Cafezinho 5 minutos – comentários diários de Miguel do Rosário

Lava Jato volta a controlar agenda política

Por Miguel do Rosário

23 de fevereiro de 2018 : 12h26

“As pessoas diziam que iam lá jogar futebol, visitar o presidente”, afirmou o ex-deputado Pedro Corrêa (PP-PE) nesta 5ª feira (22.fev.2018), em depoimento ao juiz Sérgio Moro.

Enquanto o Brasil segue sendo devastado pela política golpista de Michel Temer, a Lava Jato curitibana distrai a opinião pública com a sua interminável novela sobre triplexs, sítios e pedalinhos.

Com isso, a Lava Jato ajuda a sustentar, naturalmente, o governo Temer.

Lava Jato e Globo desenvolveram uma técnica muito mais eficiente em apoiar o governo do que simplesmente falar bem dele: basta caçar e paralisar aqueles que poderiam oferecer alguma ameaça política, ou que poderiam organizar ações políticas desagradáveis; ou seja, basta destruir a oposição.

A Lava Jato continua bebendo sua força dos grandes meios de comunicação, dos “prêmios” e jantares de organizações vinculadas ao imperialismo, e do corporativismo do próprio sistema de justiça: é assim que operações que não tem nada a ver com a Petrobras, no Rio ou em qualquer outro estado, são apresentadas como um “desdobramento” da Lava Jato, ou mesmo como operações da própria, de maneira que a Lava Jato parece ter se tornado um poder à parte do sistema tradicional de justiça.

Um exemplo é a prisão de hoje do presidente da Fecomércio-RJ e eterno diretor do Senac-RJ, Orlando Diniz, e de outros diretores do Senac, por agentes da PF e do Ministério Público Federal, nesta sexta-feira. A manchete do Globo é: Lava Jato prende presidente da Fecomércio.

Os outros três funcionários ligados às entidades são Marcelo Salles, diretor-geral do Senac-RJ e Sesc-RJ; Plínio José Freitas, do corpo técnico do Senac-RJ, e Marcelo Fernando Novaes Moreira.

Há um detalhe picante, no entanto, na história: os presos eram os diretores do Senac-RJ quando Merval Pereira, o principal porta-voz político da Globo, foi contratado a peso de ouro para dar palestras sobre o… impeachment de Dilma Rousseff.

Segundo reportagem recente do Intercept, o Senac-RJ torrou cerca de R$ 9 milhões em contratos de patrocínio, em 2016, que envolviam empresas como a InfoGlobo e a Fundação Roberto Marinho.

(A imagem acima é do blog do Marcelo Auler).

O colunista e membro do conselho político do Globo, Merval Pereira, arrebatou, sozinho, R$ 375 mil com palestras cujo tema não poderia ser mais irônico: “Perspectivas para o Brasil, uma análise prospectiva sobre o que o Governo Dilma pode fazer para evitar o impeachment no Congresso e avaliação do que seria um novo governo de união nacional com a derrubada da presidente e a chegada de Michel Temer”.

Não creio, porém, que a Globo, ou qualquer outro órgão de imprensa membro do cartel, irá lembrar dos vínculos financeiros entre Senac, Globo e seus jornalistas. Nem a Globo nem a… Lava Jato, aliás.

Diniz está à frente da Fecomércio há muito tempo. E há tempos, igualmente, é investigado pela polícia por conta dos valores milionários envolvendo “despesas advocatícias”, as quais incluem, Tiago Cedraz, filho do presidente do mesmo TCU que mergulhou de cabeça no golpe e, assim que Temer assumiu, mudou totalmente suas posições e passou a chancelar todas as “pedaladas” de Michel Temer.

Como de praxe, a agenda política do Brasil, de forma geral, e do Rio, em particular, volta a ser monopolizada pela Lava Jato. Ao invés de reportagens e entrevistas sobre a crise econômica e social que devasta o estado, ao invés de debates democráticos sobre forma de superá-la, a agenda midiática é tomada, mais uma vez, por prisões espetaculares de corruptos e inocentes.

