Comentários sobre o áudio vazado de André Esteves (BTG Pactual)

Mercado atualiza PIB para baixo pela 18ª vez

Por Redação

01 de julho de 2019 : 11h31

O Banco Central divulgou hoje, como faz toda segunda-feira, o seu boletim semanal Focus, com previsões do “mercado” para a economia brasileira. A expectativa para o PIB deste ano foi atualizada para baixo mais uma vez, pela décima oitava vez.

Desde a semana passada, a a previsão para 2020 também começou a cair. Há um mês, projetava-se crescimento de 2,5% para 2020, agora não se espera mais de 2,2%.

Clique para ampliar.

Na Agência Brasil

Mercado reduz estimativa de crescimento da economia para 0,85%

Publicado em 01/07/2019 – 08:56
Por Andreia Verdélio – Repórter da Agência Brasil Brasília

A estimativa do mercado financeiro para o crescimento da economia este ano continua em queda. De acordo com o boletim Focus, pesquisa semanal do Banco Central com instituições financeiras, a projeção para a expansão do Produto Interno Bruto (PIB) – a soma de todos os bens e serviços produzidos no país – desta vez foi reduzida de 0,87% para 0,85%. Essa foi a 18ª redução consecutiva.

Para 2020, a expectativa é que a economia tenha crescimento maior, de 2,20%, a mesma da semana passada. A previsão para 2021 e 2022 permanece em 2,50%.
Inflação

A estimativa de inflação, calculada pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), caiu de 3,82% para 3,80% este ano, na quinta redução seguida. A meta de inflação de 2019, definida pelo Conselho Monetário Nacional (CMN), é de 4,25%, com intervalo de tolerância entre 2,75% e 5,75%.

A projeção do mercado financeiro para a inflação em 2020 caiu de 3,95% para 3,91%. A meta para o próximo ano é de 4%, com intervalo de tolerância de 1,5 ponto percentual para cima ou para baixo.

Para 2021, o centro da meta de inflação é 3,75% e para 2022, 3,5%, também com intervalos de tolerância de 1,5 ponto percentual. A previsão do mercado financeiro para a inflação em 2021 e 2022 permanece em 3,75%.
Taxa básica de juros

Para alcançar a meta de inflação, o Banco Central usa como principal instrumento a taxa básica de juros, a Selic, mantida em 6,5% ao ano pelo Comitê de Política Monetária (Copom).

Ao final de 2019, as instituições financeiras esperam que a Selic esteja em 5,50% ao ano. Na semana passada, a projeção era de 5,75% ao ano. Para o fim de 2020, a expectativa é que a taxa básica baixe para 6% ao ano e, no fim de 2021 e 2022, chegue a 7,5% ao ano.

Quando o Copom reduz a Selic, a tendência é que o crédito fique mais barato, com incentivo à produção e ao consumo, reduzindo o controle da inflação e estimulando a atividade econômica. Quando o comitê aumenta a Selic, a finalidade é conter a demanda aquecida, e isso causa reflexos nos preços porque os juros mais altos encarecem o crédito e estimulam a poupança.

A manutenção da Selic indica que o Copom considera as alterações anteriores suficientes para chegar à meta de inflação.

Edição: Graça Adjuto

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

42 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Edibar

01 de julho de 2019 às 22h32

Com esse Estado mastodôntico sufocando tudo não podia ser diferente….
Liberalismo já!!!

Responder

    Roger

    02 de julho de 2019 às 06h07

    Mais um falando asneiras. É essa desgraça de liberalismo que estimula o calote ao fisco, à previdência, o capital estrangeiro sobrepondo o nacional. Tem muito estado maior que o brasileiro (países nórdicos, por exemplo) e a economia vai bem, obrigado. Então fica quieto e vai se informar antes de postar chavões “guedísticos”.

    Responder

      Edibar

      02 de julho de 2019 às 08h45

      Roger,
      Sobre países nórdicos https://www.youtube.com/watch?v=tzEPKrHalaY
      Acho q quem precisa ir se informar não sou eu, não.

      Responder

        Edibar

        02 de julho de 2019 às 09h24

        Roger, presta atenção quanto ele fala que NÃO HÁ POLÍTICAS DE SALÁRIO MÍNIMO.

