O Cafezinho

domingo

3

dezembro 2017

25

COMENTÁRIOS

Governo inicia recontagem em Honduras, manifestantes atacam embaixada dos EUA

Escrito por , Postado em Tulio Ribeiro

(Crédito imagem: Tribuna / Residência/Embaixada EUA)
Pressionada por uma população que não sai das ruas de Tegucigalpa e crescente protestos por não aceitar o golpe via fraude parlamentar, o Tribunal Supremo Eleitoral iniciou a recontagem unilateralmente como forma de acalmar a população.

Entretanto é uma atitude desesperada do governo, pois não se debruça em permitir a participação dos partidos nem a comparação com as atas que possuem. Segundo Salvador Nasralla , o candidato vencedor pelo sentimento popular, existe uma falta de credibilidade e aventa até uma nova eleição:

“Nós estamos esperando a revisão das 5200 atas porque a base de dados foi totalmente violada, o que estão computando não é correspondente ao voto da população. As transmissões das atas não foi feita por lugares oficiais do pleito eleitoral, transmitiram de escritórios de informática e por tanto outros resultados foram incluídos que não correspondem as atas verdadeiras, e não é só isso, o sistema do TSE não está somando corretamente pois não estão fazendo testes preliminares de garantia padrão.”

A situação na capital é de total descontrole, os supermercados lotados com a possibilidade de desabastecimento, os bancos receberam filas enormes pra sacar dinheiro, ontem morreram sete pessoas fruto da violência dos dois lados, as grandes empresas estão sendo depredadas pois a população entende que o FEDECAMERAS ,associação patronal, está vinculada ao golpe. A reunião de emergência do governo não visa mais administrar o país e sim tentar garantir combustível, energia e alimentos a população. Os protestos chegaram até a residência do embaixador estadunidense.

O ex-presidente Manoel Zelaya, coordenador da “Alianza Oposició contra Dictadura”, fez uma carta com 11 exigencias, o que foi respondida de forma superficial pelo governo, mas ex-mandatário exige que se liberem os detidos pela polícia de Hernadéz para abrir negociação.

Juan O. Hernandéz, ao praticar o golpe via fraude eleitoral encontrou um ” povo sem medo” que não aceita prolongamento de 8 anos de ditadura.O TSE, com receio, não divulgou resultado final. A OEA, UE e EUA tem um postura de alinhamento com atual governo, e em vez de lançar olhos as demandas da população, cobra que Salvador Nasralla simplesmente aceite o golpe.

A população inicia uma manifestação neste domingo a partir das 14 horas (Brasília) , talvez “esta hora não acabe mais¨ para Honduras.

Ps : notícia em desenvolvimento

domingo

3

dezembro 2017

25

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

25 COMENTÁRIOS

  1. Luiz Carlos P. Oliveira
  2. Carlos Augusto De Bonis Cruz
  3. Carlos Augusto De Bonis Cruz
  4. José Ponte
  5. SERGIO
  6. Zibinho Meireles
  7. João do Sertão
  8. Mar
  9. Cuca