Direita e esquerda, então, se unem num só grito de ódio e, também unidos, esquecem que a principal ameaça à soberania popular vem do empoderamento excessivo do sistema de justiça, o qual já está sob controle das forças do grande capital (que por sua vez controlam a mídia).

Assim, ao invés de ter acesso a denúncias contra as centenas de bilhões de reais roubados dos contribuintes no pagamento de juros, ou contra o assalto constitucional em que consiste o processo de derrubada de leis e direitos sem que tenha havido um necessário debate público, ou ainda o crime da entrega de indústrias nacionais, estatais estratégicas e recursos naturais, quase de graça, ao capital estrangeiro, a opinião pública é hipnotizada pela prisão dos diretores do Senac…

No Brasil pós-golpe, continuamos vivendo a era Eduardo Cunha, onde os próprios corruptos que apoiaram o impeachment, vão sendo presos e substituídos por outros corruptos, num circo midiático astutamente montado para que tudo continue o mesmo. Ou, melhor dizendo, para que tudo piore, visto que à corrupção se soma agora uma crise social e econômica e um processo de desmonte do Estado sem paralelo na história do país.

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

5 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Guilherme Ferreira

25 de fevereiro de 2018 às 21h25

Tentei resgatar na internet, mas não incontrei, um filme publicitário para valorização do comércio, exibido na tv globo, no início do ano, nos moldes do “agro é tech – tá na globo”. Identificar os patrocinadores da peça publicitária pode ajudar a esclarecer este imbróglio.

Responder

Lucy

23 de fevereiro de 2018 às 16h18

ENTENDAM OS SEGREDOS DA LAVA JATO E O PLANEJAMENTO DA CIA E DAS CORRUPTAS ELITES BRASILEIRAS E OS MERGA ESPECULADORES DO SISTEMA FINANCEIRO INTERNACIONAL E AS AÇÕES MIDIÁTICAS DO PIG A MIDIA GOLPISTA BRASILEIRA ALIADA AO CAPITAL ESTRANGEIRO DESDE 1936.

ENTENDAM PORQUE SERGIO MORO E A LAVA JATO PEDIU PROPINAS DE 400 MILHÕES DE REAIS PARA SALVAR A SUBSIDIÁRIA DA ODEBRECHT O GRUPO “BRASKEM ODEBRECHT” UM MEGA GRUPO PETROQUIMICO QUE PERTENCIA A PETROBRAS (NA ÉPOCA A PETROBRAS ERA TOTALMENTE ESTATAL, ELA FOI ALVO DE “PRIVATIZAÇÃO BRANCA” NA BOLSA DE NEW YORK FEITA POR FHC EM 10/01/1999 SEIS BILHÕES DE AÇÕES PREFERENCIAIS DA EX ESTATAL PETROBRAS FORAM DOADAS PARA GEORGE SOROS AMIGO DE FHC)

