo que seja na Band ou SBT ou mesmo gazeta?Sera que não encontram alguém amigo em comum com dirigentes destes jornais pedindo humildemente uma chance entrevista para se defender das acusações covardes em que é submetido? Sabemos que quando Lula tem oportunidade de falar para o povo em geral costuma virar o jogo, se ele tiver uma oportunidade, essa entrevista irá puchar outras. Acho que vocês tem que tentar isso exaustivamente, se realmente querem salva-lo da prisão.

Responder

André Monteiro

16 de outubro de 2016 às 20h27

Moro é uma pessoa limitada, rasa, sem profundidade. O problema são as costas largas dele. O problema tá todo nisso!

Responder

Terror

16 de outubro de 2016 às 20h14

Rogério Cezar é prestigiado mundo afora pelo seu trabalho como físico, é uma grande intelectual, já o juiz, não conheço publicação alguma dele de relevância e que seja elogiada ou citada mesmo pelos seus pares no exterior.

Responder

Vitor Sorenzi

16 de outubro de 2016 às 19h35

Ficou mais interessante o texto ABAIXO da resposta. Será que escreveu????

Responder

Terror

16 de outubro de 2016 às 19h34

Hora, Cerqueira Leite é um intelectual altamente qualificado e respeitado dentro da academia, ao passo que o juiz não tem as mínimas condições de rebatê-lo, pois carece de tais qualificações e prestígio acadêmico. Não sei de publicações suas de respeito internacional.

Responder

Paulo Drus

16 de outubro de 2016 às 12h58

Tudo muito lindo. Tudo muito certinho.
Mas… e a roubalheira na Petrobrás, no BNDES, os conluios corruptos com as empreiteiras que a turminha vermelha se esbaldou em fazer, hein?
Sobre tudo isso nada, né?

Responder

    William Oliveira

    16 de outubro de 2016 às 18h15

    é mesmo ????? cadê cadê ;;…

    Responder

      Paulo Drus

      16 de outubro de 2016 às 23h49

      Cadê o quê, cara-pálida? Se for o dinheiro roubado da petrobrás, tá tudo nas contas dos políticos do pt.

      Responder

Claudio

16 de outubro de 2016 às 12h17

DEMO.

Responder

Juarez Oliveira

16 de outubro de 2016 às 10h45

Cartilha do “Príncipe de Curitiba”

Não parece familiar?

1.- Princípio da simplificação e do inimigo único.

Simplifique não diversifique, escolha um inimigo por vez. Ignore o que os outros fazem concentre-se em um até acabar com ele.

2.-Princípio do contágio

Divulgue a capacidade de contágio que este inimigo tem. Colocar um antes perfeito e mostrar como o presente e o futuro estão sendo contaminados por este inimigo.

3.-Princípio da Transposição

Transladar todos os males sociais a este inimigo.

4.-Princípio da Exageração e desfiguração

Exagerar as más noticias até desfigurá-las transformando um delito em mil delitos criando assim um clima de profunda insegurança e temor. “O que nos acontecerá?”

5.-Princípio da Vulgarização

Transforma tudo numa coisa torpe e de má índole. As ações do inimigo são vulgares, ordinárias, fáceis de descobrir.

6.-Princípio da Orquestração

Fazer ressonar os boatos até se transformarem em notícias sendo estas replicadas pela “imprensa oficial’.

7.-Princípio da Renovação

Sempre há que bombardear com novas notícias (sobre o inimigo escolhido) para que o receptor não tenha tempo de pensar, pois está sufocado por elas.

8.-Princípio do Verossímil

Discutir a informação com diversas interpretações de especialistas, mas todas em contra do inimigo escolhido. O objetivo deste debate é que o receptor, não perceba que o assunto interpretado não é verdadeiro.

9.-Princípio do Silêncio.

Ocultar toda a informação que não seja conveniente.

10.-Princípio da Transferência

Potencializar um fato presente com um fato passado. Sempre que se noticia um fato se acresce com um fato que tenha acontecido antes

11.-Princípio de Unanimidade

Busca convergência em assuntos de interesse geral apoderando-se do sentimento produzido por estes e colocá-los em contra do inimigo escolhido.

Os 11 princípios do ministro da propaganda nazista, Joseph Goebbels

Responder

RosLucc

16 de outubro de 2016 às 10h19

O juiz é integralista, camisa verde, mas usando a camisa negra dos italianos, era bom pesquisarem a história familiar. Fascismo no Brasil. O mesmo pensamento autoritário, são os mesmos objetivos dos integralistas da “renovação total”. Essa ideologia foi proibida e perseguida no Brasil. São jogos de cartas marcadas, ele viaja para ter aconselhamento.

