Haddad e Dilma em Belo Horizonte

Requião defende revolução popular. Todos às ruas nesta sexta-feira!

Por Miguel do Rosário

09 de novembro de 2017 : 15h20

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

23 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Walter Valente

10 de novembro de 2017 às 12h44

Requião tem que ser vice do Lula. O cara é corajoso !

Responder

Emilio Souza

10 de novembro de 2017 às 07h58

Responder

Neuza Anselmo

10 de novembro de 2017 às 02h21

Acontece que o povo está esperando fim de todos os direitos e o fim do país, quando acordarem e tarde demais

Responder

Cléber Policarpo

10 de novembro de 2017 às 01h30

Urutus e Cavalaria em cima!

Responder

Dilma Coelho

09 de novembro de 2017 às 21h29

Confira programação do protesto nacional contra reformas de Temer nesta 6ª
Trabalhadores de diversos estados se mobilizam nesta sexta-feira (10) contra a “reforma” trabalhista, que entra em vigor no dia seguinte, e contra a PEC da Previdência.
São Paulo – Unidas, oito centrais sindicais convocam os trabalhadores para manifestações por todo o país, nesta sexta-feira (10), contra a “reforma” trabalhista do governo Temer e contra a reforma da Previdência (PEC 287), entre outros projetos que ameaçam direitos. Os protestos ocorrerão na véspera da entrada em vigor das novas regras para o mercado de trabalho (Lei 13.467).
Em São Paulo, as atividades do Dia Nacional de Mobilização estão previstas para as 9h30, na Praça da Sé, no centro da capital. O secretário-geral da CUT-SP, João Cayres, alerta que a nova legislação trabalhista não vai estimular a criação de postos de trabalho e ainda vai precarizar os existentes.
Confira a programação:
São Paulo
9h30 – Concentração na Praça da Sé
10h30 – Caminhada até a Avenida Paulista
14h – Ato dos servidores no Palácio dos Bandeirantes
Rio de Janeiro
16h – Concentração na Candelária e caminhada até a Cinelândia
Belo Horizonte
9h – Ato na Praça da Estação
Porto Alegre
10h às 14h – plenária no auditório da Igreja da Pompeia
16h – Abraço à Justiça do Trabalho, na Avenida Praia de Belas
18h – Ato das centrais na Esquina Democrática
Brasília
9h – “Fora Temer e suas medidas”, com concentração no Espaço do Servidor e caminhada até Esplanada dos Ministérios
Salvador
11h – Caminhada do Campo Grande até a Praça Municipal
13h – Manifestação na porta da Previdência Social no Comércio
Fortaleza
9h – Ato na Praça da Bandeira
João Pessoa
14h – Ato no Lyceu Paraibano

Teresina
8h – Ato na Praça Rio Branco, com caminhada pelas ruas do centro

Natal
14h – Ato na Praça Gentil Ferreira, Bairro Alecrim, com caminhada até a Cidade Alta
Belém
8h30 – Ato em frente ao TRT, na Praça Brasil, com caminhada até o Ver-O-Peso
Palmas
9h – Ato em frente à Caixa Econômica Federal, Quadra 105 Sul

Responder

Renato Silva

09 de novembro de 2017 às 19h00

Será que Maria Louca conseguirá encher uma kombi ?/ kkkkkkkkkkkkkkkkkk

Responder

Gerdes Kildery Costa Damasceno

09 de novembro de 2017 às 20h32

Tudo frouxo!!!! Na hora do bicho pegar todos fogem

Responder

Assis Fernandes

09 de novembro de 2017 às 19h27

Requião e o chefer da une pense dua autarquia do atrazo da farsantes Requião vc é pra ser espurso do PMDB kkkkk

Responder

Marilene Flores

09 de novembro de 2017 às 19h16

Responder

Jaqueline Tambosi

09 de novembro de 2017 às 19h07

Pior é que se a Globo não chama ninguém vai!!

Responder

Irucus Grimnir

09 de novembro de 2017 às 18h58

Se não houver divulgação insistente e massiva nas redes sociais de eventos como esse não haverá nada nas ruas… Porra.

Responder

Susana Mackee

09 de novembro de 2017 às 18h24

Ainda tenho esperança de que esse povo acorde

Responder

Honesto Franco

09 de novembro de 2017 às 18h09

O BRASIL precisa acabar com o DÉCIMO-TERCEIRO de POLÍTICOS, JUÍZES, DESEMBARGADORES e FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS que ganham acima de CINCO MIL REAIS. Desta maneira, sobrará dinheiro para SAÚDE e EDUCAÇÃO….

Responder

Icléia Goitacazes Dos Reis

09 de novembro de 2017 às 17h36

Não tem alternativa !

Responder

Replicante Seletivo

09 de novembro de 2017 às 17h33

Será que esse tal “fundo de poço” ainda demora muito? Nunca estivemos em uma fase tão ruim. Na política, na justiça, na economia, na soberania, na segurança, na moral, nos bons costumes, nos preconceitos, no ódio exacerbado, na falta de civilidade e até na impaciência. Estamos batendo recordes de falta de esperança, quase próximos ao desespero.

Responder

Yosoy Àrvoregrande

09 de novembro de 2017 às 17h30

Vai ter convocação pela Rede Globo?

Responder

    Eliane Brum

    09 de novembro de 2017 às 17h43

    Se a globo não convocar ninguém sabe nem porquê ir às ruas!

    Responder

    Élton Camper

    09 de novembro de 2017 às 20h14

    Eu sempre fui às ruas, sempre lutei pra garantir direitos e justiça social…daí a globo disse que manifestante eram outros e não eu. Fiquei congelado.

    Responder

Gladstom Franca

09 de novembro de 2017 às 17h25

O PMDB não e digno de Requião

Responder

Zarah Zoul

09 de novembro de 2017 às 17h23

Todos precisam assistir e se interar do nosso patrimônio.

Responder

Thiago Silva

09 de novembro de 2017 às 17h22

única solução! !!

Responder

Deixe uma resposta

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com