https://www.youtube.com/watch?v=t_n0Vlp4Av0

O ESCÂNDALO MOSSAK FONSECA FOI O MAIOR ESQUEMA DE CORRUPÇÃO DO PLANETA, INICIADO EM 1945 PARA OCULTAR FORTUNAS DE NAZISTAS E BANQUEIROS CORRUPTOS, POLÍTICOS CORRUPTOS, TRAFICANTES DE DROGAS E CONTRAVENTORES DE TODO O PLANETA, AS DENÚNCIAS FEITAS EM MEADOS DE 2014 REVELARAM QUE O FILHO DE FHC SR PHC ERA UM DOS MAIORES FORTUNAS OCULTAS OBTIDAS POR LAVAGEM DE DINHEIRO DA CORRUPÇÃO (A SINISTRA OPERAÇÃO LAVA JATO FOI CRIADA NESSA ÉPOCA PARA DERRUBAR O GOVERNO DILMA E ESCONDER ESSA CORRUPÇÃO E FAMILIARES DE FHC, O FILHO PHC ATUOU COMO “TESTA-DE-FERRO” NOS LEILÕES LESA PÁTRIAS DE 27 PETROQUÍMICAS DO GRUPO PETROBRAS TODAS (BRASKEM, COPENE, COPESUL, FAFEN, PETROQUISA, ETC) DOADAS POR FHC EM 1995 E 1996 NA BACIA DAS ALMAS PARA O AMIGO PESSOAL DE FHC O CORRUPTO DOM EMÍLIO ODEBRECHT PASSANDO DE UM PATRIMÔNIO DE 20 BILHÕES PARA 700 BILHÕES DE DÓLARES. COM ESSA PRIVATARIA CRIMINOSA DAS PETROQUÍMICAS O SR EMILIO ODEBRECHT CRIOU A SUBSIDIÁRIA DENOMINADA “BRASKEM ODEBRECHT” NESSAS PRIVATARIAS DAS PETROQUÍMICAS O CORRUPTO FILHO DE FHC SR PAULO HENRIQUE CARDOSO GANHOU PROPINAS DE 368 MILHÕES DE DÓLARES LAVADOS NO PANAMÁ NO ESQUEMA MOSSAK FONSECA, O “PANAMÁ PAPERS VIROU ESCÂNDALO MUNDIAL EM 2014 E 2015 MAS FOI MANTIDO ABAFADO PELA MÍDIA GOLPISTA BRASILEIRA ALIADO AO CAPITAL ESTRANGEIRO. FHC TAMBÉM COLOCOU O GENRO CORRUPTO DAVID ZYLBERSZTAJN E O FILHO CORRUPTO PHC COMO REPRESENTANTES (VIA EMPRESA DE FACHADA “DZ ENERGIA” E PROPINAS PAGAS NO PARANÁ VIA BANESTADO) NA COMPRA SUPERFATURADA DE 47 USINAS TÉRMICAS E OBRA DO GASODUTO GASBOL (TENDO O TUCANO PAULO ROBERTO COSTA, NOMEADO POR FHC EM 11/08/1996 NA DIRETORIA DE GÁS, ELE TAMBÉM ATUOU COMO TESTA DE FERRO NAS NEGOCIATAS E MARACUTAIAS DE FHC). OS CONTRATOS FORAM ASSINADOS COM AS EMPRESAS AMERICANAS E EUROPEIAS (SIEMENS, ENRON, EL PASO, NAS OBRAS DO GASBOL, TERMORIO, TERMOBAHIA, ETC) TODAS ESSAS OBRAS SUPERFATURADAS FORAM JUSTIFICADAS PELOS “APAGÕES PLANEJADOS PELO FMI E CONSENSO DE WASHINGTON COLOCADO EM PRÁTICA NAS PRIVATARIAS TUCANAS” AO MUNDO EM 2014 UM PESADO ESQUEMA DE CORRUPÇÃO E LAVAGEM DE DINHEIRO SUJO DESDE A SEGUNDA GUERRA MUNDIAL

A REDE GLOBO TIME LIFE criada por dois banqueiros americanos (City Bank e Mahatan Chase atual JP Morgan) pelas propinas do grupo TIME (grupo que elogiou Moro na preparação do golpe para derrubar Dilma em 2016) pela petrolífera ESSO

SUGIRO QUE APRECIEM O VÍDEO SOBRE O ESCANDALO MOSSAK FONSECA, O PANAMÁ PAPERS E ENTENDAM O CAMINHO E O MAPA DA CORRUPÇÃO NO GOVERNO FHC QUE A LAVA JATO TUCANA ESCONDEU PARA BLINDAR OS FAMILIARES DE FHC E JOSÉ SERRA, SEGUNDO A REVISTA FORBES, O ESQUEMA OCULTOU FORTUNAS DE CENTENAS DE FAMILIARES DE POLÍTICOS ENVOLVIDOS NOS ESCÂNDALOS DAS PRIVATIZAÇÕES FRAUDULENTAS FEITAS NO BRASIL NA ERA FHC, INCLUINDO O CORRUPTO SR PAULO HENRIQUE CARDOSO FILHO DE FHC TEM 368 MILHÕES DE DÓLARES SUANDO EMPRESA DE FACHADA CH J&T E A CONTA TUCANO, O GENRO DE FHC O CORRUPTÍSSIMO LESA PÁTRIA LADRÃO SR DAVID ZYLBERSZTAJN FICOU BILIONÁRIO DOANDO CAMPOS PETROLÍFEROS GOGANTES DA EX ESTATAL PETROBRAS VENDIDOS POR PREÇOS DE HONDA CIVIC ENTRE 1997 E 2002 QUANDO ESSE CORRUPTO ASSUMIU A DIRECÇÃO DA ANP AGÊNCIA NACIONAL DO PETRÓLEO.