Responder

oscar

16 de outubro de 2016 às 07h52

moro não tem cara para negar que é prol psdb, pmdb!

Responder

Antonio Mateus

16 de outubro de 2016 às 02h03

O Moro não deve se preocupar em pisar em baratas. Elas estão por todo lugar.

Responder

Marcos Omag

16 de outubro de 2016 às 01h19

O juiz do Departamento de Estado não se cansa de passar vergonha. Passou vergonha diante de grande advogados como Kakay e Nilo Batista. Passou vergonha diante de José Dirceu, que desmontou seu teatrinho do absurdo. São momentos que estão gravados em vídeo, disponíveis no repositórios online mais acessados. Agora, passa vergonha diante de um grande cientista brasileiro. Mas, ele não se incomoda de passar vergonha. Aprendeu nos cursos que frequentou no Departamento de Estado que sua assinatura de juiz pode tudo. Os seus supostos “superiores” do CNJ e STF têm muito medo dele pois sabem que os patrões de verdade estão no Departamento de Estado. Então, pode tentar encarcerar o Presidente que tirou 40 milhões de brasileiros da miséria e encarcerar um herói nacional como o Almirante Othon por seu “crime” de tentar construir um submarino nuclear para que o Brasil pudesse defender o Pré-Sal. O pessoal do Departamento de Estado não gostou nada da “ousadia” deste almirante que acha que este petróleo todo é do Brasil, e não da Chevron.

Responder

Observador

15 de outubro de 2016 às 23h53

Logo logo o ladrão de 9 dedos vai morar em Curitiba

Responder

    William Oliveira

    16 de outubro de 2016 às 18h17

    é Isso aí…… esse povo daqui dos comentários só sabem seguir o que um físico diz…. não se preocupam pelo jeito com o preço que pagamos por bandidos políticos… estou cansado de ver argumentos e mais argumentos….

    Responder

Observador

15 de outubro de 2016 às 23h52

Nós do sul defendemos o moro…

Responder

    Rachel

    16 de outubro de 2016 às 01h00

    Quem tu achas que és para te arvorar a dizer “nós do sul” ? eu sou do sul e há muita , mas muita gente do sul que não defende o Torquemada, inquisidor, perseguidor do PT. Um juizeco parcial, indigno do cargo que ocupa . Seu nome ficará gravado no rol dos traidores da Constituição, até o fim da história.

    Responder

    William Oliveira

    16 de outubro de 2016 às 18h20

    Sudeste também apoia o moro e toda equipe que conduz a Lava Jato que já devolveu mais de 2 bilhoooooooooooes aos cofres públicos….. que os bonitões donos da verdade e que se acham impunes roubaram

    Responder

    Jadir Rocha

    16 de outubro de 2016 às 20h05

    Sem dúvida, o Moro será mais um usado pela grande mídia brasileira e, depois, descartado. Que triste fim, hem!.

    Responder

Osni Nowak

15 de outubro de 2016 às 22h58

Parabéns sr Cerqueira e de pessoas como senhor que precisamos pra abri os olhos da população pois a imprensa brasileira só notícias seus interesses sabemos que única coisa que estamos vendo na lava jato e empresas brasileiras a qual devíamos dar a poio a crescer quebrando e junto com elas a esperança de seus funcionários que a cada dia que passa estam ficando sem esperança é mais sem o que por na mesa pra seus filhos comer e com isso outra partida empresas americanas com certeza iram aproveita o buraco pra entra e toma conta do que pensávamos que era nosso principalmente na área petrolífera passamos por várias décadas escravos dos americanos será que o intuito de sr Sergio moro é a bancada do PSDB e PMDB e que empresas nossas desapareça e que voltemos a ser escravos de volta sr Cerqueira como pessoa imfruente por favor não pare de espor seus pensamentos pois um dia todos nós brasileiros vamos lembrar desse momento o qual vivemos e vamos agradecer por esse bravo brasileiro mais uma vez parabéns pela coragem deus o abençoe .Osni nowak

Responder

    Observador

    15 de outubro de 2016 às 23h47

    Vai se internar Zé ruela

    Responder

    Cleonice

    16 de outubro de 2016 às 01h22

    Falou TUDO!!

    Responder

    Zeka Zeka

    17 de outubro de 2016 às 00h15

    Osni disse tudo….expressou seus anseios e o coxa-trouxa aí de baixo só papagaiou besteirol.

