Análise em vídeo das manifestações do 2 de outubro e as vaias a Ciro

Paulo Pimenta, líder do PT na Câmara. Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Pimenta à CBN: não há hipótese do PT formar bloco com PSL

Por Redação

14 de janeiro de 2019 : 14h58

O PT aproveita a indecisão do bloco PDT, PSB e PCdoB, para mostrar uma posição política mais firme e assertiva de oposição ao governo Bolsonaro.

***

Na CBN

‘Não há hipótese do PT participar de algum bloco com o PSL’, diz Paulo Pimenta

Líder do PT na Câmara indicou que o partido não deve apoiar Rodrigo Maia para presidência da Casa, uma vez que o PSL, de Jair Bolsonaro, já declarou apoio ao político do DEM. Paulo Pimenta defendeu a formação de um bloco com parlamentares que sejam “do campo democrático e popular”.

DURAÇÃO: 00:12:24

O líder do PT na Câmara dos Deputados Paulo Pimenta afirmou, nesta segunda-feira (14), em entrevista ao Jornal da CBN, que não há hipótese do Partido dos Trabalhadores participar de algum bloco com o PSL “porque isso contraria, para nós, uma questão que é fundamental: a independência em relação ao governo”, disse.

O partido do presidente Jair Bolsonaro declarou apoio à candidatura de Rodrigo Maia para a Presidência da Câmara. Paulo Pimenta falou que o objetivo do PT é formar um bloco de cerca de 140 parlamentares “com partidos que nós consideramos ser do campo democrático e popular, e que tenham alguns objetivos em comum, como a manutenção da independência do poder legislativo”, disse. Entre as siglas estão PSB, PDT, PCdoB e PSOL.

Questionado se o PT apoiaria a candidatura de Marcelo Freixo, do PSOL, ele afirmou que essa decisão será tomada quando houver a reunião com a bancada do partido, no próximo dia 30, e evitou se posicionar sobre o assunto. “Seria um pouco precipitado, eu como líder tentar adivinhar a posição da bancada”, disse. Paulo Pimenta, entretanto, afirmou que participará de uma reunião com Freixo ainda hoje. “O PT não pretende ter qualquer papel hegemônico. É simplesmente um dos atores que quer construir esse pólo dentro Congresso Nacional”, concluiu.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

Nenhum comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »


Deixe um comentário