ISTO EXPLICA OS ACORDOS ENTRE OS LAVAJATEIROS COM A DIRETORIA DA ODEBRECHT (80% DO PATRIMÔNIO DA ODEBRECHT E SEUS LUCROS SÃO DA SUBSIDIÁRIA “BRASKEM ODEBRECHT”) PARA “DERRUBAR O SERVIDOR DA TI DA ODEBRECHT UMA SEMANA ANTES DA “INVASÃO ENSAIADA POR SERGIO MORO EM CONLUIO COM DOM EMÍLIO ODEBRECHT” E O ESTRANHO “SUMIÇO DE COMPUTADORES COM OPERAÇÕES FINANCEIRAS DO GRUPO BRASKEM ODEBRECHT”, TAMBÉM AS PROPINAS PAGAS PELA ODEBRECHT DENUNCIADAS PELO ADVOGADO TACLA DURAN FORAM DEVIDAS A ESSA MANOBRA PARA SALVAR O MAIOR PATRIMÔNIO DA FAMÍLIA ODEBRECHT A BRASKEM.

NUMA MANOBRA SINISTRA, UMA SEMANA ANTES DO JUIZ TUCANO FAZER UMA ENCENAÇÃO PIROTÉCNICA DENTRO DA ODEBRECHT, O SR SERGIO MORO COMBINOU COM OS DIRETORES QUE OS COMPUTADORES E O SERVIDOR DA TI TERIAM QUE SER RETIRADOS PARA OCULTAR UM PATRIMÔNIO DE 700 BILHÕES DE REAIS DA SUBSIDIÁRIA DO GRUPO,. A BRASKEM, E NESSA MESMA ÉPOCA FOI CRIADO UM ESCRITÓRIO DE FACHADA DA BRASKEM ODEBRECHT NA SINGAPURA, A SINISTRA “BRASKEM ODEBRECHT SINGAPORE LTD” E PARA DIRIGIR ESSA FILIAL DO GRUPO FOIU ESCOLHIDO UM GRANDE AMIGO DE PAULO ROBERTO COSTA (TESTA DE FERRO DE FAMILIARES DE FHC) E PAULO HENRIQUE CARDOSO, O CORRUPTO PHC FILHO DO CORRUPTO CROCODILO CAIMÃO FHC, A FAMÍLIA ODEBRECHT GANHOU NA MÃO GRANDE UM PATRIMÔNIO ESTATAL DE 1,3 TRILHÕES DE DÓLARES COM A PRIVATARIA DAS 27 PETROQUÍMICAS DA PETROBRAS QUE PERTENCIAM AO ESTADO BRASILEIRO ELAS FORAM DOADAS POR FHC EM LEILÕES FRAUDULENTOS USANDO EMPRESAS DE FACHADA CRIADAS NO ESQUEMA MOSSAK FONSECA (TRADE CAIMAN LTD, DZ ENERGIA, CH J&T, OPPORTUNITY BANK, ETC DO DANIEL DANTAS E VERÔNICA SERRA, RICARDO SERGIO DE OLIVEIRA, DÁRIO MESSER, MARIN PRECIADO, ALEXANDRE BOURGEOIS, TERRENCE, OLGA YOUSSEF, E FAMILIARES DE JANENE COMO TESTAS DE FERRO)