    Responder

Myriam Andréa

15 de outubro de 2016 às 22h45

ao ler comentários em que exaltam a ignorância e disseminam mentiras criminosas fabricadas pelo jornalixo de globo, época, veja… porca midiazona golpista em geral, reproduzo o que Marcia Tiburi escreveu sobre a ignorância meritocrática:
“No populismo da ignorância, o não saber torna-se mérito, a educação é desvalorizada, os clichês são capital intelectual. A ignorância populista sempre quer poder e, por isso, é fácil ver seus sacerdotes nos cargos mais diversos, mas sobretudo no cargos eletivos. No Brasil, a ignorância populista tem sido muito bem representada por diversas pessoas em vários momentos. A prova viva de que o projeto político em vigência no Brasil atual se impõe pela mistificação da ignorância é a fala majoritária dos deputados brasileiros. A ignorância populista faz surgir uma nova forma de meritocracia, a ignorância meritrocrática, aquela que o indivíduo alcançou apenas por sua própria conta, ao não aceitar o esclarecimento, ao negar a crítica, ao evitar a análise.”

leia a íntegra aqui:
Marcia Tiburi – 14/10/2016
“Amigos, meses atrás publiquei esse artigo na Revista Cult, disponibilizo aqui, pois faz parte da reflexão sobre o campo do poder-saber que venho tentando realizar há certo tempo:

Ignorância populista

Sobre o poder do não saber

Se podemos chamar de coronelismo intelectual ao conjunto das práticas autoritárias no campo do conhecimento que estabelece uma espécie de ordem na qual o saber-poder tem dono, podemos chamar de ignorância populista uma outra ordem que especializa sua vigência com uma força desconhecida até agora.
Trata-se de um fenômeno paralelo ao do coronelismo intelectual entendido como sistema em que a verdade é ditada por aqueles que detém os meios de produção do saber, e que transformam o saber em mercadoria já que detém esses meios. A ignorância populista não é, no entanto, oposta ao coronelismo, ao contrário, ela é muito parecida com ele, a ponto de podermos dizer que dele deriva como um sombra. Difere na forma e no conteúdo, mas não no método com que se exerce. Enquanto o saber pertencente às elites é propagado como inacessível para as massas, o não saber, a ignorância é ofertada como uma benção, como tudo o que as massas precisam ter. Mas ela não é vazia de conteúdo, embora seu jogo seja apresentar-se como um vazio.
Cientes da importância do saber, incapazes, no entanto, de dominar o conteúdo, os sacerdotes da ignorância populista exercem a ignorância como um poder em nada diferente do saber. A ignorância não se apresenta, contudo, como uma falta de saber, e sim como o saber em si. Seu substituto prático.
Esses sacerdotes detém, portanto, a instituição, o poder em si, mas não seu conteúdo. Tem a máscara, mas não o rosto. Ao mesmo tempo, a máscara não serve para enganar, ao contrário. A imagem do ignorante é a sua própria imagem. Ele não finge de sábio. Segue em seu programa de poder mascarado apenas de si mesmo, ou seja, desmascarado. Cinicamente, ele diz a verdade como um deboche. E a repete.
A ignorância populista se vale do mesmo mecanismo de repetição à exaustão de ideias que devem parecer verdades. Mas enquanto as ideias repetidas tinham certo grau de sofisticação no coronelismo intelectual, já que resultavam de pesquisas ou pelo menos de ideias correntes entre estudiosos cujo grau de seriedade não seria questionável relativamente ao conteúdo, a verdade estupidificada da ignorância populista funciona como violência epistemológica e simbólica com vistas a afetar a vida concreta das pessoas.

