Bahia: Refinaria privatizada provoca desabastecimento de Gás de Cozinha

O caso de amor entre a Folha e João Doria e o exército de alienados

Por Pedro Breier

06 de março de 2017 : 19h17

(Vai uma chapa branca aí?)

Por Pedro Breier, colunista do Cafezinho

O Uber Pool, modalidade do aplicativo que permite viagens compartilhadas entre usuários diferentes, proporciona uma interessante interação entre (até aquele momento) completos desconhecidos. Um motorista me relatou que já presenciou negócios sendo fechados entre passageiros, troca de telefones e até beijos ardentes durante a própria viagem. Bonito isso.

Pois há algumas semanas peguei um Uber Pool com um cidadão aparentando ter uns 20 e poucos anos. A conversa passou rapidamente da música para a política.

Quando ele percebeu que eu era de esquerda, adotou uma atitude provocadora, estilo discussão entre torcedores, e falou algo como: “Mas e o Doria hein, vocês não tem nada pra falar dele, o cara tá mandando muito bem!”.

Rebati falando de uma das decisões mais esdrúxulas tomadas por um prefeito na história da humanidade, a de aumentar o limite de velocidade nas marginais e, ato contínuo, mandar ambulâncias novas recebidas do governo federal – que poderiam prover localidades com defasagem de socorro – para as referidas estradas, pois fatalmente aumentariam os acidentes, ferimentos e mortes. Ele deu uma gaguejada, mudou de assunto e continuou no estilo provocador. No fim o debate foi até frutífero.

Lembrei deste episódio ao ler esta reportagem da Folha sobre a proposta de Doria de fechar farmácias em postos de saúde para distribuir os remédios através da rede particular.

É aparentemente uma reportagem bem feita, entrevistando pessoas a favor e contra a medida, explicitando os aspectos positivos e negativos. Só aparentemente.

Isso porque há um claro conflito de interesses nesta questão.

Doria é amigo pessoal de Sidney Oliveira, dono da rede de farmácias Ultrafarma. Tão amigo que publicou um vídeo fazendo propaganda de vitaminas vendidas na Ultrafarma em plena reunião do seu secretariado (o limite entre público e privado é bastante elástico para nosso amigo João, não?). Falei sobre essa bizarrice neste artigo.

Ora, acabar com a rede pública de farmácias e passar a distribuição de medicamentos para a rede privada significa, neste caso, transferir recursos do Estado para o amigo do prefeito – ou alguém acredita que esta distribuição vai ser gratuita? É uma proposta completamente suspeita, mas o leitor da Folha não saberá disso, porque o jornal é tucaníssimo.

A Folha conseguiu chamar o corte drástico na distribuição de leite para crianças pobres de “recriação do programa com foco nos mais pobres e sem adolescentes”. Ou a Folha realmente acredita que crianças acima de 7 anos são adolescentes ou faz um jornalismo chapa branca e mau caráter mesmo. Você sabe qual das opções é a correta.

Esse tipo de manipulação das notícias só é possível em um país com uma das maiores concentrações midiáticas do planeta, senão a maior. A falta de contraponto que chegue a grandes parcelas da população resulta em um exército de pessoas completamente alienados da realidade, crendo piamente que Doria faz um governo incrível, quando na verdade ele está cortando leite das crianças, aumentando a velocidade nas marginais sabendo que isso vai gerar mais mortes e ajudando o amigo dono de rede de farmácias.

Vai ser divertido assistir o desempenho eleitoral da direita depois que a mídia for democratizada no Brasil.

Pedro Breier

Pedro Breier nasceu no Rio Grande do Sul e hoje vive em São Paulo. É formado em direito e escreve sobre política n'O Cafezinho desde 2016.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

41 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

R. Nunes

07 de março de 2017 às 23h08

As ideias não devem ser colocadas em uma linha. Essas pertencem à esquerda. Estas outras à direita. Você criticou o plano de distribuição de remédios por farmácias, que não é diferente do “Farmácia Popular”, não é?
E você cita “democratização da mídia”, para sairmos do monopólio da globo para um monopólio do estado? Tipo Venezuela, Coreia do Norteou China com imprensa realmente livres?

Responder

Emerson de Morais

07 de março de 2017 às 16h19

A esquerda errou feio, quando governou e manteve comerciais da Petrobrás, BB, CAIXA, etc, nestes veículos…eles poderiam ter quebrado se não fosse os comerciais do governo e agora não estariam aí pra manipular o povo.

Responder

Necki

07 de março de 2017 às 13h35

A mesma transferência aconteceu aqui no RS, onde um mês após entrar, o governador delegou a uma distribuidora de medicamentos o suprimento dos pedidos em demandas judiciais, via postal, às casas dos postulantes. Não acredito que tenha tido tempo de avaliar e licitar essa prática…

Responder

Henrique Matos

07 de março de 2017 às 12h54

Completamente imparcial, devia se chamar “o cafezinho com a esquerda”. Não sou direita e nem esquerda, sou a favor de um bom administrador público pra o país. Mas o blog deixa a desejar em conscientização e parti para lavagem de noticias. Espero que seja uma crítica construtiva.

