Fórum Reforma Tributária BandNews

Bolsonaro quer desativar atividades da Petrobras na Bahia e no Nordeste

Por Redação

02 de outubro de 2019 : 10h16

Alguns sites e jornais vem noticiando, há algumas semanas, que a direção da Petrobras sinalizou que pretende demitir funcionários e desativar atividades da estatal na Bahia e em todo o Nordeste.

A decisão representaria um duro golpe na economia de toda a região.

***

No Bahia Notícias

Em ato do Sindipetro, Leal defende manutenção dos empregos da Petrobras na Bahia

Em ato do Sindipetro, Leal defende manutenção dos empregos da Petrobras na Bahia

Segunda, 23 de Setembro de 2019 – 21:40

Um “Ato em Defesa da Petrobrás na Bahia”, reuniu parlamentares, prefeitos, vereadores e a categoria petroleira no Auditório Jorge Calmon, na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), nesta segunda-feira (23). Presente no ato, o presidente do Legislativo estadual, Nelson Leal, lamentou a desativação de atividades da Petrobras na Bahia e previu um cenário negativo para o estado e para Salvador caso o fato de concretize.

“Já estamos em uma situação muito difícil, com a quebra de nossas principais empresas de engenharia – Odebrecht, OAS e UTC. Caso aconteça mesmo o fechamento das unidades da Petrobras na Bahia será um desastre completo. Em Salvador, então, será de calamidade”, afirmou Leal.

Estiveram presentes nomes como o do senador Jaques Wagner (PT) e dos deputados federais Lídice da Mata (PSB), Joseíldo Ramos (PT), Nelson Pelegrino (PT) e Valmir Assunção (PT). Entre os nomes de deputados estaduais, marcaram presença no ato Luciano Simões (DEM), Rosemberg Pinto (PT), Niltinho (PP), Fabíola Mansur (PSB), Hilton Coelho (PSOL), Neusa Cadore (PT), Marcelino Gallo (PT), Olívia Santana (PCdoB), Jacó (PT), Fátima Nunes (PT), Maria Del Carmen (PT) e Osni (PT). A ação ainda contou com o geólogo Guilherme Estrela, ex-diretor de Exploração e Produção da Petrobras, responsável pela descoberta do Pré-Sal; o pesquisador William Nozaki, do Instituto de Estudos Estratégicos de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (Ineep); e Vagner Freitas, presidente nacional da CUT, além de prefeitos e vereadores de municípios petrolíferos da Bahia.

Durante o ato, o presidente da AL-BA ainda destacou a amplitude e importância da empresa estatal para o estado. “Doze municípios baianos serão afetados diretamente pelos estragos, que podem comprometer a extinção de cerca de 20 mil postos de trabalho diretos e indiretos, além de afetar diretamente o Polo de Camaçari. É um desastre de proporções incalculáveis”, adverte o chefe do Legislativo estadual.

Por fim, Leal apontou discordância da atual política de dolarização dos preços dos combustíveis praticado pela Petrobras. “Com a importação de derivados, estamos deixando de usar nosso parque de refino. A Refinaria Landulpho Alves (RLAM), em Mataripe – a segunda maior do país, criada em 1950 – composta por 26 unidades de processo e capacidade para refinar 323.000 barris de petróleo/dia, só está operando com 50% da sua capacidade. Somente ela emprega cerca de 2 mil trabalhadores e é responsável por 82% dos R$ 37 milhões da receita mensal de São Francisco do Conde. Caso feche, vai semear mais pobreza pelo nosso Recôncavo”, argumentou o deputado.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

15 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Guilherme Nagano

04 de outubro de 2019 às 08h53

Defesa da Petrobras???? Jura??? A esquerda pós-Petrolão falando de defesa da Petrobras???

Responder

David Guerra

04 de outubro de 2019 às 08h41

Para os intelectuais eleitores do hepta deputado do estado mais violento e corrupto do país, é normal vender uma estatal que em 03 meses obteve lucro de aproximadamente 500 milhões de reais, a BR distribuidora. Triste saber que ainda há hipnotizados apoiando desmonte e desemprego, aqui em Pernambuco, fechamento do EAS (quase 10 mil desempregados), Petroquímica, Refinaria Abreu e Lima e outras. Vale lembrar que para filhos preguiçosos ou sem caráter quando assumem empresa dos pais, para não ter “trabalho” simplesmente vendem por qualquer preço aquilo que não sabem quanto custou ou como funciona.

Responder

Aureliano

03 de outubro de 2019 às 09h40

Eleitor de Bolsonaro, o chamado cidadão de bem, é protagonista dessa piada macabra

Brasil em liquidação: quando até as piadas exalam o perfume da morte

O cara vivia de casa para o trabalho, do trabalho para casa. Não saia dia de sexta-feira para tomar uma cerveja com os amigos, não fumava e só tinha um filho. E a Bíblia era o seu livro de cabeceira.