Ignorância meritocrática

No populismo da ignorância, o não saber torna-se mérito, a educação é desvalorizada, os clichês são capital intelectual. A ignorância populista sempre quer poder e, por isso, é fácil ver seus sacerdotes nos cargos mais diversos, mas sobretudo no cargos eletivos. No Brasil, a ignorância populista tem sido muito bem representada por diversas pessoas em vários momentos. A prova viva de que o projeto político em vigência no Brasil atual se impõe pela mistificação da ignorância é a fala majoritária dos deputados brasileiros. A ignorância populista faz surgir uma nova forma de meritocracia, a ignorância meritrocrática, aquela que o indivíduo alcançou apenas por sua própria conta, ao não aceitar o esclarecimento, ao negar a crítica, ao evitar a análise. Mas como toda meritocracia é ilusória, o que o indivíduo não imagina, ou talvez esconda, é que ele é um fruto de relações de poder nas quais se promove a ignorância que ele usa como um benefício e uma forma de opressão contra o outro.
Dentre as aberrações políticas produzidas na base da ignorância populista, podemos elencar muitos dos projetos de lei que hoje envolvem a questão de gênero. O próprio combate à questão de gênero (a retirada do termo de todos os textos da esfera legislativa) é a imposição da política da ignorância, ela mesma populista. Tendo ou não sido compreendido por aqueles que o condenam, o termo gênero é distorcido. Não podemos saber se aqueles que o distorcem o fazem porque não o entenderam, ou se ao tê-lo entendido, resolveram distorcê-lo propositalmente. De qualquer modo, venceu o poder.”

Responder

Valdir Severino

15 de outubro de 2016 às 21h31

Fico indignado quando vejo os intelectuais, criticando o juiz Sérgio Moro, a impressão que tenho, que essa classe é a favor da corrupção, pois num país mergulhada em todo tipo de corrupção de longas datas, e alguém se propõe a tentar combater essa prática imunda que assola o país, os intelectuias tomam as dores dos condenados, percebe-se que eles gostariam que os juízes fossem preso, e a bandalheira e festas com a coisas pública continuar rolando solta.
Evidente que o juiz Sérgio Moro não é perfeito, assim como ninguém o é.
Gostaria eu que no Brasil tivesse- mos uns dez Sergio Moro, estaríamos livres de muitos desses políticos corruptos.
Sérgio Moro o povo brasileiro te agradece, os intelectuais vivem em mundo surrealista, a maioria dos trabalhadores brasileiro ainda lutam pelas necessidades básica, alimentação, saúde, moradia e educação. Quanto a esses descasos os intelectuias não falam nada.

Responder

    EDUARDO DOS SANTOS

    15 de outubro de 2016 às 21h52

    O juiz garoto, não é perfeito mesmo….mesmo ele é parcial, então ele, na prática age como um homem de facção….

    Responder

    Natty

    15 de outubro de 2016 às 23h52

    amigo, leia o fim da resposta do cerqueira leite e descobrirá o q ele critica, corrupção é o q menos importa pra este juiz: um juiz parcial e de exceção, q trata o caso d corrupção do PT como “excepcional” (ele deixa d ser um juiz natural) e dos demais partidos ele nem trata, ignora todos indícios d prova (deixando d ser imparcial).

    Responder

      Valdir Severino

      19 de dezembro de 2016 às 21h53

      Natty, eu entendi, e seu que há muitas injustiças neste país, mas te confesso que estou tão feliz em ver pela primeira vez político de peso dá política brasileira sendo preso, eu gostaria que todos os políticos corruptos fossem presos independente que partido seja, vamos acreditar que os outros partidos também terão seus caciques na cadeia, é o que eu mais quero, ver todos pagarem pelos erros que cometeram.

      Responder

    Rachel

    16 de outubro de 2016 às 01h05

    Como ousas falar em nome do povo brasileiro? Os defensores do Torquemada de Curitiba há muito já perceberam o erro que cometeram, fecharam suas janelas, mandaram as empregadas recolocarem as panelas em seus cafonas armários planejados e estão se borrando de medo das consequências da c***** que fizeram e, não tem a hombridade de se retratar. Aliás desconhecem esta palavra. Assim como esse juiz e asseclas que rasgaram a constituição e todo o sistema de justiça da nação.

    Responder

      Valdir Severino

      19 de dezembro de 2016 às 21h45

      Rachel, eu sou parte do povo brasileiro, por tanto tenho o direito de falar em nome do povo brasileiro, assim como você também pode, desde que você não ofendo o povo brasileiro. Você deveria estar feliz em ver políticos corruptos sendo preso, ou você acredita que eles são inocentes.

      Responder

    Marcos Omag

    16 de outubro de 2016 às 01h08

    O juiz do Departamento de Estado destrói milhões de empregos com sua perseguição aos setores de infraestrutura, petróleo e gás e todo o efeito multiplicador deletério que as suas derrocadas provocam na economia. Ele tem apenas olhos para atacar os petistas pois a corrupção da direita, segundo as suas próprias palavras, “não vêm ao caso”. O trabalhador brasileiro que luta por seus direitos básicos deveria enfrentar este senhor, seus procuradores-talebans e os golpistas que eles colocaram no Poder.