Responder

alex

07 de março de 2017 às 12h35

A Folha tá mais perdida que cachorro em dia de mudança… Apoiaram esse merdeiro e não tem como esconder dos poucos assinantes. Ou seja, Frias faz parte daquelas famílias da mídia cujo lema é: “Peidei mas não fui eu”!

Responder

Diego

07 de março de 2017 às 10h51

O problema é conseguir fazer a democratização da mídia no Brasil. Acima dos políticos corruptos, de idiotas manipulados, facistas, está a mídia: o maior poder que existe.

Responder

Lucia Kamilla Kun

07 de março de 2017 às 12h37

Temos que ler muuuuuito para não virarmos fantoche na mão da mídia. Acorda gente!!!!

Responder

André

07 de março de 2017 às 08h34

Por essas e muitas outras escrevi um comentário em outra reportagem deste Cafezinho que o trabalho dos setores progressistas e da população engajada e consciente das bizarrices que estão acontecendo em nosso país vai muito além de eleger Lula novamente… Se o IMPARCIAL de Curitiba deixar…

Responder

Luiz Carlos P. Oliveira

07 de março de 2017 às 08h20

NANDO GAIA: defina para nós o que você entende por COMUNISMO. Mostre seus conhecimentos de política e regimes de governo.

Responder

Luiz Carlos P. Oliveira

07 de março de 2017 às 08h17

Anônimo:
Seu comentário se resume nisso? Diga-nos o que não gostou na reportagem. Como está a periferia de São Paulo? Está “limpinha” ou a limpeza não passa do Morumbi, Jardins, Moema, Casa Verde, Mariana e adjacênciad? Conheço São Paulo e sei que em bairros pobres a sujeira impera.

Responder

Luiz Carlos P. Oliveira

07 de março de 2017 às 07h57

Porto Alegre virou mato, com capim de mais de meio metro em ruas, avenidas e praças. Desde que assumiu o novo prefeito não existe mais capina. E olhe que no verão a grama cresce muito. Bairros abandonados, só se faz alguma coisa em bairros nobres.
Quem é o prefeito? Marchezan.
Qual partido? PSDB
Precisa dizer mais?

Responder

Anônimo

07 de março de 2017 às 07h20

Uma bosta de reportagem!!!!! E não sou Dória…
Acham que as pessoas são todas burras.

Responder

Flavio Marcio

07 de março de 2017 às 05h31

Este estilo — aliás cheesy— de pistoleiro ‘decidido e firme’ do João (Grilo-Terra-Sim) Doria é manjado. Só mesmo a mídia cínica e corrupta e seus leitores igualmente vis pra alavancar o demagogo que quer fazer de São Paulo Cidade Lide.

Responder

Marcos Souza

07 de março de 2017 às 04h22

“o limite entre público e privado é bastante elástico para nosso amigo João, não?”. Só para Dória ? Para Lula ( e para os filhotes ), para Dirceu, Palocci, Pimentel , também não é ? Os petistas até que são gente boa, o que mata é a hipocrisia deles !

Responder

Laercio Ferreira

07 de março de 2017 às 04h56

OS COXINHAS , OS DOS PANELAÇOS , OS DOS PATOS ,AS ELITES COOPTADAS , ESTÃO GOZANDO PELAS PERNAS ABAIXO COM ESTE ELEITOS NESTA DEMONIOCRACIA QUE É O BRASIL??

Responder

Niobe Cunha

07 de março de 2017 às 03h51

Nando Gaia de-nos uma aula: o que é comunismo? Vai estudar….

Responder

José Almeida

06 de março de 2017 às 23h33

Sabe quando teremos mídia democrática? Nunca. Até a esquerda é pautada pela mídia e assina folha ou estadao…

Responder

Dilciany de Oliviera

07 de março de 2017 às 01h03

Como é bom ser alienado! Mas ter um prefeito que trabalha. O Brasil precisa de mais alienados e de Dorias….kkkkkk. Quanto mimimi….kkkkkk. Encara a real! Perdeu! O povo não é bobo! Kkkkk

Responder

    Leonardo Martins

    07 de março de 2017 às 02h51

    me impressiona como replicam os mesmos comentários religiosamente, sem pensar… sem criticar… SP cada vez mais sendo a zumbilândia do brasil.

    Responder

    Andre Massao Noce

    07 de março de 2017 às 03h01

    KKKKKKKKK… defender o PSDB corrupto de São Paulo é muita hipocrisia…

    Responder

    Gustavo Gormaz

    07 de março de 2017 às 03h31

    Enquanto isso na periferia…. Quero ver quando o Dória resolver trabalhar de prefeito de verdade, vai se fantasiar do que ? De Hadad?