        Responder

      Edibar

      02 de julho de 2019 às 08h55

      Roger, e q tal a Suécia?? https://www.youtube.com/watch?v=1i9FQ834yFc
      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      Responder

      Alan C

      02 de julho de 2019 às 10h06

      Roger, comentário muito bem colocado. A maioria dos países do mundo tem estado igual ou maior que o brasileiro, e o que fica de lição pra nós é: NENHUM DELES FALA EM DIMINUIR O ESTADO… ao contrário, países de primeiro mundo estão aumentando o tamanho do estado exatamente para ter o controle de ativos estratégicos e evitar que caiam em mão erradas, notoriamente a iniciativa privada, que só visa lucro e mais nada, sem nenhum compromisso com o social.
      Sobre os países nórdicos, o estado deles é simplesmente ENORME! Eu trabalho com noruegueses e eles reclamam disso (cada um reclama dentro da sua realidade, né?? rs), reclamam dos impostos altíssimos, só que lá o retorno do estado em serviços é num nível super hiper ultra top.
      O Brasil definitivamente precisa aprender com a experiência dos outros, a Europa estava nessa de liberalismo nos anos 70/80, viu que não deu certo e está tomando tudo de volta.

      Responder

        Marcio

        02 de julho de 2019 às 10h38

        Isso mesmo, o Brasil ficou parado nos anos 70/80, precisa passar pelo mesmo processo dos paises Europeos e depois um dia quem sabe.

        Responder

          Marcio

          02 de julho de 2019 às 10h40

          OBS: o brasileiro jà paga impostos altissimos; jà è uma porcaria socialista.

          Edibar

          02 de julho de 2019 às 10h54

          Pois é. E ainda há quem queira piorar essa MMMM com ainda mais Estado……
          Quem consegue entender…..

          Marcio

          02 de julho de 2019 às 11h20

          E’ asniçe ideologica, plano de poder, nada tem muito para entender.

          Marcio

          02 de julho de 2019 às 11h30

          20 anos de socialismo e o resultado è o que temos hoje, o resto è papo.

          Alan C

          02 de julho de 2019 às 11h56

          Saudades da Noruega brasileira pré PT né? kkkkkkkkk

          Alan C

          02 de julho de 2019 às 11h55

          Vc certamente não….

          Alan C

          02 de julho de 2019 às 11h55

          Se a tua afirmação estivesse correta estaríamos pagando quase nada já que estamos numa extrema direita nojenta.

          Alan C

          02 de julho de 2019 às 11h53

          Não é necessário passar pelo processo, basta observar e aprender com os processos dos outros.

ari

01 de julho de 2019 às 21h16

Esse tal “mercado” deve ser do PT

Responder

ari

01 de julho de 2019 às 21h15

Esse tal “mercado” é do PT?

Responder

Netho

01 de julho de 2019 às 18h39

E vai piorar.
Se chegar a meio por cento é para soltar rojão.
Deve repetir a ópera bufa da ponte para o futuro do Cartel do Cunha cujo mordomo virou presidente.

Responder

Onofre Junqueira

01 de julho de 2019 às 17h26

chamem Dilma, a idiota ,de volta que o PIBÃO retorna ! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Responder

Onofre Junqueira

01 de julho de 2019 às 16h26

Ontem passei o dia todo aguardando a bomba a ser soltada por Glenn Greenwald, mas no final a esposa/marido de David Miranda só expeliu um silencioso e mal cheiroso peido . Será que daqui pra frente serão só peidos que Glenn expelirá ?

Responder

    Gilmar Tranquilão

    01 de julho de 2019 às 19h42

    Quanto desespero heim kkkkkkkk

    Responder

Liberal

01 de julho de 2019 às 16h23

Meritocracia is a hell of a drug

Responder

Wenceslau Cornucópia Milionakis

01 de julho de 2019 às 16h21

Gosto das analíses críticas aos rumos da esquerda do Cafezinho e parece que elas estão influenciando outros blogs mais alinhados ao PT.
Li hoje uma excelente análise no DCM sobre os erros da oposição e elas se parecem muito com as que o Miguel faz( o que leva muitos petistas a chama-lo de traidor).
Temos economia fraca , um governo em queda de popularidade , pautas que não tem apoio da maioria da população ( como porte de armas e venda das estatais).
Com tudo isso vemos uma oposição fraca , perdida e sem rumos.
Até agora o maior adversário de Bolsonaro tem sido ele mesmo.
Suas críticas são úteis Miguel , apesar de você sempre procurar poupar o Ciro , que também merece críticas , e parece que estão influenciando outros no campo progressista.
Não adianta se iludir e achar que Bolsonaro vai cair ou que vão soltar Lula amanhã.
Também não devemos torcer pela queda de Bolsonaro , quero ve-lo derrotado nas urnas , não importa se pelo PT , por Ciro ou por um candidato de centro-direita que não seja Doria nem nimguém que já apoiou Bolsonaro.
Talvez até seja o caso de recuar em 2022 , focar nas eleições legislativas e apoiar um candidato de centro para derrotar a extrema-direita.
No xadrez as vezes você sacrifica sua Rainha pra obter um xeque-mate mais a frente , um passo pra trás para dar dois para a frente no futuro.