    Responder

      Valdir Severino

      19 de dezembro de 2016 às 21h40

      Creio que está havendo um engano, eu e mais ums 20 mil trabalhadores perdemos o emprego na bacia de campos em 2015 com o PT no poder, ou você acredita que o departamento extrurado “propina” dá Odebrecht surgiu neste ano.
      A corrupção sempre existiu neste pais e é a primeira vez que estamos vendo políticos sendo preso, eu gostaria que fossem todos, mas já estou satisfeito, começou pelo partido que estava no poder, espero que continue a prender, seja lá de que partido for, sou contra a corrupção.

      Responder

José De Almeida Bispo

15 de outubro de 2016 às 21h07

Dentro da mesma linha das metáforas, alertava Raymundo Faoro, que conquanto tenha tido a infelicidade de ver Gilmar Mendes ascender ao STF, não a houve do mesmo modo em ver as resultantes de tal aviltamento do Judiciário, que, devemos tomar muito cuidado com a ironia uma vez que mentes mais primitivas não as conseguem entender.

Responder

C.Poivre

15 de outubro de 2016 às 21h07

Desgoverno golpista vai reduzir vagas nas Universidades Federais:

http://www.redebrasilatual.com.br/educacao/2016/10/temer-facilita-processo-de-fechamento-de-vagas-em-universidades-federais-7760.html

Responder

Ero

15 de outubro de 2016 às 21h05

Folha ,não dá para ler !
A folha,assim como a Veja ,já eram

Responder

Adriano

15 de outubro de 2016 às 20h45

Santa ignorância coletiva, quando aremiss pessoas irão deixar de lado ideologias, partidos políticos e colocar em primeiro lugar o bem comum. Só quando tivermos esta consciência é que realmente teremos um mundo melhor.
Não votei no Temer, mas esoero que seu governo de certo. Assim como apoio qualquer outro que estiver no comando e que suas ações sejam o bem comum. ? ridículo falar em esquerda ou direita. Temos hoje homens milionários nos foi estremos. Vamos ficar no bem comum.

Responder

Hugo Oliveira

15 de outubro de 2016 às 20h42

Toda vez que paro para ler esse tipo de “notícia”, noto explícito o posicionamento do autor e me espanto com os comentários de ambos os lados. Fico sempre querendo comentar e debater mais e mais. Porém, no final sobressaí o pensamento, é preciso ter paciência com a humanidade. Não julgue para não ser julgado. Acho que é o máximo de contribuição que posso dar. Boa noite a todos!

Responder

    William Oliveira

    15 de outubro de 2016 às 21h02

    Falou tudo amigo … aprendi mais uma

    Responder

    Antonio Lobo Silva

    15 de outubro de 2016 às 22h31

    Confuso não? Não entendi mesmo

    Responder

Maria Thereza G. de Freitas

15 de outubro de 2016 às 20h30

tóimmmm! na testa do juizeco. que vergonha. se eu fosse o moro me enfiava num buraco bem fundo

Responder

    Observador

    15 de outubro de 2016 às 23h49

    Calaboca velha mulambenta

    Responder

      Rachel

      16 de outubro de 2016 às 01h07

      Tenho dó da Sra. sua mãe. Tenho certeza que ela não o ensinou a se referir à uma senhora deste modo.

      Responder

      Daniel

      16 de outubro de 2016 às 06h35

      Bye bye prick.

      Responder

      Maria Thereza G. de Freitas

      16 de outubro de 2016 às 12h28

      bem se vê que é assecla do juizeco. é típico dos membros da confraria dos tolos. só tem certezas, nenhuma dúvida. quanto a ser “velha mulambenta” … mulambenta é um conceito seu e ninguém pode fazer nada. ser velha/o é uma condição da vida e, se vc tiver sorte, chegará a essa etapa.

      Responder

Roberto Laselva

15 de outubro de 2016 às 20h21

O Lula botou o AliBaba no bolso.

Responder

Hugo Oliveira

15 de outubro de 2016 às 20h16

Ótimo plano esse de tentar desmoralizar o Moro, preciso reconhecer. O plano é bom, mas é triste ver a sua execução. No tempo em que vivemos, já é esperado uma compreensão e atitudes diferentes.

Responder

    Antonio Lobo Silva

    15 de outubro de 2016 às 22h17

    Hugo Oliveira, você está falando sério ou me gozando?