    Responder

      Anônimo

      07 de março de 2017 às 03h15

      Nem o nome do seu ex-prefeito você sabe escrever, você é uma piada pronta.

      Responder

    Niobe Cunha

    07 de março de 2017 às 03h51

    Enquanto ele varre a Paulista, seguranças socam e matam crianças na periferia…..o que é que tem né?

    Responder

      Fábio Lima

      07 de março de 2017 às 04h25

      A tal “criança” que ameaçava quebrar o vidro da fachada da loja e dos veículos do estacionamento, morreu devido a um infarto, provavelmente em razão do consumo de cola, crack ou cocaína. Para os alienados petistas, foi uma pena a criança não ter morrido em razão de um espancamento !

      Responder

    Dilciany de Oliviera

    07 de março de 2017 às 11h03

    O Hadad é que foi bom prefeito! Só o PT trabalha ….kkkkkk. Eu adoro piadas boas….kkkkkk. É todo mundo que valoriza o trabalho e a gestão de alguém que não é do Pt é hipócrita. …Só o PT sabe governar e cuidar do povo….kkkk eu estou vendo o mimimi ….e não acredito como as pessoas acreditam só em legendas….eu procuro valorizar atitudes e se fosse do prefeito do Pt eu valorizaria da mesma forma….. Mas é inútil expor ideias enquanto as ideologias consomem todo o duscurso…pena!

    Responder

    Dilciany de Oliviera

    07 de março de 2017 às 11h08

    ?????????????

    Responder

    Dilciany de Oliviera

    07 de março de 2017 às 14h37

    ??????????

    Responder

    Francisca Néry

    07 de março de 2017 às 18h01

    ?????????????? Não……????????????

    Responder

    Ana Veronica Miyasaka

    09 de março de 2017 às 02h26

    Tem certeza? ???

    Responder

Ana Esmeralda Fonseca Costa

07 de março de 2017 às 00h38

Responder

José X.

06 de março de 2017 às 21h17

A mídia nunca vai ser democratizada no Brasil se não houver uma revolução.
Quanto ao Dória, será que ele já devolveu o terreno que ele ocupou ilegalmente (grilou?) em Campos do Jordão ?

Responder

Chung Lin

06 de março de 2017 às 23h46

aqui JohnDólar!

Responder

João Francisco França de Oliveira

06 de março de 2017 às 23h08

A grande maioria dos nossos políticos e administradores deveria deixar a vida pública e ir direto para a PRIVADA!

Responder

Carlos Jorge Martins Jorge

06 de março de 2017 às 22h40

É canalhice do João Doria, obrigar o pobre a comprar remédio na ultrafarma.

Responder

Nando Gaia

06 de março de 2017 às 22h28

E o cafézinho,é comunista!

Responder

    Ricardo

    06 de março de 2017 às 21h12

    Meu caro internauta, pare de fazer comentários sem o menor conhecimento, pois estará dando um atestado de ignorância, primeiro informe-se, leia livros sobre o assunto que deseja comentar, aprofunde-se, leia a história contemporânea, senão vai fazer papel de idiota, pois comunistas são pessoas com ideologia, não são adeptas ao consumismo, não temos no momento em que estamos passando nenhum comunista preso ou acusado de corrupção, eles lutam pelo bem comum, então chamar uma pessoa da esquerda de comunista chega a ser um elogio, vai estudar pra não ser mais um alienado e usado como massa de manobra.

    Responder

    Wellyene Gomes Bravo

    07 de março de 2017 às 01h58

    PROBLEMAS NO TREM? ROTINA EM SP!

    Neste momento a Linha Turquesa de trem, que corta o ABC Paulista, região metropolitana de São Paulo, está alagada e não circula. Milhares de pessoas que transitam utilizam o transporte estão parados tanto nos trilhos como nas estações, que estão completamente lotadas.

    O problema se soma à uma série de outros que tem acontecido sucessivamente. Somente no mês de fevereiro, por três vezes houve descarrilhamento de composições, além de em outras duas oportunidades cães terem entrado na via e interrompido a circulação.

    Corrupção na companhia

    A empresa que administra os trens de São Paulo, a CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) é investigada por desvio de dinheiro entre os anos de 1998 e 2008. Neste período, todos os governadores de São Paulo foram do PSDB.
    No último dia 11 de fevereiro, o procurador da República Rodrigo De Grandis pediu abertura de inquérito contra o ex-presidente da empresa, Mario Bandeira, sob suspeita de desvio de 228 milhões de reais na contração de trens.

    Texto por Laio Rocha / Mídia NINJA
    Fotos de Marcelo Rocha / Mídia NINJA

    Responder

Alex Amaz

06 de março de 2017 às 22h24

Não é só a Folha. Quem ouve a CBN (grupo Globo) tem até ânsia de tão descarada que é a propaganda deste politiqueiro marketeiro sem-vergonha.

Responder

Deixe um comentário