A ENCENAÇÃO DA LAVA A JATO DENTRO DA OBRECHT SÓ FOI FEITA APÓS ESSA MANOBRA DE OCULTAR 80% DO PATRIMÔNIO DO CORRUPTO DOM EMÍLIO ODEBRECHT AMIGO PESSOAL DE FHC QUE LEVOU NA MÃO GRANDE AS PETROQUIMICAS DA PETROBRAS DOADAS EM PRIVATARIAS FRAUDULENTAS EM 1995 E 1996 TENDO O SR PHC COMO MAIOR BENEFICIÁRIO NAS PROPINAS PAGAS PELA ODEBRECHT E PELAS MULTINACIONAIS NO ESCANDALO BANESTADO E LAVADOS NO ESQUEMA MOSSAK FONSECA O PANAMÁ PAPERS QUE ESCONDE FORTUNAS BILIONÁRIAS DE FAMILIARES DE FHC E JOSÉ CHIRICO SERRA. SERGIO MORO É UM PRODUTO TOTALMENTE TUCANO, AMIGO DESSES 300 CORRUPTOS DO QUADRILHÃO DO GOLPE, ELE RECEBEU ORDENS DO LIDER DO GOLPE SR EDUARDO CUNHA QUE ORIENTOU MORO EM MUITAS “DELAÇÕES SELETIVAS” PARA ESCONDER CRIMES TUCANOS E ATACAR LULA COM DENÚNCIAS DOS PEDALINHOS COMPRADOS PELA SRA MARISA SILVA E O IM[ÓVEL CORTIÇO DE GUARAUJÁ QUE PERTENCE AO CORRUPTO LEO PINHEIRO DA OAS, ELE AJUDOU SERGIO MORO A MONTAR A FARSA DO TRÍPLEX PARA PARA SE LIVRAR DE CONDENAÇÃO.
A OPERAÇÃO MÃOS LIMPAS FOI CUIDADOSAMENTE MONTADA NA ITÁLIA PELAS ELITES ITALIANAS EM CONLUIO COM A CIA PARA DESTRUIR OPOSITORES DE SILVIO BERSLUSCONI, CORRUPTO DONO DA MAIOR EMISSORA ITALIANA ( RAI), ELEGER BERSLUSCONI, DESTRUIR OPOSITORES E DEIXARAM ESCAPAR OS DOIS MAIORES MAIORES MAFIOSOS DA ITÁLIA, TOMÁZIO UBBUSCHETA (FUGIU PARA O BRASIL EM 1990 E FOI FLAGRADO EM PANAQUE COM FERNANDO COLLOR E PC FARIAS (VIDE LIVRO DE PEDRO COLLOR DE MELLO: “PASSANDO A LIMPO A HISTÓRIA DE UM FARSANTE” O O LIVRO “MORCEGO NEGRO” TOMÁZIO MOROU EM MACEIÓ POR 10 ANOS E SÓ FOI EXTRADITADO 10 ANOS DEPOIS DESCOBERTO PELA POLÍCIA INTERPOL QUE INVESTIGOU AS OPERAÇÕES DE REMESSAS ILEGAIS DA ÉPOCA DO CONFISCO DE COLLOR NO BRASIL, O MAFIOSO APARECEU NESSAS OPERAÇÃO DENOMINADA “OPERAÇÃO URUGUAI” QUE PROTEGEU 100 BILHÕES DE DÓLARES DAS ELITES BRASILEIRAS NA VÉSPERA DO COBFISCO DEVIDAMENTE AVISADO POR ZELIA CARDOSO DE MELLO E FERNANDO COLLOR DE MELLO, UMA GANGUE DE 8.600 BRASILEIROS SALVARAM SUAS FORTUNAS DESSE CONFISCO DE MARÇO DE 1990 SÓ OS BRASILEIROS COMUNS FORAM SACRIFICADOS NO CONFISCO.