    Responder

William Oliveira

15 de outubro de 2016 às 20h16

So me Admira muito pessoas como essas daqui dos comentários que defendem a injustiça…. O Juiz Sergio Moro juntamente com sua equipe já devolveu aos cofres públicos mais de 2 bilhões de reais de ladrões… parabéns meus caros amigos vocês dão a mão a impunidade

Responder

    Marcos Brito

    15 de outubro de 2016 às 20h21

    E ARRASOU A ECONOMIA PARANDO AS OBRAS EM ANDAMENTO E AS FUTURAS, MILHÕES DE DEMISSÕES, INSTALIBIDADE ECONOMICA, DEMOCRIA NO LIXO E GOLPE CONSUMADO POIS SO VISA O PT E BLINDA PSDB, PMDB, DEM , PP, , KKKKK

    Responder

      William Oliveira

      15 de outubro de 2016 às 20h25

      kkkkk com coisa que é culpa do Moro o rombo que esses político deram…. e outra isso é coisa de mortadelas acharem que Moro só anda atrás do PT… Acorda pra vida.. O Brasil está Asim de tanto os políticos nadarem na corrupção

      Responder

        Elena Osawa

        15 de outubro de 2016 às 20h33

        Mas está claro, como a luz do dia, que juiz moro só anda atrás do PT. Vide os “não vem ao caso” que ele solta quando alguém lhe pergunta sobre as delações sobre Aécio Neves.

        Responder

          William Oliveira

          15 de outubro de 2016 às 20h34

          Sem enfase essa sua resposta… esse de ”não vem ao caso” não foi o Juiz que disse isso

          max

          15 de outubro de 2016 às 20h42

          falou sim numa palestra la nos Estados Unidos, alias muito estranho ele vira e mexe viaja para os Estados Unidos para dar palestras.

          Antonio Lobo Silva

          15 de outubro de 2016 às 22h29

          William Oliveira, depois reforma ortográfica ênfase tem acento, mas você queria dizer “sem sentido” e não “sem enfase”. Não há reforma ortográfica que cure confusão mental..

      Henrique Marinho

      15 de outubro de 2016 às 21h08

      “Milhões de desemnpregados” que os golpistas estão querendo por na conta da Presidenta Dilma, mas isso não cola!

      Responder

    Raimundo Soares

    15 de outubro de 2016 às 22h16

    qual o custo da devolução desses 2 bilhões??? e outra o sr juiz é um criminoso confesso pois realizou um grampo ilegal e divulgou o seu conteúdo…ou para esse senhor não existe normas a sr cumprida? se positiva a resposta então vivemos um estado de exceção…

    Responder

    Antonio Lobo Silva

    15 de outubro de 2016 às 22h17

    William Oliveira, outro gozador?

    Responder

    Eliseu Santana

    15 de outubro de 2016 às 22h44

    Idiota! E quebrou o Brasil a mando dos Estados Unidos.

    Responder

Geovane Faria

15 de outubro de 2016 às 20h09

O quê se passaria na cabeça daqueles fanáticos ao falar, por exemplo em fogueira de vaidades?

Responder

regina lucia

15 de outubro de 2016 às 20h08

Uma profissão que era pra ser digna, esse filho da puta está fazendo com que ela perca totalmente a credibilidade. Esse bandido deveria ser queimado em praça pública. E não me venha com meias palavras, pois esse bandido não merece respeito, já que ele não respeita ninguém.

Responder

Juciel F. Kennedy de Windsor

15 de outubro de 2016 às 18h51

Parabéns ao jornalista. Sérgio Moro, está se achando um Deus. Ele, Janot, o procurador Dalton Dalghol e os demais, acham que com sua seletividade, a serviço das classes dominantes, não vão pagar um dia, por todo o mal que estão fazendo.

Responder

Wilbord

15 de outubro de 2016 às 18h40

Moro está no fim! Acha que prendendo Lula sua “obra” estará terminada e poderá ser aclamado. Ledo engano. Lula é maior que o STF, o MP, a PF, a mídia, a direita reacionária…. LULA = POVO, e o POVO nunca acabará!!!

Responder

Maat

15 de outubro de 2016 às 18h25

Amei, vamos lá, mais físicos, mais intelectuais usem seu conhecimento para defender o Brasil. Conhecimento é poder. E isto os fascistas não tem, o poder deles vêm das estruturas do Estado e da Mídia, sem as mesmas, eles não caminham, apenas rastejam.

Responder

    Conceição Carneiro

    15 de outubro de 2016 às 21h08

    E por eles saberem do poder libertador do conhecimento estão detonando a educação.