Responder

Yaya

01 de julho de 2019 às 15h58

O bolsonarismo vive no mundo paralelo do diabo.
Fake news é a realidade e a realidade é fake news.

Responder

Alan C

01 de julho de 2019 às 15h46

Nesse ritmo vamos fechar o ano com quase 40 revisões para baixo… Vai bozolândia!!!

Responder

Alcantara

01 de julho de 2019 às 14h49

Típico de neocolonia. Não produz nada.
Minto!. Produz muita pobreza.

Responder

    Fabio

    01 de julho de 2019 às 16h05

    Produz os preguiçosos petistas ,o que é pior !

    Responder

      Roger

      02 de julho de 2019 às 06h02

      Qualquer petista trabalha mais que você, pobre parasita de direita.

      Responder

FelixT.

01 de julho de 2019 às 14h39

Logo logo nosso maior produto de exportação sera agua.
Anota ai.
Alguns dizem que já é;

Responder

    Alan C

    01 de julho de 2019 às 15h36

    Água de onde? Rios limpos ficaram no século retrasado, o país joga no mar equivalente a 6 mil piscinas olímpicas de esgota in natura por dia, o rio Doce só carrega e joga no mar lama da Samarco/Vale…. Tá feia a coisa por aqui.

    Responder

    Fabio

    01 de julho de 2019 às 16h06

    Bem que poderíamos exportar petistas, mas ninguém quer esses parasitas

    Responder

      Roger

      02 de julho de 2019 às 06h00

      Se exportamos burros, sua viagem pro exterior está garantida, pobre de direita.

      Responder

        Edibar

        02 de julho de 2019 às 08h58

        Exportemos rogers para a Venezuela, Cuba e Coréia do Norte

        Responder

    Roger

    02 de julho de 2019 às 06h01

    Bijuterias de nióbio é o negócio do futuro, segundo o Bozzo.

    Responder

Gilmar Tranquilão

01 de julho de 2019 às 13h23

31 de dezembro de 2019:

Mercado atualiza PIB pra baixo pela 457ª vez e fecha a -4,5%

kkkkkkkkk ridículo!

Responder

NeoTupi

01 de julho de 2019 às 12h59

Impressionante a irracionalidade do mercado. Em 3 meses reduziu projeção de 2,5% para 0,85%. É uma diferença muito grande em tão pouco espaço de tempo. Conclusão: essas pesquisas tem mais especulação do que seria de se esperar.

Responder

Afonso

01 de julho de 2019 às 12h50

Yes, nós temos bananas , novelinhas de m**da e uma gang de milicianos no planalto.

Responder

Wenceslau Cornucópia Milionakis

01 de julho de 2019 às 11h38

Estamos rumo ao PIB zero ou negativo..
Essas projeções acima de 2% para o ano que vem são papo furado , ano passado diziam o mesmo para esse ano.
Eles vão revisando para baixo aos poucos.
A verdade é que o PIB está negativo desde de que a direita assumiu em 2016.

Responder

    Fabio

    01 de julho de 2019 às 16h05

    “Estamos rumo ao PIB zero ou negativo”. Igual ao que Dilma, a estúpida, nos legou !

    Responder

      Daniela Muller

      01 de julho de 2019 às 18h59

      vtnc miliciano corrupto de merda!!!

      Responder

      Roger

      02 de julho de 2019 às 06h03

      Vai se informar antes de postar mentiras, direitopata.

      Responder

    Edibar

    01 de julho de 2019 às 22h19

    Gratidão a Dilma por isso.

    Responder

Deixe um comentário

Parlamentarismo x Semipresidencialismo: Qual a Diferença? Fernanda Montenegro e Gilberto Gil são Imortais na ABL: Diversidade Auxilio Brasil x Bolsa Família: O que mudou? As Refinarias da Petrobras À Venda pelo Governo Bolsonaro O Brasileiro se acha Rico ou Pobre?