A OPERAÇÃO MÃOS LIMPAS (MANI PULITE) TERMINOU COM A PRISÃO DO JUIZ PIETRO PELA ONU POR CORRUPÇÃO E CRIMES CONTRA OS DIREITOS HUMANOS, UM SALDO TRÁGICO DE 12 SUICÍDIOS, DESTRUIÇÃO DA ECONOMIA ITALIANA, DRÁSTICA REDUÇÃO DO PATRIMÔNIO DA EMPRESA ENI (ENTI NAZIONALE DI IDROCARBURI) A GIGANTE PETROLÍFERA ITALIANA FOI REDUZIDA A 20% DO SEU TAMANHO APÓS A OPERAÇÃO MANI PULITE, VENDA DE SENTENÇAS, MILHARES DE DELAÇÕES PREMIADAS COM PROVAS FALSIFICADAS PARA ATACAR INIMIGOS POLÍTOCOS DA ELITE ITALIANA E DE SILVIO BERSLUSCONI, CORRUPÇÃO E PROPINAS (COMO NA LAVA JATO DENUNCIOU TACLA DURAN A ODEBRECHT PAGOU 400 MILHÕES PARA SALVAR A BRASKEM QUE REPRESENTA 80% DO PATRIMÔNIO DA FAMILIA ODEBRECHT) E TAMBÉM MUITOS MAFIOSOS SOLTOS PELO JUIZ PIETRO ESCAPARAM E FICARAM FORAGIDOS (UM FICOU 10 ANOS FORAGIDO NO BRASIL TOMÁZIO UBBSUCHETA, E O OUTRO O ASSASSINO CARLO MARCELLO BERTONI FUGIU PARA A TAILÂNDIA E CESARE BATISTI PRESO NO BRASIL SOLTO POR EDMAR MENDES EM 2010) E MUITAS PESSOAS MORTAS PRESAS, TORTURADAS E MORTAS COMO OCORREU NO BRASIL NA LAVA A JATO COM O REITOR DA UFSC PRESO COERCITIVAMENTE CHANCELLIER, TORTURADO NÚ POR 29 POLICIAIS A MANDO DE SERGIO MORO, ELE SUICIDOU-SE POUCOS DIAS DEPOIS.

POBRE BRASIL, VIROU UMA REPÚBLICA DAS BANANAS, UMA MEGA COLÔNIA DO IMPÉRIO ANGLO AMERICANO, UMA REPÚBLICA DOS LENTES COMO DIZIA RUY BARBOSA NA SUA MATÉRIA PUBLICADA EM 1916 NO JORNAL DO BRASIL “SINTO VERGONHA DE MIM” RUY BARBOSA CRITICOU A REPÚBLICA VELHA DECADENTE, O PODER DOS TOGADOS E DOS OLIGOPÓLIOS QUE SE REVEZARAM NO PODER ATÉ SEREM DERRUBADOS EM 1930 POR GETÚLIO VARGAS .

LEITURA SUGERIDA:

1- “A OUTRA HISTÓRIA DA LAVA JATO”, Paulo Moreira Leite
2- “A HISTÓRIA SECRETA DA REDE GLOBO TIME LIFE”, Daniela Herz, 1978
3- “O MAPA DA CORRUPÇÃO NO GOVERNO FHC”, Larissa Burtoni
4- “FHC, CRISE, DECADÊNCIA E CORRUPÇÃO”, H Fontana
5- “EL COMPLOT PARA ANIQUILAR LAS NACIONES DE IBERO AMERICA”, Lindon Larouche (livro revela os acordos secretos do consenso de washington com os maiores lesa pátrias da Amérca Latina FHC, Menem, Salinas e Miguel Della Madrid

Responder

R. Guimaraes

23 de fevereiro de 2018 às 15h19

A lava jato foi criada e manipulada pela globo para condenar O PT e o LULA. Tudo o que ela fizer daqui pra frente é balela, só capa, hipocrisia. Pra disfarçar. Em SP e PR não vai acontecer nada

Responder

Guilherme

23 de fevereiro de 2018 às 14h21

Lembrei-me de um tal “Mão Branca”, que a imprensa sanguinolenta deu grande destaque no início dos anos 80.

Todo suposto bandido que aparecia morto, era obra do Mão Branca, o “herói” justiceiro.

A Lava Jato é o Mão Branca de hoje.

Responder

Gustavo Horta

23 de fevereiro de 2018 às 14h00

ALGUÉM, EM UMA ANEDOTA, DISSE QUE NO BRASIL A LEI É IGUAL PARA TODOS. NÃO ACHO GRAÇA NENHUMA.
> https://gustavohorta.wordpress.com/2018/02/09/alguem-em-uma-anedota-disse-que-no-brasil-a-lei-e-igual-para-todos-nao-acho-graca-nenhuma/

ALGUÉM, EM UMA ANEDOTA (pode ter sido em uma pérola da filmoteca nacional), DISSE QUE NO BRASIL A LEI É IGUAL PARA TODOS. NÃO ACHO GRAÇA NENHUMA….

Responder

Deixe uma resposta

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com