    Responder

Jeane Doucas

15 de outubro de 2016 às 17h38

Maravilha!! Mais pessoas como o Rogério no Brasil!! <3

Responder

Pedro Pereira

15 de outubro de 2016 às 17h30

o galã das araucárias não curtiu

Responder

    Elena Osawa

    15 de outubro de 2016 às 20h27

    Galã? Ah! por favor, não exagera, o cara é sósia do Ronald Golias.

    Responder

Andre_Gotha

15 de outubro de 2016 às 17h13

Se ele não tomar cuidado vai acabar que nem o criador do programa nuclear brasileiro que deu ao país a tecnologia de criar a bomba atômica, condenado a 43 anos por traição à patria (EEUU, fique esclarecido)

Responder

Cleudo Sobral

15 de outubro de 2016 às 17h12

AO ACUSAR O GOLPE DA CRITICA FEITA POR CERQUEIRA,O MORO JÁ SABE QUE OS SEUS DIAS DE FAMA ESTÃO NO FIM.jA COMETEU ALGUNS ERROS GRAVES,DE GRAMPOS E DELAÇÕES VAZADAS A IMPRENSA,ATITUDES QUE NÃO CABEM A UM JUIZ DA PF.

Responder

    Elena Osawa

    15 de outubro de 2016 às 20h28

    Sem falar no Banestado, que, se for reaberto, vamos encontrar muitos erros desse juiz que se acha.

    Responder

Denise Liege

15 de outubro de 2016 às 17h04

Perfeito. O juiz pagou a folha portanto só pode cobrar dela. Afinal, em seus editoriais , essa jornal diz bem a que veio, seus colunistas é ainda salvam a dignidade

Responder

CARLOS ARAUJO PORTELA FILHO

15 de outubro de 2016 às 16h53

Provavelmente o juiz Moro tem mais o que fazer do quer perder tempo respondendo as ilações de um desocupado, ou melhor de pseudo intelectual que vive do ócio, contudo essa história de metáforas serve muito bem aqui no no Brasil onde a profissão de jornalista que qualquer um pode exercer é protegida por uma Constituição linda no papel mas que na prática não consegui punir a difamação, a calúnia e a injúria, na verdade não puni como deveria nem o homicídio, latrocínio, roubo, tráfico, estupro, o que esperar de contravenções penais, principalmente quando o exercício da profissão de jornalismo não responsabilidade o autor mesmo quando comprovadamente as reportagens são falsas. Então pode Continuar escrevendo suas merdas o importante é que ” nunca antes na história deste país políticos e empresários foram presos”. Parabéns Juiz Moro!

Responder

Sônia T. Felipe

15 de outubro de 2016 às 15h52

Boa resposta. A Folha dá apenas esta abertura para tréplicas, a sessão do leitor. Já passei pela experiência há uma década. Valeu Dr. Cerqueira Leite!

Responder

ELIZA MARIA GOMES DA COSTA

15 de outubro de 2016 às 16h22

Curto e muuuito inteligente, coisa que Moro não sabe nem o significado.

Responder

Albert Fanon

15 de outubro de 2016 às 15h15

É… aos poucos vai chegando a vez do Savonarola paranaense ir para o seu lugar devido na história. Ao que parece, será num local com odor não muito bom.

Responder

    Leopoldo Pereira

    15 de outubro de 2016 às 15h27

    Um odor de enxofre.

    Responder

      Petrus Castro

      15 de outubro de 2016 às 15h31

      acredito que enxofre não, o lugar por ele merecido é aquele que fede a merda, o esgoto..

      Responder

        Leopoldo Pereira

        15 de outubro de 2016 às 15h34

        No lugar por ele merecido o cheiro varia de enxofre para estrume.

        Responder

        regina lucia

        15 de outubro de 2016 às 20h04

        Enxofre é sinal de que fede o próprio capeta.

        Responder

Celso Junqueira

15 de outubro de 2016 às 16h11

O sr. Moro saberá um dia quem é realmente DEUS. E vai levar um susto!! Mas será tarde demais.

Responder

Gabriel Von Der Heyde

15 de outubro de 2016 às 15h05

Sr. Moro continuará se esquivando pois como se sabe tem muitos amigos neste circulo dominante.

Responder

    Daniel

    16 de outubro de 2016 às 06h33

    Juiz que recebe premio da Globo e atende eventos do Lide de Joao Dollar. Um escarnio so sua conduta fora do oficio. Um tipico medieval.

