Economistas discutem a desindustrialização no Brasil

A entrevista de Ciro à CBN

Por Redação

10 de setembro de 2019 : 19h54

Ciro na CBN, com o jornalista Kennedy Alencar:

O texto abaixo está no site da CBN:

Ciro Gomes: ‘precisamos que Bolsonaro diga claramente que declaração do filho foi uma bobagem’

Em entrevista ao Jornal da CBN 2ª Edição, o ex-ministro e ex-candidato à presidência da República criticou a fala do vereador do PSC do Rio, que disse que mudança rápida não acontecerá por via democrática. Ele não confirmou se será candidato novamente em 2022, mas disse que ‘gostaria muito de presidir o Brasil’.

DURAÇÃO: 00:20:28:

O ex-ministro Ciro Gomes, que concorreu à presidência da República pelo PDT no ano passado, condenou a fala do vereador Carlos Bolsonaro (PSC), que disse que o país não vai mudar por via democrática. ‘Esse menino é um dos percevejos que infestam a vida política brasileira’, comparou. ‘Não precisamos saber a opinião desse boboca, mas precisamos que Bolsonaro diga claramente que foi uma bobagem. Ele deve defender o estado democrático.’ O político do PDT classificou o governo Bolsonaro como ‘muito ruim’.

Para Ciro, a sentença de Lula é ‘nula’, mas o petista não é um preso político. ‘Todo cidadão merece um julgamento justo, e Moro agiu à margem da lei, eu cansei de avisar na data’, afirmou. ‘Mas o Lula, e mais ninguém, aceitou o rito do Judiciário.’ O ex-ministro declarou, ainda, que sabe que o ex-presidente ‘não tem nada de inocente’, mas, segundo ele, sentença do então juiz Sergio Moro não traz prova alguma contra ele.

Ciro Gomes não confirmou se vai se candidatar novamente ao Planalto em 2022 (‘Deus é quem sabe’), mas garantiu que ‘gostaria muito de presidir o Brasil’. Questionado sobre a deputada Tábata Amaral, que contrariou o partido e votou a favor da reforma da Previdência, Ciro foi taxativo: ‘não vou mais mencionar a Tábata, porque dói muito em mim. Eu que recrutei. Desgosto de filho é o que sinto’.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

4 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

DUDE

12 de setembro de 2019 às 19h29

O Ciro,mesmo que tenha suas opiniões a respeito do Lula,deveria respeitar o maior líder deste País. Deixe-o em paz. Procure defender o povo brasileiro e trabalhador. As declarações sobre Lula criou, com certeza, grande destruição nos seus anseios de governar este País.

Responder

Paulo queiroz

12 de setembro de 2019 às 16h52

“Não tem nada de inocente”, mas então Ciro não mostra as provas por quê ? Comentário de programinha de fofocas, daqueles que a TV mostra à tarde.

Responder

DARCY

11 de setembro de 2019 às 13h30

Ciro subestima o golpe que os milicianos estão preparando. Parece desconhecer que as milícias em q Bolsonaro se apóia estão enraizadas nos quartéis de todo o Brasil. Nelas há PMs, policiais civis, federais e militares das FAs. Há também bicheiros ou ex- contraventores q se converteram em empresários, q promovem a lavagem de dinheiro ilícito; há ainda associação com interesses ruralistas, de garimpeiros vinculados à extração ilegal de ouro e pedras preciosas e intimidade com agentes da CIA. A derrota da direita na Argentina praticamente
encerrou qualquer possibilidade de os milicianos acreditarem nas “vias democraticas”, e foi isso q Carlos Bolsonaro expressou, sendo o golpe de estado o programa politico das milícias q têm muitos chefes, sendo duvidoso q Bolsonaro seja, pelo nível de inteligência, o maior deles. Se esse golpe for vitorioso, Ciro, agora sim, juntamente com os petistas q o hostilizam e inviabilizam a constituição de uma Frente Ampla e Democrática, terá responsabilidade condenável pela História.

Responder

Fernando de Assis

11 de setembro de 2019 às 05h36

Faz tempo que Ciro deveria governar essa nação. O povo precisa dar essa chance a Ciro.

Responder

Deixe uma resposta