Um dia foi ao médico e depois de alguns exames veio a fatídica notícia: estava com um câncer no pâncreas e que teria no máximo dois meses de vida. Antecipou as férias e levou pela primeira vez na vida seu filho a um barzinho, num sábado pela manhã. Devagarinho, tentava preparar a criança para o pior.

Nisso, passa uma Kombi da firma com cinco colegas de trabalho, observam a cena e ficam com a pulga atrás da orelha. E pensam ao mesmo tempo: “aí tem coisa!”

O motorista da kombi faz a volta no primeiro quarteirão, e para na calçada quase defronte a mesa onde pai e filho conversavam. E os cinco amigos, quase ao mesmo tempo, foram indagando:

– Porra cara, tu nunca tomasse uma cerveja com a gente e agora estás aqui com um copo cheio dessa loura gelada e bebendo sozinho! O que aconteceu?

O cara diz então que está com uma doença em estado terminal, mas diz que se trata da AIDS.

Os “amigos” não ficam nem mais um minuto na mesa e desaparecem.

E o filho pergunta: “pai, por que o Sr. disse para seus amigos que estava com AIDS?
“Sabe por que, meu filho? Porque se eu dissesse que estava com câncer, todos esses filhos das putas iam querer transar com a sua mãe tão logo eu morresse”.

Dedico essa piada ao meu “capetão” Bolsonaro, a quem envio esta mensagem: pode morrer de facada, mas não diga que está com AIDS, ouviu? Não faça sacanagem com a viúva.

Responder

Mario

03 de outubro de 2019 às 07h57

Vocês acham que Bolsonaro e seu bando de incompetentes estão ligando pro Nordeste? Esse governo destrói tudo por onde pisa. É o cavalo de Átila, o Huno. Não existe um só projeto de recuperação da economia, de crescimento, de união. Ou vamos pra rua, ou estamos fadados a observar esse país se transformar no que existe de pior do facismo.

Responder

José Carlos Lima

03 de outubro de 2019 às 07h26

Os EUA querem desativar o Brasil e o Bozó é apenas um cumpridor de ordens do Imperio

Responder

WALTER PAULO DA COSTA OLIVEIRA WALTER

03 de outubro de 2019 às 05h18

Sou contra o fechamento, mas vale salientar é que, quem crítica o fechamento não cita o porque desse fechamento.

Responder

    Everton Garcia

    03 de outubro de 2019 às 19h19

    Noticia em puro estilo 247, para jogar merda na cabeça dos militontos.

    Fecha porque tà rendendo demais…

    Responder

Alan C

02 de outubro de 2019 às 17h12

Se o palhaço bozo fizer isso será uma catástrofe para a economia baiana, estado que emprega milhares de trabalhadores na área de O&G, especialmente nas cidades de Catu e Alagoinhas.

De quem é o governo do estado da Bahia mesmo??

Ahh… agora entendi….

Responder

    Wellington

    03 de outubro de 2019 às 11h30

    Quem eventualmente decide è a Petrobras mas para os 247 è preciso fazer um titulo idiota como essa.

    Responder

      Alan C

      04 de outubro de 2019 às 13h36

      É wellington ou everton? Decide aí….

      Responder

    Andressa

    03 de outubro de 2019 às 11h41

    E’ sò mandar os bahianos trabalhar na refinaria de Pasadena, tà resolvido.

    Responder

      Alan C

      04 de outubro de 2019 às 13h37

      Ou na rachadinha do Queiróz!

      Responder

LUPE

02 de outubro de 2019 às 13h05

Caros leitores
Quando é que vamos desconfiar
que alguém está deliberadamente
destruindo o País?

Principalmente as elites (agora sim),
que são, entre outras,
os empresários,
as classes sociais mais altas
(profissionais liberais,etc.)
e os militares.

Parece evidente
que tanto desgoverno
é proposital.

Povo massacrado,
desesperado,
ignorante,
interessa aos nossos superpoderosos inimigos,
que nos pilham e nos saqueiam
(pré sal,
minérios a preços de lesa pátria,
preço absurdo dos combustíveis,
entre muitas outras pilhagens
e saques).

Saques e pilhagens
que a Grande Mídia esconde,
não noticia, não comenta.

Parece que há uma quadrilha unida
para destruir o País.

Quantos milhões de dólares
nossos superpoderosos inimigos não pagariam
aos lesa pátria traidores
para ter este nosso país destruído,
como eles querem??????

Responder

Justiceiro

02 de outubro de 2019 às 11h17

Desativa mesmo. E depois constrói uma muralha.

Responder

Wellington

02 de outubro de 2019 às 10h38

Deve ser porque tà dando lucro demais e nào prejuizos, nào è…?

Responder

Deixe uma resposta