    Responder

VERA OLIVEIRA

15 de outubro de 2016 às 15h51

MARAVILHOSO SR. ROGÉRIO CEZAR DE CERQUEIRA LEITE!!!! Obrigada!!! Suas palavras lavaram minha alma!!! É tudo o que eu gostaria de ter dito àquele juizinho mequetrefe! !!! “Intelectos condicionados por princípios de intolerância não percebem a diferença entre metáforas e ações concretas”, ou seja, são uns burros!!!! Kkkkkkkkkkkkkk

Responder

Nilza.

15 de outubro de 2016 às 15h40

Parabéns professor.

Responder

Eros Alonso

15 de outubro de 2016 às 14h10

E tem energúmeno que diz que Rogério não é nada, que Moro é o cara….são os que amam Frota…

Responder

Roberto Martins

15 de outubro de 2016 às 14h04

Parabéns ao Prof. Rogério Cesar, se o seu texto causou algum constrangimento ao Boneco Juíz Marionete Sérgio Moro, movimentado com arames de aço pela classe dominante, é porque algum resquício de sentimento de culpa resta ao juíz arauto da parcialidade e sectarismo da direita fascista.

“Os grandes só nos parecem grandes porque estamos de joelhos. Levantemo-nos.”
Pierre Joseph Proudhon

Responder

    Maat

    15 de outubro de 2016 às 18h41

    Não Roberto Martins, o Moro não tem sentimentos de culpa, o ódio dele, é porque teve um, que o enfrentou e num veículo de comunicação, que o apoiou em todos seus desmandos e já lhe deu muitas glórias e outra, ele foi desmascarado em sua essência. E não se enganem, a mídia golpista só estar dando esse espaço, a um professor para desafiar o Moro, porque já descobriram, que o mesmo pode atrapalhar o jogo deles, que é botar o PSDB no poder e acabar com o nosso voto, nos enfiando goela abaixo um parlamentarismo e o Moro sabe demais da gangue. Quanto a frase do Pierre Joseph é isso mesmo, se o povo brasileiro não tivesse de quatro, o Moro não teria tanto poder.

    Responder

      Vitor Sorenzi

      16 de outubro de 2016 às 19h37

      De quatro, sendo enrabado e ainda virando o rosto para ser beijado….

      Responder

    Jadir Rocha

    16 de outubro de 2016 às 20h02

    Sem dúvida, o Moro será mais um usado pela grande mídia e, depois, descartado. Que triste fim, hem!

    Responder

    Marileda

    17 de outubro de 2016 às 21h37

    Parabéns Prof. Rogério Cesar o senhor é uma luz e tem muita energia e autonomia para dizer o que alguns tem vontade ao homem que pertence ao partido dos dominantes. Muito OBG

    Responder

Plínio Loy

15 de outubro de 2016 às 13h50

De início via no Moro apenas um tiranete qualquer, mas após ouvir gente da estirpe do Professor Rogério Cezar de Cerqueira Leite, e uma infinidade de gente séria em praticamente todas as áreas, sinto concluir que se trata de um terrível caso de: ” solipsismo ” incurável no campo prático !

Responder

Luis Claudio

15 de outubro de 2016 às 13h45

Ui!

Responder

Edson Marcon

15 de outubro de 2016 às 13h37

Moro não vai explicar sua parcialidade.
Na a cabeça dele, e da maioria do judiciário eles não precisam se explicar para ninguém.
Os deuses devem ser obedecidos, não questionados.

Responder

    Jorge Generoso Do Nascimento

    15 de outubro de 2016 às 17h36

    Por isso que a maioria dos “deuses” gregos só tem hoje templos derrubados, em ruínas. Assim acontecerá com esses juízes. Creio que o fim deles será terrível. Por isso, não olhemos ou pensemos, pois assim, não sofreremos em nosso coração.

    Responder

    Vitor Sorenzi

    16 de outubro de 2016 às 19h38

    Deuses são a prova de balas, facas, forcados e foices. JUÍZES não.

    Responder

Marcelo

15 de outubro de 2016 às 13h36

Ui!

Responder

sergio luiz brito

15 de outubro de 2016 às 14h35

ESSE JUIZ É, DE FATO, FASCISTA. UM CANALHA!

Responder

Deixe um comentário

Parlamentarismo x Semipresidencialismo: Qual a Diferença? Fernanda Montenegro e Gilberto Gil são Imortais na ABL: Diversidade Auxilio Brasil x Bolsa Família: O que mudou? As Refinarias da Petrobras À Venda pelo Governo Bolsonaro O Brasileiro se acha Rico ou Pobre?